Postado por admin em 24 de novembro 2011

Família Pontes

Se você tem o sobrenome Pontes ou uma de suas variações, veja algumas informações interessantes, curiosidades e origem do mesmo.

O sobrenome Pontes, assim como tantos outros, não surgiu no Brasil, por uma simples razão de que o Brasil foi colonizado e habitado primeiramente por estrangeiros. Dessa forma, os sobrenomes vêm de outros países e acabam ganhando popularidade uma vez que os imigrantes fizeram do Brasil sua nova morada.

Origem da família Pontes

O sobrenome de origem portuguesa. Ele é classificado como toponímico, ou seja, de origem geográfica. A maioria dos sobrenomes geralmente tem esse tipo de origem por conta das comunidades que foram constituídas ao longo do tempo. Assim como hoje em dia pode se identificar uma pessoa como “Fulano que mora na rua tal”, antigamente também era bastante comum que isso acontecesse. Por esse fato, algumas dessas identificações passaram a ser sobrenomes.

O Pontes é um exemplo de localidade em que as pessoas usavam como sobrenome. Inicialmente, eram conhecidos como “Fulano da Ponte”, mas com o tempo este sobrenome foi evoluindo e surgiu a família Pontes. Posteriormente, todos os descendentes passaram a adotar o mesmo nome.

O primeiro registro desse sobrenome, ainda na sua forma mais arcaica, foi feito em 1178. Neste documento o nome do primeiro registrado: Johanes de Ponte.

O sobrenome era dado de acordo com o lugar onde as pessoas viviam, se morava perto de uma ponte, chamava-se, por exemplo José de Ponte. Alguns lugares que podem ser a origem do sobrenome: Ponte de Lima, Ponte da Barca, Ponte de Sor, ambas em Portugal.

ponte-de-lima-portugal-familia-pontes

Ponte de Lima é uma vila portuguesa no Distrito de Viana do Castelo, região Norte e sub-região do Minho-Lima, com cerca de 2.800 habitantes. É caracterizada pela sua arquitetura medieval e pela área envolvente, banhada pelo Rio Lima.

Ponte da Barca é uma vila portuguesa no Distrito de Viana do Castelo, região Norte e sub-região do Minho-Lima, com cerca de 2 300 habitantes.

Ponte da Barca é uma vila portuguesa no Distrito de Viana do Castelo, região Norte e sub-região do Minho-Lima, com cerca de 2.300 habitantes.

ponte-de-sor-portugal-familia-pontes

Ponte de Sor, é uma cidade portuguesa no Distrito de Portalegre, na região do Alentejo e na sub-região do Alto Alentejo, com cerca de 7.750 habitantes.

Outras pesquisas:

FAMÍLIA PONTE – Grafia alternativa ao uso no singular, desta família da nobreza espanhola passou a Portugal Gonçalo Gonçalves Ponte, que teve o foro de escudeiro-fidalgo por mercê do Infante D. Pedro, como regente em nome de seu sobrinho, o Rei D. Afonso V. Do seu casamento com Brites Soares, teve filhos que lhe sucederam neste apelido, alterando-o por vezes, pluralizando-o.

FAMÍLIA PONTE OU PONTES tem origem italiana, já que descendem de Giovanni Domenico Ponti que se estabeleceu em Portugal em princípios do século XVIII. De vermelho, uma ponte de prata de cinco arcos, sobre um rio de sua cor, em ponta, e em cima da por uma cabeça de serpe de ouro. Timbre: a cabeça da serpe do escudo.

Curiosidades

Há alguns indícios de que Pontes também possa ter sua origem na Espanha e tenha passado por Portugal na pessoa de Gonçalo Gonçalves Pontes.

Variantes do sobrenome Pontes

Dentre as variantes deste sobrenome, podemos destacar Ponte, de Pontes, da Ponte, Ponti, de Ponti.

Em inglês ele pode se encontrar uma tradução para Pontes: Bridges. Este também é usado como sobrenome tanto na Europa quanto nos Estados Unidos. Mesmo assim, não se pode afirmar que ambos tenham a mesma origem.

Brasão da Família Pontes

Não foi encontrado um brasão oficial para a família Pontes nem suas variantes. Porém, pode se ver, no entanto, de forma rara, um brasão da família Bridge (Ponte em inglês), e uma outra versão dos pontes de Portugal que não deve ser considerado de mesma origem, uma vez que não há indícios que comprovam essa associação.

>> Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!

BUSCAR SOBRENOME:

103 Comentarios

  1. Manuel de Ponte 15 de junho de 2012 às 00:25

    Gostaria de saber se tem o brasao da familia ponte, pois interece em ter.

  2. Lancaster Pontes 11 de agosto de 2012 às 23:40

    Tenho interesse em saber mais sobre a familia Ponts

  3. jairon costa pontes 1 de setembro de 2012 às 16:38

    queria saber se possivel qual o primeiro PONTES veio para o Brasil?

    • joana 3 de abril de 2015 às 14:19

      eu fui criada pela familia pontes do piaui
      mas sou consultora da historias da familia ,e tenho um pouco da historai familia pontes, mas eu estou fazendo pesquisa nos documentos de imigraçãoes e ja descorbrir muitas coisas

      • Fabiano Vieira Pontes 6 de julho de 2015 às 19:16

        Joana, Olá. Você poderia compartilhar comigo o que tem sobre a família Pontes ?

        meu email; fabiano.v.pontes
        facebook: fabiano pontes
        whatts zap: 27 999291235

        Obrigado.

        • joana 25 de janeiro de 2016 às 19:32

          fabiano boa noite eu tenho dois memorando d historia de meu avo , fotos da familia etc..

      • Marcia Pontes 29 de setembro de 2015 às 20:16

        Joana, tudo bem! Moro na Inglaterra e gostaria de saber mais sobre a origem, aliás, essa história da “ponte” minha tia avó contava há muito tempo. Obrigda- segue meu face – Marcia Pontes – UK

      • SÔNIA PONTES 15 de outubro de 2015 às 19:24

        Oi Joana, gostaria de saber mais dos meus ascendentes. E se fosse possível vc pudesse compartilhar o que vc sabe sobre nossa família comigo. Eu sou do Maranhão.

      • Rossineide Pontes Costa 27 de dezembro de 2015 às 23:28

        Gostaria de receber via e-mail o que você conseguiu sobre a familia Pontes
        sou neta de Julio Miguel Ferreira Pontes nascido em Portugal

  4. antonio pontes 14 de setembro de 2012 às 22:03

    olá, eu queria saber mais sobre minha família, meu nome é antonio de moura pontes, moro em pindamonhangaba-sp.

    • An Paula Pontes 24 de março de 2015 às 13:45

      Meu nome é Ana Paula Pontes e sou do Maranhão minha familha é do Ceará

      • joana 3 de abril de 2015 às 14:21

        ok ana paula minha familia mora no piaui , mas meus avos eram do sobral ceara e desta familia tenho alguns documentos atraves de pesquisas , sou consultora da historia da familia .

      • hiran pontes 19 de abril de 2015 às 15:33

        Sou do RJ mas a família do meu pai é do Ceará

      • GELSIN PONTES 3 de maio de 2015 às 17:56

        Olà Ana, gostaria de ter noticias de uma pessoa que esta em Fortaleza, preciso de ajuda sera que você poderia me orientar!

    • antonio pontes 22 de abril de 2015 às 17:36

      meu nome antonio de pontes filho de tadeu jose pontes moro penha sc

  5. Taís de Pontes 26 de setembro de 2012 às 01:54

    Queria saber qual é o verdadeiro brasão da familia Pontes e queria saber mais sobre sua origem?

  6. cristiano pontes 11 de novembro de 2012 às 18:27

    tenho o sobrenome pontes vindo do meu pai e sempre tive a curiosidade de saber sua origem.

  7. Geisa de Andrade Pontes 21 de dezembro de 2012 às 01:05

    Olá, sou Pontes de Contagem, Minas Gerais. Meu avô paterno é José de Almeida Pontes, nascido em uma pequena cidade Mineira chamada Vermelho Novo. A mãe dele é Hilda Nunes. Ele teve duas irmãs, conhecidas por Dodora e Deli. Sempre tive curiosidade em saber a origem deste sobrenome. Se alguém souber algo, me responda, por favor!

    • Rui de Almeida Pontes 7 de setembro de 2015 às 21:13

      Olá Geisa,
      Vejo em sua origem (Almeida Pontes), eu também tenho em minha origem Almeida Pontes….Meu avô paterno chamava-se CLODOALDO de ALMEIDA PONTES, que vivia em Santa Cruz CAbrália – BA – teve 10 filhos, Deotila, Bernada, Maria, Oraide, Nelson, José Libâno, José Epifânio, Revadávia, Manoence e Salvador, todos de Almeida Pontes. Estamos querendo construir nossa árvore a partir de Clodoaldo, já temos informações de 8 filhos e estamos em contatos pelo grupo do AhatsApp de nome…Família Pontes Cabrali…faltam informações de SALVADOR DE ALMEIDA PONTES e JOSÉ EPHIFÂNIO DE ALMEIDA PONTES…teria vc notícias de parentesco com esses nomes? sabemos que JOSÉ EPHIFÂNIO, migrou-se para pandas de Minas….faça contatos e se vc quiser fazer parte do grupo deixe aqui sem contato….abraços “”prima””

      • Geisa de Andrade Pontes 11 de outubro de 2015 às 15:17

        Rui
        Infelizmente não sei nada sobre a origem da minha família. Meu avô era o único filho homem e ficou órfão de pai quando ainda era criança. Vou tentar com a minha avó, mas acho que o Almeida do nome dele não é sobrenome. Te dou notícias!

  8. Geisa de Andrade Pontes 21 de dezembro de 2012 às 01:31

    O primeiro registro existente do uso deste sobrenome é de Johanes de Ponte(ano 1178). É um sobrenome Português. O sobrenome era dado de acordo com o lugar onde as pessoas viviam, se morava perto de uma ponte, chamva-se, por exemplo José de Ponte. Alguns lugares que podem ser a origem do sobrenome: Ponte de Lima, Ponte da Barca, Ponte de Sor (Portugal). Acredito que a origem da minha família seja de Lazarim (Lamego), pois vi uma pesquisa, num desses sites de genealogia, que alguns dos imigrantes dessa região de Portugal, viveram em Cantagalo RJ, e se mudaram, justamente para Vermelho Novo em Minas.

  9. MARIA PONTES 3 de janeiro de 2013 às 21:56

    TAMBEM SE DIZ QUE O SOBRENOME PONTES É DE ORIGEM TEMPLÁRIA OU SEJA FOI DADO O SOBRENOME DE PONTES AOS CONSTRUTORES DAS MESMAS.

  10. emily pontes 20 de janeiro de 2013 às 23:59

    eu queria saber mais sobre a familia pontes !!

  11. Rogério Pontes 10 de fevereiro de 2013 às 18:07

    Meus bisavos,meu avos,meu pai nasceram em Camargos próximo a Santa Rita Durão e São Bento em Mariana, Minas Gerais eu nasci em Claudio Manoel no município de Mariana.gostaria receber mais informações a respeito da família Pontes

  12. Rogério Pontes 10 de fevereiro de 2013 às 18:15

    Pontes é 10!!!

  13. Mauricio Pontes 17 de fevereiro de 2013 às 23:55

    Eu sou Mauricio Pontes, de Bom Despacho meus avos paternos eram de cor negra, portando gostaria de saber a tendo em vista a cor negra uma vez que a origem de ponte vem de portugal.

  14. Yndyra Pontes 28 de fevereiro de 2013 às 03:40

    Eu queria saber a origem da familia pontes em alagos

  15. Helena 9 de março de 2013 às 08:33

    O brasao da familia Pontes tem 3 arcos de ponte, uma cabeça de Sepia .

  16. ISIS PONTES 21 de abril de 2013 às 02:02

    EU SOU ISIS PONTES, DE CUIBÁ MT, GOSTARIA DE SABER MAIS A ORIGEM DO NOME PONTES

  17. Carolina Pontes 26 de abril de 2013 às 18:46

    Bacana,porem gostaria de me aprofundar nesta historia do sobrenome

  18. Edval Pontes 14 de junho de 2013 às 18:11

    Gosto demais desse nome que me trouxe só alegrias

  19. adeson a pontes 17 de junho de 2013 às 11:52

    Sou Adeson alves pontes, e ñ sabia q existia tanta gente com esse mesmo sobrenome e gostaria de saber
    Se todos com esse sobrenome vem da mesma arvore genealogica?

  20. socorro 14 de julho de 2013 às 10:23

    minha mãe é Pontes e nasceu em Itapipoca-Ceará

  21. Luiz Claudio Alves de Pontes 6 de agosto de 2013 às 23:57

    Eu também sou da família pontes, nordestino de alagoas.
    Gostaria de me comunicar com outros Pontes.

    • Rui de Almeida Pontes 7 de setembro de 2015 às 21:22

      Olá Luiz Cláudio,

      Vejo em sua origem Pontes, eu também tenho em minha origem Pontes….Meu avô paterno chamava-se CLODOALDO de ALMEIDA PONTES, que vivia em Santa Cruz CAbrália – BA – teve 10 filhos, Deotila, Bernada, Maria, Oraide, Nelson, José Libâno, José Epifânio, Revadávia, Manoence e Salvador, todos de Almeida Pontes. Estamos querendo construir nossa árvore a partir de Clodoaldo, já temos informações de 8 filhos e estamos em contatos pelo grupo do AhatsApp de nome…Família Pontes Cabrali…faltam informações de SALVADOR DE ALMEIDA PONTES e JOSÉ EPHIFÂNIO DE ALMEIDA PONTES…teria vc notícias de parentesco com esses nomes? sabemos que SALVADOR, migrou-se para pandas de Alagoas….faça contatos e se vc quiser fazer parte do grupo deixe aqui sem contato….abraços “”primo””

  22. Mayara F. L. Pontes 12 de agosto de 2013 às 01:43

    Olá meu sobrenome Pontes vem d meu pai e d meu avô paterno sou d Itapeva interior de SP mas nunk soube mto sobre a família d meu avô por isso gostaria d saber mais sobre este sobrenome q gosto tanto

  23. antonio natanailson brito pontes 4 de setembro de 2013 às 01:52

    olá pra todos os ponte. me chamo antonio natanailsom brito pontes. o pontes vem do meu a vô paterno meu avô veio do rio grande do norte na época da guerra
    pro acre

  24. Valdevir Ferraz de Pontes 10 de outubro de 2013 às 22:04

    Sou tambem da familia Pontes mas aqui do sul de minas gerais da cidade de Andradas eu ja soube de algumas pessoas falando sobre nossa familia mas não tenho uma certeza absoluta sobre os fatos. Mas aqui em Andradas tem uma pessoa que escreveu um livro sobre a historia da cidade e conseguentemente sobre a familia Pontes porque somos remanecentes da fundação da cidade. sabemos que tem muitos Pontes na região de Ponte Nova minas gerais, muitos Pontes na região nordeste e no interior do estado de São Paulo principalmente no vale do paraiba. A escritora e a Nilza Alves de Pontes ela escreveu o livro baseado no historiador que é seu pai João moreira que deixou um vasto material que ela passou para o livro contando em minucias tudo sobre parte da nossa historia vale a pena conferir

    • rosangela 24 de fevereiro de 2015 às 13:26

      Valdevir, estes Pontes são provavelmente os meus… rsrs
      Meus bisavós foram para a região de Frutal, Icém.
      Antes disso eram de outra cidade mineira que agora não me recordo, pois a muito tempo deixei de pesquisar.
      Deste livro que vc se refere, vc tem alguma referencia de antes de chegar a minas?
      Segundo relata um prima, nós somos de uma familia de 3 Pontes que chegaram ao Brasil e que cada um foi para uma região: Bahia, Minas, RJ…
      Tenho algumas anotações a muito esquecidas que pretendo revirar caso tenha algo mais interessante.

      Abraços

      • Mauricio P. 10 de maio de 2015 às 02:48

        Então encontrou mais um Rosangela. Meu avô e pai tbm eram de Andradas-MG e migraram depois principalmente para São João da Boa Vista-SP onde nascí. Alguns irmãos de meu pai foram para cidades como são paulo, jundiaí e no caso de meu pai, veio para Sorocaba-sp, mas a maioria continuou em São João. Quanto ao livro talvez possa te ajudar um pouco. Se bem me lembro o título é “Caminhando de Samambaia à Andradas”.autora Nilza Alves de Pontes Marques

        • Rita Mederer 20 de agosto de 2015 às 10:57

          Gente! tambem sou Pontes de Sorocaba e meu pai nasceu em Sao Joao da boa vista, mas eu nao te conheco. legal saber que vc tambem e Pontes.

  25. Valdevir Ferraz de Pontes 10 de outubro de 2013 às 22:10

    Eu gostaria de saber mais sobre essa familia numerosa e me corresponder com que se interessar sou aposentado e estou ao seu dispor para decifrar esse enigma dos nossos antepassados um abraço a vocês e toda sorte do mundo para os descendentes. No Brasil só os Pontes viajaram no espaço. Marcos Pontes.

  26. Cleide Pontes 19 de outubro de 2013 às 11:08

    Eu também tenho o sobrenome Pontes, Cleide Pontes, meu sobrenome das cidades de Sao Caetano e Caruaru, gostaria de me comunicar com meus parentes, minha avó era Lucinda Pontes.

    • Cristiane 12 de janeiro de 2016 às 17:10

      Olá Cleide,
      Meu Pai é de São Caetano, provavelmente somos primas rssssss, nossa.

      Meu avô era o Raimundo Micena de Pontes, estou em contato com o cartório para pegar o documento.

      Me escreva.

      bjos

  27. PEDRO 30 de outubro de 2013 às 22:53

    PEDRO PONTES
    Gostaria de saber sobre os Pontes do baixo amazonas, alguma informação sobres , meu pai era dessa região.
    concordo com Valdevir que além do nosso Parente Marcos Pontes ser viajante astronauta,parece ser o único brasileiro a trabalhar na NASA, isso muito orgulha a família PONTES.

  28. Rodrigo Pontes 31 de outubro de 2013 às 16:08

    Boa tarde eu queria saber se tem certeza se os PONTE ou PONTES sao portugueses mesmo
    sempre achei que eram Espanhois

  29. Denis Pontes 17 de dezembro de 2013 às 01:07

    Tai família grande, rs

  30. joana costa lima 20 de dezembro de 2013 às 23:20

    eu sou joana costa foi criada por a família pontes, o meu avo francisco isidoro pontes e minha vó maria madalena de jesus, no ano de mil 900 foram embora do sobral ceara para o lugar vieira no piauí onde la ele ja levou 5 filhos e depois nasceu minha mãe cristina nasceu no piaui , onde ela teve 22 filhos com o que ela criou foram 31 eu foi uma das filhas deles de criação,meus pai me deram amor carinho educação e depois no ano de 1983 faleceram , eu não conhecia muito bem a historia desta família pontes , então eu conheci o evangelho da igreja de jesus cristo dos santos dos últimos dias, na qual eu me batizei e estou sequindo este evangelho e depois fui chamada para trabalhar na historia da familia, eu porem tive o interesse de saber realmente vinha a família pontes onde hoje vivo em natal tenho dois filhos um casal, mas no ano passado eu viajei pra Esperantina do piauí a procura de dados da família pois a qual eu tenho amor carinho e tenho como minha família de verdade,hoje eu sou consultora da historia da família de minha ala e de minha estaca, eu amo fazer este lindo e belo trabalho, eu neto de meu avo fez dois memorando eu fiquei muito feliz em saber um pouco de meus antepassados , descobrir parentes que não imaginava conhecer-los hoje me sinto feliz em saber um pouco da família que me criou e quero saber mas pois tenho parentes potes em sobral pois a familia dele e do ceara mas também sei que são antecedentes de Portugal,

    • Joseane 19 de novembro de 2015 às 04:27

      Gostaria de saber por onde começar essa pesquisa

  31. Glória Suzy Pontes 28 de dezembro de 2013 às 18:45

    – boa tarde, eu gostaria de saber se o sobrenome Pontes é originado do latim ?

  32. Diogo Pontes 30 de janeiro de 2014 às 13:27

    Pessoal, o nosso sobrenome, como vocês devem imaginar é originário de Portugal! Achei um link que explica melhor a nossa origem! rsrsrs

    http://sonhosescandinavos.com/curiosidade-origem-dos-sobrenomes-e-genealogia-da-familia-pontes/

  33. esmeralda 5 de fevereiro de 2014 às 23:49

    oi tbm sou pontes Esmeralda pontes legal saber a origem do meu nome

  34. J.PONTES 14 de fevereiro de 2014 às 17:39

    SOMOS DE ORIGEM TEMPLÁRIA E RECEBEMOS ESSE TITULO DE NOBRES POR QUE NOSSOS ANCESTRAIS DOMINAVAM A ARTE DE CONSTRUIR PONTES, ASSIM FOMOS DENOMINADOS PONTES.
    A ORIGEM PORTUGUESA DO NOME VEM DE JOHANES DE PONTE, DECENDENTE DOS TEMPLARIOS QUE DETINHAM ESSE TITULO, E QUE CRUZAVAM OS CONTINENTES EM SUAS BATALHAS ONDE OS DE PONTE CONSTRUIAM A LIGAÇÕES ONDEM PUDESSEM AVANÇAR COM SEUS CAVALEIROS.

    OS PRIMEIROS PONTES QUE CHEGARAM AO BRASIL, FORAM PARA O CEARA, DEPOIS SE ESPALHARAM PELO RIO GRANDE DO NORTE E PIAUI E A OUTRA PARTE PARA O INTERIOR PAULISTA; STA RITA DO PASSA QUATRO, MINAS, BATATAIS, PIRASSUNNGA E REGIÃO.
    O FATO É QUE SOMOS TODOS PARENTESCOS DE LONGE.

    FORTE ABRAÇO A TODOS.

    • Letícia Costa Pontes 21 de abril de 2015 às 00:12

      Olá assim como você gostaria de saber mais sobre a Família Pontes. Meu pai é Osvaldo Alves Pontes e meu avô paterno Domingos Pontes. O pai do meu avô pelo o pouco que minha família sabe veio da Ilha da Madeira de Portugal. Essa história de que eram 3 irmãos, também já ouvi…meu avô morava em Uchôa quando rapaz e depois de casado se mudou pra Vitória Brasil interior de São Paulo. ..Será que somos todos da mesma família? Gostaria de mais informações

  35. edilene pontes silva 20 de maio de 2014 às 11:40

    quero saber quem foi a primeira familia pontes

  36. WANDERLEY PONTES DE MIRANDA 28 de maio de 2014 às 19:24

    SOU BISNETO DO PORTUGUES JOSE FRANCISCO PONTES, O QUAL AQUI CHEGOU A QUASE 180 ANOS, COM 17 ANOS DE IDADE, DEPOIS VIERAM OUTROS DOIS DE SEUS IRMÃOS, UM VEIO PARA SUA COMPANHIA, AQUI NO TRIANGULO MINEIRO, O FRANCISCO JOSE PONTES E O OUTRO FOI PARA A REGIÃO ONDE FICA HOJE APERIBE-RJ. SEUS ANCESTRAIS CONTINUARAM EM PORTUGAL. O QUE OCORREU DÊSDE A CHEGADA NO MEU BISAVÔ, ATÉ O PRESENTE. SEI DE TUDO, ORRRRRA!
    MARCOS PONTES E A CANTORA PORTUGUESA DE FADO SÃO NOSSOS PARENTES. PARA SER UM VERDADEIRO PONTES, TEM QUE GOSTAR: DE MUSICA, DANÇAR, SER ALEGRE, DIVERTIDO, VIVER, PESCAR, DO BACALHAU, LOGICO, AZEITE, VINHO, CERVEJA, CACHAÇA E COMO BEBEM!

    • rosangela 24 de fevereiro de 2015 às 13:28

      Wanderley, acabei de escrever para outra pessoa sobre isso.
      Sei que são 3 irmãos, uma ficou pela Bahia, outro foi para minas – triangulo e o outro para um região de minas.
      Vc tem mais alguma informação sobre esses 3 irmãos???
      abraços

      • Ricardo Ferreira Pontes 3 de janeiro de 2016 às 00:34

        Olá! Meu pai se chamava Armando Ferreira Pontes > meu Avô Henrique Ferreira Pontes > meu bisavô Henrique Ferreira Pontes (nome igual do filho) > Minha Bisavó Maria Emília de Souza Pontes
        Frederico Ferreira Pontes > Filho de José Ferreira Pontes e Ana de Vasconcelos Pontes.

        o que sei deles:
        Henrique Ferreira Pontes nasc 04/11/1898 e Frederico Ferreira Pontes nasc. em 05/05/1877 eram médicos em Salvador, Bahia. Batizados na Igreja São Pedro de Salvador.
        Inclusive existe uma rua com o Nome de Frederico Pontes em Salvador, que meu pai dizia que recebeu o nome em homenagem ao tio dele. Esta Rua esta localizada próximo ao Hospital

    • luiz carlos pontes 4 de agosto de 2015 às 23:24

      gostaria de me comunicar c/voce, meu tel. 024 99813-0688
      meu pai era de aperibé

  37. Selma Pontes 17 de julho de 2014 às 01:44

    Olá à todos os Pontes!!

    Tenho o sobrenome Pontes, que herdei do meu pai, José Pontes. A família do meu pai é de origem de Santana de Parnaíba/ SP. Gostamos muito do nosso sobrenome e acho muito interessante conhecer a nossa história!

  38. Claudir Pontes de Matos 26 de julho de 2014 às 23:47

    Sou Pontes, sobrenome que herdei de meu pai, avô e bisavô, este nome foi trazido de Portugal pelo avô do meu pai, Manoel Pontes, para a cidade de São Sebastião-SP. Neste ano (2014) junto com meus 9 irmãos, e nossos descendentes, conseguimos realizar o 1º encontro da família PONTES na cidade de São Vicente – SP onde mora uma parte da família e se tudo correr bem realizaremos em dezembro 2014 o 2º encontro, e para participar basta apenas ter o sobrenome PONTES. Quem sabe um dia encontraremos esta grande família e saberemos mais sobre nossas origens. Meu E-Mail para contato é pontesdematos@ig.com.br e o Facebook é “pontes de matos”.

  39. Cristiano Ponte 11 de agosto de 2014 às 18:32

    Queriam saber se existe diferença entre .Ponte e Pontes

  40. Nildo Pontes 12 de agosto de 2014 às 18:51

    Quanta história!

  41. Vanessa Ponrwa 9 de outubro de 2014 às 18:34

    Boa Tarde!
    Me chamo Vanessa Pontes moro em Santos, e o que eu sei e que tenho este sobrenome do meu avô Vitorio Pontes e que nasceu em Iguape-SP, gostaria muito de saber mais fatos e história sobre este sobrenome…

  42. alexandre pontes 22 de outubro de 2014 às 13:03

    ola eu sou alexandre pontes e queria saber um pouco mais sobre meu sobrenome ta ok.

  43. Arone Pontes 7 de novembro de 2014 às 15:17

    Pontes também no sul de minas em Varginha mg.

  44. Levy Pontes 18 de novembro de 2014 às 12:04

    Bom dia, boa tarde, boa noite a todos.
    Creio que devem existir algumas origens e não uma só.
    Motivo? Então, muitas famílias tinham seus nomes ligados a povoados onde o nome da cidade se tornava o nome da família.
    Gostaria de trabalhar com datas.
    Vi que tem algumas pessoas do nordeste (alagoas, rio grande do norte, joão pessoa e Pernambuco).
    O tronco mais longe da minha família que tenho ciência, data de 1750-1800 aproximadamente.
    Minha avó Alzira Pontes, bisavó Francisca Pontes e Tataravô João de Sousa Pontes, vieram do Povoado Serra dos Pontes (atual Pontina (distrito do município de Ingá – João Pessoa), João de Pontes era um homem de pose naquela época. A família cresceu e alguns dos meus antepassados migraram para Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Norte e Alagoas.

    Caso algum dos que aqui estiveram vejam essa mensagem e puderem trocar informações, ficaria agradecido. Peço que coloquem uma data aproximada do último antepassado seu que se tem ciência, lembro de alguns nomes de tios-avôs e certamente minha avó lembra de seus tios também (meus tataratio-avôs?rsrs..).

    Qualquer coisa, favor comunicar em: levygust@gmail.com

  45. francicleia 10 de dezembro de 2014 às 18:14

    Sou francicleia Pontes,sobrenome herdado do meu avô ele era do ceara não sei o certo o nome da cidade mas fico feliz em saber um pouco da história hoje moramos no interior do estado do Pará meu avô se chamava João Pinheiro Pontes.

  46. maria do socorro soares de araujo 24 de janeiro de 2015 às 16:34

    EU, SOU MARIA SO SOCORRO SOARES DE ARUJO, SOU BISNETA DE UMA SENHORA POR NOME, DAMIANA BATISTA DE MELO,( MÃE VIDA, ASSIM ERA CHAMADA EM PIANCÓ, HÁ MUITOS ANOS.) NÃO SEI SE ELA É DE SANTANA DO GARROTE OU SEJA PIANCÓ.NÃO TEMOS REGISTRO DO NASCIMENTO NEM DE CASAMENTO DA MESMA. QUE SaIU CASADA COM ANTONIO TARGINO ALVES(ELE) ESPANHOL. HABITARAM DEPOIS DE CASADOS INGÁ DE BACAMARTE E DEPOIS FICARAM EM SERRA REDONDA ATÉ SEUS ULTIMOS DIAS. TAMBEM GOSTARIA DE SABER SOBRE MEU AVÔ, ALFREDO SOARES DA SILVA, DE INGÁ , TAMBEM NÃO TEMOS REGISTRO, MAS É NATURAL DÁI.EM PIANCO, DISSERAM-ME QUE HOUVE HA MUITOS ANOS UMA ENCHENTE E DESTRUIU O CARTORIO E A CASA PAROQUIAL. MAS SERA QUE NÃO SALVARAM NADA ENTRE 1916 OU ANTES? A MINHA AVÓ, FILHA DA DAMIANA CASOU-SE EM 1918, PORTANTO ACREDITO QUE DEVA SER ANTES DESSA DATA. MIM AJUDEM A ENCONTRAR MEMBROS AINDA DESSA FAMILIA.

  47. maria do socorro soares de araujo 24 de janeiro de 2015 às 16:40

    POR FAVOR SE AINDA NESTAS DUAS CIDADES( SANTANA DO GARROTE E PIANCÓ) EXISTIR MEMBROS DA FAMILIA DE DANIANA BATISTA DE MELO, ENTRE EM CONTATO COMIGO QUE FICAREI ETERNAMENTE GRATA, SONHO CONHECER AS MINHAS ORIGENS POR PARTE DE MEUS AVÓS MATERNOS. MORO NA CIDADE DE CABEDELO, SOU ESCRITORA, PROFESSORA APOSENTADA E BACHARELADA EM DIREITO, PRETENDO TERMINAR MEU LIVRO COM A FAMILIA DE DAMIANA BATISTA DE MELO, QUE SÃO MINHAS RAIZES. DELA SÓ TENHO A FOTO COM MEU BISA. ANTONIO TARGINO ALVES.MEU CELULAR É; 83-8872-0964.

  48. Nayra Raquel Pontes 2 de fevereiro de 2015 às 19:00

    Olá! Sou natural de Ceará, posso acreditar que o sobrenome Pontes é de origem portuguesa, mas ainda há muitas informações que podem ser descobertas, logo, se houver alguém com esse sobrenome que vive no Ceará ou em outros lugares se comuniquem comigo pois escrevo um livro essa descendência.
    Meu e-mail é nayrakel2010@hotmail.com

  49. Clezivaldo 5 de fevereiro de 2015 às 02:43

    Aqui na Paraíba tem família Pontes busco a origem e tenho certeza que é de origem holandesas e de judeu novos que veio para o Brasil espanha Portugal e Bahia depois Pernambuco e depois cresceu tanto que temos familiares em todo Brasil estou em busca da nacionalidade judia.

    • Fabiano Vieira Pontes 6 de julho de 2015 às 19:10

      Olá Clezivaldo, gostaria de saber mais dessas informações q vc tem sobre a origem dos Pontes. Obrigado

  50. ^nazaré 11 de fevereiro de 2015 às 18:07

    sobrenome Malheiros e Pereira, qual origem

  51. Orlando Pontes 23 de março de 2015 às 22:39

    Sou transmontano, distrito de Bragança, conselho de Macedo de Cavaleiros e natural de Talhas. O meu nome Pontes vem do meu pai António José Pontes, natural de Morais e onde tenho muita família com o nome Pontes. Essa família está disseminada por Portugal e também no Brasil.

  52. luciana pontes 13 de abril de 2015 às 17:06

    Meu nome é luciana pontes, moro em sp, meu pai veio da cidade de ponte nova MG

  53. Fábio Pontes 25 de maio de 2015 às 16:38

    Sou do interior do Paraná, meu avo (Pedro Pontes), veio da região de Ribeirão Preto/SP, não sabemos quase nada da familia dele, alguem se identifica?

  54. Bruna Pontes 25 de maio de 2015 às 18:30

    Povo de Pontes… Estou vendo que muitos tem a curiosidade de saber onde começou o sobrenome. Pela a informação aqui do site “O Pontes é um exemplo de localidade em que as pessoas usavam como sobrenome…”, então podemos dizer que qualquer pessoa que morava perto de uma ponte seria conhecido como “fulano d ponte”. Então creio que a pessoa procurar o registro do primeiro “Pontes” vai encontrar diversos! Pontes foram feitas por todo o mundo! Podem reparar que existem registro de “Pontes” espanhóis, portugueses, italianos, norte americanos, europeus e sabe-se lá quantos mais! Galera… Aceita que dói menos rsrsrs

  55. Paulo Roberto Pontes 24 de junho de 2015 às 15:55

    Sou da cidade de Cachoeiro de Itapemirim – ES. Gostaria de saber mais sobre a família Pontes, principalmente a da minha região. Um ABRAÇO A TODOS OS PONTES DO BRASIL!!!

  56. Fabiano Vieira Pontes 6 de julho de 2015 às 19:02

    Alguém já consegui tirar dupla cidadania com esse sobrenome Pontes ? Sou de Vitória-ES e tenho grande interesse em saber mais sobre os nossos antepassados. Valeu !

  57. Ledi 7 de julho de 2015 às 01:40

    Eu sou de Caibaté _RS, cidade pequena na região noroeste do estado,talvez nem encontrem no mapa mas quero saber onde encontrar o brasão da família PONTES,sou gaúcha de natureza e Brasileira de ♥ meu sobrenome herdei de meu pai.

  58. Robson pontes da silva 22 de julho de 2015 às 21:18

    Queria saber quantas pessoas tem a familia pontes no ceará.
    Meu fecebook e robson pontes

  59. valter pontes 2 de agosto de 2015 às 23:45

    Sou de Salvador-Ba, gostaria se tenho algum parente que não conheço.

  60. Adriana Pontes Uchimura 9 de agosto de 2015 às 02:22

    Olá vc pode me enviar o que vc já tem de informação sobre a família Pontes, pois adoraria saber mais. Sou do interior de São Paulo chamada Registro, atualmente resido em Bragança Paulista. meu facebook é Adriana Uchimura, aguardo. obrigada.

  61. Ondina Pontes 19 de agosto de 2015 às 18:52

    Meu avõ,Jovino Pontes,olhos claros,dizia ser descendente de portugues,mas tinha a historia de uma ponte,que um bebê encontrado embaicho de uma ponte,gostaria de saber sobre isso;obrigada

    • Rosangela Pontes 31 de dezembro de 2015 às 00:34

      Olá Ondina, sua bisneta do Jovino Pontes, neta da vo Lazarina, entre em contato comigo .
      Meu whats 011 981567558

  62. Ericson Pontes 30 de agosto de 2015 às 15:09

    Realmente os Pontes são descendentes dos Portugueses. Minhas família é do Estado do Pernambuco, meu tataravô era um renomado senhor de Engenho chamado José Manoel Ferreira Pontes, eles se instalaram e ajudaram a fundar uma cidade chamada Sairé que fica próxima a Caruaru.

    • Paulo Marcelo Pontes 14 de outubro de 2015 às 23:48

      Ericson, sou descendente do mesmo José Manoel Ferreira Pontes. Há alguns anos venho montando a árvore genealógica da família. Vamos trocar figurinhas? Meu telefone (81) 995594193

    • Cristiane de Fátima de Pontes 12 de janeiro de 2016 às 17:32

      Olá , sou descendente da Familia Pontes de São Caetano – PE, meu e-mail cristianepontes@bol.com.br.
      Gostaria muito de saber mais sobre os Pontes pernambucanos.
      Obrigada.

  63. Ericson Pontes 30 de agosto de 2015 às 15:13

    Que tal criarmos um grupo no whatssap, para aprofundar nossos conhecimentos sobre os pontes?

  64. Wandesmer de Araujo Pontes 25 de setembro de 2015 às 21:39

    Pelo que meu Pai Nelson Lins Pontes, me falou foi que os pontes dominava a cidade de Porto Calvo-AL cidade de “Calabar” e logo depois foram para a cidade de Stª Luzia do Norte-AL, gostaria de manter contato com os Pontes de todo o Mundo

  65. RONDINELI DE SOUZA PONTE 25 de setembro de 2015 às 22:17

    GOSTARIA DE SABER MAIS INFORMAÇÕES SOBRE ASCENDENTES COM SOBRENOME PONTE, MEU E-MAIL :rondineliponte@gmail.com

  66. Liliam Breczinski Jappert Pontes 23 de outubro de 2015 às 11:36

    Sou carioca, mas meu Pontes tem origem na colonização do estado do Espírito Santo. Segundo minhas pesquisas, descendo de um português AÇORIANO chamado ISIDORO DA PONTE, que chegou ao estado do ES em 1814 com a mulher Maria Rosa e 2 filhos: Manoel (11 anos) e Maria (5 anos), para a colonização da região do Rio Jucu (mais tarde chamada colônia de Viana). Esse pequeno Manoel vai se casar mais tarde com minha trisavó suíça Caroline Jappert chegada ao Brasil em 1856, e dar origem a um dos 2 ramos capixabas da minha família materna.

    Estou agora em busca da sua origem e localização anterior à chegada com a família ao ES, ou seja, se veio de outra província ou diretamente com os demais 60 açorianos que chegaram ao Rio Jucu em 1814. Mas chamo a atenção para o fato de que a mudança do sobrenome DA PONTE foi modificado para PONTES por erro de cartório: na certidão de nascimento do meu avô o sobrenome original do meu trisavô (o menino açoriano Manoel) consta como Pontes e esse não era o seu nome.
    Nos toponímicos é importante que não se perca as preposições “de”, “da” etc, que particularizam essa origem ‘geográfica’, mas o meu “DA PONTE” foi perdido infelizmente.
    Em 1857, chegou sozinho outro jovem açoriano,15 anos de idade, provavelmente apadrinhado da família do meu trisavô. Chamava-se JOÃO DA PONTE. Acrescentei pois talvez seus descendentes entrem nesse site rs.
    Continuo ‘rastreando’ meus açorianos e desejo a vocês boa sorte.
    Sugiro a quem tem origem capixaba que procure o site do Arquivo Público do estado do Espírito Santo, Projeto Imigrantes. Tem sido ótimo ponto de partida pras minhas pesquisas totalmente amadoras sobre meus queridos ancestrais imigrantes.

    OBSERVAÇÃO 1) Existe nos arquivos do Projeto Imigrantes um outro português “MANOEL DA COSTA PONTES”, vindo de Entre Rios, Portugal; mas esse não é meu ancestral pois chegou ao ES só em 1893 (casado com Margarida do Couto Reis e com a filhinha Maria, de 2 anos). Esse, portanto, não poderia ser meu trisavô rs. Saudações a todos e ao autor do blog.

    • Liliam Breczinski Jappert Pontes 23 de outubro de 2015 às 15:46

      Correção: tentando resumir, ‘pulei’ um ancestral rs Não foi com o primeiro Manoel da Ponte que a jovem suíça Caroline se casou na colônia de Rio Novo; foi com um neto do senhor Isidoro, *Manoel DA PONTE dos Santos* (provavelmente filho de Manoel ou Maria, as crianças açorianas chegadas em 1814 com os pais). Este Manoel DA PONTE dos Santos que aparece nos registros do Projeto Imigrantes com entrada em 1857, aos 32 anos, tinha nacionalidade portuguesa mas sem detalhamento do seu local de origem. Presumo – até posterior confirmação – que a família açoriana ou parte dela tenha saído da colônia capixaba até que esse neto ressurge. Acrescento para colaborar com as pesquisas de vocês que junto com ele, veio um irmão de 27 anos: Jacinto DA PONTE dos Santos. Quem sabe deu origem a um outro ramo original ‘Da Ponte’ brasileiro?
      De qualquer forma, vale a observação ´para suas pesquisas: o ‘DA PONTE’ desses antepassados açorianos foi modificado para “PONTES” em todos os descendentes desse tetravô Manoel, infelizmente. Gostaria de voltar a ser “Da Ponte”. Sem deixar de mencionar que esses erros de grafia dos nomes nos cartórios acabam dando mais trabalho aos pesquisadores de meia tigela, como eu rs. Desculpem o excesso de detalhes rs Mas quem sabe descubro mais parentes entre outros ex Da Ponte por aqui ^^ Abraços.

  67. Monique Pontes 3 de dezembro de 2015 às 05:51

    Oi Pessoal! O meu avô era do interior do ceara de Russas, se chamava José Pereira Pontes, se alguem conhece essa cidade e tem algum parente com esse sobrenome me fale, poderemos ser parentes sou de Manaus/ Am!! Fico no aguardo.

  68. Éverton Pontes 10 de dezembro de 2015 às 19:50

    Estou pesquisando para saber um pouco mais sobre a origem da família pontes, o sobrenome Pontes vem do meu avô materno, José Francisco Pontes, minha mãe e meus tios não sabem muito sobre a família a família do meu avô, por isso estou procurando, sei que ele foi casado duas vezes a última com minha avó, mãe da minha mãe, Helena Candida de Jesus, logo após ficar viúvo pela segunda vez, ele foi embora para Rondonópolis, com os filhos do primeiro casamento e os mais velhos do segundo casamento, deixando para trás a caçula, Evani Irene Pontes, se caso alguém souber de algo, pois não sabemos se ele teve irmãos, há uma tese de que ele foi criado por uma família Pontes, que o adotou e deu-lhe o sobrenome, mas não boatos não sabemos se é ou não verdade.

  69. Gilberto Gouvea Pontes Filho 5 de janeiro de 2016 às 02:47

    Pontes ‘ da Ponte” Nome de uma comarca localizada nos Açores e na vinda de Portugueses com este sobrenome; por fala de entendimento da forma dos Portugueses falarem muitas vezes na entrada dos navios e vistos dos imigrantes Portugueses no Brasil se falava ex: Bruno da ponte, e entendia-se Bruno Pontes e assim era escrito no documento de permanência no Brasil. Este foi o caso de meu avo comprovado por mim em conservatória de Lisboa.
    Origem do nome no meu caso? Açores.

  70. Cristiane de Fátima de Pontes 12 de janeiro de 2016 às 17:43

    Olá.

    Sou neta da Raimundo Miscena de Pontes da cidade de São Caetano – PE.

    Gostaria muito de me comunicar com a família Pernambucana, estou tentando montar a arvore genealógica..

    Meu e-mail cristianepontes@bol.com.br

  71. José Marcelo Pontes 22 de janeiro de 2016 às 21:21

    Minha família é originária de Sacramento e Conquista, MG. Meu avô chamava-se Sebastião Vieira Pontes, casado com Judith Batista Pontes, filha de João Theodoro Batista.

  72. Douglas Pontes 24 de janeiro de 2016 às 23:27

    Olha quanta gente da família kkk

  73. joana 25 de janeiro de 2016 às 19:40

    boa noite eu tenho um grupo da família pontes no meu fec , onde esta uma parte da historia , para entra neste grupo diga de onde e e filha de quem

    • joana 25 de janeiro de 2016 às 19:41

      meu nome no fec e joana de jesus costa

Deixe um comentário