Família Camargo

A família Camargo conquistou certa notoriedade por aqui. Podemos notar que este não é um sobrenome tão popular como Silva ou Souza, mas é pertencente a uma grande parte da população e conhecido principalmente por seus descendentes famosos por aqui. Confira abaixo informações sobre a origem, brasão e algumas curiosidades desta família.

O sobrenome Camargo, assim como tantos outros, não surgiu no Brasil, por uma simples razão de que o Brasil foi colonizado e habitado primeiramente por estrangeiros. Dessa forma, os sobrenomes vêm de outros países e acabam ganhando popularidade uma vez que os imigrantes fizeram do Brasil sua nova morada.

Origem da família Camargo

Esta família teve sua origem na Espanha. Os Camargo vêm de uma de um povoado da província de Santander, na Espanha. Por este fato, este é um sobrenome considerado Toponímico, ou seja, de origem geográfica.

Há alguns registros que dizem que a palavra Camargo, que compõe o sobrenome, é de origem indígena, o que é bastante curioso, visto que ele não surgiu no Brasil e sim na Europa. Porém, não podemos nos prender a ideia de que índios só existiam no Brasil.

Da família de D. Afonso de Camargo provém José Ortiz de Camargo, natural de Castela velha, de quem, pôr sua vez, descendem os Camargo de São Paulo.

Curiosidades

No Brasil este é um sobrenome bem popular principalmente no ramo do entretenimento. Dentre os artistas portadores deste sobrenome, podemos citar Zezé di Camargo e Luciano, a filha de um deles, Wanessa Camargo e a inesquecível apresentadora Hebe Camargo.

Variantes do sobrenome Camargo

O sobrenome Camargo não possui muitas variantes válidas. Para ser mais específico, podemos dizer que ele nem ao menos possui variantes conhecidas. Desde sua origem, a sua forma inicial foi a que se propagou entre os descendentes.

Brasão da Família Camargo

O brasão da família Camargo é composto de um escudo em outro com bordas em vermelho. No interior do escudo é possível ver quatro poços postos de dois em dois, um em cima e o outro logo abaixo. Nas bordas avermelhadas podemos notar a presença de oito coroas postas ao longo da mesma.

Compartilhe com seus amigos...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

298 Replies to “Família Camargo”

  1. Olá, meu bisavô era Etelvino Cabral Camargo casado com Ana Maria de Jesus. Infelizmente na época na região em que morava (interior de Minas Gerais) não era costume as mulheres levarem o sobrenome do pai, mas assinava apenas “de Jesus” ou outro sobrenome católico. Como eles tiveram apenas uma filha ela assinou Josina Maria de Jesus e não Cabral Camargo como seria hoje. Assim, o sobrenome do meu bisavô morreu com ele na árvore da minha família, pois minha avó ao se casar recebeu o sobrenome do marido, “de Assis”.
    Desta forma fico imaginando que se os tempos fossem outros eu teria um dos sobrenomes ou cabral ou camargo, mas de qualquer forma, mesmo sem assinar eu sei que pertenço a esta família pois meu bisavô assinava ele.

  2. Matheus Vilas Boas Couto Camargo
    Paraná
    Não fazia ideia que tinha descendência espanhola agora falta o meu passaporte espanhol e tô livre do brasil

  3. Meu nome é Kimberly Mendonça CAMARGO, sou neta de Francisco Camargo dos Santos de Curitiba PR – Campo experimental de trigo, saiu do sul com 21 anos e estabeleceu família no RJ. Nome de meu bisavós paternos, Benedita e Joaquim, filhos: Sebastião; Leonor; Florinda e Francisco meu avô. Branco dos olhos azuis, cabelo liso e nariz grande. Perdeu contato com a família do Sul após ir ao Rio servir a polícia. Informações entre em contato. Não sabemos mais sobre os possíveis primos e parentes.

  4. Meu nome é Robson de camargos
    Minha mãe se chamava Geraldina Maria de camargos meus Avós se chamavam Geraldo Antônio de CAMARGOS e marcelina Maria de Jesus conheci minha avó, e não conheci meu Avô na cidade de pedra do Indaia MG mais não tive mais notícias da onde vieram se caso alguém saber alguma coisa

  5. Boa tarde, tudo bem? Não sabia que Camargo era espanhol kkkk.
    Procuro informações sobre irmãos/filhos de Lourival Barbosa de Camargo, filho de Amélia Barbosa de Camargo. Se não me falha a memória eram do RS.
    Se alguém puder me ajudar agradeço.

    1. Oi Simone Lourival Barbosa de Camargo era casado com Dalva Paim Barbosa e residiam na cidade de Antônio Prado Rs.

      Abraços Osvaldo Gonçalves de Camargo – manga –

    1. Olá, Boa noite, sou Fernando Camargo Souza, nascido no norte da Bahia, filho de Gilda Camargo de Souza e Orvalino Dias de Souza, minha Avó é dos Camargos da Região, o nome dela é Silvina Camargo Bino e meu avô: João Ferreira Bino, quero conhecer minha árvore genealógica

  6. Sueli de Camargo Silva…natural de Santos S.P…minha mãe quem deu a origem de Camargo, Meu avô Sebastião Francisco de Camargo e avó Pedra Maria de Jesus, minha mãe nasceu em Iguape S.P e o Pai dela acho que tambem, quanto a minha avó não sei.Gostaria de ter noticia..

  7. Bom dia…sou tb da família “De Camargo” meu avô é natural de Cunha/SP, ainda estou curioso em saber qual a real descendência.

      1. Olá meu nome é Evandro da Silva Camargo, minha avó paterna se chamava Maria Francisca de Camargo ela é originária de uma pequena cidade do interior do Rio de janeiro chamada Areias, está cidade fica na divisa com o estado de SP, preciso também de mais informações sobre meus bisavós paternos, caso minha linhagem cruze com a sua em algum ponto por favor me contate
        13 991185942 tem wats, ok

      2. Bisneto de Felipe Paes de Camargo. Não sei de onde ele veio mas falecido em Sorocaba SP em 1956. Alguma ligação? Penso que sim por terem os 2 sobrenomes em comum. Qualquer coisa manda um privado… Obrigado.

    1. OLA PESSOAL,

      SOU DO INTERIOR DA BAHIA, ,MINHA AVÓ JÁ FALECIDA, CELIA DE CAMARGO, ME CONTAVA VÁRIAS HISTORIAS DA VINDA DA EUROPA, ATÉ QUE UM DIA ASSISTINDO O ANTIGO PROGRAMA DE HEBE QUE TINHA COMO ENTREVISTADO A DUPLA SERTANEJA ZEZE DE CAMARGO E LUCIANO, A MESMA CONFIRMOU O QUE OUTRORA DITO POR MINHA AVÓ ERA MENTIRA, CELIA CAMARGO FALAVA O SEGUINTE 4 IRMAOS VINDO DA EUROPA VIERAM PARA O BRASIL INDO PARA MATO GROSSO ONDE MEU PARENTESCO MEU BISAVO ALCINDO DE CAMARGO FILHO DE EUROPEU COM ÍNDIA, OUTROS PARA SÃO PAULO, RIO DE JANEIRO E GOIÁS

    2. nos somos do Paraná da região do Ribeira meu pai se chamava janoario Camargo de França e minha avó Ana da Conceição camargo,a minha vó dizia que a origem dos pais dela eram da França mesma região dos pais de Hebe camargo.eu acredito que eles vieram pra Ribeira na mesma época pois Hebe Camargo nasceu e morou muito tempo na Ribeira

      1. Tambem sou do parana mas vim para sp com 2 anos sei que meus pais era de sao jeronimo da serra morou em varias cidades mas nao tenho mais informaçao sobre meus avos

      2. Oi Lauro na pesquisas que realizei os Camargos da Hebe Camargo que são os mesmos Camargos descendentes de José Ortiz de Camargo são descendentes do Norte da Espanha dos quais eu também faço parte. – Abraços Osvaldo Gonçalves de Camargo – manga –

  8. Meu bisavô Felipe Paes de Camargo falecido em Sorocaba SP. Não sei muito sobre ele que é pai de minha avó Ana Silva (Paes) Cardoso. Se eu não me engano ele é de Laranjal Paulista SP. Se algum parente ver esse Post reply. Por favor entrar em contato [email protected]

  9. Boa noite,
    o sobrenome da minha família é Ortiz de Camargo (desde meu bisavô no mínimo) – não se separa. Sou nascida em Limeira, mas meu avô era de Leme/SP – Sebastião Ortiz de Camargo.
    Sabem me dizer um pouco sobre a minha árvore genealógica?

    1. Sou da família camargo e pesquisando arvore genealogica chega a possiveis irmaos de meu bisavo enterrado em leme seu nome era higino ortiz de camargo e esposa maria rosa Boaventura

    2. Oi Tatiana você deve começar a procurar na figura de José Ortiz de Camargo para fazer o teu trabalho de Genealogia que veio da Espanha para Brasil aproximadamente em 1583 fixando residência na Vila de São Paulo, onde casou e teve nove filhos, um destes filhos é o teu parente na ascendência. Eu sou descendente do primeiro filho. Boas pesquisas. Osvaldo Gonçalves de Camargo de Caxias do Sul RS.

    3. Olá meu avô paterno se chamava Joaquim Rodrigues de Camargo ele era gêmeo com o irmão que se chamava josé ortiz de Camargo Júnior eles eram natural de guarulhos Sp e os pais dele se chamava josé ortiz de Camargo e a mãe Gertrudes ortiz de Camargo eles foram registrado com o segundo nome diferente,mas isso não sei dizer e nem meu pai sabia dizer ,o povo antigo não conversava com os filhos o nome do meu pai era Maximiano Rodrigues de Camargo.

  10. Bom dia! Sou Camargo com muito orgulho. Filha de Onesimo Camargo e Maria C. Rodrigues, neta de Zacharias de Camargo e Maria Pereira. Sei que meu bisavô era tropeiro e pegou minha bisavó a laço ela era India.
    Por enquanto é isso que sei.

    1. Olá me chamou a atenção seu comentário.. meu bisavô era Sebastião Pereira de Camargo e minha mãe disse que na família por parte deles havia ascendência indígena. Se você notar quase todos os comentários tem a ver com indígena. Pereira de Camargo centro do Paraná.

      1. Muita coisa em comum, meu tataravô era Antônio Pereira de Camargo, tropeiro de Sorocaba-SP. Possuía 300 mulas de carga. Comprou fazenda em São Joaquim-SC. Casou-se com uma índia pegada a laço no mato! Sou Márcio Antônio Rosa Camargo de Lages-SC

        1. Oi meu nome é Helena Rosa de camargo sou neta de maria Rosa vidal casada com Salvador pereira vidal minha mãe se chama Ana Rosa de camargo casado Antonio Brasil do Santos será q somos parentes?

      2. Me chamo Silvana, meus avos (paternos) são Izidoro Vitorino de Camargo e Aparecida das Dores de Camargo, assim como você sei que a minha avó foi pega no laço em uma aldeia indigena em Itapecerica da Serra.

    2. Me chamo Silvana, meus avos (paternos) são Izidoro Vitorino de Camargo e Aparecida das Dores de Camargo, assim como você sei que a minha avó foi pega no laço em uma aldeia indigena em Itapecerica da Serra.

    3. Engraçado, meu nome é José Roberto Camargo. Contam que o pai de meu pai, que tinha por coincidência, o meu nome também, casou-se com uma índia. Não sei se também minha bisavó foi pega a laço.

  11. Olá me chamo Edpo Elias Machado Camargo do neto de Luiz Elias de Camargo meu bisavô se chamava Pedro Inocêncio de Camargo gostaria de tirar descendência europeia pois meu avô fala q Camargo ou era da Itália ou Espanha pretendo ir embora do país se alguém já tirou ou sabe como fazer me ajuda!

    1. Elias nós somos descendentes de Espanhóis, pois os Camargos vieram da provincia de Santander. Quanto a descendência só é concedida cidadania até terceira geração. Eu moro no Rio Grande do Sul e sou descendente dos Camargos de Itapeva SP. Abraços Osvaldo Gonçalves de Camargo (Manga).

      1. Olá Osvaldo, me chamo Vanessa Dos Santos Camargo, meu Pai já falecido se chamava Sebastião Gonçalves de Camargo meu pai falava que nasceu no Paraná e vieram ainda criança para SP.

        1. Oi Vanessa acredito que somos dos mesmos Camargos, que vieran do Estado de SP para o Paraná e Rio Grande do Sul e depois voltaram para o Estado de SP. Procurar nos descendentes do Vigário José Custódio de Camargo que faleceu em 1848 em Itapeva SP. do qual també sou descendente. Eu moro em Caxias do Sul RS e estou finalizando um livro de Genealogia da Familia dos descendentes do Vigário citado. Atenciosamente Osvaldo G. de Camargo.

          1. Olá Sr. Osvaldo! Quanta informação interessante a respeito do nosso sobrenome! Gostaria de adquirir seu livro se possível! Meu avô nasceu em SP, atualmente vive em SC e eu e meu pai Osvaldo Moreira de Camargo também moramos em Caxias do Sul/RS.

          2. Bom dia Osvaldo.!
            Me chamo meu bisavô éra Geraldo Camargo casado com Catharina Shuster
            E meu avô João Camargo.
            Queria muito saber sobre a árvore genealogica da minha familia Camargo.

      1. Meu avo jose ortiz de camargo nasceu em jacuba sp em 1926 e faleceu em bauru sp em 1978 tenho parentes da parte do mwu pai em jacuba sp

    2. Boa tarde,

      Edpo meu avô é José Camargo filho de Tosca Camargo e Pedro Camargo estou dando andamento para entrar com a cidadania italiana, meu avô falou que meus bisavós vieram da Itália, espero conseguir ir atrás de minhas origens, minha avó por sua vez é de origem espanhola.

  12. Gostaria de saber se existe algum registro dos meus tataravos no parana tomazina ou são jerônimo, ele era theodoro Santiago de camargo e ela maria jacinta da rosa sua filha maria rosa vidal casada com salvador pereira vidal meus bisavós e meus avós salvador pereira da rosa e vivina de oliveira rosa , sou Diego vidal rosa , mais meus antepassados eram camargo .

    1. Olá Diego, eu sou Edivaldo de Freitas Camargo, o meu bisavô, Francisco Prudencio de Camargo, natural de Tomazina PR, meu avô Apparício da Silva Camargo de onde vieram para a cidade de Três Lagoas,MS, no ano de 1912. Também tenho interesse em conhecer mais sobre meus antepassados.

  13. O pai da minha da minha vó era Joaquim Camargo.minha vó era Iracema Camargo.minha mãe e Branca Regina Camargo eu sou Denis Daniel Camargo agente e de livramento RS

    1. CAMARGOS, no plural, vernacular, é corruptela do mesmo nome original CAMARGO da Espanha, mesma família paulistana de sertanistas que foram às Minas Gerais para exploração do ouro e pedras preciosas. É também nome de uma localidade mineira fundada pelos primeiros bandeirantes Lopes de Camargo.

      Olá, leia nosso site com informações completas e exatas sobre a origem dos Camargo e sua decisiva atuação na política paulistana colonial. https://pauliceias.blogspot.com/2018/09/os-camargo-de-sao-paulo-e-espanha.html
      Leia também a história da fundação de São Paulo, que envolve a família: https://pauliceias.blogspot.com.br

    2. Oi Mariana Camargo e Camargos, são o mesmo sobrenome. Camargos e para dar o significado da palavra Camargo. Ca é campo – Mar é mar – e Gos é lagos. Portanto Camargo significa ” Campos alagados baixos “. Local em que viviam as famílias dos camargos no norte da Espanha, hoje na região de Santander. Abraços Osvaldo Gonçalves de Camargo (Manga) Pesquisador e Genealogista da nossa família.

  14. Me Chamo Aires Cezar, sou neto de Maria Cândida de Camargo(1940), que era filha De Vital Cândido de Cabral e Jovina Souza Camargo(1915).
    Jovina Camargo era filha De Francisca Rufina de Jesus.
    Gostaria de saber se poderia me ajudar em algumas informações sobre, pois não conseguir achar o nome do pai de Jovina Souza Camargo. Sei que Jovina morava na cidade Indiara – GO.
    Meu pai sempre falava que era da mesma família do Zeze de Camargo, mas não sei se realmente tem algum parentesco.
    De acordo com o filme 2 filhos de Francisco, eles moravam no mesmo lugar onde moravam meus avós.

    Sei que é muita informação, mas agradeceria muito se poder me ajudar. Se quiser pode me chamar no Whatsapp (85)997931733

    1. Este ramo Camargo de Goiás (aparentado com o Anhanguera Bartolomeu Bueno da Silva) já foi descrito em livro por autor goiano. Nilson Gomes Jaime – Colaborei com ele e ficou me devendo um exemplar do livro. Cobre ele, por favor!

  15. Boa noite Fco Nivaldo Camargo
    Meu Pai nasceu em Cequera Césa SP filho de Lorenço Mariano de Camargo avó filho de José Mariano de Camargo meu bisavô
    É só o que sei da família Camargo

    1. Camargo “De São Paulo” refere-se à 1ª origem brasileira: os derivados são Minas, Rio, Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso. Os Camargo do RS são de outro ramo espanhol e com outra história. Apesar de que lá há tb Camargos oriundos de São Paulo, dá pra perceber quandoestá conjugado a outros nomes paulistas, como Bueno, Paes Leme, etc.

      Veja a origem nobre da Espanha, uma das mais antigas famílias fidalgas do aguerrido Norte Espanhol que resistiu 6 séculos contra a invasão muçulmana, eram todos cavaleiros das ordens militares de Santiago, Calatrava, Real de La Banda, Calatrava, etc.
      O escudo mais emblemático da família é o do ramo da Extremadura, com “cinco caldeiros de negro em sautor”, (X) simbolo de poder de abandeiramento ou sustentação de exércitos.

      https://pauliceias.blogspot.com/2014/12/nobreza-e-heraldica-dos-camargos-da.html

        1. Sorocaba foi fundada por um dos elementos da minha linhagem Fernandes Ramos de Santana de Parnaíba SP que compõem minha árvore Camargo.

          Camargo “De São Paulo” refere-se à 1ª origem brasileira: os derivados são Minas, Rio, Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso. Os Camargo do RS são de outro ramo espanhol e com outra história. Apesar de que lá há tb Camargos oriundos de São Paulo, dá pra perceber quandoestá conjugado a outros nomes paulistas, como Bueno, Paes Leme, etc.

          Veja a origem nobre da Espanha, uma das mais antigas famílias fidalgas do aguerrido Norte Espanhol (Burgos, Cantábria) que resistiu 6 séculos contra a invasão muçulmana, eram todos cavaleiros das ordens militares de Santiago, Calatrava, Real de La Banda, Calatrava, etc. O escudo mais emblemático da família é o do ramo da Extremadura, com “cinco caldeiros de negro em sautor”, (X) simbolo de poder de abandeiramento ou sustentação de exércitos. Fidalgos, Barões.

          https://pauliceias.blogspot.com/2014/12/nobreza-e-heraldica-dos-camargos-da.html

  16. Meu nome é Elias Bueno de Camargo meu avô se chama Benedicto Bueno de Camargo e minha avó Izabel Corrêa de Camargo meu pai se chama Nerias Bueno de Camargo adoraria conhecer meus parentes somos de São Paulo

    1. Boa tarde, somos Bueno de Camargo; minha era Jardelina Bueno de Camargo, meu pai Neri Bueno de Camargo. Meu pai nasceu no Paraná mas somos do Rio Grande do Sul.

    2. Meu ramo Camargo original, também é Bueno de Camargo, originário de CApitão Marcelino de Camargo Juiz paulistano na era de 1640 e de Bartolomeu Bueno da Silva, O Anhanguera, descobridor de Goiás. Faço trabalho profissional de genealogia.

      Camargo “De São Paulo” refere-se à 1ª origem brasileira: os derivados são Minas, Rio, Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso. Os Camargo do RS são de outro ramo espanhol e com outra história. Apesar de que lá há tb Camargos oriundos de São Paulo, dá pra perceber quandoestá conjugado a outros nomes paulistas, como Bueno, Paes Leme, etc.

      Veja a origem nobre da Espanha, uma das mais antigas famílias fidalgas do aguerrido Norte Espanhol (Burgos, Cantábria) que resistiu 6 séculos contra a invasão muçulmana, eram todos cavaleiros das ordens militares de Santiago, Calatrava, Real de La Banda, Calatrava, etc. O escudo mais emblemático da família é o do ramo da Extremadura, com “cinco caldeiros de negro em sautor”, (X) simbolo de poder de abandeiramento ou sustentação de exércitos. Fidalgos, Barões.

      https://pauliceias.blogspot.com/2014/12/nobreza-e-heraldica-dos-camargos-da.html

      1. Meu bisavô Felipe Paes de Camargo. sorocaba sp. Eu gostaria de saber qualquer informação, Pois não tenho mais nenhuma informação sobre ele… Desde ja agradeço…

    3. Boa noite, Elias acredito que temos algum parentesco pois meu avo paterno se chamava Alfredo correa de camargo se estabeleceu em carazinho rs, nao sei quantos irmaos ele teve, pois meu pai nunca comentava pois teve uma vida meia conturbada devido a morte da mae,quando foi morar com a tia aos 7 anos´,por isso te pergunto, sua teve irmaos sabe o nome deles?Obrigado
      sou Rogerio Correa de Camargo filho de Homero Correa de Camargo.

  17. Sou neta de Benedito Rodrigues de Camargo Filho, casou com Carolina Quinteiro de Camargo,pai João Camargo, meu nome é Ana Laura Romera Camargo, sou descendentes de Espanhol, a família do meu pai fala que Camargo é Português.Sou da região de São João da Boa Vista- S. P. divisa com Poços de Caldas, Minas Gerais.Agradeço desde já a colaboração.

        1. Bom dia Neusa!
          Meu avô éra João Camargo não sei sei o nome dos irmãos dele mais o pai dele éra Geraldo Camargo e a mãe Catharina Schuster

      1. Oi Josimari e. Neusa !

        sabendo de mais de um João camargo ,
        Sugiro se souber colocar o nomes dos pais , fica mais
        Fácil. Para descobrir se são
        Parentes,

    1. OI Ana Laura, apenas confirmando nós os Camargo somos de origem Espanhola do norte da Espanha. O primeiro da família a vir para o Brasil foi José Ortiz de Camargo vindo aportar na cidade de Santos aproximadamente em 1583 (Solteiro) casou depois na Vila de São Paulo, hoje cidade de São Paulo casou com Leonor Domingues Carvoeiro e tiveram nove filhos, eu descobri depois de muitas pesquisas e visitas a Igrejas que sou descendente do primeiro filho.
      Abraços Osvaldo Gonçalves de Camargo.

      1. Olá minha avó se chama Alcina Camargo e nasceu em Piedade/SP. Vc poderia Me ajudar fornecendo as informações que conseguiu nas visitas as igrejas para que eu possa montar minha árvore genealógica?

    2. Aparecida Maria Camargo
      21/ 01/ 2019
      Oi Ana Laura ,
      O meu avô , tinha um irmão chamado João de Camargo (1897)
      casou com Guilhermina Scherre
      Camargo.

      Meus avós:
      Lázaro Franco de camargo(1893)
      (Limeira ). E
      Maria Marcelli Olmi ( 1896)Araras)

      Bisavôs são : João Franco de camargo (não sabemos região)e
      Claudina Maria da Conceição.
      Região de Pirassununga/ Atibaia!

      Procuro por outros / parentes , irmãos e irmãs do LÁZARO Franco de Camargo .
      Dizia ter parentes: Virgínia;
      Sebastião ?Salvador Franco camargo. não sabemos
      O grau de parentesco!
      Mas você que tem parentes Franco camargo , por favor
      Me de um alo passa WhatsApp!

  18. Oi, eu sou Andrea S Franco de Camargo, filha de José Franco de Camargo, neta de Juvenal Franco de Camargo, sou nascida em Santos/SP e até onde eu sei somos de Santos a muitas gerações, minha mãe dizia que éramos descendentes de espanhóis por parte de meu pai, gostaria muito de conseguir montar minha árvore genealógica e talvez conseguir a cidadania espanhola, mas não tenho idéia de por onde começar.

  19. Boa noite, sou Rogerio correa de camargo, filho de Homero correa de camargo, meu avo materno era Alfredo correa de camargo e sua esposa minha avo era Alice maisonette de camargo, meu pai nasceu em Carazinho rs gostaria de saber do amigo infrmaçoes sobre os ancestrais deles, poque ate agora nao encontrei muita coisa

    1. Oi Rogério, para você encontrar os nossos parentes, deves procurar a partir do Vigário José Custódio de Camargo, que faleceu em 1848 em Itapeva SP. Pois eu sou descendente do filho do Vigário, que tinha o mesmo nome JR que veio para o Rio Grande do Sul em 1851. Abraços Osvaldo Gonçalves de Camargo.

  20. Boa noite,meu vô se chama Joaquim de Camargo, filho de Pedro Serafim de Camargo e Maria Tomásia dos santos.Feliz em saber que somos uma família tão grande.

    1. Ola boa noite , vi seu comentario parece que somos parentes , o meu pai c chama Sebastião Camargo , ele tem 10 irmâos e um deles é Joaquim de Camargo , vc tem algum email, telefone ? Obrigada

      Marlei Camargo

  21. Me chamo Bianca Cristiane Camargo Santos (Santos é o sobrenome de casada). Sou filha de Lourival Aparecido Camargo, neta de Aristides Camargo e bisneta de Osório Manuel Camargo. Recentemente descobrimos que temos parentes que moram na cidade de Cerquilho, Botucatu e Sorocaba. Meu pai conta que alguns dos irmãos do meu bisavô foram registrados como “de Camargo” e não somente “Camargo”. O problema é que não sabemos se o pai do meu bisavô era “de Camargo” ou “Camargo”. Estamos procurando informações para encontrarmos nossas raízes e não sabemos por onde começar.

    1. Bianca, eu também sou da Família Camargo, acredito que o ” De Camargo ou Camargo ” é uma questão do dono do Cartório no momento do Registro de nascimento.

    2. Meu nome é Newton de Camargo Braga. Meu bisavô era da região de Cerqueira César, perto de Avaré. Chamava-se José Lúcio de Camargo (esposa Eulália) e seus filhos foram José Lúcio de Camargo Filho (meu avô, nascido em Itatinga, em 1897), Brasílio Lúcio de Camargo, Juvenal Lúcio de Camargo, Maria e Roque (não sei exatamente os sobrenomes). Tínhamos muitos parentes em Tatuí, mas não sei os nomes. Apenas a título de informação, é só que sei.

      1. Olá, foi lançado recentemente uma publicação de colega genealogista Os Camargos de S. Paulo e Tatuí, vc pode adquirir, são dois volumes muito baratos, por 100,00 – na Associação ASBRAP de genealogia. Procure site na web e faça o seu pedido. Ainda não li, mas conheço a competencia do autor, que já escreveu outros quatro livros congêneres, João Monteiro Gomes.

    3. Com certeza de Camargo, a família possui um extenso histórico fidalgo na Espanha, registrado nos melhores códice nobiliárquicos da Europa. Camargo é um povoado no Valle de Camargo,em Santander Norte da Espanha.Essa é nossa origem ancestral, mas a particular e direta é de Castrogeriz, Burgos, na mesma região cantábrica. Nosso brasão já não é mais aquele de Santander, com quatro poços, e sim o de Burgos, com seis arroéis dotados de veiros azuis,vide nosso artigo completo com significados heráldicos em https://pauliceias.blogspot.com/2014/12/nobreza-e-heraldica-dos-camargos-da.html

    4. Meu avô,era José Pacífico de Camargo,filho de Antônio Pacífico de Camargo,e Francisca Cândida de Pontes.E minha avó,era Juventina Bueno de Camargo,filha de: Galdino Bueno de Camargo e Ana Bezerra do Lago. Eram parentes da família Ortiz de Camargo.

  22. Sou Gabriel CAMARGO Reyes de Campos, natural de Pelotas, RS neto de Delamar Camargo de Campos, na minha família somente meu avô foi registrado com esta sobre-nome pois os irmãos dele foram registrados como Bertineti, ao invés do Camargo, segundo o irmão dele (meu avô) anos atrás confirmou que o pai deles o registrou de forma errônea. Me avô Delamar, pediu ao meu pai que me registrasse com o Sobre-nome Camargo, na época meu pai teve um pouco de trabalho para poder me registrar eu com esse Sobre-nome até porque os filhos dele não foram nenhum registrados como Camargo, assim ficou eu e meu avô Delamar registrado como Camargo, somente eu carrego este nome, infelizmente eu irei encerrar o Sobre-nome!

    1. OI Gabriel, devemos preservar e honra do nosso Sobrenome Camargo de origem Espanhola que vieram para o Brasil por volta de 1583 na pessoa de nosso antepassado José Ortiz de Camargo ( conhecido como Juseppe de Camargo), tendo aportado no vila de Santos e depois passou a residir na vila de São Paulo, hoje cidade de São Paulo, onde casou e teve diversos filhos. Está família comandou o Governo de São Paulo, no período de 1600 até 1640, eu sou descendente do Primeiro filho de José Ortiz de Camargo. Hoje moro em Caxias do Sul. Abraços Osvaldo Gonçalves de Camargo – (Manga).

      1. Olá Osvaldo! Estou procurando meus ancestrais:minha avó chamava-se Maria Joaquina de Camargo, nasceu em 1903 em Cacapava, que eu acredito que na época era um bairro de Taubate e dizia que era prima do pai da Hebe Camargo, Fego Camargo. que nasceu na mesmo lugar. Se vc ou outra pessoa tem informações sobre isso, agradeço se me informar. Agradeço

  23. Ola minha origem sou da cidade de Rio Grande,sou filha de Ernesto Rodrigues Camargo,neta de Ernesto Camargo casado com Dulcemira Rodrigues Camargo,bisneta de Hipolito Camargo, que era casado com Ana Luiza Fagundes Camargo. meu avô tinha 9 irmãos ,sua origem era da cidade de Bagé e São Gabriel,aqui no sul,tenho parentes no Rio de Janeiro,

  24. ola adorei saber minha origem sou da cidade de Rio Grande,sou filha de Ernesto Rodrigues Camargo,neta de Ernesto Camargo casado com Dulcemira Rodrigues Camargo,bisneta de Hipolito Camargo, que era casado com Ana Luiza Fagundes Camargo. meu avô tinha 9 irmãos ,sua origem era da cidade de Bagé e São Gabriel,aqui no sul,tenho parentes no Rio de Janeiro,gostaria muito de conhecer meus parentes

    1. Olá Nítia, é provável que tenhamos parentesco. Sou natural de Bagé-RS e meu avô chamava-se João Pilar Camargo. Como não tenho a arvore genealógica dele não sei quem eram os demais irmãos. Moro em Porto Alegre.

      1. Oi Josimari e. Neusa !

        sabendo de mais de um João camargo ,
        Sugiro se souber colocar o nomes dos pais , fica mais
        Fácil. Para descobrir se são
        Parentes,

      2. Oi Elvisnei camargo Conceição.

        Vi que você tem sobrenome Conceição,
        também,
        Minha bisavó chamava Claudina Maria da Conceição dizem ser de Pirassununga mas registros Atibaia e casou-se com João Franco
        De camargo!
        Teve filhos, porém sei nome do meu avô Lázaro Franco de
        Camargo e João de camargo
        Os dois nasceram Limeira/ SP.
        Demais não sei!
        Pouco sei lado da família Maria da Conceição!

        Mas em varias cidades da região tem pessoas com sobrenome Maria da Conceição .

  25. Olá meu nome é Eliane Camargo de Sá filha de Tereza Camargo franco o (franco) é de casada .
    De solteira é Tereza Nascimento Camargo meus avós são Antônio Maria Camargo e Angelina nascimento Camargo já tinha muito orgulho do meu sobrenome agora tenho ainda mais .
    Somos do Espírito Santo
    Minha mãe está a procura de sua irmã Maria nascimento Camargo e de suas outras duas irmãs por parte de pai , Arlete Camargo e Madalena Camargo filhas de Arcedina Liberato e Antônio Maria Camargo . O pai delas faleceu vítima de um atropelamento em Rio Quartel no ES. Se alguém tiver alguma informação favor avisar no número 27 998230330 Eliane .

  26. Busco origens sobre a minha família. Sou neta do já falecido Vercidino Camargo, filho de Horário Joaquim de Camargo e Ingrácia Boeno de Camargo. Acabei por qui na minha arvore e não localizei mais informações sobre eles.
    Meu avô Vercidino Camargo, nasceu em Vacaria em 29/05/1885. Migrou a região acompanhado de seus pais em 1924, fixando residência na Vila Barril, que nascia no agreste do Alto Uruguai.antes de aportar em nossa região, Vercidino Camargo exerceu cargos importates, tais como em 12 de agosto de 1918, quando foi nomeado 1º suplente de juiz distrital em Bom Jesus, em dezembro, o diretor geral do estado, Dr. Marcos Avelino de Andrade nomeou-o como juiz distrital, titular de Bom Jesus. Em 1923 passou a integrar o 5º Corpo Provisório da Brigada Militar, inicialmente como tenente e depois como capitão, sob comando do General Paim Filho. Neste mesmo ano, 1923, o Capitão Vercidino, comandando o 5 Corpo Provisório, em luta renhida, impediu que o Cel Salustiano de Pádua invadisse a cidade de Lagoa Vermelha. em 1924, comandou o 9º Corpo Provisório ou auxiliar da Brigada militar, enfrentando a Coluna Prestes, destacando-se no combate ocorrido em Tupanciretã, recebendo distinção de herói pela performance do seu grupo. Em 1925 desligou-se das atividades militares, assumindo o comando geral ou Capatazia na abertuda da estrada Santa Bárbara do Sul a Irai, fixando residência em barril. Concluindo a tarefa, foi nomeado 1º Sub-delegado e 1º Sub-prefeito de Barril, até 18 de Outubro de 1930, quando recebeu o Presidente do Estado, José Antônio Flores da Cunha, o cargo de Tenente-Coronel e passou a comandar o 23º Corpo Provisório, com sede em Palmeira.Ainda em 1930, Vercidino teve destacada atuação em atividades comunitárias na Vila, tendo integrado o grupo que recebeu os representantes do Bispado de Santa Maria para avaliação da possível criação da Paróquia do Barril. Em 1930 Vercidino participou do grupo que hospedou os missionários Capuchinhos procedentes de Caxias do Sul e que pregaram missões.Um registro de 8 de Novembro de 1930 documente o 23º Corpo Provisório comemorando a vitória da revolução de 30 em Frederico Wesphalen, sob o comando do Tenente-Coronel Vercidino Camargo.
    No início de 1932 o prefeito de Passo Fundo, Dr. Armando Annes, nomeou Vercidino Camargo Sub-Prefeito do 1ºDistrito e no dia 30/05/1933, com a renúncia do titular, assumiu o comando da Prefeitira de Passo Fundo/RS. Em Julho de 1932, no dia 21, foi nomeado comandante do 21º Corpo Provisório, que deveria acompanhar o grupo até São Paulo.
    Em Outubro de 1928 participou da Assembléia Geral da Vila Barril que discutia a escolha do nome da Vilae que no dia 15 de Novembro de 1928, pelo ato 30º do Intendente de Palmeira/RS, Valzumiro Dutra, criou o 13º Distrito, com nome de Frederico Westphalen, homenagem ao engenheiro de primeiro Chefe da Colonização do Alto Mèdio Uruguai.

      1. Ola Osvaldo, meu nome é Marcos Camargo de Oliveira, existe um livro lançado que tem uma linhagem da familia Camargo, com Brasão e tudo. Sou neto de Celso Carneiro Camargo, já falecido ha alguns anos, seus irmãos colocaram alguns advogados e inspetores para procurar diversas origem do nome. Se não me engano estou com este livro em casa. Vou procurar e qualquer coisa eu escaneio ele e te envio.
        este é meu email…

        1. Oi, boa tarde. Eu sou Andrea Silveira Franco de Camargo e estou a procura da origem de minha família, li que você talvez possua um livro com as origens do nome Camargo, se for possível, você me poderia me enviar uma cópia dele? Gratidão

    1. Olá Karina, meu nome é Marcio Camargo de Melo e Meu pai, já falecido, se chama: Manoel Maria Camargo de Melo, filho de José Camargo Melo e Edelvina Xavier Camargo . Ele foi casado com Hermínia Paim da Silva Melo, filha de José Alves Paim e Francisca Paim da Silva. Todos Nasceram em Bom Jesus-RS. Hoje, moro na Paraíba, mas gostaria de conhecer a árvore genealógica.

      Muito obrigado!

  27. Boa noite!

    Meu nome e João Antonio de Camargo Neto, sou natural de Anápolis GO nasci em 10/03/1965, sou filho de Geraldo Assis de Camargo nascido em 30/10/1915 natural de Itapecerica-MG,falecido em 2007, meus avós JOÃO ANTONIO DE CAMARGO, natural de Bom Jesus Pedra do Indaiá – MG, nascido em 1869 e falecido em 1953, MARIA CANDIDA DE MORAIS FALECIDA EM 1939, meus bisavós ANTONIO JOAQUIM DE CAMARGO FALECIDO EM 1924, BALBINA DE CAMARGO, falecida em 1916.

    1. Boa tarde João Antonio eu sou Filho de João Rodrigues Filho meu pai nasceu em Caldas Novas-Go como vai tudo bem, meu Avó João Rodrigues de Camargo e Bisavó Antonio Correia de Camargo você conhece alguns deles porque eu que você nasceu em Anápolis fica perto de Caldas.

  28. Olá
    Me chamo Cristiano Rossalino Camargo
    Filha de Benedito Camargo
    Neta de Joaquim de Camargo e Francisca Elias Paes,minha mãe disse que meus avô era português ou espanhol ela não se lembra direito,gostaria muito de saber minha origem e saber se consigo pegar cidadania Portuguesa ou Espanhola, mas nem sei por onde começar, já que meu pai e avós já são falecidos.

  29. Bom dia.
    Sou trineto de José de Almeida Camargo Ribeirão Branco – SP pertencia ao município de Itapeva, filho de José Custódio de Almeida Camargo e de Maria Joaquina se Mello Morais (desse casal descende meu bisavô Gabriel de da Morais), ao que parece esse ramo dos Camargos vieram do Rio Grande do Sul e se instalaram na região de Itapeva – SP, com grande número de descendentes. Pelo que pude ler nos excelentes comentários vieram da Região de Bagé.

    1. Amigo Fernando, na verdade os Camargo primeiro vieram de Itapeva da Faxina para o Rio Grande do Sul e depois voltaram para a região de Itararé SP e Itapeva SP. Voltaram uma parte por volta de 1870. No Rio Grande do Sul fixaram residência principalmente em Bagé, Bom Jesus e Vacaria. Eu estou escrevendo um livro já em faze final dos descendentes de José Custódio de Camargo JR casado com Maria Joaquina de Almeida Mello. – José Custódio era filho do Vigário de Itapeva José Custódio de Camargo, o vigário faleceu em Itapeva em 1848.

      1. Osvaldo, também tenho o sobrenome Camargo, estou pesquisando as origens da minha família, mas está cada vez mais difícil. Pergunto para os mais velhos, mas ninguém sabe de nada. Quando finalizar o livro gostaria de ter acesso ao material. Agradeço se puder me comunicar [email protected]

  30. Olá!
    Gostaria de encontrar um homem que conheci em Belém do Pará a uns 15 anos mais ou menos o nome dele é Luiz Heloi Camargo, ele trabalhava como caminhoneiro pela Braz frio, se alguém o conhece passe o meu recado a ele. Ele morava em Caxias do Sul. Pode enviar notícias no meu email.

  31. EU, Roberto de Camargo, procuro meus parentes pois perdi contato.

    Meu bisavo FRANCISCO DE CAMARGO E MEUS AVOS FRANCISCO DE CAMARGO E GERTRUDES DE CAMARGO

    Meu pai (falecido), 1980 Nascido 24/07/1913, JOSE DE CAMARGO lembro do nome de alguns tios JOAQUIM DE CAMARGO E FAUSTO DE CAMARGO E JOSEFINA DE CAMARGO Ela mudou o nome depois do casamento JOSEFINA DE MELLO.

    Agradeco pela informacao, ela é muito importante pra mim

  32. EU ROBERTO DE CAMARGO, 58 ANOS,

    FILHO DE JOSE DE CAMARGO E NETO DE FRANCISCO DE CAMARGO E GERTRUDES DE CAMARGO, DESCONHECO MINHA FAMILIA DOS CAMARGOS NUNCA LOCALIZEI.

    SEI QUE TENHO UM TIO DE NOME FAUSTO DE CAMARGO E JOAQUIM DE CAMARGO E JOSEFINA DE MELLO (CASADA), TODOS ACREDITO FALECIDOS, POIS MEU PAI NASCEU EM 24/07/1913( FALECIDO)

    RESIDO EM SAO PAULO CAPITAL CASO ALGUEM SOUBER NOTICIAS

    MEU EMAIL [email protected]

    AGRADECO

  33. Oi eu sou Gislene de Camargo meu avô tanto meu pai como minha bisavó vieram da Búlgaro meu bisavô era da Itália vcs tem que ver na minha família ou nasce com olhos verdes ou azul e lindo de se ver meu sobrenome só tem Camargo pois meu pai também é Camargo minha vó mãe de meu pai tem dias Vieira Mass ela era do Brasil mesmo mas minha família e linda

    1. Interessante sua ascendência Gislene, pois você informa sobre sua origem italiana e não Portuguesa/Espanhola.
      Sabe-se que judeus residentes na Espanha em 1490 e que carregavam o sobrenome “Camargo” deixaram o país devido à perseguição inquisitorial. Uma grande parte foi para Portugal e um número menor até a Itália. Provavelmente os “Camargo” de sua família descende deles.
      Os “Camargo” do Brasil, em sua grande maioria, descendem do Espanhol Juseppe Ortiz de Camargo que desembarcou por aqui por volta de 1580. Portanto, um ramo familiar diferente.

      1. Olá Alex, estou procurando ascendência de cristãos novos é realmente minha mãe me falou ascendência italiana e também indígena…. Se tiver algum material sobre esses judeus que foram para a Itália pode me enviar?; [email protected]
        Grata.

  34. Olá meu nome é Jeyce Caroline Oliveira Camargo o Camargo vem por parte de pai ele se chama José Camargo de Lima o nome do meu avô era Aécio Camargo de Lima. Não cheguei a conhecer meu avô, Minha avó se separou dele, o contato que meu pai tinha com ele foi pouco só sei que ele morreu de câncer, mas não sei da sua historia nem de sua família, queria saber dos meus bisavós por parte de pai dos meus tios. Sou do estado de MT porem não sei nem de onde meu avô era.

    1. Olá ALEX TAVARES CAMARGOS!

      Boa noite!

      Em recente pesquisa sobre meu sobrenome paterno neste seu Blog, descobri que com certeza, sou descendente do Sr. Jose de Ortiz Camargo, meu avô paterno residiu toda sua vida em Araraquara/SP.
      E ainda mais, descobri a ABRADJIN, e confesso que fiquei surpresa e muito curiosa com a possibilidade de possuir ancestralidade judaica.
      Gostaria de saber, se eu me associar, terei a possibilidade de iniciar um processo para requerer minha nacionalidade espanhola? E quanto ao exame de DNA? Serei orientada?

      Você já fez o exame? Como devo proceder?

      Desde já, muito obrigada.

      Rosana Cristina de Camargo Rodrigues

  35. amei ver tantas informações de nossas origens sou neto de Candido pinto de camargo RS OU STA CATARINA essa região do brasil minha avó mariana ferreira de camargo ficarei feliz em contactar com meus parentes

    sou Pedro altair camargo

  36. Meu nome é Paulo e meu sobrenome é Daniel de camargo mais todos pensam q Daniel é meu segundo nome mais não é se tiver alguém com o mesmo sobrenome deixa um Oi aí

  37. Meu nome é Paulo meu sobrenome é Daniel de camargo e todo mundo acha q Daniel é meu segundo nome mais eu não achei ninguém com o mesmo sobrenome q o meu se tiver alguém aí q seja Daniel de camargo

      1. olá Osvaldo !!! Ainda faz estudos sobre os camargos no PR ? vou deixar os nomes de meus avós e pai se tiver alguma informação agradeceria . pai Manoel de Camargo – avô – José da Rocha Camargo – avó Bertolina Moreira de Camargo. cidade de tibagi Pr.

  38. Boa tarde meu nome e Paulo rosa,sou de Porto alegre RS.sou filho de Ana Maria Camargo natural de seberi RS.
    E estou a procura de meu parentes maternos de sobrenome camargo,pois minha mãe saiu de casa com 10 anos de idade e nunca mais viu ou teve notícias de algum irmão ou outro parente la de seberi com sobrenome camargo.

    Segundo o que minha mãe me comentou o nome do pai : Albrante Camargo e a mãe e Adélia de Oliveira camargo. E o nome de minha mãe e Ana Maria Camargo,hoje ela tem 66 anos.peço a todos vcs se souberem ou conhecer alguém com essas relações que comentei por favor me ajude ,pois tenho um sonho e de conhecer meus tios ou até mesmo meus avós maternos se estiverem vivos pois tenho muita esperança de encontrar. obrigado.meus contatos estão ai: e-mail:[email protected]

    1. Bom dia Paulo,

      Sou Daniel Lemos de Camargo, sou de Seberi mas moro em Poa a 23 anos! Meu pai foi criado em Seberi mas é natural de Palmeira das Missões, morou 30 anos no RJ, no momento meu pai e minhã mãe estão morando aqui em Porto Alegre, meu pai é Lanzini Lemos de Camargo, filho de Pantaleão Lemos de Camargo e Lucila Galvão Bueno Pantaleão já falecido era filho de Pedro Lemes de Camargo tbm já falecido.

      Meu Pai Lanzini tem 85 anos hoje.

  39. Ola, meu avô Tertuliano Alves de Camargo era da regiào de Lençois Paulista, nasceu em 1901.Seu pai era Salvador Alves de Camargo, que nasceu no navio vindo de Portugal, acredito que no ano de 1870 por ai. Será tambem dessa descendencia dos Ortiz?

  40. Boa Noite,
    Sou do Rio de Janeiro e sou Andrea Camargo, meu pai era Osvaldo José Camargo Filho.
    Não tenho contato com a família dele e gostaria muito de ter.
    Só tenho as informações de minha certidão de nascimento:
    Avó paterna Josefa e avo paterno Osvaldo.
    Se alguém conhecer e puder me informar seria grata.

  41. Ola! O meu nome é Leonardo Camargo e o meu pai é Hermelindo Camargo, somos de origem Italiano, o que sei foi que devido da expulsão dos judeus da Espanha em 1489 mais ou menos isso, alguns vieram para o Brasil Como José Ortiz de Camargo.

    Mas nós temos parentes em quatro cidades na Itália, devindo da Espanha provavelmente.

    Moro no Rio de Janeiro, porém, os meus pais vieram de uma colonia de Italianos do Espirito Santo. (Vitória).

    1. Shalom Leonardo, sou membro da ABRADJIN e pioneiro em tentar conquistar para a família Camargo a cidadania portuguesa com base na lei sancionada em 2015 embora tenho muito mais interesse na cidadania espanhola.
      Visite o site http://www.abradjin.org.br e conheça nosso trabalho.

      1. Ola! É de origem Espanhola, mas migraram para a Itália alguns e outros para o Brasil. Quando as famílias judaicas foram perseguidos em 1489, os “Camargos” provavelmente também são de origens judaica.

      2. Vinícius, até onde pesquisei os Camargos que vieram para o Brasil eram de origem Espanhola, na vinda de José Ortiz de Camargo, que veio solteiro para o Brasil em 1583 e casou na Vila de São Paulo. Era conhecido com Jusepe de Camargo vindo da cidade de Cotrijia norte da Espanha, região dos Burgos e constituiu família na Vila de São Paulo.

        Abraços Osvaldo Gonçalves de Camargo

        [email protected]

  42. Olá Camargos tudo bem?
    Eu também assino Camargo: Noemy Camargo Muniz sou neta de Luiz Camargo Nogueira que morou em Machado MG e depois foi para Campestre e lá faleceu. Segunto os relatos de minha mãe ele foi filho de indígena e ficou órfão de mãe muito cedo e não sei muito sobre seus antepassados e quero muito descobrir suas histórias, por favor quem é Camargo aí de Machado e região de Mg. para entrar em contato comigo pois gostaria de receber fotos e história da familia Camargo. Luiz Camargo Nogueira me avô era um gênio muito inteligente mais muito mesmo, ele era autodidata tinha uma biblioteca enorme dentro de sua casa, amava leitura e conhecimento. Estou feliz por saber que alguem está escrevendo um livro da Familia Camargo.

    1. Oi Noemy, estou escrevendo um Livro da família Camargo, dos que vieram para o Sul do Brasil, vindos da Região de Itapeva SP. Mais todos nós descendemos do primeiro Camargo, que veio para o Brasil em 1583. José Ortiz de Camargo, tinha o apelido de Juseppe. Ele teve diversos filhos eu sou descendente do primeiro filho. Posso te passar mais informaçõesu . Favor acessar meu E-mail – – [email protected] – Abraços Osvaldo Gonçalves de Camargo (manga).

      1. Olá Osvaldo, por acaso tu tens os nomes dos sucessores de Espanhol Juseppe Ortiz de Camargo? Somos do RS e meu bisavó era Pedro Lemes de Camargo era de Palmeira das Missões.

        1. Oi Daniel provavelmente você descende do primeiro filho de José Ortiz de Camargo. José Ortiz tinha o apelido de Jusepe. Pois eu também sou descendente do primeiro filho, que teve herdeiros vindo para o Rs, por volta de 1580. Abraços Osvaldo.

          Osvaldo Gonçalves de Camargo (manga)

          1. ola eu osmar camargo sou filho de juraci camargo e de antonio de sousa brasil minha avo e leonora camargo sou natural de são valentin rs nacido 14 9 de 1960 moro em são domingos s c

          2. Olá Osvaldo! O meu avô Pantaleao lemos de camargo era de 1906, morreu em 1983, já o pai do meu avô ou seja meu bisavô era Pedro Lemes de Camargo casado com Maria Poncio de Oliveira, ele Pedro Lemes de Camargo era filho de Camilo Lemes de Camargo (que deve ter nascido por volta de 1780… descobristes alguma coisa sobre eles? Eram todos fazendeiros plantavam, tinha gado e donos de madeireiras. Estou tentando achar nos cartórios da região de Palmeira das Missões / Seberi RS.

  43. Olá. Meu nome é José Antonio Vinha Vieira. Porém sou filho biológico de Pery Fernandes de Camargo, nascí no Salto do Jacuí, fui adotado e depois de adulto fui em busca da minha familia biológica. Encontrei e estou muito satisfeito. Esta história está relatada no livro VIM, VIVI E VENCÍ, disponivel no site http://www.editoracaxias.com.br.

  44. Meu nome é Leandro de Souza Camargo,sou filho de Paulo de Souza camargo,e meu avô era Djaniro de Souza camargo,a maioria dos camargo da minha familia mora em SP e moramos uma boa quantidade aqui em Minas Gerais tambem,gostei muito de saber a historia por tras do meu sobrenome.

  45. Meu nome é Márcio Camargo e gostei muito em saber da origem do nosso sobrenome!
    Sou de Santos – SP e minha família é grande, que se estende desde as cidades do Guarujá ate o litoral norte do estado de SP!
    Gostei muito de ler os outros comentários de possíveis parentes! (rs)

      1. Prezados Camargos do Brasil que descendem de Jusepe Ortiz de Camargo.
        A Câmara portuguesa aprovou a Lei 30/2015, chamada Lei de Cidadania Portuguesa, que dá direito aos descendentes de Judeus perseguidos pela inquisição a requererem cidadania portuguesa.
        Nesta semana confirmei no livro “Os Cristãos-Novos ‘Povoamento e Conquista do Solo Brasileiro …) pg. 96, § 3, que nosso ancestral vindo de Portugal era um cristão-novo, ou seja, um judeu forçado à conversão o que nos dá amplos direitos a requerer cidadania portuguesa ou espanhola. Também fiz exame de DNA que identificou meu marcador genético como de Judeus sefaraditas.
        Assim, há comprovação fidedigna (histórica e genética) que os descendentes de Jusepe Ortiz de Camargo são Marranos ou B’nei Anussim (Filhos dos Forçados).
        Indico visitarem o site do Museu da inquisição em Belo Horizonte que está dando entrada nesses processos e já tem casos de sucesso.
        http://www.abradjin.org.br

        Desejo sorte aqueles que tiverem interesse na cidadania portuguesa.

          1. Prezado Fábio, a família Camargo(s) é muito bem documentada. Sugiro começar sua pesquisa por seus avós e bisavós reinserindo-se na árvore genealógica. Com isso você economizará uns R$4000,00 com genealogistas. Depois cadastre-se na http://www.abradjin.org.br tornando-se membro e solicite os formulários para preenchimento. O custo para darem entrada no processo é cerca de R$1000,00.
            Aconselho você aguardar que eu tenha sucesso, pois assim o caminho fica aberto.
            Abraços,
            Alex

          2. Bom dia Fabio, meu nome é João de Souza Camargo, o Souza é por conta de minha Mãe, e Camargo por parte de Pai. Meu Pai, originalmente se chamava Italino Rodrigues de Camargo, por erro de docs., passou a se chamar Italino Praxedes de Camargo, meu avô paterno: Alfredo Rodrigues de Camargo e Avó: Maria Amélia Theodora de Oliveira. Somos do Sodoeste do Estado de São Paulo, Região de Itapeva, divisa com o Paraná. Tambem estou no aguardo do processo do Sr. Alex Tavares e sugiro que faça contato com o Sr. Osvaldo Goçalves de Camargo, Email: [email protected]. Para contatos deixo meu Email: [email protected]. Abraços…

  46. Sou da família Camargo por parte de mãe. …não tenho Camargo no nome, só tenho o nome de meu pai. Sempre soube da origem espanhola. Não sabia que tinha tantos Camargo no sul,….meu Camargo é de Minas Gerais

  47. ola adorei saber minha origem sou da cidade de Rio Grande,sou filha de Ernesto Rodrigues Camargo,neta de Ernesto Camargo,bisneta de Hipolito Camargo, que era casado com Ana Luiza Fagundes Camargo. meu avô tinha 9 irmãos ,sua origem era da cidade de Bagé e São Gabriel,aqui no sul,tenho parentes no Rio de Janeiro,gostaria muito de conhecer meus parentes

  48. Nossa família é bem grande…
    Me chamo Walker Farias Camargo, filho de Marcio de Almeida Camargo e neto de Jomercindo Oliveira de Camargo. Já encontrei (por acaso) um rapaz que dizia que havia uma grande concentração de “Camargos” em SP. Meu avô nasceu em Cuiabá, mas não nada a respeito do meu bisavô.
    Seria interessante nós criarmos um grupo no Facebook afim de reunirmos e quem sabe, encontrar parentes mais próximos.

    1. Walker gostei da sua proposta do Facebook. Veja o que postei agora há pouco:

      Prezados Camargos do Brasil que descendem de Jusepe Ortiz de Camargo.
      A Câmara portuguesa aprovou a Lei 30/2015, chamada Lei de Cidadania Portuguesa, que dá direito aos descendentes de Judeus perseguidos pela inquisição a requererem cidadania portuguesa.
      Nesta semana confirmei no livro “Os Cristãos-Novos ‘Povoamento e Conquista do Solo Brasileiro …) pg. 96, § 3, que nosso ancestral vindo de Portugal era um cristão-novo, ou seja, um judeu forçado à conversão o que nos dá amplos direitos a requerer cidadania portuguesa ou espanhola. Também fiz exame de DNA que identificou meu marcador genético como de Judeus sefaraditas.
      Assim, há comprovação fidedigna (histórica e genética) que os descendentes de Jusepe Ortiz de Camargo são Marranos ou B’nei Anussim (Filhos dos Forçados).
      Indico visitarem o site do Museu da inquisição em Belo Horizonte que está dando entrada nesses processos e já tem casos de sucesso.
      http://www.abradjin.org.br
      Desejo sorte aqueles que tiverem interesse na cidadania portuguesa.

    2. Walker, bom dia! Meu nome é Renan Kauan Gomes Camargo e sou natural de Cuiabá-MT. Os “Camargo’s” matogrossenses, sobretudo, tem uma concentração muito grande no Distrito da Guia e demais localidade nas proximidades (zona rural, pertencente ao Município de Cuiabá). Minha avó paterna tem o sobrenome Camargo e tenho dezenas de tio-avós e primos de segundo grau com o mesmo nome. Quem sabe, somos parentes kkkkkk

  49. Que legal ,adorei ler e conhecer mais sobre a família Camargo ,sou Camargo por parte de mãe .
    Meu avô materno se chamava Francisco Paz de Camargo casado com Anna Luiza Alves da Silva ambos já falecidos .
    Eles moravam em Santo Augusto RS
    Minha mãe se chamava Romilda De Camargo De Carvalho .
    Todos os Camargos são parentes ? É verdade que vieram todos juntos da Espanha para o Brasil ?
    Zezé Di Camargo comentou no Faustão tempos atrás .
    Gostaria de mais informações .
    Obrigada ,valeu galera dessa família linda .

    1. Ana Paula, na verdade o nosso primeiro parente que veio da Espanha, era José Ortiz de Camargo em 1583, era solteiro e casou na Vila de São Paulo, hoje cidade de São Paulo, daí descende os Camargos, e por volta dos anos de 1850, vieram para o Rio Grande do Sul, como Bandeirantes e chegaram como tropeiros. O meu Pentavo, José Custódio de Camargo Jr veio para a região de Vacaria em 1851, do qual estou escrevendo um livro de seus descendentes. Sim todos os camargos descendem do primeiro que já citei.

      1. procure o livro TOMUS de Bernado Ortiz – Ex prefeito de Taubaté, sou da Família “linhagem Ortiz” la você vai encontrar a arvore genealógica da família Ortiz, Meu avo se chamava Antonio Camargo Ortiz.
        o livro buscou antepassados de familiares, dentre eles estão ligados a Família Ortiz, os Camargos, Patos, dentre outros nomes. e a busca vai bem antes de 1500 na europa. estou em busca de adquirir descendência européia para seja por parte espanhola, italiana ou portuguesa que descende a familia ortiz

        1. Prezados Camargos do Brasil que descendem de Jusepe Ortiz de Camargo.
          A Câmara portuguesa aprovou a Lei 30/2015, chamada Lei de Cidadania Portuguesa, que dá direito aos descendentes de Judeus perseguidos pela inquisição a requererem cidadania portuguesa.
          Nesta semana confirmei no livro “Os Cristãos-Novos ‘Povoamento e Conquista do Solo Brasileiro …) pg. 96, § 3, que nosso ancestral vindo de Portugal era um cristão-novo, ou seja, um judeu forçado à conversão o que nos dá amplos direitos a requerer cidadania portuguesa ou espanhola. Também fiz exame de DNA que identificou meu marcador genético como de Judeus sefaraditas.
          Assim, há comprovação fidedigna (histórica e genética) que os descendentes de Jusepe Ortiz de Camargo são Marranos ou B’nei Anussim (Filhos dos Forçados).
          Indico visitarem o site do Museu da inquisição em Belo Horizonte que está dando entrada nesses processos e já tem casos de sucesso.
          http://www.abradjin.org.br
          Desejo sorte aqueles que tiverem interesse na cidadania portuguesa.

          1. Ola
            Meu nome Ester eu moro na Suíça e estou procurando os meus antepassados meu bisavô se chamava Antonio Bello de(i) Camargo pai da minha vó materna se suberem de algo por favor, me avisa

      2. Saudações Osvaldo,
        achei interessante a informação passada para a Ana Paula. Pesquiso a genealogia Machado de Camargo. O patriarca é Antônio Machado de Camargo, batizado em Cruz Alta em 1852 filho de José Machado de Camargo e Antônia Maria Barbosa. Residiam em São Luiz Gonzaga e migraram-se para Argentina (Misiones) fugidos da revolução federalista. Sabendo de terras devolutas ao sul do Mato Grosso no pós guerra do Paraguai, se estabeleceram em Ponta Porã, em 1899. Até aqui consegui identificar quase 800 pessoas. A dificuldade é encontrar documentalmente a respeito de José. Pela sua informação creio que sua pesquisa poderá me clarear por onde devo seguir. Se puder entrar em contato. Att

        1. Oi Rodrigo a nossa família Camargo é muito grande, eu pesquiso a partir do segundo Filho de José Ortiz de Camargo, e sou descendente desta familia, E mais adiante tivemos o Vigário José Custódio de Camargo, de Itapeva SP. sou descendente do filho do Vigário que veio para a Região de Vacaria e Bom Jesus no ano de 1851. Eu acredito que Antônio Machado de Camargo seja o General de Antonina. Abraços Osvaldo Gonçalves de Camargo.

        2. Olá Rodrigo Viana. Sou neto de Paulino Pires de Camargo que por volta de 1900 morava na Região de Diamantino, Nortelândia ou Rosário Oeste – MT. Gostaria de ter maiores informações sobre minhas origens. Pelo que pesquisei entre parentes seu pai se chamaria Maximiano ou Maximiliano e a mãe Ana.
          [email protected]

  50. muito interessante meu avô se chamava Pedro Ortiz de Camargo, meu Pai Oswaldo Ortiz de Camargo, todos da Região de Bragança Paulista, eu sou de Guarulhos.

    1. Evandro boa noite, alguns dos meus antepassados comentavam sobre Bragança, meu tataravo chamava Camilo José de Camargo, eu tenho alguns dados da família em 1865 na região da Serra da Canastra MG, vc saberia informar se alguns dos seus de Bragança migraram para esta região. podemos trocar informações.
      obrigado
      João Guilherme Camargo

  51. Procurem Aldeia de carapicuiba, na cidade de Carapicuiba grande São paulo, de onde partiram os Bandeirantes para colonizar o Brasil, esta aldeia pertence a familia camargo, inclusive mantendo ate hoje certas tradições da familia como a festa de Santa Cruz, e a Dança do Sarabaquê, vejam tambem no You Tube, sou descendente direto dos camargo de São Paulo, os quais fundaram diversas cidades como Atibaia, Cotia, etc, mais informações facebook:- Ari Camargo, email [email protected]

    1. Parente Ari Camargo, eu estudo os descendentes dos Camargo de São Paulo que foram para Cotia, para fugirem da briga com a família Pires em São Paulo, por volta de 1650 e depois foram para Itapeva da Faxina uma parte e depois em 1851, meu pentavo José Custódio de Camargo, veio para o Rio Grande do Sul, o qual estou reminando um estudo sobre este ramos da família. Mais todos os Camargos descendem de José Ortiz de Camargo que veio em 1583 ainda solteiro para o Brasil, oriundo da Espanha. José Ortiz de Camargo era natural de Sevilha.

      1. Oi Osvaldo, a história que conheço mais antiga contada pelos meus velhos, é exatamente esta da briga com os Pires, a saída alguns para Cotia, outros para Atibaia e depois pata Itapeva Sp. no meu caso meu avô Alfredo Rodrigues de Camargo acabou se fixando em Riversul SP. Mas gostei das Obs. do Sr Alex Tavares Camargos. Estou no aguardo da aprovação do processo. Grande abraço…

        1. Olá me chamo Larissa Raquel Pires de Camargo, segundo a história que sei meu sobrenome é resultado de uma decisão de um juiz que decidiu casar os filhos dos Pires e Camargos para acabar com a briga, desde então o sobrenome tá o mesmo a 4 gerações pelo menos na minha parte da família, é isso mesmo?
          Aguardo o retorno

  52. Caro osvaldo… Tambem sou desta familia. me chamo Gilmar Camargo, meu pai se chamava Altino camargo e meu avo paterno se chamava Olavo Camargo. tambem somos do sul do Brasil. Vc teria mais alguma informacao sobre os descendentes mais antigos. Tambem gostaria de adquirir um exemplar do seu livro sobre nossa familia

  53. Sou da família Camargo de Santa Catarina. nossos ancestrais vieram de Sorocaba com as tropas que vinham buscar gado e muares no RS. Meu tataravô chamava-se Antônio Pereira de Camargo, veio para o sul com o filho João Pereira de Camargo de 12 anos. Antônio faleceu em Lages vítima de uma picada de cobra. João nunca retornou a SP, ficou em uma fazenda da família Arruda em São Joaquim. Casou-se mais tarde com a filha do fazendeiro Prudência Domingues Arruda. Descendemos deste casal que teve muitos filhos, e hoje estão espalhados pelos municípios de São Joaquim, Lages, Curitibanos, Campos Novos, etc. Gostaria de contatar com os descendentes de Sorocaba. Ficarei imensamente grata por qualquer informação.

  54. Fico muito feliz em saber as minhas origens. Sou Fabiana de Camargo, nasci em Coronel Vividas Paraná. E quero sim saber mais sobre a família Camargo. E quando o livro ficar pronto gostaria de te lo, é possível?

    1. Amiga e parente Fabiana de Camargo, assim que o Livro estiver pronto entro em contato com você. Favor me mandar o nome dos teus avós da Família Camargo e onde eles nasceram, talvez já possar te mandar alguma informação de nossos parentes mais antigos. Com certeza todos nós descendemos de José Ortiz de Camargo, que veio para o Brasil ainda solteiro em 1583.

  55. Adorei saber um pouco da origem da nossa família. Meu bisavô nasceu em Sorocaba SP e veio para o sul com seu pai que era tropeiro. Meu tataravô faleceu picado por uma cobra e meu bisavô, então com 12 anos de idade, ficou morando em uma fazenda em São Joaquim. Anos mais tarde casou- se com a filha do fazendeiro e formaram toda a familia Camargo da região de São Joaquim, Lages, Curitibanos e Campos Novos. Gostaria de entrar em contato com a familia Camargo de Sorocaba. Meu bisavô chamava-se Joãoe Pereira de Camargo. Era filho de Antônio Pereira de Camargo. se alguém puder dar-me alguma informação sobre os descendentes de Sorocaba, ficarei eternamente grata. meu nome é Sandra Maria Camargo Biazotto, tenho email [email protected] e facebook Sandra Camargo Biazotto.

  56. minha avó paterna chamava-se Albertina Ortiz Camargo-nasceu no interior de São Paulo e meu avô chamava-se João Rodrigues de Camargo (os dois tinham Camargo no nome)Segundo um primo de papai que elaborou a arvore genealógica, ele chegou atá à índia Bartira,filha do cacique Tibiriçá, que se casou com João Ramalho

  57. Minha avó paterna chamava-se Albertina Ortiz de Camargo Nasceu em Amparo-SP (interior)casou-se com João Rodrigues de Camargo,natural de Monte Alegre -SP segundo um primo de meu pai a árvore genealógica da família de meu avô paterno chega até a India Bartira

    1. Olá josefina acho que somos parentes, meu pai natural de Mairiporã-SP e se chamava
      Olivio Rodrigues de Camargo, meu avô paterno Vicente Rodrigues de Camargo. Sou de
      São Paulo-capital.
      Leunice R Camargo

        1. Sou filho de Josefina Camargo. A minha bisavó era Albertina Ortiz de Camargo, e o esposo dela era Joao Rodrigues de Camargo. Ambos eram Camargo, mas desconheço parentesco entre eles

  58. Meu avô materno, José Lúcio de Camargo Filho, nasceu em Itatinga, SP., em 1897, mas, posteriormente, seu pai passou a residir em Cerqueira César, SP, onde faleceu muitos anos depois. Boa parte da família Camargo morava na região de Tatuí, SP. Os irmãos de meu avô tb eram Lúcio de Camargo (Roque, Juvenal, Brasílio), mas não sei se Lúcio também era sobrenome. Meu avô me contou que um de seus bisavôs era alemão, mas eu nunca soube seu nome (havia muitos olhos azuis na família).

  59. Meu nome é Bruno Camargo Souza, filho de Denise A. Camargo soum natural de Lages SC mas meu avô João Francisco Camargo filho de Cláudio Camargo do Rio Grande do Sul, será que todos os camargo tem parentesco?

  60. Herdei o Camargo de minha bisavó paterna. Chamava-se Anna Liduina de Camargo e meu bisavô Pedro Ferreira Luiz. Meu avô recebeu o nome de José Ferreira de Camargo, que é o meu nome também…Meu avô nasceu em 1885 e por essa data imagino que minha bisavó tenha nascido em mais ou menos 1860! Não estanhem as datas, eu estou com 80 anos…Todos nascemos no Brasil, no Estado de São Paulo!

    1. Boa noite !!família camargo

      Meu nome é José também tenho o sobre nome camargo ( Rodrigues de camargo ) moro em jundiai são Paulo origem do meu pai Guarulhos são Paulo fiquei muito contente de saber a origem do meu sobrenome. Abraços a todos.

  61. amei saber um pouco sobre o sobrenome camargo manha vo que eu nao conheci se chamava Honorina camargo ela criou o meu pai e eu agradeso muito ela apesar de meu pai ser filho de alemaos foi bem educado por minha querida vo que deu seu sobrenome pra ele com muito amor eu me horgulho de ser camargo

  62. Ola Osvaldo…que bom que está fazendo esta pesquisa. Sempre tive curiosidade sobre minha descendencia e pouquissima informacao.. Meu avo paterno era Camargo, mas ele morreu eu ainda era crianca, assim como meu pai. Minha mae dizia que ele era natural de Pelotas ou Rio Grande no RS. Como era ferroviario foi para Sao Borja e la se aposentou fixando residencia. Se chamava Francisco Camargo.

    1. Elaine Camargo, moro em Caxias do Sul e estou terminando um livro da Família dos descendentes de José Custódio de Camargo filho casado com Maria Joaquina de Almeida Mello que vieram de Itapeva SP para o Rio Grande do Sul em 1851. Todos nós somos descendentes de José Ortiz de Camargo que veio da Espanha para o Brasil em 1583 e fixou residência na Vila de São Paulo, hoje cidade de São Paulo. Tenho mais informações, favor enviar os nomes dos parentes mais antigos. Abraços: Osvaldo Gonçalves de Camargo. E-mail — [email protected]

    1. Meu nome é willer Camargos meu pai Waldemar Camargos meu avô Avelino Camargos meu bisavô Manuel Teixeira Camargos todos nós somos de contagem MG o primo Cláudio Camargos tem tudo sobre a família Camargos sei que é de origem espanhola e meus antecedentes fundaram Mariana MG Moro em contagem MG 031 987785010

  63. Meu avô se chamava Alfredo Ortiz Camargo , esse sobronome sempre me deu muito orgulho , não me vejo com outro sobrenome , amo e tenho muito orgulho de ser CAMARGO ..

    1. Alessandra, a origem do nome do teu avô, volta no primeiro Camargo que veio para o Brasil em 1583, que chamava-se José Ortiz de Camargo de Origem Espanhola. No Brasil passou a residir na Vila de São Paulo, hoje cidade de São Paulo. Se precisar tenho mais informações sobre a nossa família. Pois estou terminando um livro sobre a Família Camargo, focado nos descendentes que vieram para o Rio Grande do Sul em 1851. Se precisar tenho mais dados. Abraços Osvaldo Gonçalves de Camargo. E-mail — [email protected]

  64. boa tarde, muito legal conhecer um pouco mais sobre nosso sobrenome, eu me chamo, moro em Dourados MS, descendente de italiano, meu avô se chamava Osvaldo Pedro Camargo.

  65. Olá, também sou camargo, sou de Santa Catarina, mais atualmente moro em leme são Paulo. Meu pai se chama José Getúlio de camargo

  66. Meus Bisavôs por parte do meu avô Materno eram de Conchas Joaquim Luiz de Camargo e Francisca Domingues Almeida de Camargo e por parte da minha avó materna eram italianos com o sobrenome Zanoto meu tataravô nasceu em um navio vindo da Italia para o Brasil

  67. Boa tarde ,
    Meu bisavô era José Roberto de Camargo ,era casado com Elisa Augusta de Camargo, ele veio da Espanha em um navio e aportou em Santos/SP, isso é tudo que eu sei, gostaria de saber se tenho algum parente por aí e se somos descendentes de Judeus ou até Ciganos como já ouvi falar tbm.

    1. Shalom, Isabel.
      Pela origem de seu bisavô acredito que ele era um Camargo puro, pois veio direto da Espanha há pouco tempo atrás. Por outro lado, até onde eu sei, a quase absoluta maioria dos Camargo(s) se originam de um galho comum vindo da Espanha que foi José Ortiz de Camargo. J.O.Camargo está para nós assim como seu bisavô está para sua família, então você é um ramo num outro galho bastante grosso da grande família Camargo da Espanha, mas um galho diferente do nosso.
      Quanto a judaicidade dos Camargo(s). Sou membro de uma sinagoga judaica messiânica em BH que criou o único museu de judeus da inquisição no mundo. Lá, a família Camargo consta como tendo origem judaica.
      A história do nosso galho, José Ortiz de Camargo, começa quando em 1580 ele vem em caravelas pro Brasil. Nessa época os judeus haviam se tornado Anussim (forçados à conversão católica) se tornando cristãos novos, mas praticantes ocultos do judaísmo em suas casas.
      Talvez o próprio J.O.C. já tenha sido batizado quando criança, Cristão Velho, mas o fato é que seus filhos se tornaram bandeirantes no Brasil participando com Raposo Tavares, que era sem dúvidas um judeu.
      Outro fato importante é que em 1492 os reis de Espanha, Fernando e Isabel, expulsaram os judeus de lá. Muitos foram para Portugal e outros pra Itália, talvez esteja aí o porquê de existirem Camargo italianos.
      Depois, com a união dos reinos de Portugal e Espanha no Séc. XVI, o rei Dom Manuel, para atender ao Santo Ofício, obrigou os judeus a se converterem. Muitos deles fizeram isso à força e para continuarem praticando sua religião em paz vieram para as terras de Santa Cruz. Nessa época, para cada 5 portugueses 2 ou 3 eram judeus.
      Entretanto, para termos certeza quanto à presença de sangue israelita correndo em nossas veias, somente com um exame de DNA.

  68. Sou descendente dos Camargo,nascido em Agisse,moro no Rio de Janeiro desde 1962.Vim do interior de SP,onde minha familia esta muito distribuida entre Quata,Assis,Ourinhos,Rancharia,Presidente Prudente,etc…

    1. Olá Antonio Celso ….conheceu alguma família, Rodrigues Bastos, lá em Agissê , Quata ou Rancharia…?
      Se conheceu deixe aqui nos comentários por favor……obrigado!!

    2. Olá Antonio Celso de Camargo, Sou Francisco Sergio Ramos de Camargo, filho de Joaquim Alves de Camargo e neto de Francisco Alves de Camargo. Meu pai foi natural de Quatá, mas cresceu em Rancharia, onde residem boa parte da minha parentela.
      Como é o nome de seus pais?
      Contate-me pelo e-mail [email protected].

  69. Estou escrevendo um Livro da família Camargo no RS. Nós somos descendentes dos Camargos que vieram da Espanha, da província de Santander. O primeiro á vir para o Brasil, José Ortiz de Camargo, por volta de 1583, tinha o apelido de Jusepe de Camargo, e o primeiro a vir para o Rio Grande do Sul foi José Custódio de Camargo. Tenho dados dos descendentes de José Custódio de Camargo.

    1. Olá Osvaldo,
      Você sabe dizer se nosso patriarca, José Ortiz de Camargo, era Judeu Sefaradita, Cristão Novo?
      Estamos investigando a possibilidade de conseguirmos uma futura cidadania espanhola através de um projeto de lei na Câmara espanhola.
      http://www.congreso.es/portal/page/portal/Congreso/Congreso/Iniciativas?_piref73_2148295_73_1335437_1335437.next_page=/wc/servidorCGI&CMD=VERLST&BASE=IW10&FMT=INITXDSS.fmt&DOCS=1-1&DOCORDER=FIFO&OPDEF=ADJ&QUERY=%28121%2F000099*.NDOC.%29

      1. Boa noite Alex
        me chamo Fábio Camargo ver se sai alguma coisa ai sobre a cidadania que eu tenho interesse também estou na Itália abraço fico no aguardo.

        1. Fàbio,
          Aqui no Brasil existe a ABRADJIN-Associação Brasileira de Descendentes de Judeus da Inquisição que está se empenhando nesses reconhecimentos. Um dos membros teve, há algumas semanas, sua judaicidade portuguesa reconhecida e já pediu a cidadania portuguesa.
          Seria bom que algum “Camargo” consiga isso, pois se um conseguir outros 85% conseguirão também, pois nossa família é bem documentada. O problema é que perdemos nossa judaicidade graças à Inquisição.
          O site deles é anussim.org.br

      2. Alex Tavares Camargo, não tenho está informação sobre a origem Judaica da família Camargo. Sei que José Ortiz de Camargo, que foi o primeiro Camargo a vir para o Brasil em 1583, era natural de Sevilha, porém quando veio para o Brasil residia na região dos Burgos norte da Espanha na cidade de Cotrijia. José Ortiz de Camargo tinha dois apelidos o Sevilhano e Juseppe de Camargo. No Brasil passou a residir na Vila de São Paulo, hoje cidade de São Paulo, onde acabou casando. Estou terminando de escrever um livro da família Camargo, principalmente dos que vieram para o Rio Grande do Sul em 1851 do casal José Custódio de Camargo casado com Maria Joaquina de Almeida Mello. Se quiser mais informais favor entrar em contato. Osvaldo Gonçalves de Camargo – Email- [email protected]

        1. Olá Osvaldo.
          Somente na semana passada consegui referências históricas que comprovam ser José Ortiz de Camargo filho de cristãos-novos. A referência é o livro Os Cristãos Novos Povoamento e Conquista do Solo Brasileiro de José Gonçalves Salvador, Editora Pioneira.
          Irei dar início ao meu processo junto à ABRADJIN , pois alguns descendentes com menos história que eu já conseguiram reconhecimento da Sinagoga em Lisboa e entraram com pedido de cidadania portuguesa tendo casos de sucesso.
          Abraços.

    2. Olá Osvaldo eu também sou da família de Camargo por parte de pai e sou do RS,
      achei legal q vc esta fazendo um livro.Um dia quem sabe fazer uma festa só da família Camargo.

    3. Osvaldo até onde sei meu avô era de sao Borja chamava-se João Quirino de Camargo.Depois foi para mato Grosso do sul onde meu pai nasceu em Dourados.
      Gostariia muito de saber a origem da família.

    4. Verifique que há muitos Camargo na região do RS e SP. Eu sou de Erechim rs.Mas meu pai nasceu em Passo Fundo.A única coisa que eu sei é que minha família veio da Espanha. Eu gostaria de saber mais sobre minha família.

  70. Gostei, minha mãe tem o sobrenome Camargos e era natural de João Monlevad MG, meu pai que me registrou sem o “S”. A origem dos Camargos vem da derivação do Camargo?

  71. Ja tinha ouvido diversas historias de meu avô Jose de Camargo ja falecido viveu nas regioes de Brag Paulista interior de Sp divisa com M G. veio a falecer em Atibaia- SP aqui nossa familia e bem grande temos nesta regiao varios parentencos no qual a familia foi aumentando mas achei muito interessante em saber mais um pouco, inclusive minha mae se chama Catarina devido a uma tia de meu avô, como seria td os personagens de nossa familia.

  72. Meu avô Salvador de Camargo, morava no estado de Goias, sei que todos sa familia camargos e da mesma familia de camargo, so acrescenta o s devido registro.

    1. Bom dia Sergio eu já ouvi fala Salvador meu pai falava eu sou Camargo também meu pai e de Caldas Novas ali tem muitos Camargos abraços.

      1. Sou de Goiás, Pirenópolis, terra do Zezé e de muitos outros da família. Aqui em Pirenópolis, a família está desde a segunda metade do século XVIII.

        1. Me Chamo Aires Cezar, sou neto de Maria Cândida de Camargo(1940), que era filha De Vital Cândido de Cabral e Jovina Souza Camargo(1915).
          Jovina Camargo era filha De Francisca Rufina de Jesus.
          Gostaria de saber se poderia me ajudar em algumas informações sobre, pois não conseguir achar o nome do pai de Jovina Souza Camargo. Sei que Jovina morava na cidade Indiara – GO.
          Meu pai sempre falava que era da mesma família do Zeze de Camargo, mas não sei se realmente tem algum parentesco.
          De acordo com o filme 2 filhos de Francisco, eles moravam no mesmo lugar onde moravam meus avós.

          Sei que é muita informação, mas agradeceria muito se poder me ajudar. Se quiser pode me chamar no Whatsapp (85)997931733

  73. Tenho muito orgulho de carregar o sobrenome Camargo,que era de meu pai,Irineu de Camargo, que nasceu em Ipaussú,S.P. ,da família de meu pai que moram nessa cidade ,não tenho contato com ninguém e meu sonho era conhecê-los,meu pai ficou 36 anos sem ver a mãe,que sei que faleceu,mas se tiver alguém em Ipaussú,que seja meu parente,por favor,entre em contato comigo,obrigada,moro em Pindamonhangaba -S.P.meu pai faleceu em 1986 e só conheci uma irmã dele,minha tia Patrocinia em São Paulo,mas perdi o contato,creio que ela já tenha falecido,mas tenho os primos lá e seria bom reatarmos o contato.

    1. ROSA SOU DA FAMILIA CAMARGO POR PARTE DA MINHA MÃE , ESTOU MORANDO ATUALMENTE EM PALMITAL. E QUIS FAZER UMA PESQUISA SOBRE OS CAMARGOS. REALMENTE ALGUNS NACEU EM PAUÇU , E NESTA CIDADE TEM MUITOS COM O SOBRENOME CAMARGO. JA CONHECI ALGUNS , QUE CONHECEU MEU AVÔ. FIQUEI MUITO FELIZ…

  74. O meu sobrenome Camargo vem da familia do meu Pai, e ele é descendente de Italiano e tenho muitos tios e primos que ainda moram na Italia, a familia Camargo na Italia tem em quatro cidades.

    1. Leonardo,
      Tem como você nos informar em quais cidades italianas vivem os Camargo que saíram da Espanha?
      Em minhas pesquisas descobri que durante o decreto dos Reis Fernando e Izabel os Camargo foram para Portugal 69% e 28% foram para Itália e Oriente Médio.
      Estou entrando com processo de reconhecimento de Judaicidade pelo Museu da inquisição em Belo Horizonte.
      http://www.abradjin.org.br
      Abraços,
      Alex

  75. Importante sabermos nossas origens, gosto do meu sobrenome, acho forte, levo com o maior respeito, mesmo vindo de parte materna minhas filhas levam o sobrenome camargo e assim espero mante-lo por mais gerações….

  76. janeiro de 2015 dia 09
    meu nome: Irailson Ribeiro de Camargo, morei em Portugal descobri que sou descendente de português,
    sabia que tinha ascendência portuguesa, e espanhola mas também, sei que sou de descendência judaica.
    Quando vejo esses massacres que ferem o povo,fico pensando sera que nós por sermos de origem judaica,também, não temos que nos unir para nos defender,dessas atrocidades no futuro.se somos de origem judaica,eles sabendo isso no futuro não vão nos perseguir, ou esses novos descendentes de judeu, não tem importância para os mesmos.

    1. Shalom Irailson.
      Segundo o Alcorão Muçulmano judeus e cristãos devem ser exterminados e os infiéis convertidos.
      Acho que corremos esse risco sim.
      Minha opinião.

        1. Wilson,
          Eu sou praticante do Judaísmo Messiânico e em nossa Kahal existe um trabalho específico para reconhecer alguém como B’nei Anussim [Filhos dos Convertidos].
          É um processo caro e demorado, mas como você é Camargo acredito ser mais fácil, pois nossa genealogia é igual a arroz de festa.
          Eu primeiro tive que fazer DNA e depois o levantamento genealógico que fica 5x mais caro que o DNA, mas como seu Camargo esse trabalho foi gratuito. Qualquer boa pesquisa genealógica cita nossos antepassados.
          Shalom V’Layla Tôv.
          Alex

          1. oLÁ ,será que vc pode me ajudar ,fiquei interessada sobre este projeto sou camargo ,origem de Apiai ,Itaoca Sp /A nossas historias são muito parecidas.

          2. Shalom Alessandra.
            Exatamente, a família “Camargo” originária de Giuseppe Ortiz de Camargo possui ascendência judaica que levantei por meio de dados genealógicos e históricos. Quanto ao meu exame de DNA, embora tenha apresentado Haplogrupo comum aos judeus sefaraditas, a genealogia confirmou que este é diferente da família “Camargo”. Assim, ficou provado que tanto o meu bisavô quanto minha bisavó possuíam ancestralidade judaica, mas por duas famílias distintas.
            Para sanar quaisquer dúvidas você poderá me contatar em [email protected] e também entrar no site da Associação Brasileira de Descendentes Judeus da Inquisição. http://www.abradjin.org.br

      1. Bom dia!! Alex, já estou achando que minha origem Camargo é meio duvidosa kkk, pelo que li nos comentários, meus pais são nascidos no RS, Camargo é por parte de pai, ele nasceu no interior, mais precisamente na campanha,ou mel no sítio. Ele tinha um primo que já falecido que estava fazendo árvore genealógica da família e descobriu que tinha parentes distantes em Curitiba, depois mais tarde descobri que a mãe de Felipe Camargo ( ator da Globo) tinha algum parentesco, meu pai é falecido, seus pais destacam-se Calixto Camargo e esposa Guilhermina Silveira Camargo, nascidos no inteiro ir do R S Pau fincado. Gostaria muito de saber a verdadeira origem do meu sobrenome. Obrigado

  77. Ouvir falar que a origem seria judaica e com a perseguição aos judeus e como foram espalhados por toda Europa, etc. dae ficou conhecida a origem Europeia, poderia ser verdade?

    1. Prezada Gabriela,
      Segundo Pedro Taques, historiador do início do Séc. XX, Camargo e Camargos tem origem a partir de Giusepe Ortiz de Camargo que chegou ao Brasil em 1580.
      Os filhos dele formaram bandeiras junto com Raposo Tavares e Fernão Dias Paes Leme, reconhecidamente judeus. Devido ao ajuntamento desses três grupos de bandeirantes só a origem judaica é que os unia. Entretanto, seus descendentes ou nós, não somos reconhecidos pelo estado de Israel que considera judeu legítimo o nascido de mãe judia por 6 gerações consecutivas.
      Temos o DNA de Abraão, Isaque e Jacó. Somos parentes de Yeshua Hanotser (Jesus de Nazaré), mas por causa de uma lei sionista atéia misturada às ideias de rabinos preconceituosos não somos reconhecidos. Ao menos ainda, mas isso vai mudar, pois o estado de Israel vai reconhecer que nos aceitar mais o fortalece que o contrário.

      1. Grande erro este, o de informar que Giuseppe de Camargo, Fernão Dias Paes Leme e Antonio Raposo Tavares eram judeus ou cristãos novos. Já Fernão Dias e Giuseppe Camargo eram de famílias cristãs velhas totalmente documentadas. Simplificadamente, para se dizer se alguém descende em Portugal ou Espanha de judeus, há que se levantar a genealogia. Um sobrenome pode ter ascendentes diferentes, sendo que um descende de judeus, outro de mouros e outro de cristãos. É o caso dos Rodrigues que não são parentes entre si e têm origens diversas. Nem os cristãos velhos deste apelido, necessariamente são parentes pois Rodrigues na Baixa Idade Média quer dizer filho de Rodrigo, como Antunes é filho de Antônio, etc. Salvos raras exceções, os sobrenomes atuais, se possuem antepassados anteriormente à 1.490 com estes sobrenomes, são cristãos velhos. Após esta data foram obrigados a trocar seus sobrenomes judeus por apelidoss cristãos.

        1. Prezado Carlos,
          Segundo algumas fontes espanholas a família “Camargo” era formada de Cristãos Novos. Não sei dizer se todos eram, mas uma parte sim e Giuseppe Ortiz de Camargo veio para o Brasil ganhar a vida tendo um de seus filhos participado em bandeiras com Raposo Tavares, O Judeu.
          Quanto à judaicidade de Giuseppe, não posso afirmar, mas que o sobrenome “Camargo” estava ligado a judeus, isto é tão certo que existe um Projeto de Lei na Câmara espanhola que busca dar cidadania a descendentes de judeus sefaraditas e o sobrenome “Camargo” encontra-se na lista.
          Vide link abaixo.

          http://www.congreso.es/portal/page/portal/Congreso/Congreso/Iniciativas?_piref73_2148295_73_1335437_1335437.next_page=/wc/servidorCGI&CMD=VERLST&BASE=IW10&FMT=INITXDSS.fmt&DOCS=1-1&DOCORDER=FIFO&OPDEF=ADJ&QUERY=%28121%2F000099*.NDOC.%29

          1. Prezado Alex; não posso falar sobre todos os Camargos pois como já disse, como todas as famílias ibéricas, há cristãos velhos, descendentes de judeus e mouros. Especificamente, quem apostar em que a Espanha ou Portugal reconheçam a cidadania por sua origem sefaradim, vai gastar tempo e dinheiro à tôa. Os Camargos de Placência, como eram os ascendentes de Juseppe de Camargo, são cristãos velhos documentados e sua origem remonta o século XIV e descendem de Gonçalo Ruiz de Camargo, casado (na Igreja cristã), com Maria Lopes que viveram no tempo de D. Afonso II. D. Gonçalo faleceu em 1.362. A família está hoje totalmente documentada e sua ancestralidade bem descrita. Trata-se de uma das mais antigas famílias cristãs da Espanha, pelo menos a do ramo de Juseppe de Camargo que, para São Paulo veio em 1,582 e se casou com Leonor Domingues. Com certeza, todos os paulistas possuem algum sangue sefaradim mas é muitíssimo menor do que se divulga. Eu mesmo, com 100% de sangue paulista de antigas famílias, fiz o exame de DNA que acusou percentual inexpressivo, aliás, muito inferiores ao de participação indígena, por exemplo. Quanto à Raposo Tavares, sua madrasta era cristã nova documentada. foi por ela educada e, por isto sobre ele recaíam suspeitas de prática de judaismo. Quanto à sua mãe, apenas há suspeitas nunca confirmadas e ao pai, trata-se de cristão velho de origem remota.
            Abs, Luiz Carlos Nogueira

          2. Bom dia Luiz Carlos, apreciei bastante seu comentário e as informações fornecidas.
            Como descendente dos “Camargo” tenho pesquisado a família há alguns anos com o objetivo de estruturar minha árvore genealógica, algo que obtive sucesso ao final do ano passado. Como sabemos, somos formados por várias famílias e apenas a árvore genealógica de uma não é o bastante para determinar nossa origem, mas costuma ser aquilo que temos.
            Minha genealogia foi remontada até 1524 com Luiz Dias de Camargo e Beatriz De La Peña, avós paternos de Juseppe Ortiz de Camargo.
            No livro “Os Cristãos-Novos Povoamento e Conquista do Solo Brasileiro” de José Gonçalves Salvador, Editora Pioneira, o autor revela que Beatriz De La Peña era cristã nova, o que estabeleceria Francisco de Camargo, pai de Juseppe O. de Camargo, como sendo um legítimo hebreu nascido de um ventre judaico como determina a Ralachá Rabínica. Assim, embora a família “Camargo” não seja uma família judia e os traços genéticos sejam insignificantes, os descendentes de Francisco de Camargo seriam chamados de “Zerah Israel” ou Semente de Israel.
            Como você fiz testes de DNA para comprovar minha origem Sefaradi que correspondeu a 61%. Complementei o teste com a análise do Haplogrupo Y que resultou no G-M201, segundo Haplogrupo mais comum nos judeus da península ibérica. Contudo, meu bisavô paterno não era um “Camargo”, mas “Barbosa”, de quem eu realmente herdei a grande carga genética judaica.
            Por meio da ABRADJIN enviei todos esses dados para o LEJ – Laboratório de Estudos Judaicos da Universidade de Lisboa aos cuidados do Dr. Guilherme Loureiro. O LEJ foi autorizado pelo governo português a analisar a genealogia dos pretensos descendentes de judeus perseguidos pela inquisição para conseguirem cidadania portuguesa e reconhecimento da CIL – Comunidade Israelita de Lisboa.
            Após ter minha genealogia dos “Camargo” analisada pelo Dr. Guilherme Loureiro chegou -se à conclusão de que a CIL nunca reconheceria minha judaicidade, pois apesar de ser descendente de Beatriz De La Peña, os descendentes dela pagaram para “limpar o sangue” e diversos ancestrais, com isso, participaram do Santo ofício.
            A genealogia que realmente poderia me dar o reconhecimento da CIL deveria ser aquele que meu teste de DNA apontou, a do meu bisavô “Ferreira Barbosa”, mas infelizmente sem qualquer traço de informações históricas.
            Espero ter ampliado um pouco mais a história dos “Camargo” através da minha busca pessoal.
            Att.,

            ALEX TAVARES CAMARGOS

        2. Antonio Raposo Tavares, morou na região que hoje é osasco sp, o que restou de sua casa fica dentro do quartel do exército, sabe-se que sua mãe foi queimada viva na europa.

      1. Boa noite…

        Meu bisavô João Pereira de Camargo (era Sorocabano e veio para Santa Catarina com seu irmão (Antônio Pereira de Camargo) e aqui fundaram uma grande família dos Camargos, em São Joaquim, Lages e na minha cidade Curitibanos!!!….

    1. “De São Paulo refere-se à origem brasileira: os derivados são MIas, Rio, Paraná, Satna Catarina e Mato Grosso. Os Camargo do RS são de outro ramo espanhol e com outra história.

      Veja a origem nobre da Espanha, uma das mais antigas famílias fidalgas do NOrte Espanhol que resistiu 6 séculos contra a invasão muçulmana, eram todos cavaleiros das ordens militares de Santiago, Calatrava, Real de La Banda, Calatrava, etc.
      O escudo mais emblemática da família é o do ramo da Extremadura, com “cinco caldeiros de negro em sautor”, (X) simbolo de poder de abandeiramento ou sustentação de exércitos.

      https://pauliceias.blogspot.com/2014/12/nobreza-e-heraldica-dos-camargos-da.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *