Família Farias

Considerado um dos mais tradicionais de Portugal, o sobrenome Farias tem curiosidades, histórias e informações que as pessoas procuram para saber mais sobre sua origem. Veja abaixo algumas dessas informações que podem te ajudar a entender um pouco mais sobre você e seu sobrenome.

O sobrenome Farias assim como tantos outros, não surgiu no Brasil, por uma simples razão de que o Brasil foi colonizado e habitado primeiramente por estrangeiros. Dessa forma, os sobrenomes vêm de outros países e acabam ganhando popularidade uma vez que os imigrantes fizeram do Brasil sua nova morada.

Origem da família Farias

Sobrenome de origem portuguesa e classificado como sendo um toponímico, ou seja de origem geográfica. Os Farias originaram se nos princípios do reino de Portugal. Tem seu solar no julgado de Faria, do termo de Barcelos, de onde se lhe derivou o nome.

No monte da Franqueira se vê ainda as ruinas do castelo, que defendeu Gonçalo Nunes de Faria em tempo de el-rei D.Fernando contra Pedro Rodrigues SarNiento, adiantado de Galiza, que o tinha sitiado, vendo matar a seu pai Nuno Gonçalves de Faria, que estava prisioneiro dos castelhanos, pôr não querer persuadi-lo a que o entregasse.

Foi Nuno Gonçalves, progenitor desta família, alcaide do castelo de Faria.

Curiosidades

Há muitas piadinhas associadas ao sobrenome Faria, Farias por se tratar de um verbo da língua portuguesa. Por vezes essas piadinhas se são por utilizar em uma mesma situação tanto o verbo, quanto o sobrenome.

Variantes do sobrenome Farias

O próprio sobrenome que estamos tratando é derivado do original Faria, que é mais comum de ser encontrado no Brasil. Em outros países, como Portugal, podemos ver mais Farias.

Brasão da Família Farias

Um brasão oficial da família Farias não foi encontrado. Por outro lado, existe o brasão da região em que o sobrenome surgiu e também alguns escudos não oficiais. O interessante é que todos eles são constituídos das mesmas cores, vermelho e prata.

Compartilhe com seus amigos...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

340 respostas para “Família Farias”

  1. Olá sou um Farias, meu nome é Fábio Silva Soares Farias, meu bisavô é Clenientino Rodrigues de Farias meu avô Raimundo Rodrigues de Farias e meu pai Raimundo Soares Farias. Todos eles com raízes no estado do Ceará. Eu nasci no Rio de janeiro .

  2. Meu nome é Sônia Farias, sou filha de Mirian Farias da Silva e Sebastião Maravilha dos Santos. Sou Farias por parte materna. Meus avós Belarmino Cabral da Silva e Joazina Luiz Farias, eles eram de Araçuaí-MG.
    Não sei o nome dos meus bisavós e tataravós.
    Abraço a todos os Farias.

  3. OLá, procuro parentes ou quem possa dar informações sobre Libânia Farias, já falecida.
    Viveu em São Pedro de Alcântara.
    era companheira de André Domingos.
    Atenciosamente

  4. Eu também sou dessa região sou Agnaldo leite de Farias de Taperoá filho de Ariosto leite de Farias e neto de serviliano Alípio de Farias ( seu Viana)

  5. Também sou Farias. Filha de Neuza Maria Farias. Meus avós são José Leriano Farias e Maria Joana Silva. Bisavós Francisco Farias e Maria Antonia/ Fortunato Silva e Conceição Silva. Minha mãe nasceu em Birigui_ SP, mas logo mudaram para o Paraná. Ela relatava que dois de seus irmãos eram policiais e também falava de sua irmã Rosa. Não tenho muitos dados a respeito da família e agora que minha mãe faleceu ficou mais dificil. Ela contava que seu bisavô era português e sua bisavó era índia. Que seu pai morreu e sua avó se casou novamente, mas logo também faleceu. Ela perdeu o contato com os irmãos e nessa época só tinha 14 anos. Se alguém tiver informação ou que veja nessa história algo em comum, entre em contato.
    Email: reginafnatalm@gmail.com

  6. Olá, meu nome é Marco André Farias da Silva e moro no Rio de Janeiro em Nova Iguaçu no bairro de Vila Borgerth desde que nasci. Minha família é de Pernambuco no município de Pombos no sítio Urubutinga. Os meus avós paternos e maternos moram no sítio Urubutinga e são primos e os nomes deles são: por parte de mãe – José Rodrigues de Farias e Severina Rodrigues de Farias e por parte de pai – Pedro Herculano da Silva e Severina Rodrigues de Farias. Não estranhem mais as minhas duas avós tinham o mesmo nome, mas não são a mesma pessoa. Tento descobrir a origem da minha família mas como moro distante da terra natal do dos meus avós não tenho acesso a fotos e a relatos de outros parentes. Mas em breve vou a Pernambuco rever parentes e pesquisar sobre a família.

    1. Ola Marco André, que bacana, o seu sobrenome é o mesmo que o meu Farias da Silva, porém pelos familiares mencionados não temos parentescos. E u também gostaria de saber mais sobre a família da minha mãe, Evanir Farias da Silva de origem de Miranda MS, sabemos pouco de sua história. te desejo sucesso. Abraços

  7. Bom dia sou Natalícia chaves Farias Peres, filha de Valdim de Oliveira Farias e neta de Serapião Gonçalves Farias e Ilidia Oliveira farias. Fiquei sabendo que meus avós são de minas gerais.

  8. Olá, achei bem interessante rs, nome do meu Pai Antônio Adauto Farias, Mãe do meu pai MARIA ORMIZA FARIAS, pai RAIMUNDO ROGÉRIO FARIAS. Qualquer coisa só me contactar pelo email adrianafariasce@gmail.com IG Adryhonorio.
    Devo ter primos, tios espalhados..

    1. Bom dia. Sou Farias e sou de Jacaraú-PB.
      Gostaria que venhamos a criar um grupo no Facebook só dos Farias sei a maioria absoluta não se conhece e talvez o nome seja apenas uma coincidência mas seria bom para estreitar laços cromado novas amizades e um conhecimento maior sobe os Farias.

  9. Ola gostei de saber que a família FARIAS é grande e também procuro meus parentes paternos sou Jandira Ferreira Farias Damaceno (Ferreira por parte de mãe ANA MARIA FERREIRA DE SOUSA de Floresta CE e Farias por parte de pai ODUVALDO DUARTE FARIAS de Ipú CE) meu avô parteno Pedro de Oliveira Farias nascido em 6 de julho de 1900 CE casado com Maria Eugenia Duarte dos Santos, bisavô Cristovão Duarte dos Santos nasc 1888 CE casado com Eumira dos Santos nasc 1885 Ipu CE trisavos Joseph Raimundo Farias Pombo o ano nac nao tenho casado com Maria de Oliveira Farias e quatrivó Antonia vila nova se tem alguem com esses sobrenomes email: pvjardimsaopaulo@gmail.com

    1. Meu querido, há uma concentração de Farias e Alves de Farias nessa região do Ceará, é o caso do meu tiotetra avô que era um dos conselheiros do governo da cidade de Ilu, e um dos fundadores do clube Grêmio Ipyense, chamado Miranfolino Alves de Farias. Em toda aquela região , desde o Rio Grande do Norte ate Cajazeiras na Paraíba haviam muitos Alves Farias todos da mesma família.

    2. Boa tarde mi chamo Wilson Porto de farias o nome do meu pai e Antônio Luiz de farias a minha mãe e Carmésia de oliveira porto gostaria de encotrar parentes por parte do meu pai que já e falecido alguém que possa me ajudar desde já agradeço

  10. MEU NOME É ROSEMARI NAIR FARIAS.
    FILHA DE VENICIO DE FARIAS E NAIR MELLO FARIAS.
    MEUS AVÓS; THOMAS MENDES FARIAS E MARIA FRANCISCA DE SOUZA FARIAS.
    MEUS BISAVÓS: JOÃO MENDES FARIAS E MARIA C. DA CONCEIÇÃO FARIAS.
    ERAM DE TUBARÃO/SC. MAS NÃO VIERAM COM A ENCHENTE QUE ACONTECEU EM 1974.
    HOJE MORO EM ITAPOCU/ARAQUARI/SC

    1. Sou farias e estou morando no momento em Caruaru. Pé.mais tenho família air também é no mundo todo… Valeu um abraço e fica com deus.

    1. Também estou procurando as origens da família do meu pai que se chamava JOSE FARIAS DE SOUSA, sou da Paraíba resido em Campina Grande mas meus avós ermos do sertão das regiões de Patos

    2. Poliana, será que esse comentário é de minha sobrinha e afilhada? Como é o nome dos seus pais? Sou natural de Desterro/PB. Meu pai chamava-se José Vieira de Farias. Atualmente resido em Natal/RN.

  11. Bom dia a todos!
    Como escrevi recentemente a alguns comentarios e recebi algumas respostas – a essas agradeço e prometo que vou responder depois – resolvi escrever uma mensagem geral. Hoje, refazendo algumas pesquisas me deparei com outros nomes que seriam dos meus trisavos, ou seja, pais da minha bisavo. Acabei descobrindo por acaso no inicio desse ano, pois minhas pesquisas tinham se travado ano passado e tinham caido no esquecimento. Mas acredito que funcione assim mesmo, um dado novo revira tudo e acaba puxando mais um fio. Meus trisavos se chamavam José MARTINS MARQUES e Fortunata Marques DE FARIAS e viviam na localidade de (A)Lagoa Formosa, em JACARAU/PB em 1920.
    Quem tiver dados que se cruzem com os meus, favor, vamos conversar…
    Contato: cdlimafamiliar@gmail.com

    Rafael Lima

    1. Boa tarde Rafael, a única coisa que vi em comum até então é que o cruzamento da minha família é Martins Farias.
      Talvez rastreando achemos algo que ajuste na distribuição genealógica.

    1. Também estou procurando as origens da família do meu pai que se chamava JOSE FARIAS DE SOUSA, sou da Paraíba resido em Campina Grande mas meus avós ermos do sertão das regiões de Patos

  12. SOU FARIAS DE UMA FAMÍLIA QUE MORA A MAIOR PARTE NO MARANHÃO, MEU AVÔ VEIO DO CEARÁ PARA O MARANHÃO, MEU PAI NASCEU EM GROAÍRAS, SE NÃO ESTOU ENGANADO MEU BISAVÔ SE CHAMAVA EUSTÁQUIO LOPES DE FARIAS E MEU AVÔ SE CHAMAVA FRANCISCO THOMAS SOBRINHO. TENHO A CERTEZA DE ALGUNS PARENTES NO CEARÁ E PIAUI DOS MAIS ANTIGOS, …SE VOCÊ É UM FARIAS DESSA GENEALOGIA DO MEU BISAVÔ E QUISER ENTRAR EM CONTATO MEU NÚMERO É (98)98919-6810 MANDE MENSAGEM NO ZAP

    1. Meu bisavô chamava Sebastião Lopes de Farias, meu avô Agenor Lopes de Farias, meu pai Samuel N. De Farias.
      Bem provável que os bisavós tenham parentesco próximos.

  13. SOU FARIAS DE UMA FAMÍLIA QUE MORA A MAIOR PARTE NO MARANHÃO, MEU AVÔ VEIO DO CEARÁ PARA O MARANHÃO, MEU PAI NASCEU EM GROAÍRAS É DE UMA FAMÍLIA DE 13 IRMÃOS, 4 JÁ FALECIDOS. O SOBRENOME DO MEU PAI É LOPES FARIAS, SE NÃO ESTOU ENGANADO MEU BISAVÔ SE CHAMAVA EUSTÁQUIO LOPES DE FARIAS E MEU AVÔ SE CHAMAVA FRANCISCO THOMAS SOBRINHO. TENHO A CERTEZA DE ALGUNS PARENTES NO CEARÁ E PIAUI DOS MAIS ANTIGOS, MAIS HOJE TENHO PARENTES EM QUASE TODOS OS ESTADO DO BRASIL…SE VOCÊ É UM FARIAS DESSA GENEALOGIA DO MEU BISAVÔ E QUISER ENTRAR EM CONTATO MEU NÚMERO É (98)98919-6810 MANDE MENSAGEM NO ZAP

  14. Ola!
    Sou Farias da cidade de Serraria, brejo da Paraiba. Filho de Manoel Sales de Farias, e neto de Valentim Martys de Abreu. Meu avô paterno teria vindo do Rio Grande do Norte para a cidade de Serraria, onde foi proprietário do Sitio Canadá. Casou-se pela terceira vez com minha avó Josefa Farias, que carinhosamente chamavam de Dona Mocinha. Meus tios paternos são Elias Eusébio de Farias, Severino do Ramos de Alencar Brasil; tinha a tia materna Ovídia Aurora de Farias (Bida), e as outras conheci apenas por Nenca, Geni (que separou-se da familia e foi morar em Pernambuco), Palmira e Judith. Meu Whatsapp para contado
    (83) 99630.4805

  15. Sou natural de Parintins – AM,

    THIAGO BARBOSA FARIAS filho de VALMIR DE SOUZA FARIAS filho de FRANCISCO DE MALTA FARIAS (em memória) filho de *VICENTE MARCICANO DE FARIAS* (Patriarca da família em memória).

    Nossa família em Parintins é muito populosa, fazemos anualmente uma festa reunindo a todos de modo que alugamos um local bem amplo. Fala-se que nossas origens são da ilha da Madeira.

  16. Olá. .Estou a procura de parentes que moram em Natal RN
    Meu pai sa chama Raimundo Prudente Cavalcante Farias e sua mãe se chamava Elvira Cavalcante Farias .Moramos no Pará e sabemos que temos parentes em Natal. Se alguém souber por favor entre em contato pelo face Rute H.O.Farias Obrigada.

    1. olá sou cristiane de fatima farias da luz minha mãe se chamava Benedita farias da luz ja ela faleceu com 64 no dia 10 de março de 2017ela fugiu de bocauva do sul ,PR e de seu casamento com meus irmãos ,e eu ainda era um bebe de colo hoje tenho 34 anos hoje moramos aq na cidade de doutor camargo .PR eu meus irmaos gostaria de conhecer meus parente ,se alguem puder me ajuda.

    2. Oi. Sou de Natal-RN. Sou da família Farias e minha tataravó fala de uns irmãos que foram morar longe.
      Ela se chama Sebastiana Farias. Qualquer dúvida entre em contato comigo.

    3. Olá,
      Eu sou Daniela Farias. O meu avô se chamava Wilson Fernandes Farias.Sei que a descendência é portuguesa que fixou residência no Pará,mais precisamente em Moju e região. Eu gostaria de saber se ainda temos parentes por aí. De que lugar do Pará você é? Eu moro no Distrito Federal,mas tenho família na capital. Atenciosamente, Daniela Farias.

  17. Boa noite estou atrás dos irmãos da minha mãe da Bahia ela perdeu contato a mais de 50 anos .nome do pai dela José cândido de farias e ha mãe Maria de Santana moura gente me ajude ela ja ta idade atrás da família o pai dela tinha fazenda cacau .meu número sou filha dela meu número pra informações 51996989225 obrigada

  18. Meu Nome é Marcos Faria, me Bisavô era Antonio Faria Machado e até onde seu sei era do norte do estado do Rio de Janeiro. Na minha família há muitas gerações o sobrenome vem se perpetuando como Faria Machado.

  19. Sou Cláudia Farias de Maceió, meu avô se chamava JOAQUIM VENCESLAU DE FARIAS. Tenho informações de que meu avô era português, mas não sei como confirmar isso. Com base na idade de meu pai, digamos que se meu avô estivesse vivo, ele teria uns 100 anos. Viveu pela região de Anadia, Limoeiro de Anadia e faleceu em Taquarana, todas essas cidades são alagoanas e próximas de certa forma.
    Caso alguém tenha alguma informação, se puder, me contate: claudiafarias.aka.blessed@gmail.com
    Muito obrigada”

  20. olá, meu nome é Silvia Carolina Farias de Andrade, neta de José Nogueira de Andrade e Marlene Farias de Andrade (nome de casada), o de solteira era Marlene Pereira de Farias. Como todos vcs estou em busca da nossa árvore genealógica, por ser um sobrenome muito comum encontro várias pessoas nas redes sociais com esse sobrenome o qual gosto muito e minha filha de apenas 04 anos quando se apresenta fala: SOU SOPHIA FARIAS! não faz menção do resto do sobrenome dela e tenho tanta sede em descobrir algo que comecei a fuçar! Vi o brasão em Colônia de Leopoldina/AL, um município muito pequeno em Alagoas numa das minhas viagens e fiquei encantada ao ver o Brasão em uma parede no centro da cidade.

    1. Carolina Farias, boa noite! Por favor, vc poderia me contatar?
      Me chamo Cláudia Farias e gostaria muito de conversar contigo sobre a questão do brasão mencionado acima, sou de Maceió/AL.
      Me chame no e-mail, por favor, se isto for possível!
      Grata e no aguardo!

  21. Zenaide Quintino Moreira

    Sou tataraneta de Luintino Domingos de Faria em 1912 já era falecido (casado) com D. Maria Victoria e o filho

    deles meu bisavô chamava – se Antonio Ignácio de Moreira nasceu 1886 morava em MG

    casou se com Angelina Rosa (Portuguesa) nascida em 1890

    em 1912 eles moravam em Olímpia SP

    meu E-mail zenaidemk@uol.com.br

  22. Olá Pessoal.

    Poderiam me ajudar : Sou Jose de Farias, Filho de José Ferreira de Farias e Maria Calu de Farias, Neto de Antonio Francisco de Farias e Silvina Ferreira de Farias por parte de Pai e de Joaquim Calu de Melo e Maria Rosa da Conceição por parte de mãe e Bisneto de Francisco Pedro de Farias e Felisbela Maria da Conceição por parte de Pai de meu avo e Joaquim Ferreira da Silva e Antonia Julia da Silva por parte de mãe de meu avo .
    Se Alguem tiver alguma noticia agradeço. eles viviam em São Miguel, batalha, santa Cruz arapiraca em Alagoas. abraço a todos meu email abaixo.

    1. Boa noite José! Me chamo Cláudia Farias, meu avô paterno se chamava JOAQUIM VENCESLAU DE FARIAS, não sei ao certo sua procedência, ouvi boatos que era português, mas não tenho como me certificar disso. Também fiquei sabendo que sua estadia antes de falecer era entre os municípios de Limoeiro de Anadia, Anadia e Taquarana. soube que seu falecimento foi em Taquarana, mas tudo muito vago; Se por acaso vc tiver alguma informação, me envie um e-mail: claudiafarias.aka.blessed@gmail.com
      Muito obrigada!

  23. Bom, não sou Farias.
    Cheguem a esse site pq estou a procura de um tio-avô por parte de pai.
    Fazem exatamente 30 anos que minha vó, irmã dele não o vê. Ela sonha em reencontra-lo, ou pelo menos saber o paradeiro da família, caso ele não esteja mais entre nós. O nome dele é JOÃO LEITE FARIAS, casado com Nasira, do Belem-PA. Caso alguém daqui seja neto deles, por favor entre em contato. Obrigada!

  24. Bom dia,
    Meu nome é Sandro,
    Alguém poderia tirar uma duvia em 30/04/78 ocorreu um acidente de carro com meu tio e um grande amigo dele José Donizete de Faria infelizmente vieram a falecer, caso alguém tenha contato de algum parentesco seria possível entrar em contato comigo.

    19 – 999933558

  25. so maria aparecida pires de farias,meu pai se chamava Romualdo pires de farias meu avo se chamava frozino farias de oliveira meu avo acredito que era de minas gerias.

  26. Meus pais nasceram no Estado do Amapá, e nasci na Capital do estado, Macapá. Sou Marcelino Gurjão Farias e meus pais: Marcionilo Farias de Andrade e Senhorinha Gurjão Farias. Não sei muitos detalhes a origem dos meus ancestrais, só que agora estou interessado em saber mais detalhes e ter conhecimento de minhas origens e fico feliz por TER ORIGEM PORTUGUESA, pois meus pais comentaram de nossos bisavós ser de origem européia e agora estou certificando isso. Quero aprender mais e inclusive, pretendo visitar Portugal.

    1. olá marcelino

      é claro que tem origem portuguesa, andrade e farias são apelidos portugueses ( germânicos e holandeses não são com certeza).É bom interessar-se por suas origens. A história do Brasil é das mais interessantes e complexas que conheço.

      abraço de Portugal

      1. Amigo, boa noite!
        Me chamo Cláudia Farias, meu avô paterno hoje falecido, tive a informação de que ele era português, mas não tenho como certificar isso.
        Seu nome era Joaquim Venceslau de Farias, há alguma possibilidade dele ser português?
        Meu e-mail é claudiafarias.aka.blessed@gmail.com
        Muito obrigada por tudo!

    2. Eu me chamo Adriana Farias de Souza. Meu sobrenome Farias veio da Paraiba Campinas Grande. Mas eu fiquei intrigada com nome de seu ancestral Marcionilo minha mãe quando viva nos falava que tinha um irmão que tinha o nome igual ao do seu pai, este nome não é um nome muito comum e com sobrenome Farias eu decide falar com vc sobre minha história. Pode ser que seja uma mera coincidência mas me permita relatar a minha história. Minha mãe faleceu aos 84 anos em 2008 e por muito tempo eu e minhas irmãs ouviamos dela falar dos familiares dela, tanto dos pais e dos avós. Mas ela dizia que tinha muitos irmão e um deles se chamava Marcionilo e que este irmão havia quando jovem saído de casa dizendo para meus avós que iria para o norte do Brasil para ser soldado. E não voltou mais para Campinas Grande na Paraiba. Minha mãe disse que meus avós morreram sem nunca ter tido notícias dele. E minha mãe e meus tios também morreram sem nunca saber deste irmão nem se ele constitui família. Então não sei se é uma coincidência este nome com o mesmo sobrenome. Mas se for ainda assim temos o mesmo sobrenome e vale apena investigar. Meu avô era Pedro Graciano de Farias minha avó Inacia Adelino de Farias.

      1. Adriana, essa sua história é muito interessante. Meu avô se chamava José de Farias Lima , e a única coisa que sabemos é que ele era de Campina Grande , Paraíba, que o pai dele Antônio ( meu bisavô) era fazendeiro e que saiu cedo de casa e foi para o Rio de Janeiro,onde virou soldado das forças aéreas, e foi servir em Belém do Pará…..Nunca foi mencionado nomes de irmãos….somente de uma irmã “Rosinha”.
        Não sabemos se ele trocou de nome, se tinha mais familiares….absolutamente nada…
        Quem sabe tem algo na sua história que pode dar uma pista na minha procura 😉
        Espero que possamos trocar informaçoes.
        Meu email é misialima@hotmail.com

        Obrigada

      2. OI, Adriana
        Minha avó materna também era Farias, Amara de Farias Cavalcante e meu avô Ezequiel Monteiro da Costa, de Cabaceiras/Pb. Provavelmente somos parentes, procure saber se não tem algum nome próximo como Lima, Costa, Monteiro, Lima.
        Um abraço

        1. Ola Télma.
          Minha avó também e da família Farias de Cabaceiras Amara de Farias
          Cavalcante e meu avô Ezequiel Monteiro da Costa. Moro em Capina Grande
          no São José, filho de Severino Monteiro de Farias , conhecido como ( bibiu )
          e Rita Dario de Farias.

          1. Ola Pedro sou dos Farias de cabaceiras, minha avó silvina de Farias Cavalcante casada com cazuzinha como era conhecido meu avô. Moro no Rio de Janeiro.

        2. Em busca de familiares de meu pai joão Farias neto, nascido em Monteiro/PB, meu avô era Lourenço Farias Cavalcante, meu pai saiu da PB com 17 anos e veio para Mg e nunca mais voltou, hj com 84 anos o sonho dele é rever algum familiar.

      3. Oi meu Nome é Helder Farias e também estou buscando fazer minha genealogia.
        Nome do meu pai é Jose Francisco de Farias Filho , meu avô é Jose Francisco de Farias e meu bisavô Manoel Francisco de Farias. Segundo meu pai, até meu avô são naturais de Jacaraú – Paraíba.

        1. Oi. Talvez sejamos da mesma família, acho que minha avó Sebastiana Farias é irmã do seu avô. Gostaria que entrasse em contato.

          1. Oi, Helder e Clarisse! Tudo bem? Minha bisavó se chamava Maria Dionisio de Farias, seus pais José Martins de Farias e Fortunata de Farias. Existe a possibilidade que sejam da região. Jacaraú não é tão longe de Pedro Velho e Montanhas… Se souber alguma informação ou os nomes soarem familiar, por favor, escreva-me em cdlimafamiliar@gmail.com .
            Saudações!

          2. Boa tarde
            Sou de Jacaraú e o pouco que sei é que só havia uma origem dos Farias na cidade, digo TDS da mesma linhagem, eu conheci minha esposa no RJ e me casei com ela e após 22 anos ao ir a Jacaraú para conhecer descobri que éramos primos pois ela tbm é Farias. Depois verei os nomes de nossos bisavós e manterei contato
            Att Israel de Farias ( filho de José Francisco de Farias e de Severina Teixeira de Farias)

      4. Oi meu nome é Rosimeire Farias,Meu pai era Valdemar Nunes Farias,a minha a vó já falecida Celina e meu avô Manoel Nunes Farias jagunço de Lampião.eles eram de Campinas Grande .como vc.meu cel 027 999983618.se possível mandar mensagens

  27. Diane Fatima de Campos Simões
    eu tbm sou iraci mateus de faria,meu pai francisco mateus de faria casado com antonia sebastiana de faria meu pai vei de uberaba eu moro em sao jose do rio preto .tbm ja procurei muito minha familia

  28. Olá, sou Sueli Aparecida Faria Zarpao, nasci em Jardim Alegre -PR meu pai é Geraldo Teodoro de Farias e meu avó era Joaquim Teodoro de Farias, depois de meu avo não sei mais nada referente a linhagem anterior, tenho tios Joao Teodoro de Farias, Pedro Teodoro de Farias(falecido), Jose Teodoro de Farias, Joaquim, Ana, Isaura, Aparecida, se puderem me ajudar agradeço desde já

  29. Meu avô materno se chamava José de Farias Lima. E a única coisa que sabemos é que ele era de Campina Grande na Paraiba e que fugiu de casa com 8 anos de idade. O resto é um mistério. Ele nunca contou o que ele fez e por onde andou depois disso. Só sabemos que ele foi casado com uma mulher no Rio de Janeiro, depois divorciou e foi para Belém do Pará, onde casou com minha avó. Nunca falou sobre a família deixada para trás.
    Mas hoje, eu quero deixar uma árvore genealógica para meus netos, e na parté que cabe à minha mãe, só se chega até ele. Por favor, se alguém puder ajudar eu agradeço. Meu email é misialima@hotmail.com
    Obrigada

    1. Olá Denise tudo bem?

      Por gentileza, você saberia o nome completo de Sebastião ou o nome de seus trisavôs?

      Eu estou abordando com mais força o meu lado Farias agora, até onde pude retroceder em 1850 o meu trisavô, José Marcolino Farias teve 3 esposas e 35 filhos vivos que se espalharam partindo do Ceará. Eu só descobri 12 dos 35 nomes até hoje, mas já descobri 2 Sebastiões, e também já sei o suficiente para saber que quase nenhum dos 35 filhos permaneceu no Ceará, logo…Não é impossível que um deles possa ter ido á Paraíba!

      1. Oi, Letícia.Me chamo Alan Carvalho de Farias Junior, Na sua árvore genealógica você não encontrou ninguém com o nome de José Euclides Araújo de Farias. Ele é meu bisavô e morava no Ceará, especificamente em Santana, depois se mudou para Sobral e por último último contato que meu avô Manoel Messias de Farias teve com o Pai dele foi em Parnaíba – Piauí. Provavelmente meu bisavô já morreu, mas meu avô gostaria muito de voltar a ver seus irmãos ou sobrinhos.

        1. Ola Alan,

          Provavelmente somos dos mesmos Farias, aqui no Ceará há duas ramificações dos Farias, uma do vale do Jaguaribe (mais numerosa) e uma outra do vale do Acarau, está e a nossa.

          A nossa veio do Português, Francisco de Farias Almeida, mas até o presente não consegui identificar seus filhos, ou melhor, consegui apenas de um, mas este não continuou o sobrenome farias, seus descendente preferiram o nome da sua esposa, Fonteles Rocha.

          No entanto, os outros espalharam o nome Farias em toda região, Meruoca(Sobral), Santana do Acarau, Uruburetama, Itapajé e Cruz.

          O meu veio do ramificação de Itapaje, o seu pelo visto, veio da ramificação de Santana do Acarau, portanto do CAPITÃO ANTONIO LUIZ DE FARIAS.

          Vou te passar um trecho de um livro onde consta o nome do português que foi nosso ancestral aqui no Ceará, figura como testemunha.

          MANOEL JOSE DO MONTE 1
          capitão–Mor, casou- se duas vezes.

          A 1ª, a 20/11/1755 com LUIZA DA COSTA MACIEL,filha de Timóteo da Rocha Maciel e Eugênia Medeiros.

          A 2 ª, 30 /11/ 1769, na Matriz da Caiçara com ANA AMERICA
          UCHOA, filha do Capitão José de Xerez da Furna Uchoa
          e Rosa de Sá e Oliveira, uma das sete irmãs.
          O Capitão Mor Manuel José do Monte faleceu a 28 de abril de 1778
          e foi sepultado na Matriz de Sobral.

          1 – Manuel José do Monte, registro do 2º casamento com Ana América Uchoa. “ Aos trinta de novembro de mil setecentas e sessenta e nove, pela manhã, na Capela de
          Santana, filial desta Matriz, feita as denunciações na forma
          do Sagrado Concilio Trindentino da dita igreja, onde os
          nubentes são moradores e a nubentes natural, justificando o
          não rapto como consta do mandato que tudo fica em meu
          poder, em presença de mim Cura João Ribeiro Pessoa e das
          testemunhas Capitão Custódio da Costa Araújo, casado,
          Capitão Cláudio de Sá Amaral e Francisco de Farias Almeida,
          casados, e mais pessoas conhecidas e moradores nesta
          Freguesia, se casaram em face da Igreja, solenemente por
          palavras, o Capitão Manuel José do Monte, natural de Boa
          Vista, Pernambuco, filho legitimo do Cel. Gonçalo Ferreira
          da Ponte, natural do Recife, e de sua mulher Maria da
          Conceição Monte, da Ilha da Madeira, viúvo que ficou de
          sua mulher Da. Luiza da Costa Maciel com ANA AMERICA
          UCHOA, filha legitima do Capitão – Mor José de Xarez da
          Furna Uchoa e de D. Rosa de Sá Oliveira, natural de Goiana,
          e logo lhes dei as benções núpcias na forma dos ritos da
          Santa Igreja, para constar fiz este termo e assignei. Padre
          João Ribeiro Pessoa, cura dês Matriz” ( liv.Cas.1769-82,fl 18
          v. Apud Cron. Sobr. pg 251-152. vol I Araújo, Francisco
          Sadoc).
          Timóteo da Rocha Maciel José de Xerez da Furna Uchoa,
          “ filho de Francisco Xerez Furna e de Inês de Vasconcelos Uchoa, foi homem influ
          ente nesta Ribeira. Foi Juiz Ordinário e Juiz de Órfãos, bem como
          político de forte liderança. Possuía o Sítio Santa Úrsula,
          sobre a Serra da Meruoca, para onde transportou mudas de
          café trazidas diretamente da França, e de uma viagem que
          ali fez no de 1743. Faleceu a 1º de abril de 1797 e foi sepultado na Matriz de Sobral. Casou se na Matriz da Caiçara ainda em construção a 21 de outubro de 1747 com uma das Sete Irmãs, matriarcas da Ribeira do Acaraú, Rosa
          de Sá e Oliveira, filha de Manoel Vaz Carrasco e Madalena
          de Sá e Oliveira. A cerimõnia foi assistida pelo Visitador Pe.
          Manuel Machado Freire, servindo de testemunhas o Pe.
          Pedro de Albuquerque Melo e o Sargento – mor Manuel.

          abraços,

          fariasmarcilio@outlook.com

        2. Olá Alan, tudo bem? Me chamo Juliano Augusto de Farias Leite e o nome de meu avô materno era José Euclides de Farias e meu bisavô se chamava Zacarias Amaro de Farias, todos nascidos em Santana do Acaraú. Ocorre que José Euclides de Farias morou por muito tempo em Parnaíba-PI vindo a falecer nesta cidade em 2010. Você fala que seu avô Manoel Messias teve contato com o pai dele que se chamava José Euclides em Parnaíba-PI, creio que estejamos falando do mesmo Euclides, porém o meu avô chamava-se José Euclides de Farias, mas minh bisavó (mãe dele) se chamava Izabel Matilde de Araújo) o que não descarta a hipótese de tratarem-se da mesma pessoa. Meu contato: 84 99606-5800 (zap) e email: julianoleite79@gmail.com. Gostaria de manter contato para descobrir mais sobre minha família, quiçá nossa.

    2. Denise também sou Farias como vc Meu avô por parte de pai era José Gomes Farias…é muita coincidência né eles eram de PÉ alias minha familia é de lá

    3. Meu avô paterno nasceu em Pombal/PB e chamava-se Adonias Xavier de Farias . Será que há alguma relação de parentesco com o seu avô?

  30. Queria saber a minha origem ,meu avó paterno se chamava João Martins de Faria e meu pai se chamava Manoel Martins de Faria,dizem que Faria é de origem Portuguesa Tem alguém que é meu parente

    1. Oi, Daniel! Tudo bem? Minha bisavó se chamava Maria Dionisio de Farias, seus pais José Martins de Farias e Fortunata de Farias. Existe a possibilidade que sejam da região de Jacaraú/PB, Pedro Velho e Montanhas/RN… Se souber alguma informação ou os nomes soarem familiar, por favor, escreva-me em cdlimafamiliar@gmail.com .
      Ps.: João Martins de Faria (seu avo) e José Martins de Farias (meu trisavo) podem ser parentes sendo o meu nascido muito provavelmente entre os anos 1850-1875 o que acredito seja uma geraçao anterior – ou duas até – ao do seu avo. Pode ser pai/avo ou tio? E a perda do “s” pode ser justificada por um erro no cartorio ou registro de nascimento/batismo (igreja).
      Saudações!

  31. Sou bisneto de Manoel Farias dos Santos, casado com Maria Borges da Silva, minha avó Eleuza Farias da Silva foram moradores da cidade de Rio Largo em Alagoas. Estou querendo saber da verdadeira origem dos meus bisavós, se foram filhos de imigrantes portugueses. Alguém me ajuda ?

    1. Olá Schneider, boa noite!
      Me chamo Cláudia Farias, sou de Limoeiro de Anadia/AL,mas apenas passei a primeira infância por lá. Hoje moro em Maceió/AL. Estou fazendo a mesma pesquisa que vc, pois supostamente meu avô era português, não sei ao certo quando ele faleceu, pois provavelmente foi quando eu era ainda muito pequena. Gostaria muito de saber se realmente ele era português, mas meu pai é meio desinformado acerca disso, então de fato, não sei.
      Seu nome era JOAQUIM VENCESLAU DE FARIAS, pelo nome, era português nato, isto com base em pesquisas anteriores que eu já realizei, mas sem uma documentação específica, tudo não passa de especulações. Se por ventura, vc puder e desejar, me contate por este número 82 999039128 (whatsapp).
      Grata e no aguardo!

  32. Meu nome Maria de Lourdes de Farias, meu pai era Amaro Manoel de Farias e minha mãe era Ana luiza de Faria,meu avo paterno Manoel Cândido Farias da região de São Miguel em Biguaçu SC vieram como emigrantes de Portugal, meu avo materno era Jose Faria da região de Canas Vieiras, se alguém tiver mais noticias da minha familia gostaria de ter contato.

    1. Olá Maria, meu nome é Rafael de Farias, meu pai era Adenizio de Farias e minha mãe Maria Sueli de Jesus, meus avós paternos eram Manoel José de Farias e Otília Ferreira de Farias, meus bisavós paternos eram José Vicente de Farias e Adelaide Verônica de Faria.
      Meus avós paternos moravam em Alfredo Wagner/SC, e meu pai junto Adenizio, com alguns irmãos moravam nas proximidades de Biguaçu/SC, Caso alguns dos nomes acima sejam familiares entre em contato pelo e-mail rrafa1997@hotmail.com.

    1. Boa tarde,
      Também sou do Tocantins, e venho dos descendentes dos Farias, do qual meu avó se chamava Sebastião Farias, e morava em Itacajá.

      1. Salmon, por gentileza, você sabe o nome de seus bisavós?

        Eu estou abordando com mais força o meu lado Farias agora, até onde pude retroceder em 1850 o meu trisavô, José Marcolino Farias teve 3 esposas e 35 filhos vivos que se espalharam partindo do Ceará. Eu só descobri 12 dos 35 nomes até hoje, mas já descobri 2 Sebastiões, e também já sei o suficiente para saber que quase nenhum dos 35 filhos permaneceu no Ceará, logo…Não é impossível que um deles possa ter ido á Tocantins! Já descobri filhos dele em Brasília, Rio de Janeiro, e Piauí hahahahaha

        1. Oi, Letícia Farias Borges, tudo bem?
          Existe a possibilidade de esse Marcolino ter sido aportuguesado em Martins? Penso que Marcolino seja de origem italiana…
          Bom, meu trisavo se chamava José Martins de Farias. Ainda estou estudando sobre o local onde ele morava. Minha bisavo Maria Dionisio de Farias casou com Manoel Dionisio e segundo relatos de uma tia tanto meu avo quanto sua irma, ambos filhos mais velhos nasceram na Bolivia ou Peru, ela nao soube precisar, mas eu acredito que seja no Acre, risos. Essa informaçao coloca meus bisavos vivendo juntos ali. Dessa forma, nao sei se eles se conheceram naquela regiao e depois ele a levou para a regiao de Pedro Velho-Montanhas/RN, alguma cidade proxima na PB, ou se antes se conheceram ali e migraram juntos nos anos de seca. De qualquer forma, estou nao somente tentando traçar a genealogia, mas a historia que os documentos relatam. Achei muito pouco registro. Estou partindo de um atestado de Obito da bisavo e estou contente de conhecer os nomes dos seus pais. Acho uma tristeza que nomes e vidas caiam assim no esquecimento.
          Se vc tiver alguma informaçao que eu possa cruzar, vou agradecer.
          Contato: email cdlimafamiliar@gmail.com

  33. Olá, sou Tiago Carneiro de Farias. Sou paraibano de campina grande e meu sobrenome vem de linhagem paterna José Carlos Soares de Farias e meu avô Manoel Angelo Soares de Farias. Não sabia da ligação de nossa damilia com os Vidal de Negreiros. Sou oficial do exército Brasileiro no 15 BIMTz que leva esse nome.

    1. Olá Tiago também sou um Farias e nascido em Campina Grande/PB o meu sobrenome vem de meu pai falecido Clóvis Mariano de Farias, não conheci meus avós resido em Santos/SP é possível sermos paraentes um grande abraço

    2. Boa noite. Tbm sou um Farias da cidade de Jacaraú-PB, fui trazido para o RJ ainda criança e após 40 anos Deus me deu a oportunidade de conhecer a minha cidade natal e os FARIAS que lá residem, e de alguma forma milagrosa casei-me com minha esposa que tbm é uma farias e descobri após 20 anos de casado que somos primos e que nossa trisavó é a mesma. Gostaria de poder traçar a arvore genealógica, porém sei que será muito difícil. mas de qualquer forma somos FARIAS e isto é o que importa.

      1. Oi, Israel de Faria! Tudo bem? Meu pai tem uma história muito parecida com a sua. No caso dele, nasceu em Pedra do Navio, Pedro Velho/RN e toda a familia paterna, incluindo avós e tios migraram para o RJ quando ele era pequeno. Minha bisavó se chamava Maria Dionisio de Farias, seus pais José Martins de Farias e Fortunata de Farias. Existe a possibilidade que sejam da região. Jacaraú não é tão longe de Pedro Velho e Montanhas… Se souber alguma informação ou os nomes soarem familiar, por favor, escreva-me em cdlimafamiliar@gmail.com .
        Saudações!

      2. Oi, Israel de Faria! Tudo bem? Meu pai tem uma história muito parecida com a sua. No caso dele, nasceu em Pedra do Navio, Pedro Velho/RN e toda a familia paterna, incluindo avós e tios migraram para o RJ quando ele era pequeno. Minha bisavó se chamava Maria Dionisio de Farias, seus pais José Martins de Farias e Fortunata de Farias. Existe a possibilidade que sejam da região. Jacaraú não é tão longe de Pedro Velho e Montanhas… Se souber alguma informação ou os nomes soarem familiar, por favor, escreva-me em cdlimafamiliar@gmail.com .
        Saudações!

      3. Oi, Israel de Faria! Tudo bem? Meu pai tem uma história muito parecida com a sua. No caso dele, nasceu em Pedra do Navio, Pedro Velho/RN e toda a familia paterna, incluindo avós e tios migraram para o RJ quando ele era pequeno. Minha bisavó se chamava Maria Dionisio de Farias, seus pais José Martins de Farias e Fortunata de Farias. Existe a possibilidade que sejam da região. Jacaraú não é tão longe de Pedro Velho e Montanhas… Se souber alguma informação ou os nomes soarem familiar, por favor, escreva-me em cdlimafamiliar@gmail.com .

        Saudações!

    3. Olá Tiago!

      Eu recentemente adicionei diversos Carneiro por casamento na minha árvore, todos originários de Icó/CE em 1850. Procuro pelos descendentes vivos dessa família enorme (Carneiro) e também encontrar algum dos 34 irmãos de meu bisavô Felix de Souza Farias, filho de José Marcolino Farias que emigraram do Ceará para o Brasil todo praticamente.

    4. Oi meu nome é Rosimeire Farias,Meu pai era Valdemar Nunes Farias,a minha a vó já falecida Celina e meu avô Manoel Nunes Farias jagunço de Lampião.eles eram de Campinas Grande .como vc.meu cel 027 999983618.se possível mandar mensagens

  34. Eita povo danado de baun esses Farias. Família grande Hein. Muito feliz de ter encontrado pessoas com meu mesmo sobrenome e olha que são muuuuuitos!

  35. Oi, eu sou do interior de Sâo Paulo, meu pai nasceu em Conchas, sua mãe se chamava Francisca Benedita de Faria, filha de Jose Pedro de Faria e Benedita Maria Teresa, a unica informação que tenho que ela tinha um irmão que se chamava Pedro de Faria que era um soldado combatente da revolução de 1932. Alguém conhece ou tem alguma informação?

    1. Ola Diane. Me chamo Glauziane da Silva Farias. Sou de Major izidoro-Al, e o nome do meu avo eta Valdemar Pedro de farias. Tanto que meus tios todos e meu pai ficaram com este sobrenome “PEDRO DE FARIAS”.

      1. Oi Glauziane. Minha familia veio de Alagoas e tambem ficou com sobrenome de Pedro de Farias. Meus tios, irmao e primo sao todos Pedro de Farias. So as mulheres nao tiveram o Pedro . Meu bizavo paterno era o Coronel Aureliano Pedro de Farias, casado com Carlinda Carice de Farias , em 2a. nupcias e riveram uma filha: Maria de Farias. Talvez ajude um pouco para fazermos a conexao da familia Pedro de Farias.

        Eu me chamo Lais

        1. olá Lais. Meu avô materno era Pedro Maurício de Farias, nascido em Campina Grande na Paraíba. será que tenho parentes ainda vivos por lá?

        2. Oi Laís, tudo bem?
          Sou Cláudia Farias, sou de Alagoas, será que há possibilidade de sermos parentes?
          Meu avô se chamava Joaquim Venceslau de Farias, não me recordo dele, apena sei que ele possivelmente era português. Se tiver qualquer informação, me avisa, por favor!
          Meu e-mail é: claudiafarias.aka.blessed@gmail.com
          Muito obrigada!

      2. Glauziane me chamo Robson Barbosa Farias. Meu avô Coaracy Machado Farias era natural de major Isidoro, Alagoas. Sou recifense e resido no Piauí. Meu bisavô Major João Farias é nome de rua em Santana do Ipanema. O meu Barbosa também é de Major Isidoro, mas aí já é outro assunto. Um abraço, prima.

    2. Olá!

      Eu estou abordando com mais força o meu lado Farias agora, até onde pude retroceder em 1850 o meu trisavô, José Marcolino Farias teve 3 esposas e 35 filhos vivos que se espalharam partindo do Ceará. Eu só descobri 12 dos 35 nomes até hoje, mas já descobri 2 Sebastiões, lembro claramente de um Pedro de Souza Farias, e também já sei o suficiente para saber que quase nenhum dos 35 filhos permaneceu no Ceará, logo…Não é impossível que um deles possa ter ido á Alagoas!

  36. Boa noite, eu me chamo Nivaldo Farias sou filho de Normelia Farias. E que meus avós se chamam Pedro Farias e Rosa da Silva Farias eles são de Catanduva-SC. Eu queria saber se tem alguém que se endendificou se com alguém nesta lista. Eu lembro nome de duas tias que se chamavam se de Miranda Farias e Miracrem Farias e um tio, Milton Farias queria saber mas dá minha família. Pois eu hoje tenho 38 anos, e tenho filhos que sempre pergunta porque eu não sei do resto dá minha família, e a mãe deles falam que a minha família é de pessoas que foram jogados no mundo. Eu fico um pouco chateado só por não saber mas dá história dá minha família e pode falar que ser um Farias é a melhor coisa do mundo.
    Obrigado Farias que me ajudar a responder esta pergunta dos meus filhos um de 11 anos e um de 5 anos, também são Farias

  37. Bom eu tenho Farias no sobrenome por conta da minha mãe Joana Farias dos Santos de barra do corda- maranhão,tinha alguns parentes num povoado por nome de calumbir, que foi alagado por uma barragem no municipio de Tumtum ou Presidente Dutra não sei ao certo.E nunca conhecir parentes de minha mãe como Tia,tio ou etc…,sei apenas que eram só 3 irmãos Joana Farias,Rosa e um tio ja falecido em Grajau do maranhão nada mais. Meu bisavo chamava José e minha bisavo Maria..

    1. Olá! Me chamo Catarina (Souza Farias). Meu pai nasceu no Maranhão! Ele se chama Antonio Afonso Farias e saiu de lá muito jovem. Passou também pelo Piaui, São Paulo e também Brasilia. Meu avô teve 11 filhos, se chamava Euclides Farias. Acho que pode haver uma possibilidade aí de parentesco!

      1. Sou maranhense tmb tenho farias e sei que meu bisavó era o Eustachio Lopes de FArias que nasceu no Ceará. Meu pai tinha o mesmo nome do meu bisavó e são 13 irmãos

        1. Meu bisavô se chamava Sebastião Lopes de Farias, viveu em Governador Valadares/MG,
          Não sei quantos irmãos teve, na verdade tenho pouquíssima informação sobre ele. Tem algum nome dos irmãos do seu bisavô?

      2. Bem possível. mas você tem algum parente morando no Maranhão? mas precisamente em Tumtum ou Presidente Dutra ?Espero que possamos ter algum grau de parentesco.

        1. sou da familia Farias e nossos avos tinha muitos irmaos e foram espalhados pelo Brasil, Euclides Farias e u,a rua de do bairo de Ramos , Meu avo chamava se Alfredo Adolpho Farias e temos varias historias e vcs aquis as suas historias de descendentes,

      3. Oi oi oi!!!!

        Eu estou abordando com mais força o meu lado Farias agora, até onde pude retroceder em 1850 o meu trisavô, José Marcolino Farias teve 3 esposas e 35 filhos vivos que se espalharam partindo do Ceará. A primeira esposa chamava-se Maria Francisca de Souza, todos os filhos foram de sobrenome Souza Farias, e eu ainda tenho que descobrir o nome de 4 dos 12 filhos que ela teve com meu trisavo.

        A única coisa que posso afirmar, é que nenhum dos 35 filhos permaneceu em Ceará, tendo se espalhado por todo o Brasil, principalmente Piauí, Rio de Janeiro, Brasília e arredores. Maranhão seria um lugar possível considerando a distância!

      4. Pergunte ao seu pai se ele tem algum irmão que se chama Manoel Messias de Farias. Pois ele é meu avô e o pai dele se chamava Euclides Farias.

  38. Sou Paulo Vinicius da Silva Farias,natural de Belem do Para,filho de João Braga de Farias,neto de Antonio Fernandes de Farias e bisneto
    de Geraldo José de Farias.Fazemos parte da imensa árvore dos Farias.Não consegui até hoje saber,se meu bisavô veio de Portugal ou
    nasceu em algum Estado do Nordeste (Ceará ou Alagoas).Gostaria de saber algo sobre ele.Conto com ajuda de pesquisadores da nossa
    grande Familia.

    1. Paulo Vinicius o meu nome é Ana Karine Monteiro Farias. Filha de Raimundo Nonato Farias e Genecilda Monteiro da Silva. Meus avós paternos que carregam esse sobrenome João Monteiro de Farias e Ana Barreto Farias. Creio que não estou muito longe de achar alguém pq meus avós maternos tem o mesmo sobrenome do meu avô paterno Monteiro. Mas vou te dar uma luz. Essa família vem lá do interior do Ceará, Aracoiaba e o nome da cidade, lá tem muuuuuitos Farias. Espero que encontres alguém de lá por aqui hehe. Boa sorte!

      1. Sou maranhense tmb tenho farias e sei que meu bisavó era o Eustachio Lopes de FArias que nasceu no Ceará. Meu pai nasceu em sobral-ce tinha o mesmo nome do meu bisavó e são 13 irmãos, mas todos moram no Maranhão.

      2. Talvez possamos nos ajudar!

        EU adicionei recentemente uma quantia absurda de Carneiro/Monteiro na minha árvore genealógica, oriundos de Icó-CE. Procuro pelos descendentes vivos deles para resgatar a história!

        Também procuro os descendentes dos irmãos de meu bisavõ, filhos de José Marcolino de Farias. Acontece que esse meu trisavô teve 3 casamentos e 35 filhos, dos quais até onde sei, só um permaneceu no Ceará. Os demais 34 emigraram para o Brasil todo.

      3. FÁBIO FARIAS…MEUS BISAVÓS MORARAM NO CEARÁ, MEU PAI É DE UMA FAMÍLIA DE 13 IRMÃOS COM O SOBRENOME LOPES FARIAS QUE VIVEM NO MARANHÃO…TENHO NOTICIAS DE ALGUNS PARENTES MAIS ANTIGOS NO CEARÁ E PIAUI. MAIS A MAIOR PARTE VIVE NO MARANHÃO. O CERTO É QUE TENHO PARENTES EM QUASE TODOS OS ESTADOS DO BRASIL…A MARNILDE É MINHA PRIMA…
        Marnilde FArias disse: 18 de setembro de 2017 às 5:10
        Sou maranhense tmb tenho farias e sei que meu bisavó era o Eustachio Lopes de FArias que nasceu no Ceará. Meu pai tinha o mesmo nome do meu bisavó e são 13 irmãos

    2. Oi meu nome é Ana Vitória Farias Maciel, sou natural de canindé(CE), filha de Antonia Aila Araújo Farias, neta de Maria farias de oliveira, nossa família tbm é de um interior do ceará chamado Boa Viagem.

      1. Olá Ana! Sou Ana Carolina Vieira Farias, filha de João de Sousa Farias e neta de Reinaldo Farias e Candinha Farias,eles vieram de Tamboril (CE). Dizem q a família Farias do Ceará é uma só!

        1. Mulher venha bater um papinho comigo please?

          Meu trisavô, José Marcolino Farias teve 35 filhos em 3 casamentos e procuro o paradeiro dos descendentes deles, que emigraram do Ceará para o Brasil todo. O que posso afirmar é que minha trisavó Maria Francisca de Sousa deu o mesmo sobrenome para os 12 filhos “Sousa Farias”.

          Como Tamboril é cidade vizinha de Nova Russas, Ipú, e Ipueiras, cidades onde achei a maioria dos registros e informações, existe uma possibilidade muito grande da gente ter algo em comum!

    3. Olá Paulo Vinícius!
      Sou Daniela Farias e o meu avô paterno se chamava Wilson Fernandes Farias. Creio que era natural de Mojú ou Acará,não sei ao certo.Meu avô faleceu quando eu era muito pequena,eu tinha só 6 anos;o filho dele,meu pai também já partiu há muitos anos – perdi meu pai com 18 anos-,mas recordo de um detalhe que até agora não vi ninguém abordar aqui; quando do batismo do meu avô era normal as crianças receberem o sobrenome dos padrinhos.Eu tenho muito viva a recordação de meu pai falar que o nosso Farias não era dos avós dele. Vc sabe mais alguma coisa sobre a região em que os seus antepassados se radicaram no Pará?

  39. Meu nome e ivone aparecida farias mota,filha de Florisbela (lozinha),filha de venancio jose mota e senhorinha farias de jesus,procuro por parentes,eles moravam em salinas mg,….m

    1. Ola Ivone. Sou bisneta de Adelina da Costa Farias. Ela morava em Salinas e lá viveu seus 102 anos. Faleceu há uns 4 anos. Era filha de Francisco Chagas das Virgens e Irene Costa Farias. Acredito que temos algum parentesco.

    1. ola Nivaldo tudo bem?
      meu nome e Elenilson sou neto de GUILHERMINA ALMEIDA SIMÕES, FILHA DE JOSÉ DIAS FARIAS.
      CONHESSE ALGUEM QUE SEJA PARENTE DELE?
      ELE SÃO DE MINAS GERAIS PRO LADO DE ITAIOMIN, TARUMIRIM.

  40. Olá, meu nome é Domingos Trindade, mas porém, minha avó paterna chamava-se Libana Farias, nascida e falecida no município de São Pedro de Alcantara em Santa Catarina. Data de falecimento no ano de 1932. Busco informaçoes de parentes. Meu contato – josegrams@gmail.com.
    Grato e um grande abraço.

  41. O nome da minha avó é Naides de Correia Farias e do meu avô era Joaquim Gomes Farias eles moram no Espírito Santo na cidade de Presidente Kennedy. não tenho informação sobre os parentescos deles porque minha vó não gosta de falar, gostaria de saber se existe no Brasil parentescos da minha vó e do meu avô que já faleceu.

  42. Estou buscando a descendência da avó materna de meu marido. O nome dela de solteira era Odila de Farias, nascida em Paraibuna – São Paulo, e filha de Salustiano de Farias e Benedicta de Farias.

  43. Olá sou Wesley Faria sou nascido na cidade de itambé paraná meu avô é Gregório Faria filho de Salvador goulart Faria ele procura seus parentes que possa residir em Araraquara São Paulo quem souber entre em contato comigo no 44997063496 Abraço a todos os Farias.

  44. Olá sou Wesley Faria sou nascido na cidade de itambé paraná meu avô é Gregório Faria filho de João goulart Faria ele procura seus parentes que possa residir em Araraquara São Paulo quem souber entre em contato comigo no 44997063496 Abraço a todos os Farias.

  45. Olá sou vigilantes patrimonial de Catanduva sp, a origem do nome veio de Alagoas ,um abraço a família dos cavaleiros templários filhos de Nuno Gonçalves de faria um dos maiores cavaleiro templário do mundo da ordem de Cristo

    1. Sou Bisneta o Tabelião Alfredo Adolpho Faria e a nossa descendencia sou sabedora que viemos de Nuno Gonçalves Faria . Tenho pesquisado bastante e as instituções filantropicas são fundada para segurar o patrimonio de seus familiares não só de SP. Como em todo o mundo até portugal de onde é nossa descebdebcia. abrçs. ANAm.fARIA

    2. Oi Luciano, tudo bem?
      Sou Cláudia Farias, sou de Alagoas, será que há possibilidade de sermos parentes?
      Meu avô se chamava Joaquim Venceslau de Farias, não me recordo dele, apena sei que ele possivelmente era português. Se tiver qualquer informação, me avisa, por favor!
      Meu e-mail é: claudiafarias.aka.blessed@gmail.com
      Muito obrigada!

  46. Olá sou de Catanduva SP origem da familia de Alagoas,sou vigilante patrimonial,tamo junto com a família de Nuno Gonçalves de Faria ,um dos maiores cavaleiros templários do ordem de Cristo

    1. Estou procurando a família de meu pai Adelmo Farias, filho de dona Alice Farias. Ele era de Alagoas e já morreu em 1980 em SP .A única coisa que sei é que ele tinha uma irmã chamada Judith. Não sei se tinha outros irmãos. Se alguém tiver alguma informação ou bater esses nomes com alguém de sua família
      Anjosdepassagem@gmail.com me procure

  47. Meu pai, Pedro Antônio Farias, 68 anos, não conheceu meus avós, e apenas está registrado com o nome da mãe, Alzira Farias.
    Gostaria muito de conhecer a história dos meus descendentes. Moramos em Pelotas/RS

    1. Oi,sou Claudete Mariá Farias. Nasci em Erechim,mas meus avós moravam em Passo Fundo;Feliciano Farias e Aida de Oliveira Farias, e tenho na lembrança de uma tia avó que se chamava Alzira Farias que morava na casa ao lado da minha avó, meu avô era ferroviário. Meu pai se chamava Wenceslau Farias. Tenho primas que moram ai em Pelotas.

    1. Boa tarde Wanderlan, Maciane, Catarina e Viana!

      Por gentileza, procuro os descentes dos 34 irmãos de meu bisavô (Feliz Souza Farias), filho de José Marcolino Farias.

      Eles emigraram do Ceará para o Brasil todo, eu sei que meu trisavô se casou 3 vezes e por isso talvez os sobrenomes mudem. Mas, dentre os Sousa Farias, eu já localizei 2 migrações para Rio de Janeiro, 2 para Brasília, 1 para Goiás, e várias para o Piauí.

      Por favor, venham falar comigo leticiaf_borges@yahoo.com.br

  48. tenho orgulho de ter esse belo sobrenome, farias! sou neta de antonio marques de farias,sou filha de jose marques de farias, me chamo marta marques de farias, meus bisavôs paternos são portugueses. só estive em lisboa uma vez! não conheci ninguém que tivesse meu sobrenome. sou recifense, pernambucana e nordestina, amo meus sobrenomes que herdei da familia do meu pai!

  49. Boa noite família Grande!
    Mim chamo Jean farias de Aviz morro em Belém nasci em Primavera próximo o interior de Capanema Pará.
    É muito bom saber as nossas origens e histórias da família Faria e Farias que significa o mesmo nome!

    1. Boa tarde Jean Farias, me chamo Bruno Aviz, não tenho sobrenome Farias e sim Aviz,
      meus avós maternos são Benedita Raimunda Aviz e Augusto Alves de Aviz. percebi que no estado do Pará e na Amazônia exite muito sobrenome Aviz.
      minha mãe nasceu em Belem do para ana aviz, e o unico irmão que soube que ela tinha era Raimundo e Josefa. não sei mais nada alem disso.
      estou a procura dos falimiliares dessa região!!!
      forte abraço

  50. Olá sou joseiton Ferreira de farias sou paraibano
    sobrenome Ferreira vem de minha vó materna que era cabocla e farias do meu avô paterno que era português uma fusão de raças perfeita !

  51. Men trisavô Cel. Carlos Pessa de Farias. Men bisavô João Pessoa de Farias e menu avô André Alves Pessoa. Dozen que vie ram de Portugal para Pernembuco e depots para o Ceará principal enter occupancy as margins do io jaguaribe no então distortions de Tabuleiro de Areia. Host aria de informaçòes sober essays orígens.

  52. Meu nome: Marcelino Gurjão Farias, o Farias veio de meu pai Marcionilo Farias de Andrade, meus avos vieram do Ceará. naturalmente, quero saber detalhes detalhes desse encontro dos Faria ou Farias, que acontece em Belém-PA. Nasci e resido em Macapá-AP.

    1. Marcelino sou do Ceará e meus avós eram João Monteiro de Farias e Ana Barreto de Farias. Os dois eram naturais de Aracoiaba -CE. Pelo o que me parece essa família se instalou as margens do rio Jaguaribe e se espalhou por todo o estado.

    2. Eu me chamo Adriana Farias de Souza. Meu sobrenome Farias veio da Paraiba Campinas Grande. Talvez vc pergunte o que isto tem haver se vc diz que seus ancestrais vieram do Ceará. Mas eu fiquei intrigada com nome de seu ancestral Marcionilo minha mãe quando viva nos falava que tinha um irmão que com este nome e como não é um nome muito comum e com sobrenome Farias eu decidade falar com vc sobre minha história. Pode ser que seja uma mera coincidência mas me permitir relatar a minha história. Minha mãe como eu já faleceu aos 84 anos e te vi muito tempo para falar dos familiares dela tanto de pais e dos avós dela. Mas ela dizia que tinha muitos irmão e um deles se chamava Marcionilo e que este irmão havia quando jovem saído de casa dizendo para osó país que iria para o norte do Brasil para ser soldado. E não voltou mais para Campinas Grande na Paraiba. Minha mãe disse que meus avós morreram sem nunca ter tido notícias dele. E minha mãe e meus tios também morreu sem nunca saber deste irmão nem se ele constitui família. Então não se é uma coincidência este nome. Mas se for ainda assim temos o mesmo sobrenome.

  53. Olá, eu sou Albano Rodrigues Farias, resido em Manaus-Am. Meu pai se chamava Albano Gomes Farias e meu avô José Farias Torres, ele veio da Ilha da Madeira.

    É muito gratificante saber que os Farias são tão numerosos assim.
    Que Deus abençoe a todos.

    1. SOU uma Farias e tbm tenho a familia Lima como parente por parte de minha bisavó do ES vitoria. eram da Bahia.abraços.quem eram seus bisavós.

  54. Procuro família Farias pelos nomes dos pais do meu avô,Ernesto faria,etelvina Maria faria, da região de Ibaiti Paraná nome do meu avô João faria.

    1. Olá Gabriel, sou Jessica Farias e procuro os descendentes de João Farias irmão gêmeos de Sebastião Francisco Farias ambos deixados qdo bebês nascidos por volta de 1880 à 1900 em Minas Gerais sou neta de Sebastião q teve 9 filhos incluindo meu pai que não conhece os quatro irmãos mais velhos. Se tiver alguma semelhança entre em contato.

      1. Meu bisavô se chamava Sebastião (alguma coisa) de Farias, viveu em Governador Valadares/MG,
        Não sei quantos irmãos teve, na verdade tenho pouquíssima informação sobre ele. Meu avó no caso se chama Agenor Lopes de Farias, supondo que sua mãe tinha o sobrenome Lopes, o pai do meu avô pode ser o seu avô.

      2. Meu bisavô se chamava Sebastião Farias, viveu em Governador Valadares/MG,
        Não sei quantos irmãos teve, na verdade tenho pouquíssima informação sobre ele.

  55. Boa noite.
    Meu nome é Alessandra Oliveira Farias.
    Moro no Pará
    Meu avô era do Ceará. Pedro Farias meu bisavô Policarpo Farias
    Todo ano fazemos um encontro dos Farias pra conhecermos mais os parentes, cada vez aparece uma família nova. Esse ano vamos fazer o quinto encontro. Vai ser no segundo domingo de setembro próximo a capanema Pará.

    1. Oi. Sou ney farias, filho de José edmar farias do Ceará. É com muita alegria que vejo o quanto nossa família é grande. Atualmente moramos em Fortaleza.

      1. Oi Neyu. Meu nome é Ana Karine Farias, tb sou natural de Fortaleza -CE. Atualmente moro em Caxias do Sul-RS. Fico feliz de ver o quanto a nossa família é numerosa.

  56. Êta parentada danada. Sou Amapaense. Meu avô chamava-se João de Farias, deslocado do Ceará, filho de Portuguese daquele Estado. Verificando o site do Museu do Ceará, encontrei registros de quase todas as famílias que por lá entraram vindas de outros lugares/países. E, do Amapá fazemos parte deste mundo. Abraços a todos.

  57. Boa noite,eu sou da Cidade de Itaocara rj,mas hoje moro em Tangua rj,minha familia é formada por dois sobrenomes bem tradicional, tanto o sobrenome do meu pai que é Rodrigues,e a da minha mãe que é De Farias.

  58. Meu esposo Valtair antonio de faria nasceu em Monte Carmelo Mg, saiu ainda criança da região e procura pela família,hoje mora em Mato grosso, e perdeu o contato com a família paterna e materna. Seu pai e mãe que são falecidos, José Antenor de Faria e Isabel Maria de Faria; hoje consta com os irmãos Valdir Pedro, lazaro Antenor, Valter Jose, Aparecido António, Maria do Rosário,e Marilandes todos com assinaturas Faria. Gostaria muito de realizar o sonho dele. meu nome é Elvani Jesus de Sousa Matos Faria e moro em vale dos Sonhos MT email elvanimatos@gmail. com

  59. Faria ou Farias são imensos no nome. Temos que colocar como descendencia para analisar de que familia proxima somos é o nome de nossos tataravos e bisavos,O que ?

    1. Meu bisavô se chamava Sebastião Farias, viveu em Governador Valadares/MG,
      Não sei quantos irmãos teve, na verdade tenho pouquíssima informação sobre ele. Meu avô, Agenor Lopes de Farias é natural de Governador Valadares/Mg

  60. MEU AVO~cezilio adolpho faria seus filhos aulete, maria angelica, alarico meires maria celia maria carmem tdos nasceram no Espirito Santo vitoria. alguem os conheceu dos Farias, antes da segunda guerra mundial/

  61. Estou pesquisando mais sobre meus ancestrais se alguém por acaso for meu parente aí só falar…
    Sou do Rio de Janeiro.
    Sou neto de Jorge Farias e bisneto de Nilton Farias e Luiza Peres de Farias.

    1. Eu me chamo Nivaldo Farias, sou filho de normelia Farias, que é filha de Pedro Farias e Rosa Farias, lembro que minha mãe falou de um Milton Farias se for, samos parentes

    1. Olá minha tataravo era da Bahia , minha avó veio pra Vitoria ES casou se e teve meu avó Cezilio Adolfho Faria, veio a residi no centro de Vitoria perto de Parque Moscoso e grandes historias de familias me contou e tradição até hoje de tias e tio da segunda guerra Mundial, e hoje resido no RJ com outrosa irmãos e me orgulho de ser uma Faria . e vcs o que tem a descrever de sua familia?

  62. Gostei muito de conhecer um pouco mais sobre meu sobrenome. Adoro meu sobrenome, é diferente na minha cidade, apenas minha família o tem. Sou de PE, mas tenho parentes com o mesmo sobrenome espalhados pelo Brasil e Bolívia.

  63. Olá, meu avô era Olício Ivo de Faria, irmão de Geraldo Ivo e Pedro Ivo de faria (os outros não lembro dos nomes). Pelo que sei eram da região da Zona da Mata mineira. Minha avó nasceu em Dores do Turvo e se chamava Anna Maria de Faria (nome herdado de meu avô). Algum FARIA dessa região?

    1. Será Luciano Augusto de Faria poderia fazer parte desta família . Sei que era de Minas, funcionário Público do império e casou se com Ana Júlia da Natividade Sampaio,tiveram dez filhos. Ele tinha 18 irmãos . Não sei dos pais.

    1. Bom dia como se chama sua mãe sou farias do Rio de janeiro mas minha origem é a paraiba tenho uma tia que se chama Maria ela era irma de meu pai João Rodrigues de farias.

  64. Todos os Brasileiros com o apelido Faria estão convidados a visitar a vila de Faria situada no norte de Portugal mais concretamente na zona de Barcelos ( Minho). Ainda hoje existem as ruínas do Castelo de Faria onde o Alcaide Nuno Gonçalves de Faria foi trespassado pelas lanças do inimigo Castelhano diante do filho. As terras de Faria são mencionadas deste a origem da nacionalidade Portuguesa.

    Obrigado pela atenção

    1. Olá senhor Antonio Faria como vai , somos tb da família Faria ,meu avô tinha o mesmo nome Antonio de Faria como podemos saber sobre parentesco ? sou de São Paulo Capital

      1. olá Dona Maristela
        infelizmente não tenho conhecimento de qualquer familiar meu que tenha ido para o Brasil…
        por acaso sabe de que região de origem era o seu avô?

        Cumprimentos

      1. olá Dona Valéria

        de facto é uma história tipicamente cavalheiresca/ medieval em que, neste caso, a donzela em perigo era a semente a germinar do futuro reino de Portugal. Consta que o filho do Alcaide de Faria depois deste episodio se enclausurou num mosteiro. Daí não veio descendencia…ou talvez tenha vindo….
        quanto ao orgulho, mais do que num apelido tem que ter orgulho em si e nas obras feitas aqui e agora

        Bem haja e um beijo de Portugal

    2. Algum dia viditarei essa localidade. E, tenha a certeza de que tantos os Faria quantos os Farias deste Brasil têm tudo a ver com Portugal. Abç.

    3. Ola Sr. Antonio Faria, boa tarde. Sou Alonso Lino de Farias tenho 78 anos neto do Sr. Lino Ignácio Farias sou natural a cidade de Atalaia AL. e atualmente resido na cidade de Campinas SP.
      Pelo que sei meu avo foi pai de 12 filhos.Espero um dia ter condições de as ruinas do castelo de Faria na zona de Barcelos em Portugal.

  65. Ana Maria Faria de Deus, meus bisavos eram Alfredo Adolpho Faria e Angelica Tagarro Faria do Espirito Santo Vitoria e tataravo Mariquinha Tagarro . e Taravó era da Bahia. Alquem conheceu?

  66. Me chamo Claudia Faria, sobrenome herdado do meu pai José Da Costa de Faria, filho de Estêvão Da Costa de Faria, originários da cidade de Rio Vermelho- MG. Segundo relatos do meu pai (ainda vivo), o sobrenome DA COSTA, veio com o seu bisavô que era escravo, e teve um filho com a SRA que carregava o sobrenome, fazendo assim de seu avô um filho bastardo que herança ficou somente o sobrenome. Já o FARIA, já é herança do avô dele, no qual não me recordo o nome, mas posso postar depois. Eu fiquei apenas com o FARIA, mas não sabia quanta história tinha esse sobrenome… O que eu tenho certeza é que meus tataravós, bisavós e avós eram de origens africanas, mas essa parte Hierárquica de nobreza me era desconhecida até o momento.

    1. ola, meu pai se chama Jose da costa faria, os bisavôs dele eram de minas, ele não lembra o nome deles. Meu bisavô , Emílio da Costa Faria meu avo Românico da Costa Faria e meu pai Jose da Costa Faria, sera que temos algum parentesco?

      1. Olá! Espero que vc leia esta mensagem.

        Estou fazendo a minha árvore genealógica. A família da minha mãe é de Larguinha, do lado de Salinas MG. O nome da bisavô dela, que viveu há 120 anos atrás) era Irene da Costa Farias e casou-se com Francisco das Chagas.

        Ela teve a minha bisavó que viveu 102 anos e faleceu há três anos em Salinas, a Sra. Adelina da Costa Farias, que foi casada com Ezideo Joaquim dos Dantos e tiveram Luiza da Costa Farias e Maria da Costa Farias. Luiza é minha avó, e casou-se com Pedro, que era seu primo, filho de Maria.

        Se sua família for desta regiso( Pedra Azul, Grão-Mogol, Salinas, Almenara, Rio Pardo de Minas), por favor, entre em contato.
        Obrigada!!!

        1. Procuro Luciano Augusto de Faria e meu bisavô era de Minas, foi funcionário Público sei que tinha 18 irmãos casou se com Ana Júlia da Natividade e tiveram dez filhos. Estou procurando fazer árvore genialogica não sei como encontrar pais de Luciano ???

  67. Meu avô, meu pai e meus tios são de uma família de Farias no município de Urucuia antigo Distrito de São Francisco MG
    O nome do meu pai era Tertuliano de Farias Figueiredoe meu avô Agostim de Farias Figueiredo, gostaria muito de saber por onde andam meus parentes uma vez que não sei quem foram meus bisavós. Uns dizem que eles eram de Vereda Danta S. Francisco MG outros dizem que eles eram de Garapuava MG. Os irmãos do meu pai são: Pedro Farias, Manoel Farias, João Bispo Farias, Antonia Farias (imemória) Cristino Farias (Imemória), José Farias (imemória e Acele Farias. Infelizmente não fui registrada com esse sobre nome. Gostaria de saber se mesmo meu pai sendo falecido e eu já casada e com 65 anos Posso recuperar meu Farias? Por favor me ajude é muito importante para mim…. Abraço!

    1. Meu pai chamava-se Salvador de Faria e era nascido em Urucânia, então distrito de Ponte Nova, MG. Meu avô chamava-se Hilarino de Faria e meu bisavô Cândido Dadico de Faria. Meu pai dizia ser neto de italianos pelo lado de sua mãe, que quando ele nasceu queria colocar nele o nome de Salvatore e meu avô não concordou, colocando Salvador para ficar num meio termo. Jamais conheci o ramo mineiro da minha família pois nunca fui até lá (nasci e moro em São Paulo SP). Pouco antes de morrer, meu pai planejava viajar para lá com meu irmão, já que desde que saiu de lá nunca mais havia retornado. Se houver algum Faria nascido lá lendo este comentário, entre em contato comigo, sempre tive curiosidade de conhecer meus primos mineiros.

    2. Olá Maria, sou Jessica Farias e procuro os descendentes de João Farias irmão gêmeos de Sebastião Francisco Farias ambos deixados qdo bebês nascidos por volta de 1880 à 1900 em Minas Gerais sou neta de Sebastião q teve 9 filhos incluindo meu pai que não conhece os quatro irmãos mais velhos. Se tiver alguma semelhança entre em contato.

    3. Olá M Socorro, sou Jessica Farias e procuro os descendentes de João Farias irmão gêmeos de Sebastião Francisco Farias ambos deixados qdo bebês nascidos por volta de 1880 à 1900 em Minas Gerais sou neta de Sebastião q teve 9 filhos incluindo meu pai que não conhece os quatro irmãos mais velhos. Se tiver alguma semelhança entre em contato.

      1. Procuro Luciano Augusto de Faria e meu bisavô era de Minas, foi funcionário Público sei que tinha 18 irmãos casou se com Ana Júlia da Natividade e tiveram dez filhos. Estou procurando fazer árvore genialogica não sei como encontrar pais de Luciano ???

    4. O meu sou Nivaldo Farias, sou neto de Pedro Farias e Rosa Farias que teve uma filha que se chama Normelia Farias se você tiver alguma coisa que me informe melhor eu vou agradecer

    5. Olá,
      Seus tios podem ajudar no seu reconhecimento, que deve ser requerido judicialmente. Caso o seu pai tenha lhe registrado -ou seja,se o nome dele constar na sua certidão de nascimento, com o SOBREVIVEU Farias- é só você ir a defensoria pública e dizer que quer colocar o sobrenome do seu pai no seu nome.
      Caso o nome do seu pai não figure na sua certidão de nascimento é só você falar com os seus tios e pedir para que eles se submetam ao exame de DNA para comprovar a sua ascendência, no caso o seu parentesco com eles. Esse é o meio mais prático pq o outro seria a exumação do corpo de seu pai para fazer o DNA. Mas pelo que li vc tem o nome de seu pai e boa relação com seus tios, então será fácil. Você pode requerer o nome do seu pai a todo e qualquer tempo.Só a título de curiosidade o sobrenome do seu pai pode ser incorporado ao seu até mesmo a pedido de seus descendentes após o seu falecimento,seja a título de herança ou apenas e tão somente para facilitar a composição da árvore genealógica da sua família.
      Espero ter conseguido.
      Atenciosamente,
      Daniela Farias.

  68. Meu Nome é Valdeni L de Farias e queria muito encontrar os parentes do meu pai que são Farias
    o nome dele é João José de Farias o Pai é José Marcos de Farias

      1. Bom dia, Elaine e Roberto! Descobri ha poucos dias que minha bisavo paterna Maria Dionisio de Farias era filha de José Martins de Farias e Fortunata de Farias. Ainda estou estudando sua origem. Sei que meu bisavo, seu primeiro marido, tinha familiares na regiao de Montanhas, Pedro Velho/RN e possiveis origens na Paraiba. Esse bisavo foi trabalhar no Norte do Brasil, nao sei se a conheceu e se casou com ela ali, o que sei é que meu avo e sua irma nasceram -segundo uma tia me contou- no Peru ou Bolivia. Essa informaçao coloca minha bisavo naquela regiao e isso faz surgir a duvida da sua origem, pois o que me interessa é nessa fase de pesquisa é justamente o DE FARIAS que é seu. Sei que essa bisavo acaba se casando novamente, depois de viuva, com um parente do meu bisavo com os mesmo sobrenome Dionisio, tem outros filhos e nos anos 1940-50 migram com toda a familia para o RJ. Minha duvida a esse ponto é se sua origem era, assim como a do meu bisavo do RN e PB ou do Norte. Se vcs ou outras pessoas tiverem em suas pesquisas encontrado os nomes José Martins de Farias e Fortunata de Farias ou souberem até que fazem parte da familia de vcs, por favor me comuniquem. e-mail: cdlimafamiliar@gmail.com

  69. Sou de Maceió/Al, tenho sobrenome Farias o meu pai era de Farias. No meu registro tiraram o de, fiquei Farias. Mais fiz questão de colocar no nome dos meus filhos o de Farias.

    1. Ola Sandra, boa noite.
      Sou Alonso Lino de Farias e nasci na cidade de Atalaia AL., próximo a Maceió.
      Tenho 78 anos, você pode informar o nome completo do seu pai?.

      1. Olá sr Alonso, como vai?
        Sou Cláudia Farias de Maceió, meu avô se chamava JOAQUIM VENCESLAU DE FARIAS, no meu registro não consta o “de”, também. Tenho informações de que meu avô era português, mas não sei como confirmar isso. Com base na idade de meu pai, digamos que se meu avô estivesse vivo, ele teria uns 100 anos. Viveu pela região de Anadia, Limoeiro de Anadia e faleceu em Taquarana, todas essas cidades são próximas de certa forma.
        Será que somos parentes?
        Se puder, me contate: claudiafarias.aka.blessed@gmail.com

    2. Olá Sandra, como vai?
      Sou Cláudia Farias de Maceió, meu avô se chamava JOAQUIM VENCESLAU DE FARIAS, no meu registro não consta o “de”, também. Tenho informações de que meu avô era português, mas não sei como confirmar isso. Com base na idade de meu pai, digamos que se meu avô estivesse vivo, ele teria uns 100 anos. Viveu pela região de Anadia, Limoeiro de Anadia e faleceu em Taquarana, todas essas cidades são próximas de certa forma.
      Será que somos parentes?
      Se puder, me contate: claudiafarias.aka.blessed@gmail.com

  70. Minha avo se chamava Aliria Farias , ela veio do Belem do Pará, com mais duas irmãs, mais n sabemos de nada da familia alguem tem notícia da familia Farias que eciste em Belém do Pará? Grata.

    1. Olá Vaneide.
      Sou Fernando Farias, natural de Belém do Pará. O registro mais antigo que tenho é de meu avô, Calixto Olis Farias. Provavelmente, meu avô foi um primo ou irmão de sua vó. A família Farias, em Belém do Pará (pelo menos a que eu pertenço), vem de uma tradição militar (meu avô, meus primos, meu irmão). Agora (2016), uma crescente de professores (eu, minhas primas…). Caso você se interesse em conversar conosco, nos procure no facebook: Hingrids Farias, Fernando Farias, Márcio Costa, Daniel Farias, Albelita Farias, Raquel Farias…Abraço e muito bom escrever pra você!

      1. Não sei ao certo, mas acho que meu Bisavô Paterno era do Belém do Pará, acho q tinha fazenda e tenho parentes de origem militar tbm, oficiais e td.
        Sou do Rio de Janeiro e tenho parentes que ainda moram em lugares de Militares quem sabe somos parentes…
        Meu email do face: Jfarias@ymail.com

      2. Olá, Fernando!
        Sou Daniela Farias e o meu avô é do interior do estado do Pará. Seu nome era Wilson Fernandes Farias. Até onde sei a família é de um lugar chamado Acará ou Moju, não tenho certeza de qual dos dois. Será que há algum parentesco entre nós?
        Atenciosamente,
        Daniela Farias.

    1. Pedro, a região de seus pais era na Bahia? Tinha um parente com sobrenome LEITE e se casou com uma de sobrenome FARIAS. Os filhos passaram a ter o sobrenome FARIAS LEITE…

  71. estou feliz agora por saber que meu sobre nome e de muitas gerasoes atras brigado meu desendentes por ter deixado este lindo sobre nome ..hoje eu tenho uma enpresa que eu dei o nome de farias refrigeracao…em salvador bahia…..

  72. Sou De Farias! Também sofri na escola, porque além do Farias, meu segundo nome é Alves, assim os meus algozes me chamavam de a “Ave de Farinhas”!! rs…kkkk Mas sinceramente, isso nunca me pertubou, e eu mesmo brincava com isso, acho que foi por isso que eles nunca ficaram viciados na brincadeira. Outra coisa tb muito interessante foi saber que esse nome tem como ancestrais judeus serfaditas originários da Espanha. Portanto, muita história com muita riqueza tem esse nome que é nobre por natureza! E aqui, desde já, desejo a todos os nobres da família Farias, um abençoadíssimo final de 2015 e um mais ainda Feliz 2016!

  73. “O próprio sobrenome que estamos tratando é derivado do original Faria, que é mais comum de ser encontrado no Brasil. Em outros países, como Portugal, podemos ver mais Farias.”Bom saber que o meu é um dos originais kkk,ali ta falando que é mais tipico no brasil o “Faria” mas nos comments só vejo “Farias”comentando kkkkk

  74. PROCURO ANA DONIZETE FARIAS RIBEIRO E EDÉSIO RIBEIRO PAIS PATERNO DE ANA ERAM SEBASTIÃO FRANCISCO FARIA E MARIA EUGENIA FARIA DE MINAS GERAI MORRAM EM LAMBARI ,CRISTINA E ITAJUBA TB

    1. É curioso como há tantos Faria em Minas Gerais, sempre que conheço algum é de lá, meu pai era de Urucânia e gostaria de conhecer meus parentes de lá.

    2. Silvana, Sou Mary Araújo de faria .Neta de Rodolpho Faria, casado com Vicentina Nido Faria, de Lambari – Mg, estou fazendo a árvore genealógica e sei que meu avô Rodolpho faria tem irmã com nome de Ana Faria, João Faria, José Paulino Faria, Américo Faria, Maria Faria, Benedita Faria, Anália Faria, Rosa Faria, Etelvina Faria, Mariana Faria todos filhos de Domingos Gonçalves Faria, será que te ajuda. Entre em contato no face

  75. Sou conhecido por farias e me orgulho por demais de meu sobrenome nem lembro-me quando fui chamado de (ELIMARIO)
    Seria enteresante um evento onde só entrasen pessoas com esse sobrenome para se ver o tamanho dessa imensa família.

  76. Eu sou um autêntico farias, minha família tem a tradição de não deixar morrer esse sobre nome que para nós os farias chega se até uma religião…

      1. Olá! Na familia da minha tem Costa Farias. Eles são da região de Salinas. Cheguei até ao nome da minha tataravó, Irene Costa Farias, que viveu há mais ou menos 120-125 anos atrás. Ela foi casada com Francisco Chagas das Virgens. Se vc acha que tem alguma relação, por favor, entre em contato comigo o quanto antes.
        Glauciaperry@gmail.com
        Obrigada!

  77. Sou carioca, mas meu pai José Bonifácio era um paraibano tenho muito orgulho em ter o sangue de um ser humano fora do comum. Sou FARIAS e com muito ORGULHO.

  78. Alguém de Alagoas? Meus avós e bisavós eram de Alagoas e estou tentando me aprofundar mais na arvore genealógica da família. Se alguém souber de algo, por favor posta.

    1. Ola Gustavo, boa noite.
      Sou de Alagoas nascido na cidade de Atalaia tenho 78 anos e moro na cidade de Campinas SP.
      Pelo que sei meus parentes viviam nas cidades de Maceió, Atalaia, Capela, cajueiro e Viçosa. tambem tenho parentes em Campo Grane e Naviraí em Mato Grosso do Sul.

      1. olá alonso,meu pai é Pernambucano,mas registrado em Alagoas,foi criado em SP, ele esta com 84 anos (o pai dele é Antonio Nunes de Farias e a mãe Herminia Calvalcante Gois tiveram 9 filhos (não sei o nome de todos mas tem Josefa,Eliete,…meu pai é Severino o irmão caçula Jorge. ultima vez que soubemos estavam no Paraná, sou de lá,mas sai ainda criança de lá. eu sou Veronica Nunes de Farias

      2. Procuro meus Bisavós por parte de pai – provavelmente imigrantes portugueses do inicio do do seculo 20 ou final de 1980.
        Antonia Julia da Silva – Joaquim Ferreira da Silva Lado Materno do meu avo e Felisbela Maria da Conceição e Francisco Pedro de Farias do lado paterno do meu avo se puder me ajudar lhe agradeço.

    2. Olá Gustavo!
      Sou Cláudia Farias de Maceió/AL, meu avô se chamava JOAQUIM VENCESLAU DE FARIAS, no meu registro não consta o “de”, também. Tenho informações de que meu avô era português, mas não sei como confirmar isso. Com base na idade de meu pai, digamos que se meu avô estivesse vivo, ele teria uns 100 anos. Viveu pela região de Anadia, Limoeiro de Anadia e faleceu em Taquarana, todas essas cidades são próximas de certa forma.
      Será que somos parentes?
      Se puder, me contate: claudiafarias.aka.blessed@gmail.com

  79. Tenho orgulho do meu sobrenome. Casei e nem quis mudar.
    Na escola sempre me falavam….
    Farias não fará mais…?!!
    Nunca liguei, achava até interessante..
    É muito bom saber que o original é Farias

  80. Por muito anos a familia do meu pai afimava que o sobrenome faria era italiano mais eu fiquei supreço que na verdade é portugues

    1. O seu nome é “De Faria”, normalmente esse “De” era usa quando os colonos chegavam e se registravam baseando seu sobre nome no nome da sua terra natal, pois muitos deles viam foragidos ou mesmo sem sobre nome. Tinha um outro sobre nome muito comum que o “De” já significava uma família totalmente diferente, pesquise mais para ter certeza do seu, as vezes seja Italiano o seu mesmo… Não custa se aprofundar, né?

    1. Sou Farias da Paraíba, eatamos na quinta geração da familoa, que me lembre.
      Muito bom saber da origem de nossa família.
      Pois uma pessoa sem passado não e nada.

      1. Oi, Sebastião, eu sou Farias de Arruda, de Paraíba, e procuro ascendência portuguesa de nossa família, é possível comprovar? Abraço e obrigada.

    1. Essa questão de grau de parentesco é complicada, algumas famílias não tem essa tradição de carregar o nome da família, talvez por falta de conhecimento ou de talvez por convenção. Conheço pessoas que preferem carregar o sobrenome (nome do meio que normalmente é da mãe) do que o segundo nome (nome da família que normalmente é do pai), nisso eles dão aos filhos o nome do meio ao invés do nome da família.

  81. NOSSA FAMILIA É MUITO GRANDE, TEM UMA CIDADE NA BANHIA CHAMADA IBIASSUÇE COM UMA GRANDE QUANTIDADE DE FARIAS POR LÁ, TEM UMA RUA QUE CHAMAM RUA DOS FARIAS, OS PRIMEIROS FARIAS DA REGIÃO TINHAM FAZENDAS QUE SUMIAM DA VISTA, ATÉ HOJE TEM A FAZENDA OLHO DGUA. NOSSA FAMILIA É TRADICIONAL NA CIDADE COM MUITO ORGULHO. TENHO UM TIO E 2 TIAS AINDA VIVOS GRAÇAS A DEUS.

    1. Minha familia por parte de pai é da BAHIA. Meu bisavo chamava-se MANUEL CANDIDO FARIAS e meu avô era MANUEL AUGUSTO FARIAS. A região que eles viviam era na zona cacaueira. Meu pai, ESMERALDINO FARIAS e o irmão dele ANTONIO FARIAS contavam que a diversão deles era nadar no RIO DE CONTAS. Esses nomes não te dizem nada?

  82. Orgulho de ser Faria dos Antepassados a segunda guerra mundial e filha e neta de Capixaba. Que Sorte descendencia maravilhosa de meus Trisavos e Bisavos e Avos. Muitas historia e conquistas….

  83. O correto é realmente Farias, o meu era Farias, o meu e dos meus pais, até o pessoal do cartório ao fazer as certidões novas, fizeram com o sobrenome “Faria” ao invéz de Farias .

  84. Prezados
    Na verdade, somos todos parentes. E, Farias é descendência Portuguesa. Nossos antepassados, conforme outros estudiosos do nosso sobrenome, chegaram ao Brasil, entrando pelo Nordeste (principalmente Ceará) e Sul. Do Nordeste, alguns subiram rumo ao norte (Pará – Amapá) e outros desceram rumo oeste (Bahia – Minas Gerais). Aos do Sul, desconhecemos a trajetória.
    Abraços a todos.

    1. É VERDADE SOMOS TODOS PARENTES, 3 IRMÃOS FARIAS VIERAM PARA O BRASIL E CADA UM SEGUIO UM CAMINHO E A MINHA LINHA É BANHIA, SOU FELIZ COM MEU SOBRENOME. UM ABRAÇO

    1. Eita noissssss, outro cara com um nome parecido com o meu que raro, meu vô se chamava Otávio Faria, sem o S, mas é erro de cartório, minha família tem muito Faria e muito Farias, não sei qual o certo ou mesmo se tem um nome certo, pois se nessa época o cartório já erra imagina naquela época…

  85. Eu também não gosto nada do bulling que sofro na escola por ser confundida com ‘farinha’ e tals, é horrível, por isso abreviei meu nome no RG. Aposto que a maioria já sofreu esse tipo de coisa né ? Ou pelo menos conhece alguém que já tenha sofrido isto. Na verdade Bulling é crime, mas ninguém leva a sério. Enfim, apesar de tudo, tenho orgulho de ter este sobrenome lindo e de origem Portuguesa!!

    1. Olha, esse tipo de brincadeira até ocorre, mas a ponto de ser confundida com farinha? Como assim?
      Na minha infância às vezes alguém brincava chamando de farinha, mas não via nada de mais, de tão sem graça nem insistiam nessa brincadeira. E mesmo se insistissem, sério que isso é tão sério assim? Eu acho que tem sobrenome muito pior: Rego, por exemplo.
      Eu abrevio meu nome do meio, o Farias faço questão de usar.

    1. Na escola também me apelidavam de farinha, eu batia em muito meninos por isso, o que fez eu odiar meu sobrenome. Mas depois aprendi a não ligar para o que eles dizem e, agora gosto do meu sobrenome. Ele é meu e eu não encontro ninguém na escola com esse sobrenome.

      1. boa noite, meu nome é Luiz Carlos Farias, meu pai nasceu no Rio Grande do Sul, minha vó já é falecida, chamasse Maria Julia da Conceiçao Farias, meu pai já é falecido mas preciso saber sobre minha tia qu se chama Nice de Sao Gabriel. Por favor entrar contato comigo pelo e mail é da minha nora shezangrossiff@hotmail.com

    1. Discordo d você amigo; Faria é derivado de Farias, sendo que no Brasil é mais comum encontrarmos Faria enquanto em Portugal o mais comum e Farias (y)

  86. Agora entendo por que meu sobrenome foi confundido da hora de fazerem meu ”RG”colocaram Faria em vez de Farias,entendo devido ter seu solar no julgado Faria.

    1. Oi, Ana Lúcia,
      minha família vem de Farias Vidal de Negreiros, de Paraíba.
      Você conhece alguém de ascendência – Maria Farias Vidal de Negreiros?

      Obrigada,
      Etiene

      1. Posso estar enganada, mas na época da escravidão muitos senhores colocavam seus sobrenomes mais uma outra palavra qualquer para diferenciar seus escravos, meu tataravô era escravo, e o meu sobrenome Faria veio por conta de um relacionamento dele com a filha da dona dele, mas no seu caso o Negreiro era assim chamada a embarcação onde eram trazidos os escravos da Africa…

        1. Oi, Claudia!
          Obrigada. Em conversa com amigos da família Orleans e Bragança, estou rastreando os Vidal de Negreiros, que vem de André Vidal de Negreiros, personagem português que tem um papel bem relevante na composição do estado da Paraíba, até onde tenho apurado, o que me deixou orgulhosa em conhecer essa origem. Meu avô era Justino Vidal de Negreiros, e é a ascendência dele que procuro, nessa linha – por acaso há algo em seus registros?

          Os Farias eu pesquisei até o mosteiro Forte de Faria, que Nuno Faria defendeu. Até onde verifiquei, é realmente de raiz nobre também, e é por parte de minha avó esse sobrenome. Eu o estou procurando para desenhar o roteiro de ascendência, igualmente.

          Obrigada por sua gentileza em responder, e pelo apuro!
          Se puder me indicar ou ajudar nessas duas linhas de pesquisa, seria muita gentileza sua.
          A última referência que tenho de Farias (a mais antiga) é Maria Farias Bruno, minha avó, de Paraíba, ficando Maria Farias Vidal de Negreiros.

          Grata.

          1. Meus pais são de Nova Cruz RN e Mamanguape/Jacaraú PB … com certeza somos dos Farias mais próximos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *