Família Cordeiro

O sobrenome Cordeiro tem pouca popularidade no Brasil. Por aqui ele não chega a ser tão conhecido como Silva ou Oliveira, mas tem a sua participação na população o suficiente para não ser um sobrenome estranho aos brasileiros. A história de origem do sobrenome Cordeiro parece óbvia, mas a verdade é que ela possui vários caminhos diferente e interessantes. Confira abaixo a origem do sobrenome Cordeiro, informações sobre variantes gráficas e muito mais.

Origem da Família Cordeiro

A família Cordeiro surgiu em Portugual. Por lá o sobrenome possui duas histórias de origem, o que faz com que o sobrenome não seja único de uma só família. As duas histórias não têm conexão entre si, fazendo com que seja quase impossível que elas tenham a mesma origem ou até mesmo a mesma região de surgimento.

A primeira história conta que os Cordeiro foram irlandeses que se instalaram no litoral de Portugual e lá eram reconhecidos pelo trabalho que desempenhavam. Eles eram famosos por tecer redes e tarrafas e serem chamados de cordeiros. Dessa forma, o sobrenome surgiu através de uma atividade profissional relacionada à corda. Esta é uma história verídica, mas a família Cordeiro não foi reconhecida a ponto de ter o seu próprio brasão das armas.

A segunda história não fala ao certo em que região de Portugual surgiram os Cordeiro. O que se sabe sobre o surgimento do sobrenome por este caminho é que está relacionado ao animal cordeiro. Provavelmente devido a criação de cordeiros pela família ou as características de um cordeiro presentes em algum integrante fizeram com que este levasse o apelido de cordeiro que mais tarde foi passado aos seus descendentes como sobrenome.

Variantes do sobrenome Cordeiro

Não existem variantes conhecidas para este sobrenome. Desde de o seu surgimento ele permaneceu como Cordeiro ao longo das gerações. No entanto, por se tratar de uma palavra passível de tradução em qualquer língua, outros sobrenomes podem surgir que estejam relacionados a família Cordeiro.

Brasão da Família Cordeiro

Como já se pode imaginar, o brasão das armas da família Cordeiro possui símbolos de cordeiros no escudo. Este escudo é feito de verde com quatro cordeiros com a cabeça virada para esquerda, um em cada canto do brasão. Ele é bem simples e característico desta família e pode ser facilmente reconhecido como tal.

Compartilhe com seus amigos...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

172 respostas para “Família Cordeiro”

  1. Me chamo sandra Aparecida Cordeiro, filha de oswaldo José cordeiro, sou de itapetininga-sp e gostaria de ter mais informações sobre meu parentesco à portugueses

  2. Meu nome é carlos augusto de Carvalho Sant Anna , não tenho cordeiro no nome , mas minha Vó paterna tem , meu bisavó ,o pai dela que tem meu nome era português, nascido em Lisboa, so que de Portugal nao conheço ninguém , e meu bisavó ja morreu a muitos anos

  3. Olá! Meu nome é Francisca Jaqueline Alves Cordeiro, nasci no Ipu.Ceará. Filha de Maria Socorro Alves Sousa e Manoel Romualdo Cordeiro. Estou a procura dele( meu pai). Sendo que ninguém sabe nada sobre ele. Somente que ia ao Ceará como vendedor. Meus tios são conhecidos na cidade como Nazareno e Erivelto.

  4. Oi Família, Sou Samuel Ferreira de Oliveira nascido em 1971 São Paulo, mas não conheço meu pai a única informação que tenho é o nome ( Manoel)e que ele veio para o Brasil mais ou menos em 1970, e dos tios dele , o seu tios chamam-se Armando Octávio Cordeiro e Aroldo Evaristo da Conceição. Se alguém tiver aluma informação por favor entre em contato.
    samufracer@gmail.com

  5. Busco quaisquer informações sobre a família do meu avô paterno JOSÉ FRANCISCO CORDEIRO, avó ANA ROSA GOMES SOARES, meu pai PEDRO FRANCISCO CORDEIRO natural de Araçuaí – MG.

  6. Sou um estudioso da história da cidade de Pedro Avelino , e busco dados ou uma biografia do Dr JOSE CORDEIRO DOS SANTOS FILHO, advogado no RN e ex juiz de nossa cidade, tendo atuado nela no ano de 1983, sei que ele é Pernabucano. se alguém aqui puder me ajudar , desde já fico grato e a historia agradece, essa biografia sera uma usada no meu proximo livro, UMA COMARCA CHAMADA SAUDADE.

  7. PESSOAL, AQUI É ERIKA MENDES NOVAMENTE… FILHA DE OCRIDALINA CORDEIRO E NETA DE VICENCIA MENDES CORDEIRO. HÁ ANOS PROCURO UM TIO, RODOLFO MENDES CORDEIRO.
    SE ALGUEM SOUBER DE SEU PARADEIRO, ENTRE EM CONTATO COM ZAP 31 985051654

    OBROGADA

  8. Ola,

    Sou tbm da tradicional Familia Cordeiro, na verdade VIEIRA CORDEIRO.

    Meu Bisavo : ANTONINO VIEIRA CORDEIRO
    Meu avo: ARLINDO CESAR VIERA CORDEIRO
    Meu Pai: CARMELINO VIEIRA CORDEIRO

    Somos de SP – interior Ibiuna.
    Qlqer contato para falarmos mais agradeco : pedrosocordeiro@gmail.com zap 11964965913

    Francisco Cordeiro

  9. Olá, me chamo Roberto Alves Cordeiro, meu avô é de São Paulo,vê se chamava Roberto de Paula Cordeiro e minha vó, de João Monlevade, MG, se chamava Margarida da Silva Cordeiro.
    Meu pai se chamava Roberto de Paula Cordeiro, sou do Rio de janeiro.

  10. Fabio,

    Meu avô tinha uma irmã com o nome de Eva, e o sobrenome dele é Cordeiro.
    Sabemos pouco sobre a família dele, mas que as irmãs se chamava Eva, Lia, um irmão Lourenço, ele era de Capelinha-MG

    1. Ola, procuro a familia da minha mae 70 anos, ela foi adotada ainda criança, sua mae Isabel cordeiro de oliveira. pai José branco. ela era de capelinha/MG, minha mãe lembra que tinha irmãos

  11. Boa Noite!

    Sou Juliete Cordeiro Leal, neta de Jonas Augusto Cordeiro (in memoriam) e Terezinha Alves (in memoriam) Jonas era filho de João Cordeiro e Sebastiana, que tiveram além de Jonas, Joel Cordeiro, Aldinha Cordeiro, Ilvanete Cordeiro, Eugênia Cordeiro, Irani Cordeiro e Aracy Cordeiro, moro no rio de janeiro, meu e mail julieteleal@hotmail, caso queiram, quem sabe com mais dados descobriremos mais parentes rsrsrs. Um forte Abraço.

      1. Olá. Desejo adquirir livro sobre Genealogia da família Cordeiro. Aonde posso adquirir?
        Meu nome é Thaís sou filha da Dinah.
        Só tenho esses dados abaixo e não sei se estão corretos:
        1890 – MARIA MILANO CORDEIRO, natural de São José dos Pinhais/PR, faleceu em Teixeira Soares/PR em 22/01/1943 aos 53 anos de cirrose hipertrófica, casou-se com SALUSTIANO ALVES CORDEIRO.

        MANOEL ALVES CORDEIRO, falecido de bronquite aguda/miocardite, casado com MARIA CATHARINA CORDEIRO ( da família NEUMAM veio da Suíça) e tiveram o filho SALUSTIANO ALVES CORDEIRO.

        1882 – SALUSTIANO ALVES CORDEIRO, nascido em 08/06/1882 ( ou 12/06/1882), falecido aos 77 anos e casado com MARIA MILANO CORDEIRO , tendo como filhos: GALLIANA ALVEZ CORDEIRO; MARIA DA LUZ ALVEZ CORDEIRO, JOSÉ ALVEZ CORDEIRO(JUCA???) E MANOEL ALVES CORDEIRO(NENÊ??? ÓBITO EM 3.4.66???). Salustiano tocava clarinete na banda em Teixeira Soares/PR. (Salustiano comentava que tinha uma avó da Suíça e uma avó índia )
        1907 – GALLIANA ALVES CORDEIRO, dn 26/01/1907 em São José dos Pinhais/PR, óbito em Curitiba/PR em fevereiro de 13/02/1983, casou-se com ERNESTO GONÇALVES HUNDZINSKI, passou a assinar GALLIANA CORDEIRO HUNDZINSKI e devido o desparecimento do marido emw ( por muitos anos) , divorciou-se em ? quando voltou a assinar GALLIANA ALVES CORDEIRO. Tiveram os filhos: Dinah Christovam (Dinah Cordeiro Hundzinski) natural de Teixeira Soares Paraná, dn 05/01/1925, falecida em 20/07/2008, Dinoh Cordeiro Hundzinski( FALECIDO EM 03.10.2000), Dineu Cordeiro Hundzinski, Dinea Clara Cordeiro Hundzinski (Dinéa Clara Socher), Dine Cordeiro Hundzinski, falecida ainda criança devido a uma toxina em uma batata crua que ingeriu.
        ***Família HUNDZINSKI deve ter vindo da Polônia ao o Paraná em 1895 ou 1896 ?

  12. Meu nome é José, sou filho de Mercina Alves Cordeiro e neto de Manoel Luís Alves Cordeiro de Aimorés, MG. Quando minha mãe faleceu eu tinha 5 anos, hoje tenho 73 anos. Procuro por parentes. Vou deixar o e-mail de minha filha.

    1. Sou Suely Cordeiro! Minha mãe é Seumira Cordeiro de Mutum Minas Gerais muito próximo de Aimorés! A família Cordeiro é muito grande nessa região!!! quem sabe não somos parentes? ?

      1. Ola meu nome é Vanuza , na minha certidão consta o nome do meu avô Aristides Cordeiro de Paula , mas não o conheci , se alguém tiver informações, pai da minha mãe que nasceu em aymores mg.

      2. Ola meu nome é Vanuza , na minha certidão consta o nome do meu avô Aristides Cordeiro de Paula , mas não o conheci , se alguém tiver informações, pai da minha mãe que nasceu em aymores mg.

  13. olá, meu nome é LUCIANA PEREIRA CORDEIRO, o meu pai já falecido era COSME PEREIRA CORDEIRO e a sua família era da PARAIBA. Gostaria de conhecer alguém da família, pois como moramos no guarujá nunca tive contato, mas sei que o meu pai tinha irmãs. Só sei que o nome da minha avó paterna era Maria da conceição cordeiro.

  14. Estou a procura da família da minha tia: Maria das graças Cordeiro, Cidade natal governador Valadares.
    Nome do pai: Leopoldo Cordeiro
    Nome da mãe: Emília França Cordeiro

  15. Estou a procura da família da minha tia: Maria das graças Cordeiro, Cidade natal governador Valadares.
    Nome do pai: Leopoldo Cordeiro
    Nome da mãe: Emília França Cordeiro

  16. Sou de Cabo Verde. A minha avó materna que nasceu no ano 1883 chamava Emília Cordeiro Martins. Conforme a sua certidão de nascimento o seu pai, meu bisavô era de Portugal e chamava António Jacinto Cordeiro . Gostaria de saber em que distrito de Portugal ele nasceu.

  17. Me chamo Valdir Cordeiro Vasco, moro em Brasília – DF. Omeu pai se chamava Caetano Cordeiro Vasco. Ele nasceu em 1928 em Taboca, Comarca de Cotegipe – BA. Saiu de lá aos 13 de idade e só voltou a passeio em 1969. Morava em Cristalina – GO. Falecera há dois anos atrás.
    Eu gostaria de saber da origem do nome da minha família e sobre os nossos parentes.
    Atenciosamente,
    Valdir Cordeiro Vasco.
    WhatsApp: 61 98137-0012.

  18. Sou de Fraiburgo – Santa Catarina, me chamo Valdecir Cordeiro, filho de Luiz Gonzaga Cordeiro, filho de Crescencio Cordeiro e Maria Luisa Jackes Cordeiro, conheço muitas pessoas com o mesmo sobrenome, no entanto não sei se são parentes. Segundo as histórias contadas por meu pai Luiz Gonzaga Cordeiro, a família teria migrado da região de Itapitininga SP, para o meio oeste catarinense. Gostaria de ter informações a respeito da minha linhagem.

  19. Oi Me chamo Michelli Cordeiro, meu pai se chamava Jose Cordeiro da Silva e nasceu em Aguas Belas Pernambuco. Mas veio embora para SP e perdeu contato com a família. Seus pais se chamavam Otacilio Cordeiro da Silva e Maria Antonia da Conceição. Se alguem puder ajudar agradeço.

    1. Amiga Michele, sobre Otacilio Cordeiro da Silva,tenho inforções sobre um que foi juiz em nossa cidade Pedro Avelino,RN – SERIA ESSE ?

      ERA PERNABUCANO NOSSO 3º MAGISTRADO

      O nosso terceiro magistrado foi o Dr Otacílio Cordeiro da Silva, que nasceu na cidade do cabo , PE , no dia 22 de Maio de 1928, sendo filho do casal Andrônico Cordeiro da Silva e Avertana Cordeiro da Silva. Iniciou suas atividades profissionais como funcionário do IBGE em Campina Grande , e depois em João Pessoa. Formado pela antiga Faculdade de Direito da Paraíba, colou grau a 8 de Dezembro de 1955 como integrante de sua primeira turma de concluintes.
      Ainda como acadêmico de Direito, exerceu o cargo de Juiz Municipal da Comarca de Lajes, lugar do qual Pedro Avelino, era termo a época , isso em 1956, no Rio Grande do Norte , foi também Juiz da cidade de São Rafael. Ingressou na Magistratura paraibana como Juiz de Direito de Bonito de Santa Fé, sendo nomeado a 29 de Julho de 1959. Desta Comarca , foi removido, em 27 de Maio de 1960 para a cidade de Serra Branca. Por atodatado de 30 de Novembro de 1965, foi removido ,por permuta, para a Comarca de Alagoa Nova. Foi promovido por merecimento no dia 15 de Fevereiro de 1966, para a 2º Vara da Comarca de Piancó, naquele mesmo ano, por ato de 04 de Abril, foi removido para a Comarca de Umbuzeiro .
      Em 12 de Junho de 1969 , foi removido para a Comarca de Mamanguape, de onde saiu em 21 de Dezembro de 1976 , quando foi promovido para a 9º Vara da Comarca de Campina Grande , já no dia 1º de Junho de 1981, foi transferido para a 6º Vara de João Pessoa.
      Otacílio Cordeiro da Silva ,foi nomeado Desembargador no dia 07 de Agosto de 1996, e permaneceu como integrante do Tribunal de Justiça da Paraíba, até o dia 22 de Maio de 1998, quando se aposentou. Durante o tempo em que integrou a Corte de Justiça Paraibana desenvolveu sua atividade na Câmara Criminal. Foi ainda professor do ensino superior, lecionando pratica do processo penal na Faculdade de Direito da UFPB, Universidade Federal da Paraíba.
      Seu falecimento ocorreu as 5:00 horas da manhã de um Sábado ,mas precisamente o dia 31 de Maio de 2008, no Hospital da Unimed, em João Pessoa, depois de lutar bravamente contra um câncer.
      Seu velório ocorreu na Central de Velórios São João Batista, centro de João Pessoa, e seu corpo foi sepultado no Cemitério Parque dos Ipês.

      SE FOR ESTE SEU PARANTE E VC TIVER ALGO MAIS QUE POSSA ENGRANDECER ESSA BIOGRAFIA ,EU AGRADEÇO

  20. Me chamo Michelli Cordeiro Moraes Mariano, meu pai se chamava Jose Cordeiro da Silva, nascido em Aguas belas – Pernambuco. Procuro parentes. Meus avos se chamavam Otacilio Cordeiro da Silva e MAria Antonia da Conceição.

  21. Olá, sou Neila Cordeiro, de Taguatinga/Df. Tenho muita vontade de encontrar parentes do meu Pai João Cordeiro de Sousa, de Leopoldina/Pe, filho Antônio Cordeiro do Nascimento e Luzia Maria de Santana, nascido em 1925. Já busquei na internet sobre os Cordeiros e somente neste site encontrei algo que renovou minhas esperanças.

  22. Oi meu nome é Cleber de carvalho cordeiro meu avó se chamava Fernando Barbosa de cordeiro e minha mãe se chamava Elizabeth aparecida de carvalho cordeiro

  23. Minha bisavó nasceu em Pernambuco o nome dela é Maria Cordeiro Da Silva.
    nome da mãe da minha bisavó era Ana Cordeiro e do pai da dela Jose Cordeiro da Silva.
    Procuro informações sobre a família da minha bisavó.

    1. Boa tarde

      Jessica,meu avo também nasceu em Pernambuco o nome dele Severino Cordeiro,meu pai se cham José cordeiro,

  24. Olá boa noite, sou Ieda Cordeiro dos Santos, o sobrenome Cordeiro é de minha mae, que nasceu em Amélia Rodrigues/o. Tenho interesse em encontrar parentes (71)98842-8062 Watsapp

    1. Meu avô se chamava Juvenal da Costa Cordeiro e ele é de Bananeiras na Paraiba meus bisavós se chamavam Francisco da Costa cordeiro e Maria Olindina Cordeiro.

  25. Olá meu nome e Adriana da paz minha mãe se chamava maria cordeiro dos santos era de Alagoas tinha o sonho de reencontrar toda a sua familia sua irmã lo peço se alguém conhecer entrar em contacto comigo

  26. Todos aqueles que estão com seus respectivos nomes grafados nesta pagina , favor entrar comigo através do meu e-mail: nenoriacondeuba@yahoo.com.br porque tenho um livro escrito por mim, sobre as origens desta familia proveniente de Portugal e chegou ao Brasil por volta de 1549 com o primeiro Governador Geral do Brasil – Thomé de Sousa. Portanto, quem deseja adquirir esta obra, envie para o seguinte e-mal e, eu enviarei via online e não lhe custarão nada . Posteriormente, você poderão imprimir para o seu acervo .
    Abraços,
    Professor João Cordeiro de Andrade.

  27. Olá sou Cleude Cordeiro Pereira
    Filha de Osvaldo Cordeiro Pereira.
    Irmao de Emanuel e Corina Cordeiro e filho de Brandina o nome do meu avo eu acredito que era Antonio. ele foi criado por uma tia Miúda em Bahia depois Espírito Santo. Ele perdeu contato com a família a muitos anos .
    Mas o sonho dele e reencontrar a família antes de morrer.

  28. Olá! Meu nome é Luiz Cordeiro e meu sobrenome vem dos Cordeiro da região de Itambacuri, Malacacheta e Teófilo Otoni/MG.
    Sou Neto de Maria José Cordeiro, ela casou-se com meu avô Afrânio Gomes Rocha e tiveram 4 filhos, Marfran Gomes Cordeiro, Íter José Gomes Cordeiro, Elizabeth Gomes Cordeiro e meu pai que se chama Glair Gomes Cordeiro.
    No entanto minha avó, Maria José Cordeiro, teve em um outro relacionamento mais 2 filhos, que são meus tios Ajax Cordeiro e Blair Cordeiro.
    Gostaria de saber mais profundamente sobre minha avó Maria José Cordeiro. Temos poucas informações sobre ela e de seus ancestrais.
    Obrigado!

    1. Caríssimo
      Luiz,
      Segue para você o meu e-mail para que eu possa enviar para você o livro que eu escrevi sobre a nossa familia. Sou mineiro, natural de Salinas e tenho muitos parentes por todo território das Gerais como também em várias partes do Brasil e alguns paises europeus e nos Estados Unidos.

  29. Olá, meu nome de Solteira é Irma Padilha Cordeiro, sou filha de Sebastião Padilha Cordeiro, neta de Dorvalino e Maria dos Prazeres Padilha e estou procurando uma Tia chamada Otília Padilha Cordeiro que caso-se com Anacleto, me disseram que foi morar no RS , e nunca mais deu noticias.Talvez não esteja viva, mas seus filhos são meus primos. Se Alguém tiver alguma informação e se encaixar nesse perfil.entrar em contato comigo no (Face) Atualmente meu nome ´de casada é Irma Tomazeli.

  30. JOÃO CORDEIRO, BOA TARDE! MINHA FAMÍLIA TEM CORDEIRO POR PARTE DE MINHA MÃE OCRIDALINA MENDES CORDEIRO FILHA DE VICÊNCIA MENDES CORDEIRO E ASTROGILDO ALFARO DE SOUZA CORDEIRO. ACHO QUE TEMOS SEU LIVRO LÁ EM CASA… SÃO TODOS DE SALINAS… HÁ MUITOS ANOS LUTAMOS PARA ENCONTRAR MEU TIO RODOLFO MEDES CORDEIRO TB DE SALINAS…
    MINHA AVÓ ME CONTAVA VÁRIAS HISTÓRIAS DAS FAZENDAS MATRONA, MALHADA, ALTA E ETC DOS CORDEIRO…POR FAVOR ME DÊ MAIS INFORMAÇÕES POR ONDE ANDAM MEUS FAMILIARES.
    MEU ZAP 031 985051654 MORO ATUALMENTE EM BH COM A FAMÍLIA QUE RESTA…

  31. Olá Elaene Dias Cordeiro dos Santos; sou Antônio Nunes Cordeiro, moro São Paulo;
    eu e meu pai nascemos em Águas Belas-PE, minha avó paterna nasceu no Ceará e
    meu bisavô paterno também.
    Será que somos parentes? Se você tiver mais informações, comunique comigo.
    Fico muito grato.

  32. Olá Marciana Antonia Cordeiro Medeiros, boa noite.
    A sua avó chamava-se Sebastiana Cordeiro dos Santos de Canhotinho-PE;
    a minha avó chamava-se Antonia Cordeiro dos de Águas Belas-PE, mas a
    família dela era do Ceará.
    Será que seriam parentes?

  33. Olá! Sou Joel Ferreira Dias, sou de Barbacena (MG). O sobrenome Cordeiro está presente na família da minha avó materna, Cecília Cordeiro de Araújo. A família dela tem ramificações em Lima Duarte, Juiz de Fora, Santa rita do Ibitipoca, Santos Dumont e Barbacena. Temos alguns parentes no Paraná, segundo relatos de minha mãe. Sou muito interessado em saber das origens da minha família.

  34. Meus parentes de sobrenome Cordeiro viviam na Região de Palmeiras no Paraná. Minha avó se chamava Ana Cordeiro. Estou procurando meus parentes e investigando a história de minha família que possuía terras na Região e fugiram abandonando tudo por causa dos jagunços que os ameaçaram de morte. Hoje as terras estão nas mãos de uma Indústria de celulose.

  35. Olá, meus bisavós eram Manoel Cordeiro da Motta e Geraldina Maria Cordeiro, meu avó Oscar Cordeiro Filho – nascido no estado do Rio de Janeiro.
    Meu avó após se casar com Vivaldina Rodrigues Alves, morou durante um tempo em Campos dos Goytacazes antes de mudar para Minas Gerais.
    Caso alguém sabia algo, gostaria muito de encontrar outras pessoas da família.

  36. A família da minha mãe é Cordeiro de Oliveira e também estou investigando as origens do nome, pois meu avô Antonio Cordeiro de Oliveira tinha pais portugueses.

    1. olá, Alfredo. Tudo bem. Por parte de mãe, minha família tem origem de quatro irmãos que vieram da região de Trás os Montes, em Portugal no final do seculo XIX, com o sobrenome Cordeiro de Oliveira, em busca de ouro em Minas Gerais, nas cidades de Minas Novas, Capelinha, Araçuai, Turmalina, Veredinha, Teófilo Ottoni e Governador Valadares. Um deles teve um filho chamado José Cordeiro de Oliveira, que teve outros oito filhos, que se espalharam por essas cidades e também Belo Horizonte, Campos de Goytacazes-RJ, Curitiba e Londrina-PR e Barretos-SP, entre as décadas de 50 e 60. Sei que tem um descendente com o nome de Antonio Cordeiro de Oliveira. Os descendentes desse José Cordeiro, tem a variação de Cordeiro de Oliveira e Cordeiro da Rocha e outras que desconheço. Por favor, veja se tem alguma correlação com sua família para nos ajudar-mos. Grato

      1. Olá José Lênio. O meu nome é Rodrigo André Gomes Cordeiro e sou natural de Minas Novas/MG. O meu avô se chamava Teotônio Cordeiro Sobrinho, filho de Gabriel Cordeiro de Oliveira, que tinha como pais o alferes LEOLINO Cordeiro de Oliveira (1825-1902), e D. Emília Paula de Jesus (1831-1915) residentes na Comunidade do Fanha. Há registro de que Leolino foi festeiro do Rosário em Minas Novas. Já o pai de Leolino, era o português, coronel Bonifácio Cordeiro de Oliveira (1770-1838) e D. Carlota Godinho da Silva Cordeiro (1778-1847). Já D. Emília era filha, do capitão português, Joaquim Cordeiro de Oliveira (1774-1850) e de D. Natália Maria de Oliveçna (1788-1867).

        1. Ola meu Nome e Grecineia cordeiro de Oliveira,meu pai as chama sinval cordeiro de oil eira,filho de Lucindo cordeiro de macedo,neto de teotonio e dona mariquinha favor entrar em contato 31 971233584

  37. SOU DA FAMÍLIA CORDEIRO E ESTOU TENTANDO ENCONTRAR TODOS OS DESCENDENTES DE “ANTONIO JOAQUIM DE PAULA CORDEIRO”, QUE JUNTO COMIGO HERDARÍAMOS DELE + OU – 10 ALQUEIRES DE TERRAS AQUI EM CURITIBA

    1. entre em contato comigo meu querido primo, porque estarei enviando online o livro que eu o escreví em 1992 sobre a familia cordeiro e sua vinda para o Brasil em 1549.

      1. Boa tarde,sou da família cordeiro de Araruna Pb,meu avô se chamava Severino Cordeiro nascido em 1909 e meu bisavô João Cordeiro,como faço para adquirir esse livro da Origem da família Cordeirp?

      2. Olá João Cordeiro de Andrade, aqui é Thaís, fiquei interessada em seu livro.

        Minha avó materna foi Galliana Alves Cordeiro. Meus bisavós: Salustiano Alves Cordeiro e Maria Milano Cordeiro.
        Irmãos da minha avó Galliana: Maria da Luz Alves Cordeiro; José Alves Cordeiro e Manoel Alves Cordeiro.

        Curitiba-PR

      3. Ola meu Nome e Grecineia cordeiro de Oliveira,meu pai as chama sinval cordeiro de oil eira,filho de Lucindo cordeiro de macedo,neto de teotonio e dona mariquinha favor entrar em contato 31 971233584

    1. Olá, Emilia Mycaela.
      Meu bisavô Telentino ( ou Tolentino) Cordeiro de Carvalho
      Minha Bisavó Erodias Roza de Jesus
      Minha Avó Anna Roza de Carvalho
      Tias Jovina Lemos Baptista, Luzia Lemos, Maria Lemos, Helena Lemos.
      Meu pai Jairo Mergar de Carvalho
      Se souber algo me contactar por favor
      ammergar@hotmail.com

      De Aymorés M. G.
      Faleceu em fevereiro 1956
      São da época do coronel Bibinho

  38. A familia Cordeiro , vieram de Portugal eram três irmãos que se separaram aqui no Brasil São Paulo , Minas e Bahia na realidade é a unica familia que todos são parentes na realidade é uma familia que cresceu muito aqui no Brasil.
    Me chamo Alexandre Oliveira Cordeiro sou de vitória da Conquista Bahia.

    1. Meu nome eh morales cordeiro ,,,filho de maria jose cordeiro,neto e maria cordeiro alves,bisneto de antonio cordeiro tataraneto de fracisco virgulino cordeiro ,q contou pra minha avo q veio do pernabuco e que seus pais vieram da bahia . Sao todos negros,e eram escravos e sempre migravam pra trabalhar em casas de familia.
      Minha avó me contou cada coisa foda…q seu avô contava a ela…mais ela nao concegue lembrar o nome do pai do meu tataravô…mais cheguei bem longe ,esse seu comentario fez todo sentido pra mim obg

      1. Oi me chamo cleude estou a familia do meu pai Osvaldo Cordeiro Pereira filho de Antonio Cordeiro da Silva e Brandina Pereira da Silva. Os irmaos dele eram Emanuel Cordeiro Pereira e Brandina Cordeiro Pereira .

    2. Nossa…minha família começou em São Paulo e aí vieram para o Paraná. José Gonçalves Cordeiro, Gabriela Cordeiro e Antonio Cordeiro Filho.

      1. Procuro Antônio cordeiro filho de águas belas filho de Antônio Cordeiro de França e Maria que morou no jardim cordeiro município de Delmiro Gouveia al com a família de tercilia Maria de Jesus sou filha dessa família meu nome é antonia gostaria muito de encontrar antonio cordeiro filho

    3. Meus avos eram de Conquista. João Cordeiro e Otacilia Cordeiro. O sobrenome Cordeiro veio do meu avô. Tenho vários tios e primos em Conquista.

    4. O meu avo Antonio Cordeiro da Silva minha avo Brandina Pereira da silva da Bahia. Meu pai Osvaldo Cordeiro Pereira Procura os irmaos Emanuel e Corina

  39. Ola pessoal, sou Elza cordeiro rodrigues, moro em Cuiabá, MT. e procuro familiares de meu pai antônio cordeiro ja falecido ele nasceu no rio de janeiro, era filho de maria cordeiro, e joão cordeiro,casou- se com Dorvalina Gonçalves Cordeiro, que também era chamada de doca ou doquinha, ambos ja faleceram, sei o nome de alguns irmãos de meu pai, que são, Orestes, cordeiro, paulo cordeiro,Dirce cordeiro, conheci um irmão dele que tinha o apelido de Carlito,mas o nome dele, me parece q era Carlos ou Jose Carlos, esse irmão veio com meu pai pro mato grosso, ele era separado da mulher e deixou uma criança filho dele com ela, eu era muito pequena quando o conheci, depois ele e meu pai se separaram, meu pai tinha outros irmãos mas ñ me lembro o nome e só conheci esse Carlito, ele falava em umas parentes que chamavam de Dugue, e a outra Nadir, era o sonho do meu,saber noticias dos parentes dele, mas infelizmente não conseguimos, nenhuma noticias, desde que faleceu em 82, por favor me ajude a encontrar alguém eu agradeço muito se puderem me ajudar,Deus vos abençoe.

  40. Meu nome é Fernanda Cordeiro e meu sobrenome é da parte paterna, meu pai chamava Fernando Alves Cordeiro e era natural de pão de açúcar-Alagoas, não conheço a família do meu pai, nunca fui para Alagoas e tenho curiosidade para saber mais sobre as origens do meu nome e dos meus ascendentes.

  41. Olá. Algo sempre me chamou atenção na ordem do sobrenome Cordeiro. Todos dizem sua origem ser de Portugal e embora eu tenha um pouco de descendência portuguesa, o meu sobrenome veio do meu bisavô francês Benedict De Paula Cordeiro, que veio para o Brasil e aqui nasceu meu avô Ludgero De Paula Cordeiro e meu pai Irton De Paula Cordeiro, nascido em São Paulo/SP e eu, Iris Joana De Paula Cordeiro. Eu e meus irmãos não temos sobrenome materno. Ou seja, o sobrenome De Paula Cordeiro da minha família vem desde o meu bisavô francês.
    Se alguém se identificar com a história do meu sobrenome ou com meus antepassados me deixe uma mensagem ou procure no Facebook: IrisJoana De Paula Cordeiro.

  42. Sou Elena Cordeiro, minha avó chama Maria das Neves Cordeiro, era uma família de 05 irmãos que foram adotados por famílias diferentes, minha avó perdeu o contato com os irmãos.
    Caso alguém tenha alguma informação de parentesco, entre em contato por favor.
    Whats 19-994333868

  43. Meu nome é João Cordeiro de Andrade, 66 anos sou mineiro de Salinas porém moro em Itabuna =-Bahia, em l992 escrevi um livro sobre as minhas origens ou seja pela parte da minha mãe que é da família Cordeiro que na realidade é proveniente da Europa ( da Península IBÉRICA ( Espanha e Portugal) na realidade esta família é de origem judaica vindo para a europa nos anos 132 d.C, quando o imperador romano Deocleciano invadiu o reino de Judá permanecendo uma parte na Espanha e Portugal. Vieram três irmãos desta família para o Brasil no ano de 1549 na esquadra de Thomé de Sousa. Esta família fixou-se no interior do estado da Bahia por várias regiões Feira de Santana, Serrinha , Tucano e Rio de Contas para os lados da Chapada Diamantina com o passar dos séculos esta família espalhou-se por todo território brasileiro. O meu tetravó chamava-se Manoel Cordeiro da Silva com uma numerosa descendência. Várias cidades brasileiras como Cordeiros, Cordeirópolis, Cordeiro, Condeúba e Itajú do Colônia foram fundadas por esta família.

      1. Michael Vinicius,
        Boa Noite,
        Sou o professor João Cordeiro de Andrade, professor de História sendo especialista em História Regional aqui em Itabuna na Universidade Estadual de Santa Cruz, já tenho 5 livros publicados e no prelo mais dois livros a ser lançado a
        no mercado para o ano de 2017. Segue para você, o meu endereço eletrônico .
        e-mail : memoriacondeuba@yahoo.com.br , meu Facebook : procure João Cordeiro de Andrade -Universidade Estadual de Santa Cruz -UESC- Itabuna-Ba e os telefones é : do meu gabinete 73-3214-0804 pela manhã a partir das 10.00 antes estarei em sala de aula , segunda e quarta e o restante estarei livre . Na sexta feira estarei o dia todo no centro de memória da Igreja Batista Teosópolis realizando pesquisas sobre a implantação da Religião Presbiteriana e Batista desde 1912 no sul da Bahia. Estou aguardando o seu e-mail para que eu possa enviar o livro que você me pediu- Linhagens das Familias Souza E Cordeiro da Silva. Não tenho mais irei xerocá-lo e enviarei para você sem nenhum pagamento sendo pois, um presente para você. Abraços João Cordeiro
        Em tempo; mande seu endereço e também se identifique como pedido de livro Linhagens das famílias Souza e Cordeiro da Silva .

    1. Olá João! Me chamo Deborah Dayane Cordeiro Martins e minha descendência cordeiro provém do norte de Minas. meu avô, filho de eralina Rodrigues cordeiro é proveniente de São João da ponte próximo a montes claros. Gostaria muito de ler seu livro sobre nossa família. Obrigada!

      1. Olha Déborah, leia o texto abaixo e depois fale com seus familiares mais velhos porque é possível haver algum parentesco com os personagens.
        Porém em minha família, por parte de uma tia avó, ela casou-se com Augusto Rodrigues Cordeiro, natural de Januária-MG nascido em 1891, seu pai se chamava Manoel Rodrigues Cordeiro.
        ——————————————–
        São João da Ponte
        Minas Gerais – MG
        Histórico
        Não existiam dados seguros sobre as origens da cidade de São João da Ponte, sendo atribuídas a dona Joana (ou Maria) Veridiana Cordeiro, que na região viveu por volta de 1840, a fundação da povoação. Dona Joana venerava, numa casinha as margens do córrego Salôbo, uma imagem de São João Batista, imagem que ainda hoje existe na igreja do referido Santo na
        localidade. No dia 24 de junho, a casinha era visitada por verdadeiras romarias de fiéis que ali iam em homenagem ao Santo. Posteriormente, entre 1850 e 1865, construíram uma ponte sobre o córrego de nome Salôbo e, junto dela, uma capela, tendo como orago São João Batista, originando-se daí a primitiva denominação ou nome do lugar – São João da Ponte Salôbo.
        Nessa época, já existiam alguns moradores em derredor da ermida, cuja liderança era exercida por Amâncio Teixeira, negociante vindo de
        Montes Claros. Os primeiros habitantes da povoação ao que parece, foram Amâncio Teixeira, Elias Rodrigues Cordeiro, Tomé Pereira de Souza, professor Antônio Pereira de Souza, Jerônimo e Joaquim Pereira de Aguiar, Abrão
        Cezário Câmara e Malaquias Rodrigues Cordeiro. O povoado de São João da Ponte Salôbo, mais tarde, em 1884, sendo elevado à sede de um novo distrito, teve o seu nome simplificado para São João da Ponte, distrito este elevado à categoria de sede municipal em 1943, por Decreto-lei estadual.
        [Fonte: Enciclopédia dos Municípios Brasileiros – Volume XXVII ano 1959]
        ——————————————————–

        1. Oi Henrique, tudo bem? obrigada por compartilhar….eu estava pesquisando em S J da Ponte, mas não encontrei nenhum registro. Pesquiso pelo meu trisavô Ambroso Rodrigues Cordeiro, provavelmente ele é irmão de Manoel Rodrigues Cordeiro. Preciso pesquisar em Januária então. Você tem contato com alguém por lá?

          Obrigada

          1. Oi, Sr. Manoel que citei acima era casado com Joana Maria da Conceição, o filho Augusto nasceu em 1891 em Januária, portanto vamos considerar que Manoel e Joana “se casaram” na década de 1880. Manoel deveria ter entre 20-30 anos, nascido então por volta de 1850~60. Esta pesquisa não vai ter alcance pois os cartórios foram introduzidos no Brasil na época da proclamação da República, e os livros e registros antigos estão muito deteriorados, porém, se o cartório digitalizou os registros então Voce poderá pesquisar uma certidão de casamento.
            Naquela época os filhos eram registrados no cartório só pelo primeiro nome (Petrolina foi assim até 1940).
            Veja que não encontraram o assento de nascimento de Augusto.
            [hrq45@bol.com.br]

      2. Oi Deborah , estou pesquisando pelo meu trisavô, ele se chama Ambrozo Rodrigues Cordeiro, ele também é desta região S J da Ponte. Não encontrei registro no cartório de S J da ponte. Será que eles são irmãos? Você tem algum registro?

    2. João, meu nome é Erika Mendes dos Santos, mas minha mãe filha de Vicência Mendes Cordeiro e Astrolgildo Alfaro de Souza Cordeiro de Salinas. Temos seu livro lá em casa!
      Meu cel 031 985051654

    3. Oi me chamo cleude estou a familia do meu pai Osvaldo Cordeiro Pereira filho de Antonio Cordeiro da Silva e Brandina Pereira da Silva. Os irmaos dele eram Emanuel Cordeiro Pereira e Brandina Cordeiro Pereira .

  44. Meu nome é marciana antonia cordeiro medeiros e gostaria de saber sobre a história da minha família, sei que o sobrenome cordeiro vem da minha avó que se chamava Sebastiana cordeiro dos Santos ela é natural de canhotinho pernambuco, mas morava em garanhuns pernambucano, mas também gostaria de saber sobre o sobrenome do meu avô Antonio medeiros de luna sei que ele era natural de cabrobo pernambuco, gostaria de saber se alguém conhecer alguém do mesmo sobrenome que seja de lá gostaria de saber alguma coisa sobre a família.

  45. Me chamo Renato Cordeiro da Paz.
    Herdei o sobrenome da minha mãe por ela não ter se casado com meu pai. Lidinalva Cordeiro da Paz, filha de Gercio Cordeiro da Paz e Carmena Olivia dos Santos. Gercio e Carmena vieram de Pernambuco, Garanhuns por volta de 1950 e vieram pra São Paulo e Paraná para as colheitas de café e algodão.
    Se alguém conhecer mais “Cordeiro da Paz” entre em contato.
    renatocp@hotmail.com

    Grato

  46. Boa noite sou de Niterói! Meu avô veio de trás dos montes !
    Porém saiu de casa e não tivemos mais notícias o nome dele é domingos cordeiro veio a mais de 60 anos de Portugal!
    Se alguém tiver notícias!

  47. Meu bisavô e avô eram de Patos de Minas-MG, Boanergio José Cordeiro e João Cordeiro de Andrade respectivamente. Se alguém conhecer alguma história deles, coloque aqui por favor.

  48. Moro na Bahia próximo a Feira de Santana, o meu sobrenome vem do lado paterno que é extensa avós, bisavôs, tataravôs. Todos Cordeiro. Cidades circunvizinhas também como Serrinha, Riachão do Jacuipe, Ichu… Tenho muitos parentes.

    1. Você ver como é esta coisa do sobrenome temos Cordeiro como sobrenome em comum, mas temos ligações também em comum com os sobrenomes Guimarães e Nunes. Se não me engano você tem Araújo de sua mãe. Ao ler o comentário destas pessoas com o sobrenome Cordeiro penso nas primeiras pessoas com este sobrenome vindo da Europa na época da colonização do Brasil.

  49. Moro na Bahia próximo a Feira de Santana, o meu sobrenome vem do lado paterno que é extensa avós, bisavôs, tataravôs. Todos Cordeiro. Cidades circunvizinhas também como Serrinha, Riachão do Jacuipe, Ichu…

    1. Olá, Irá Cordeiro. Me chamo Alexandre Cordeiro, meu avô Almir Cordeiro e o pai dele se chamava Manoel Cordeiro de Serrinha.

  50. OLÁ sou luana beatriz cordeiro do nascimento filha de Teresinha aparecida cordeiro do nascimento filha de Guilhermina cordeiro e Pedro frazão do Nascimento ambos de passo fundo, rio grande do sul desde já obrigada.

  51. ME CHAMO JOSE CORDEIRO DE SOUZA MORO EM AFONSO BEZERRA/RN MEUS AVÓS SÃO DA PARAIBA/SOU FILHO DE LUPERCIO CORDEIRO DE SOUZA (CAMPINA GRANDE-PB) E RITA CORDEIRO DE SOUZA (SANTA RITA_PB) AVÔ PATERNO/JOSECECH CORDEIRO DE SOUZA-PB AVÓ/ MARIANA CORDEIRO DE SOUZA-PB. PROCURO UMA TIA POR NOME DE ELVIRA IRMA DE MINHA MÃE RITA FILHA DE VOVÔ ARTHUR . DA FAMÍLIA DE MEU PAI QUE ERAM EM 24 IRMAOS DA PARAIBA SO EXISTE TIA CLEDITE EM PARELHAS/RN..DA FAMILIA DE MINHA DE MAE SÓ CONHEÇO MINHA TIA(MÃE) FRANCISCA DE ZEZITO QUE MORA EM MACAU/RN. ME AJUDEM A ENCONTRAR ESTA MINHA TIA ELVIRA, ELA DEVE ESTÁ NA PARSIBA OU….MEU CEL.084/987754391(PROFESSOR CORDEIRO)

  52. O Ceará tem grande presença da família Cordeiro. Não sei se todos com esse sobrenome pertencem ao mesmo tronco, já que, segundo pesquisa, há duas origens da família Cordeiro a partir de Portugal. A minha, por exemplo (Cordeiro da Cruz), vem da Cidade de Canindé, CE. Já a da minha esposa, Clarice Cordeiro, vem de Maranguape, CE e ainda não encontramos evidências de pertencermos ao mesmo tronco.

    1. Boa noite Paulo,tudo bem com vc. me chamo Cicero Viana, filho de Marcy Vivaldo Cordeiro Viana e neto de Maria Cordeiro Barbosa, somos do Ceara, sera que temos parentesco. meu email. cicerorviana@hotmail.com estou morando em Londres e gostaria de fazer uma pesquisa para saber se tenho algum parente de Portugal. Abraco.

  53. Randal alves cordeiro,Filho de Dijario cordeiro indio,Filho de Pedro cordeiro indio,Filho de Guilherme cordeiro indio,Filho de Francisco de oliveira lima, comandante da guarda nacional,Senhor de engeio proviniente de portugal,Provinintes de pejaú de flores,Palmeira dos indios-Alagoas

    1. Gostaria de agradecer aos primos por tê-los encontrado,um esforço de ambos os lados e ao site por nos da esse suporte.De unir familias afastadas por o tempo,e a Deus por nos trazer essa benção.Logo nos conheceremos pessoalmente.Randal Alves Cordeiro.

  54. Sou do Rio de Janeiro, Meu pai é filho de uma pernambucana chamada Genoveva Cordeiro de Freitas , que saiu de pernanbuco ainda pequena ,aos 2 anos de idade e se dirigui para a Bahia junto de sua mãe. Deixando para trás a sua irmã mais velha chamada Alice . Alice quando pequena ficou sendo cuidada por uma tia chama Alta. Gostaria muito de saber sobre a origem da minha família .Se alguém se identifcar com essa história por favor entre em contato.
    Meu Nome é Elaine Dias Cordeiro dos Santos.
    email: elainedcs.86@gmail.com.

    1. Oi sou Jefferson cordeiro dos santos de pernambuco,filho de Luís cordeiro dos santos, meu pai era do litoral sul do estado de uma cidade de nome camela se tiver alguém desta região que se identifique deixa uma resposta que entro em contato

  55. Sou bruno erick cordeiro dos santos de arapiraca alagoas sou filho de helson cordeiro pereira filho de Aleidia cordeiro pereira .

  56. Meu sobrenome é por parte de Pai, originarios do Condado do Norte, Minas Gerais. Tenho diversos parentes em Minas, muitos ainda desconhecidos por mim.

  57. Olá sou Cleuseni Cordeiro dos Santos,o meu avô se chamava Luiz Cordeiro Vasco,descendente da Bahia,mas moramos em Goiás,segundo histórias dos antepassados,os cordeiros vieram de Portugual.

  58. Sou Jaqueline Cordeiro filha de Maria da Glória da Silva Cordeiro e neta de Zeni da Silva Cordeiro e Mário da Silva Cordeiro todos do Rio de Janeiro.

  59. Josué Cordeiro, sou de Belém do Pará, tem um lugarejo chamado Genipauda, que impera o sobrenome que carrego, mas ainda assim quero a conhecer a origem!

    1. Fabio,

      Meu avô tinha uma irmã com o nome de Eva, e o sobrenome dele é Cordeiro.
      Sabemos pouco sobre a família dele, mas que as irmãs se chamava Eva, Lia, um irmão Lourenço, ele era de Capelinha-MG

  60. Sou Cristiano Cordeiro, RJ, meus pais nasceram no Ceará e lá tenho muitos parentes com esse sobrenome… tb gostaria de conhecer a origem da família

    1. Cristiano, de que cidade do Rio e do Ceará? Não sou Cordeiro, mas tenho Cordeiro na família da minha bisavó materna no Ceará e na família do meu pai em Cordeiro-RJ.

  61. Sou Adriel Cordeiro, sou do Amapá, mas não conheço a origem da minha família, meu avô se chamava Juraci Santana Cordeiro, filho de Maria Santana Cordeiro e Cândido. Seria interessante conhecer meus parentes distantes, meu Whatsapp (96)988094972.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *