Família Aragão

A família Aragão possui grande força e popularidade aqui no Brasil, apesar de sua origem não ser em nossa terra. Conheça a seguir sua história de origem, curiosidades, variantes e o brasão da família.

Origem da Família Aragão

Assim como a maioria dos nomes populares aqui no Brasil, a origem do sobrenome Aragão é espanhola.

Aragão é uma alcunha toponímica, ou seja, é um sobrenome de origem geográfica. O sobrenome vem dos rios Aragão Subordan e Aragão, ambos situados nos Pirineus, localizados no norte da Espanha.

Nos dias atuais, o sobrenome Aragão não possui mais tanta força em seu país oriundo, tendo apenas registro de apenas 46 famílias.

No entanto, há quem diga que a origem do sobrenome Aragão é portuguesa, vinda da Casa Real de Aragão, através de D. Pedro de Aragão, filho ilegítimo do Rei Pedro III de Aragão.

Atualmente, em Portugal há 1.071 famílias portando este sobrenome.

Curiosidades do sobrenome Aragão

Assim como muitos sobrenomes estrangeiros, o nome Aragão ganhou muita força e popularidade no Brasil. Aqui, há 47.015 famílias que carregam este sobrenome. É importante dizer que o Brasil ocupa o ranking de primeiro lugar no mundo com o maior número de registros de indivíduos com este sobrenome. Em segundo lugar está a Angola, com 4.802 famílias. Já Portugal, está em terceiro lugar e Espanha ocupa o sétimo lugar.

Variantes do sobrenome Aragão

O nome Aragão possui alguns sobrenomes variantes e similares ao redor do mundo, incluindo o Brasil. Veja a seguir as principais variantes de Aragão:

– Arago;

– Aragon;

– Araga;

– Argao;

– Araugo;

– Ariaga;

– Arraga;

– Areago.

Brasão da Família Aragão

O Brasão da família Aragão é dourado, com quatro faixas vermelhas posicionadas na vertical. Acima, podemos vislumbrar o capacete de um cavaleiro medieval na cor prata. O timbre do brasão, que fica posicionado sobre a cabeça do cavaleiro é um touro vermelho com um sino de ouro preso por uma fita.

Através da imagem do brasão, podemos deduzir que provavelmente a origem mais correta do sobrenome Aragão seja a portuguesa, pois o escudo presente no brasão possui as cores e a forma idêntica às armas da Casa Real de Aragão.

Veja o brasão: https://2.bp.blogspot.com/-28CsC8VkU9g/VWHmajpmoKI/AAAAAAAABFk/0QTqcmd3s1M/s1600/arag%25C3%25A3o.jpg

Compartilhe com seus amigos...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

62 respostas para “Família Aragão”

  1. Oi sou de Itajaí SC,mas moro em Navegantes SC cidade vizinha,meu avô se chamava José Dorval de Aragão nascido em Tijucas SC.
    Fui criada por meus avós,mas não sei muito da história deles,se alguém tiver alguma notícia de onde veio as famílias daqui por favor entre em contato comigo,me chamo Carmelina.
    Obrigada!

  2. Sobrenome que dou muito valor. Amo de coração e respeito.
    Sou Rogério Silva Aragão, meu bizavô Antônio Ximenes Aragão, pai do meu Avô Inocêncio Damasceno Aragão, casado com minha avó Florentina Fontenele Aragão (Camocin-CE/Viçosa-CE/Granja). Tiveram alguns filhos, dentro eles meu pai José Osmar Aragão (somos de Brasília), eu já comecei a popular o mundo e agregar o sobre nome nos meus filhos (Miguel Barros Aragão, Helena Oliveira Aragão, Lorenzo Oliveira Aragão)…Esposa Clemilda Oliveira da Silva Aragão.

    Facebook (Rogerio Aragão)

    1. Também sou Aragão, sou de Portugal na freguesia de Venade/ Caminha, freguesia onde meu pai nasceu, existe lá o brasão de Aragão, segundo contaram meus antepassados, o nome Aragão vem de famílias espanholas e francesas.

    2. Sou nascida em Aimorés MG ,mas resido atualmente em Ipatinga MG
      .meu avô chamava Sebastião Antônio de Aragão e meu pai Limirio Celso Aragão.

  3. Meu pai me contou uma história que, eram 2 irmãos vindos de portugual, que estavam perdidos no mar e desembarcaram no ceará, um ficou no ceará e outro foi para o Maranhão.

  4. meu nome é, Vanderley Lima de Aragao, sou da Bahia, e la também, pelo que eu vejo tem muitos, Aragões, a minha vó era espanhola, e meu avó com mistura de Índios, mas nunca fui a fundo saber desse sobrenome, qual a origem real, como na espanha tem a cidade ou vilarejo de Reino de Aragao

    O Reino de Aragão (em aragonês: Reino d’Aragón) foi um dos reinos cristãos que nasceram na Península Ibérica durante a Reconquista. Era, inicialmente, um reino condado dos Francos que foi posteriormente anexado ao reino de Pamplona (mais tarde designado Reino de Navarra), em 925. Foi herdado por Ramiro Sánchez pela repartição dos territórios de Sancho III de Navarra pelos seus filhos, antes de morrer. Enquanto condado feudal, foi responsável pela conquista de Saragoça em 1118. Separou-se de Navarra em 1035, dando origem ao Reino através da união dos condados de Aragão, Sobrarbe e Ribagorza sob o comando de Ramiro Sánchez.

    Coroa de Aragão

    Petronila de Aragão, e Raimundo Berengário IV de Barcelona numa pintura do século XII. À esquerda pode ver-se a Cruz de Alcoraz, Brasão heráldico do Reino de Aragão, e à direita o Brasão do Conde de Barcelona
    Ver artigo principal: Coroa de Aragão
    Em Agosto de 1137 o Rei de Aragão Ramiro II de Aragão entrega a sua filha Petronila, com cerca de um ano de idade a Raimundo Berengário IV, Conde de Barcelona, com um contrato indicando o seguinte[1]:

    “Eu, Ramiro, Rei de Aragão, dou-te a ti, Raimundo Berengário, Conde de Barcelona e Marquês, a minha filha para tua mulher, juntamente com todo o Reino de Aragão, integralmente (…)”.

    Com este ato juntam-se dinásticamente o Reino de Aragão e os diversos territórios administrados pelo Conde de Barcelona, sumamente apelidados de Condado de Barcelona. A dinastia da Casa de Barcelona, fundada por Raimundo neste ato, será consolidada pelo filho do casamento com Petronila. A Casa de Barcelona reinará até Maio de 1410, aquando da morte de Martim I sem descendência.

    O último rei da Coroa de Aragão foi Fernando II de Aragão, que reinou de 1479 a 1516. Mediante seu casamento com Isabel de Castela, unificou os reinos de Aragão e Castela em forma de confederação, no que se passou a chamar Monarquia Espanhola. Fernando e Isabel, conhecidos como os reis católicos tiveram papel importante na história das conquistas espanholas na América por terem financiado a primeira viagem de Cristóvão Colombo em que, viajando para o oeste, resultou na descoberta das Américas.

    Os domínios da Coroa de Aragão mantiveram-se soberanos, com fronteiras estabelecidas e instituições de autogoverno próprias até 1707,quando Felipe IV (V de Castela), depois da Guerra da Sucessão aprovou os Decretos do Novo Plano, tendo a Coroa a partir daquele momento tornado-se definitivamente parte do Reino de Espanha.

    Partes significativas do antigo reino integram hoje as comunidades autónomas de Aragão, Valencia, Catalunha e Ilhas Baleares.

    Ver também
    Condado de Aragão
    Coroa de Aragão
    Listas de reis e rainhas de Aragão

    1. Que cidade vc mora? Eu sou:José Carlos Gomes de Aragão. Meu pai é nascido em Itabi-Se. Me responda. N° 79998808800

    1. Boa noite Tarcio Aragão!
      Meu padrinho se chama Pompilio Aragão, segundo o que me falaram ele é primo de segundo grau de Renato Aragão e era do Ceará , porém ele e minha madrinha não chegaram a se casar, fui batizada em Campina grande na Paraíba PB, meus pais foram morar e Brasília e nunca mais tive notícia dele. Será que vc consegue alguma informação?

    1. Oi ! Meu nome é Wilca Iane Aragão Abreu, meu sobrenome vem também do Ceará. Meu avô se chamava Jacinto Bispo de Aragão. Gostaria muito de saber se minha mãe tem parentes vivos pois ela é filha única, meu avô era filho único e seus pais morrem quando ele ainda era muito jovem.

  5. O sobrenome do meu pai e Machado Aragao. A familia dele e de Nossa senhora da Glorida. Ele tambem disse que antes o nome continha “De Aragao”. Meus avos eram primos. Eu fiz o test de DNA do meu pai, para ver os ancestrais dele ( 23 and me e uma companhia nos Estados Unidos que faz teste de DNA ) Como quase todos os brazileiros ele teve uma pequena mistura de indio e negro. 83 % europeu, e uma das regioes da Europe deu 50 % Portugal (nao Espanha). eu tambem estava curiosa sobre os cristaos novos (judeos convertidos ao cristianismo). Infelizmente neste teste de DNA nao havia a categoria de judeu Sefartida (judeu da Espanha e Portugal), so havia a categoria de judeu Ashkenazi. No caso do meu pai so deu 0.2% (muito pouco para levar em consideracao). Eu tambem usei outra companhia chamada family.treedna.com, no caso do meu irmao deu 2.0 que foi Ashkenazi e 0% de judeu sefardita.
    Nao vamos assumir que todos os Aragoes sao antecendentes de judeus. Seria bom que mais pessoas fizessem estes testes geneologicos. Eu nao moro no Brazil portanto e mais facil eu fazer este teste.

  6. Tem alguem aqui que a familia veio de Sergipe, de Nossa Senhora da Gloria?
    Eu acredito ser importante fazer o DNA de ancestrais.
    Eu fiz do meu pai, e logicamente mostrou a origem Portuguesa.

      1. Sou também um Aragão, meu pai nasceu em Aquidabã, meu avô Silvestre Aragão tinha lá no povoado de nome Mamoeiro uma fazenda, também tinham em Propriá um comercio, tem algum parente aí?

        1. Não conheço ninguém em Propiá (SE?) Mas tem Aragão em Maceió, Recife, Barreiros (PE) e São José do Egito (PE). Além do Rio de Janeiro e Brasília. Tudo da minha família, originária de São José do Egito.

        2. Em tempo. É lamentável as nossas origens serem portuguesas, se fossemos judaica teríamos cada família um livro com todas as ramificações e raízes, os portugueses pouco se importaram com as tradições e o sangue.

          1. É verdade. Mas como católicos ainda há recursos dos Livros de Batismo das paróquias ( se soubermos onde nossos antepassados foram batizados. Eu sei, da maioria)

          2. Verdade. ouvi uma pessoa dizer que os mórmons “Igreja dos santos últimos dias” tem em Salt Lake City – Utah um arquivo muito grande com as ramificações familiares de todo o mundo, eu não sei qual a finalidade dos tais arquivos, mas um amigo fonte segura disse que existe.

    1. Boa noite Manoel Messias.
      Sou Arnaldo Aragão Filho e meu pai era Arnaldo Aragão e nasceu em Aquidabã-SE era filho de Silvestre Aragão e Maria Gomes Aragão e viveu no povoado de Mamoeiro, mudando depois para Propriá_SE onde foram comerciantes e após a maior idade meu pai mudou-se para S.Paulo. Será que somos parentes?

  7. Sou Viviane Aragão e meu Avô era Severino Vasconcelos Aragão, justamente do interior de Pernambuco e acredito pelos traços e o sobrenome Vasconcelos tinha alguma ligação com os holandeses. Gostaria muito de saber mais sobre essa linhagem da familia que se oriunda do interior de Pernambuco

    1. Eu também sou Aragão e meu pai era pernambucano, do sertão. Os Aragão são cristãos-novos, ou seja, judeus convertidos, que, quando eram obrigados a se batizarem, assumiam muitas vezes o sobrenome da região de onde vinham, neste caso. do reino espanhol de Aragão. Os Reis Católicos, de Aragão e Castela, expulsaram os cristãos-novos e maioria foi primeiro para Portugal. Quando Portugal também os expulsou, foram para a Holanda, mais liberal e protestante. Quando Maurício de Nassau invadiu Pernambuco, trouxe muitos cristãos-novos com ele. Mas seus planos não deram certo. Portugal expulsou Maurício de Nassau, só que muitos cristãos-novos não o acompanharam de volta à Europa e foram para a América do Norte, fundando a cidade de Nova Amsterdã, que se tornou Nova Iorque. Porém, muitos preferiram ficar no Brasil, contudo, deixaram Recife, com medo da Inquisição, e se internaram no sertão.

  8. Sou Ghislana de Aragão, sou nasci em Cachoeira Bahia, meu avô era Ananias Alves de Aragão, meu Hugo Alves de Aragão todos da Bahia, minha família é bem misturada africana legítima, português e espanhol.

  9. Sou Heliete Maria de Aragão. Meu avô paterno era Patrício Clarimundo de Aragão. Nascido catarinense na região de Florianópolis e aqui temos colonias de portugueses como os primeiros colonizadores. Ao ver as imagens dos antigos reis e rainhas da Espanha identifiquei os mesmos traços…

    1. Olá. Sou Carlos Alberto do Aragão, de Joinville SC.
      Você falou que é de Floripa. Meu avô Atanásio Clarismundo do Aragão é da região dos Oliveiras, perto de Tijucas SC. . Por acaso você tem algum conhecimento deste nome.

    1. José Carlos sou Arnaldo Aragão Filho e meu pai era Arnaldo Aragão e nasceu em Aquidabã-SE era filho de Silvestre Aragão e Maria Gomes Aragão e viveu no povoado de Mamoeiro, mudando depois para Propriá_SE onde foram comerciantes e após a maior idade meu pai mudou-se para S.Paulo. Será que somos parentes? 019-981719511

  10. Desejo conhecer minha família. Meu pai é:Rivadavia Menezes de Aragão. Mãe:Gedalva Gomes de Aragão.Obs: meu pai nasceu em Itabi-Se. Mãe: município de Gararu-Se.

  11. Desejo muito conhecer a minha família. Sou nascido em Aracaju-Se. Meu pai é:Rivadavia Menezes de Aragão, natural de Itabi-Se. Minha mãe é: Gedalva Gomes de Aragão, nasceu em: Ouricurizeira,município de Gararú-Se. Zap 079-99880-8800.

  12. Meu bisavô e meu avô os dois eram DE ARAGÃO, no registro da minha mãe e os irmãos colocaram só o ARAGÃO, que herdei consequentemente. Meu bisavô realmente veio de Portugal para o Brasil.

  13. Eu queria saber mais sobre a história das origens dessa família. É um dos sobrenomes mais fortes do Brasil. Meu pai e toda a família dele veio do norte do Ceará (Sobral e Forquilha), assim como a grande maioria dos Aragões que eu vejo por aí, inclusive o mais conhecido, Renato Aragão (Didi) que tem certo parentesco com meu avô, por mais distante que seja. Tem até um livreto que conta algumas coisas, esse livro circula pela família e conta sobre algumas gerações passadas de Aragão, li quando era bem nova, mas me lembro de citar algo relacionado a Manaus ou Amazonas, como se o começo fosse por lá… Não tenho certeza. Mas seria incrível um conhecimento mais profundo.

    1. Também sou Aragão, da parte do meu pai que é de Sobral-Ce
      Em outubro de 2018 fiz uma visita a essa cidade e pude ver que em toda parte tem pessoas com esse sobrenome.

  14. Não Valdene, levo o nome Aragao e, na realidade o que a Aparecida falou é a mais pura verdade, a maioria ou todos os Aragao encontrado no Brasil são cristãos novos, judeus ccnvertidos ou marranos( porcos em hebraico), a minha avó era uma dessas.Claro que muitos chegaram com esse sobre nome.????

    1. Sou descendente de Antônio Ferreira Lustosa de Aragão como faço para saber se ele os ascendentes dele eram cristãos novos???

  15. Boa tarde!
    Sou Adriana Aragão e sou de Manaus- Amazonas, mas desconheço minha origem se é espanhola ou portuguesa. Também sou Frota, pois fiquei sabendo que é de origem portuguesa, através de uma “estória ” onde eles casavam com as cearenses e assim constituíram grandes famílias e assim a mesma propagou-se por vários Estados.

  16. O meu comentário sobre os Aragões cristãos-novos foi rejeitado porque parece que Valdene de Aragão Menezes já o fez. Mas abri o comentário dela e vi que era o meu, palavra por palavra. Valdene escreveu em 3/12/2017 e eu, hoje, em 18/08/2018. Estranho, estraníssimo!

  17. Pois me disseram que os Aragões do Brasil, sobretudo, de Pernambuco, são, na verdade cristãos-novos, vindos pela Holanda com Maurício de Nassau para Pernambuco. Os judeus quando se convertiam muitas vezes adotavam o nome da região da Espanha (ou Portugal) de onde provinham. Os Aragões foram de Pernambuco para o Ceará. Mas há deles ainda em Pernambuco e Alagoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *