Família Machado

No Brasil o sobrenome Machado tem certa popularidade. Não tanto quanto um Silva, Souza ou Oliveira, mas chega a ser bastante conhecido. Confira logo abaixo algumas informações sobre origem e curiosidades sobre a família Machado.

O sobrenome Machado, assim como tantos outros, não surgiu no Brasil, por uma simples razão de que o Brasil foi colonizado e habitado primeiramente por estrangeiros. Dessa forma, os sobrenomes vêm de outros países e acabam ganhando popularidade uma vez que os imigrantes fizeram do Brasil sua nova morada.

Origem da família Machado

Este sobrenome tem origem em Portugual, mais precisamente nas Ilhas Canárias, arquipélago reivindicada por Portugal. Este foi um sobrenome registrado no século XII

A origem do nome vem da ferramenta Machado e também possivelmente de uma atividade comercial bastante comum nessas comunidades.

Há historiadores que explicam o sobrenome pela ação de romper com machados as portas de Santarém, a 15/03/1147 da parte de D. Mendo Moniz, senhor de Gandarei. Descendem, pela linha masculina, de D. Sancho I, e, pela feminina do Conde D. Osório de Cabreira, que passou a Portugal em tempo do Conde D. Henrique.

Curiosidades

No Brasil o sobrenome Machado é pertencente a grandes personalidades. Dentre as mais famosas e talentosas, podemos destacar o escritor Machado de Assis.

Também no Brasil é possível encontrar um município no estado de Minas Gerais que leva o nome Machado. A cidade é conhecida pelo cultivo de café como destaque nas atividades econômicas da região.

Variantes do sobrenome Machado

O sobrenome Machado não possui variantes válidas em seu estado original. É certo de que podem existir traduções para outras línguas, que é uma variação, mas de um jeito diferente. Variações que só diferem em alguma letra da palavra não foram encontradas, por se tratar de uma coisa bem específica, um acessório, ou uma atividade.

Brasão da Família Machado

O brasão da família Machado é constituído de um escudo com metade vermelho e metade ouro, com cinco machados (as ferramentas) no interior do mesmo. A sua volta é possível encontrar armas de guerra como foices e espadas.

Compartilhe com seus amigos...Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter

136 respostas para “Família Machado”

  1. ADOLPHO JÚLIO MACHADO
    ADOLPHO JÚLIO MACHADO/MARIA DO CARMO DE ASSIS
    Bisavós paternos
    Adolpho Júlio Machado, meu bisavô paterno era filho de Emídio Antônio Machado, neto de Francisco Antônio Machado e bisneto de Francisco Antônio Machado e Lucrécia Maria do Rosário.
    Adolpho Júlio Machado casou com Maria do Carmo de Assis, e segundo um diálogo com o meu primo Adolpho José Machado, a minha avó Julia Maria Machado de Oliveira, tinha o apelido de “Carminha”.
    A curiosidade é que os nomes próprios se multiplicaram nas gerações posteriores, tais como: Maria do Carmo; Bento; Benta; Venâncio; Venância; Brás; Adolpho; Antônio; Maria Júlia; Júlia Maria; Ana e Egídio, enfim outros mais.
    Numa conversa com a tia Venância (Im memoriam), falecida em 2000, perguntei a ela sobre as origens dos nossos ancestrais, dizia ela que eram mineiros, mas não sabia de região do estado de Minas Gerais.
    Atualmente tendo a internet como veículo de comunicação, postei vários textos, isto a partir de 1999, muitas pessoas leram e daí de acordo com os comentários de quem leu, algumas se identificaram como sendo meus parentes, onde começamos a trocar informações pela internet.
    Elza Bono de Oliveira (Londrina – Paraná) estava pesquisando sobre seu parente “Leão de Salles Machado”, leu a história que postei no site http://www.recantodasletras.com.br, cujo título é: Vamos visitar a tia Tuca, lá no bairro de Indianópolis, e foi a primeira comentar, e disse ser parente. Que numa conversa pela internet disse ser meu parente, que em seguida me indicou Adolpho José Machado, e daí pra frente abriu um leque de informações sobre os nossos ancestrais paternos.
    Infelizmente do lado materno, a história se encerra quando conversei com o José Tangerina, primo em 2.º grau, sendo ele filho de Manoel Tangerino e Amélia Faria, disse a primeira esposa do seu pai, por nome de Francisca Iria dos Anjos, que já com idade avançada, saiu de casa ando pela região rural de Descalvado, faleceu e ninguém sabe o destino do corpo, até o momento não achei nenhum registro. Tenho poucas informações sobre os bisavós maternos, Joaquim Alves Pereira/Cherubina Nunes do Prado.
    Na curiosidade de saber as origens dos nossos ancestrais paternos, a prima Ana Laura Machado, filha de Adolpho José Machado me enviou um livro do então parente Antônio Arruda Dantas, com o título: Luciana Maria do Rosário (Pioneira e Matriarca), relata que os Machados eram mineiros. Que na verdade eram “Costa e Silva”, mas em homenagem a um grande amigo adotaram também o sobrenome de Machado.
    Após um contato com o primo Marcos Liberato Shibuta, filho da Mercedes Liberato Shibuta/Edson Shibuta, passei uma relação de nomes dos ancestrais, família Machado, que em seguida ele inseriu no site da Igreja dos Santos dos Últimos dias, mais conhecida por Mórmons. E hoje recebi um e-mail dizendo que de acordo com os arquivos da Igreja Nossa Senhora das Dores, Brotas-SP, coleção de registros microfilmados, a partir de 1688-1935, consta o nome de Adolpho Júlio Machado.
    Achei interessante quando li uma relação de nomes dos Machados, relação essa inseridas por Willian Horst Richter, pesquisador, que pelo nome de origem alemã, não entendia a questão.
    O Sr. Willian me enviou um arquivo, que tem citações sobre família Costa e Silva, desde 1650.
    Neste arquivo enviado pelo Sr. Willian tem uma relação dos Machados que segue abaixo:
    Filhos de Adolpho Júlio Machado
    José Adolpho Machado
    João Baptista Machado
    Francisco Adolpho Machado
    Emigdio Adolpho Machado
    Bento Adolpho Machado
    Sebastião Adolpho Machado
    Julia Maria Machado/Júlia Maria de Oliveira (minha avó paterna)
    Maria Machado
    Lindolpha Dolores Machado
    Ibraína Machado
    Anna de Jesus Machado (mãe do primo Adolpho José Machado)
    Tangerynus

  2. ME CHAMO ISADORA MACHADO DOS SANTOS… FILHA DE MAIDA ROSA MACHADO…FILHA DE PONCIANO QUADROS MACHADO…FILHO DE AMANDIOS QUADROS MACHADO…TODOS NASCERAM NO RIO GRANDE DO SUL…QUEM LER DIZ DE QUEM É FILHO E NETO PFV

  3. Sou Ana Claudia Machado neta de luiz machado e bisneta de Antonio Machado trineta de manoel ma chado da Cunha meu triavo veio de Portugal morava em sao sebastiao do turvo hoje jaboticabal sp alguem tem alguma informacao
    Manoel Machado Da Cunha e Maria da Representaçao
    Antonio Machado dos Santos e Anesia Galvani
    Luis Machado e Maria Cavalheiro
    Meus pais Antonio Mac hado dos Santos Neto e Maria Lucia Amaral

    1. Ola Ana Claudia Machado

      Se conseguires saber em que Freguesia e Concelho de Portugal nasceu o teu trisavo Manoel Machado da Cunha entao podes ir ao SITE com o nome TOMBO.PT e podes a partir Dai pesquisar os antepassados do teu trisavo.
      EU tenho ai mais abaixo um grande texto sobre a origem dos Machados e sobre a minha arvore genealogica que neste momento ja vai no trisavo do ALEXANDRE O GRANDE da MACEDONIA o homem que conquistou a PERSIA e parte da INDIA, o que quer dizer que Tu tambem es descendente dele pois sao antepassados do primeiro MACHADO.
      Um abraco
      Fernando Oliveira

  4. Meu pai já falecido chamava-se Fernando de Souza Machado e minha mãe Maria Odiles Machado vou pegar mais documentos para ter maiores informações.

  5. Meus ancestrais paternos eram Costa e Silva, posteriormente em homenagem a membro da familia Machado acabou adotando esse sobrenome. Meu bisavô paterno chamava-se Adolpho Júlio Machado, primo de Leão de Salles Machado, Adolpho José Machado, oriundos de Araraquara-Brotas-Itápolis-Ibitinga-SP. A cidade de Santa Lúcia foi terras de uma fazenda da família Machado.

  6. MEU PAI JOAO MACHADO SOBRINHO.
    MEU VO ÂNGELO JOAQUIM MACHADO
    MINHA VO..MARIA JOVITA MACHADO..
    DE MONTENEGRO RS..NAO SEI QUASE NADA DA ORIGEM..MINHA MÃE E A ÚNICA DESTA FAMÍLIA DE AVÓS E TIOS QUE AINDA VIVE..COM 80 ANOS..

  7. Tenho poucas informações a respeito do meu avô que também é da família Machado daqui de Minas gerais próximo a itauna ..ele se chamava Antônio Manoel Machado e o pai dele Manuel Machado da costa..a muitos anos gostaria de saber da origem deles..não trago comigo o sobrenome Machado pois herdei o sobrenome da minha avó ..se tiver alguma informação agradeço

  8. Boa Tarde a todos, gostaria muito de encontrar os descendente dos machados,
    Pelo que pesquisei, meu Bisavó chegou ao Brasil em 12-05-1885 no porto do Rio de Janeiro

    Sou Roque Machado,tenho 27 anos e moro em Curitiba PR
    meu Bisavó Manoel Ambrósio Machado
    Bisavô Maria de Goes Machado
    meu Avó Pedro Machado de Goes nascido 1903- F 18-09-1987
    meu Pai Estefano machado Sawczuk

    1. boa tarde, também estou buscando meus descendentes. meus bisavôs era Estefano Sawczuk e Manoel de Goes Machado. meu avô pedro de goes machado.

  9. Olá Bom dia a todos, sou Bento Machado, filho de Joaquim José Machado, ele filho de Hortêncio José Machado e Elvira de Souza Machado, nascido em Bocaiuva/MG. Meu pai teve 3 (três) irmãos, sendo: Eduardo José Machado, Salvador José Machado e Ana Bela Machado. Todos eles vieram para Mato Grosso do Sul, gostaria se possível de ter contatos com parentes que por ventura se interessarem em nos dar esta oportunidade de conhecer melhor esta família “MACHADO”, de Bocaiuva/MG, a qual meu pai pertence. Ficarei muito grato se receber noticias Obrigado.

  10. Gostaria ter em mãos,informações à respeito de meu bisavô, Cândido José Machado, que veio de Portugal, entre os anos de 1.850 à 1890, desembarcando no Rio de Janeiro, ainda criança e sem seus país. Posteriormente, foi residir em Entre Folhas e Vargem Alegre-distritos de Caratinga- Minas Gerais.

  11. Sou neta de Manoel Machado filho já falecido meu avô veio do Ceará para São Paulo sozinho ainda jovem, onde formou família.
    Ele dizia que deixou sua mãe com seus irmãos.
    Gostaria de conhecer essa tias avós e primos.
    Ser alguém tiver alguma informação ficarei muito grata..
    Meu nome é Andresa Machado
    Filha de Manoel Machado Neto
    Neta de Manoel Machado filho já falecido

  12. Quero saber sobre minhas origens, sou FAMÍLIA MACHADO, quero buscar informações sobre país de origem, onde eles estabeleceu e se são de origem judaica.

    Meu Avô:
    Agnaldo Machado
    Minha Avó:
    Maria Isaltina

    Meu Bisavô
    Ormisda Batista Machado (Ano nascimento: 16-06-1986) (Falecimento: 09-11-1996)
    Minha Bisavó:
    Maria Luíza da Conceição (Nascimento: 18-04-1901 (Falecimento: 10-12-1974)

    Meu Trisavô e Trisavó (Ormisda):
    Luiz Teodoro Machado
    Dilma Candida das Virgens

    Meu Trisavô e Trisavó (Maria Luiza):
    Dilmas Alves
    Umbelina Maria da Conceição

  13. Estou novamente ocupando este espaço. Meu pai chamava-se Roberto Machado Silva, filho de Franklin Machado e Genoveva Cristina. Sempre moraram no estado do Rio de Janeiro.Acredito que o meu avô veio para o Brasil entre as décadas de 10 e 20 do século XX. e era natural da Ilha da Madeira. Se alguém em Portugal já ouviu falar de FRANKLIN
    MACHADO por favor me informe. Obrigado!

  14. Carlos Henrique Machado, de Aparecida-SP, descendente dos três pescadores que encontraram a imagem do rio Paraíba do Sul em 1917.
    Família radicada em Aparecida a 320 anos !
    Muito orgulho !!!

  15. Boa taste a todos!
    Sou neta de José Alexandre Machado e Rita Afonsina dos Santos Machado.
    Sou de Minas Gerais e meu bisavo viveu em Diamantina MG
    Quero saber se tenho mais parentes.
    Atualmente moro em Roma it
    Mas estou buscando as origens

  16. Ola me chamo Joao Vitor Machado meu pai se chama Joao Maria Machado sendo meus avós paternos Salvador Machado e Maria Ines Belo moro no estado do mato grosso mas meu pai vei do sul estado de santa catarina, nao sei ao certo a cidade onde ele nasceu mas sei q meus avós continuaram em sta catarina nao tive oportunidades de conhecer meus avós e tbm nao sei se ainda estao vivos, mas creio q tenho alguns tios, tias e primos familiares de meu pai se alguem tiver algum tipo de parentesco entre em contato gostaria muito de descobrir novos parentes pois nao conheco ngm da familia do meu pai obrigado a todos.

  17. Meu pai se chamava DELVI MACHADO ARAUJO natural de SÃO PEDRO- PIAUÍ e minha mãe MARIA AMÉLIA MACHADO ARAUJO natural de SÃO LUÍS- MARANHÃO. Alguma notícia sobre familiares? Alguém os conheceu? Meu avô paterno se chamava MANOEL e minha avó LUIZA. Meu avô materno se chamava EUGÊNIO e o apelido era NOCA minha avó se chamava ALZIRA

  18. Meu trisavo se chamava Odorio Pedreira Machado e era casado com Ana Clara Muniz Fiuza. Ele era um grande fazendeiro em Feira de Santana em meados do seculo 19. Gostaria de encontrar parentes e saber mais sobre estas duas familias.

  19. Sou Irene santos machado neta.

    Filha de Marcos Aurélio Santos Machado e Joelma Silva de Sousa

    ..
    Neta de Irene santos machado e Benedito Brito machado

  20. ate onde eu sei sobre minha linhagem,meu avo que eu nao conheço pois meu pai migrou para Sao Paulo se chama: Jose de Souza Machado e meu pai Domingos Souza Machdo,eu gostaria de poder encontrar meu vo se alguem tiver algo relacionado ai esta meu Whats 04798887-3106

  21. olá,sou Cleunir Ermi Machado, de Curitiba Pr, meu pai João Machado de Ribeirão Claro Pr,

    meu avô era Joaquim de Oliveira Machado, ou Machado de Oliveira, de Ourinhos Sp, meu pai dizia que todo machado de Oliveira, ou Oliveira Machado é parente.
    Meu bisavô que não sei o nome era de Minas Gerais, não sei de que cidade.

  22. Eu sou Fernando A. Machado de Oliveira , e queria dar-vos conhecimento que há ai no Brasil uma série de sites dizendo que os sobrenomes com os nomes de arvores como Pereira , Oliveira, Macieira, Nogueira, Palmeira , e outras são de origem judaica, ora isso é uma refinada mentira pois todos esses nomes tem origem em localidades ou propriedades ou quintas com esses nomes , por exemplo foi a Quinta de Pereira em Braga que deu nome aos Pereira e o lugar de Palmeira que deu o nome aos Palmeira e Santa Maria de Oliveira uma freguesia do concelho de Arcos de Valdevez deu o nome aos Oliveira etc ( Claro que se exceptuam alguns nomes de Oliveira , Pereira ou outra arvore ou mesmo de outros nomes que vieram de lugares que foram usurpados por judeus que foram para o Brazil perseguidos pela inquisição e que devido à falta de registos organizados ai no Brasil criaram identidades falsas para se protegerem da inquisição, mas isso é um numero residual comparado com os milhares e minhares de portugueses que emigraram par o Brasil durante e após a era colonial ).
    No que respeita aos MACHADO desejo informar que disponho da arvore varonil dos Machado desde 1147 até ao fim da Monarquia em 1910 , mas nos antepassados ja vou no Imperio Bizantino,( e nos varoes ate ao inicio da Monarquia Visigotica na parte em que ela deixou de ser electiva , pois no inicio os Reis Visigodos eram eleitos por um colegio eleitoral ( O SENADO GODO E VISIGODO ) formado pelos chefes locais dos.Visigodos que por sua vez tambem eram eleitos ou seja a partir do rei Egica I , o penultimo rei Visigodo Eleito pois ele terminou com a eleição dos reis , embora o seu filho tenha sido destronado por um ultimo rei eleito o Rei Rodrigo ou Roderico ou Rodericus como entao se designava em latim ) e dentro de pouco tempo os de sobrenome MACHADO passarão a ter a historia dos varões Machado em VERSEJO que está sendo presentemente a ser feita contando em VERSO mas que só está ainda feita desde o EGICA I ate Francisco Machado , o 2o Senhor de Entre Homem e Cavado – um homem que viveu na segunda metade do século XV que este na balha de Castro Queimado no norte de Espanha , a chamada batalha dividida feita em 2 lugares Castro Queimado e Toro em que os Portugueses ganharam em Castro Queimado em que o nosso D. JOAO II na altura principe Joao obrigou o rei Fernando I , de Aragão a refugiar-se num castelo e perderam em Toro em que o rei Afonso V foi tambem obrigado a registar-se noutro castelo proximo do local da batalha dividida, e o Francico Machado esteve lá com 40 dos seus cavaleiros, um homem com muito poder que nesse tempo dispunha de 6 Solares com Torre podendo 1 deles o mais antigo construido no seculo XI e que pode ser visto no Youtube num video sob o nome – TORRE DOS MACHADO PATRIMONIO EM RISCO – um Solar que ainda há 15 anos era habitado. O principal Solar Solar com torre que foi Paço do Concelho ainda jhoje é habitado..-
    Portanto o VERSEJO conta em VERSO a HISTORIA RESUMIDA dos Varoes , as suas mulheres e os filhos que nao sendo varoes se distinguiram na HISTORIA e que ha-de chegar ao que foi GOVERNADOR DO PERNANBUCO no seculo XVIII , portanto durante a era colonial. O VERSEJO embora seja dirigido aos MACHADO irá parcialmente dizer respeito ao todos os que tem o sobrenome de : Almeida , Alvarenga, Amaral.(via Matos), Antas, Avelar, Ataide, Azevedo , Baião, Barbosa, Barreto, Cardoso ( via Matos ), Carvalho, Coelho , Fonseca, Lago, Maia, Matos, Morais, Palmeira, Pereira, Ribeiro, Saldanha, Sousa, Soveral, Teixeira, Valente, Vasconcelos, e também os seguintes sobrenomes :
    Alvim , Guimarães, Melo, Paiva, Pimentel, Resende, e uma parte significativa dos Cerveira, Dade, Barba, através dos Guimarães e em qualquer dos casos tem todos origem na MONARQUIA VISIGÓTICA da HISPANIA ou IBÉRIA, mas é provavel que ainda venham a ser descobertos outros nomes que parcialmente e até ao seculo XII tenham antepassados comuns.
    Eu sou descendente do Francisco Machado acima referido casado com D. JOANA DE AZEVEDO, uma senhora que tem uma arvore genealogica ate ao final do Imperio Romano do Ocidente , portanto sou descende dos MACHADO DE AZEVEDO que usaram esta designação , mais concretamente sou descendente de um monge guerreiro que era o filho mais velho do Francisco e que por isso tinha direito a herdar os 6 Solares e que em vez disso preferiu ir para o Medio Oriente combater os TURCOS OTOMANOS que naquele tempo ameaçavam a Europa Cristã , e foi como Cavaleiro da Ordem Soberana e Militar Hospitalaria de São João de Jerusalém, de Rodes e de Malta, hoje simplesmente Ordem Soberana e Militar de Malta , , e chamava-se Bernardim Machado, e chegou a Governador do enclave cristão em Tripoli no Libano, e é provavel que possa ter estado no assalto à cidade moura de Tunis na atual Tunisia onde se imortalizou o navio português chamado BOTAFOGO que depois deu o nome ai a uma terra do Brasil, ou seja o maior navio de guerra daquele tempo com mais de 300 canhões e de 600 espingardas no convés , portanto mais 900 bocas de fogo, dai o apelidaram de Botafogo e que esteve no assalto a Tunis e que sendo um navio com quilha metalica em forma de serra foi usado para entrar em velocidade no canal de da Goleta hoje de La Goulette , e partir as correntes metalicas que impediam os navios cristãos de entrarem na cidade de Tunis, e este navio participou a pedido do Imperador da Alemanha CARLOS V, cujo irmao que nesse tempo liderou a frota que mais tarde derrotou os TURCOS na maior batalha naval de que há memoria com mais de 600 barcos de guerra.
    O Bernardim Machado quando regressou a Portugal , ao passar por MALTA convenceu uma grega , filha do governador da ilha de Malta , a que a deixasse rapta-la o que ele fez e a trouxe no navio para Portugal , onde veio a ter com ela 10 filhos numa Quinta e Solar que hoje é uma Residencia Turistica
    Os descendentes de um trineto dele de nome BERNARDO MACHADO ( já com uma arvore geneologica na internet de cerca de mil integrantes ) tem tido nos ultimos 15 anos um almoço anual e agora dentro em breve poderão vir a ser alargada aos descentes do monge.
    O VERSEJO quando estiver concluido irá certamente ser publicado , mas será certamente distribuido por e-mail a todos os MACHADO integrantes da minha arvore, mas é provavel que possa vir a ser enviado a todos os Machados que o pedirem para o meu e-mail : famolii1974@gmail.com
    Os Machados que tenham dados de nome, e data de nascimento ou batizado, casamento ou falecimento / morte , entre 1600 e 1911 , nascidos em Portugal , e que me manifestem interesse eu poderei ensina-los a criar a sua arvore geneologica em PORTUGAL , pois dentro de pouco tempo todos esses dados estarão em condições de poderem ser consultados ONLINE.
    Alias os originariis e que tenham vivido na area do antigo concelho de ENTRE HOMEM E CAVADO , onde os MACHADO foram os SENHORES e ALCAIDES MOR durante cerca de 400 anos, e que abrangia os actuais concelhos ou municios de AMARES, TERRAS DE BOURO, POVOA DE LANHOSO, e partes de VIEIRA DO MINHO, MONTALEGRE, e separadamente tambem foram Senhores da LOUSÃ de parte de BOTICAS , mas no que respeita ao concelho de ENTRE HOMEM E CAVADO, os dados desde 1600 até 1611 existem em texto e podem ser consultados muito facilmente se tivermos os dados acima referidos.
    Fernando A. M. Oliveira
    ++++

    1. CORRECÇÃO ao texto anterior e fundamentalmente ao ultimo paragrafo :

      Aliás os originários e que tenham vivido na área do antigo concelho de ENTRE HOMEM E CAVADO ( com sede em AMARES na CASA de CRASTO um SOLAR com uma imponente torre ainda hoje habitada ), onde os MACHADO foram os SENHORES e ALCAIDES MOR durante cerca de 400 anos, e que abrangia os actuais concelhos ou municipios de AMARES, TERRAS DE BOURO, POVOA DE LANHOSO, e partes de VIEIRA DO MINHO, MONTALEGRE, e separadamente tambem foram Senhores da LOUSÃ de parte de BOTICAS , mas no que respeita ao concelho de ENTRE HOMEM E CAVADO, os dados desde 1600 até 1911 existem em texto e podem ser consultados muito facilmente se tivermos os dados acima referidos., ou seja de um antepassado que tenha nascido, vivido ou morrido neste concelho.
      Ja agora vos dou os nomes dos SOLARES mais emblemáticos que foram pertença dos Machado varões durante 400 a 800 anos , ou seja o primeiro lhes caiu por dote e matrimonio , ou seja a TORRE DOS MACHADO em GERAZ , Ferreiros, PÓVOA DE LANHOSO ( que lhes caiu na mão no inicio do seculo XII ), depois lhes chegou o SOLAR dos BARROSO ( nos finais do século XII ou inicio do XII ) , e depois o dos Vasconcelos A TORRE DOS VASCONCELOS ( em meados do seculo XIV ), e o SOLAR DA LOUSÃ dos Gois. ( em meados do século XV ), todos estes obtidos pelo dote e somente o do CRASTO que pertenceu aos AZEVEDO, foi obtido através de um pagamento de uma penhora que deveria ter sido paga pelo rei e nao o tendo sido foi a mesma paga pelos MACHADO varoes ( 500 peças em ouro ) em meados do seculo XV e como esse dinheiro nunca lhes foi devolvido ficou o SOLAR DE CRASTO para sempre na sua posse.
      Fernando A. M. Oliveira
      ++++

      1. Relativamente ao VERSEJO EM CONSTRUÇÃO referido em meus anteriores POSTS tenho a dizer que a parte do versejo anteriir aos MACHADO ou seja dos que foram ANTEPASSADOS dos MACHADO diz respeito a gente com outros SOBRENOMES , a lista desses SOBRENOMES tem estado a aumentar devido ao numero de NOVOS SOBRENOMES que teem.vindo a ser descobertos recentemente e aqui passo um texto que explica o criterio seguido para a elaboracao dessa lista, conforme segue :

        ABAIXO onde se refere EMINIO significa COIMBRA , pois EMINIO era o nome que essa cidade tinha antes do inicio da nacionalidade portuguesa , pois nessa altura EMINIO ( que fica na margem direita do Rio Mondego ) ganhou o nome de COIMBRA , um nome muito proximo do nome de uma antiga cidade construida pelos ROMANOS quando estiveram a PENINSULA IBÉRICA chamada CONIMBRIGA ( uma cidade situada a cerca de 30 Km a sul e na margem esquerda do Rio Mondego, cidade que embora tenha sido construida , em seus vestigios mais visiveis e que podem ser tambem observados em varios SITES na internet bastando para isso colocar o nome de CONIMBRIGA no GOOGLE, esta cidade recebeu o seu nome de um outro povo os CELTAS pois todas as localidades que em PORTUGAL e ESPANHA tenham no seu nome a parte BRIGA significa que lhes foi dada pelos CELTAS assim como a cidade de BRAGANÇA que em latim se chamava BRIGANTIUS portanto com o BRIGA no inicio e isso quer dizer que foram os CELTAS a dar-lhe o nome inicial, e por falar em CELTAS eles tambem tiveram que ver com o nome de PORTUGAL , inicialmente PORTUCALE , e que diz respeito á cidade do PORTO que os ROMANOS apelidaram de PORTUS CALE e o PORTUS era designacao do latim para PORTO e a palavra CALE tinha que ver com o nome de uma deusa CELTA chamada CALE que depois os ROMANOS usaram para dar o nome á CALÉCIA ou seja da terra cujos habitantes adoravam a Deusa CALE que mais tarde virouw GALÉCbIA e depois GALICIA e GALIZA o mesmo tendo acontecido na CALIA que virou GÁLIA e o pais de CALES em PAÍS DE GALES na INGLATERRA, e a proposito há uma palavra portuguesa que vem desse tempo que é ZANGA e a piada disto tudo é a de que onde há.BRIGA há ZANGA. ), mas voltando à questão do VERSEJO :

        Este versejo da SAGA dos MACHADO porque está sendo feito por um republicano e que fez o levantamento dos nomes que tiveram origem a partir dos descendentes da MONARQUIA VISIGOTICA não pela via varonil como usualmente feito pelos monárquicos que só dão importância á descendência através dos varões ou morgados, mas como republicano a lista de descendentes da MONARQUIA VISIGÓTICA foi feita levando em linha de conta as mulheres e todos os filhos e não só os varões ou morgados, e quando digo todos os filhos incluindo os filhos bastardos ou que na História são considerados bastardos, e nestes pressupostos venho dizer que este VERSEJO diz também parcialmente respeito a todos os que tenham o sobrenome de :
        – Almeida , Alvarenga, Alvelos, Amaral ( os 4 via os de Ribadouro ), Antas, Avelar, Ataide ( os 2 via os de Ribadouro ), Azevedo , Baião ( os 2 via o 1o Conde de Eminio e do Sobrado ), Barbosa ( via o 3o Conde de Eminio e do Sobrado ), Cardoso, Carvalho, Coelho ( os 3 via os de Ribadouro ), Cunha ( via Alboazar -Ramiro II ), Fonseca, Freitas ( os 2 via os de Ribadouro ), Lago ( via Palmeira ), Maia ( via Alboazar – Ramiro II ) Matos, Melo, Morais, Pacheco ( os 4 via os de Ribadouro )
        , Palmeira, Paiva ( os 2 via os de Ribadouro ), Pereira ( via Palmeira ) , Pinto, Ribeiro, Romeu, Saldanha, Sequeira , Silva , Siqueiros , Sousa, Soveral, Tavares, Taveira, Teixeira, Valadares, ( via os de Ribadouro )
        e uma pequena parte desta SAGA em Versejo ( sobretudo através de Sueiro Belfaguer, o primeiro Senhor da Casa de Sousa ) também diz respeito a todos os de sobrenome :
        – Alvim , Guimarães, Melo, Oliveira, Paiva, Pimentel, Resende ,
        e uma parte significativa dos:
        – Cerveira, Dade, Barba, através dos Guimarães
        e em qualquer dos casos tem todo s origem na MONARQUIA VISIGÓTICA da HISPANIA ou IBÉRIA.
        A partir de Wittica ou Vitiza , há também os nomes de :
        – Codorniz, Lima, Saavedra , de que alguns se passaram a Portugal no inicio da nacionalidade como por exemplo dos primeiros 4 irmãos LIMA (, os primeiros Lima ), um deles o João Lima “o Bom” casou com a Maria Pais Ribeira “a Ribeirinha” depois dela ter os 6 filhos do D.Sancho I .
        Os Lima são provenientes dos Saavedra.
        A partir de Flavio Ataulfo de Coimbra ( Conde Cristão de Coimbra sob tutela moura ), são descendentes os :
        – Castro , e os Flainez , e talvez alguns Lainz .
        Também deste Flavio Ataulfo de Coimbra, descendem os nomes de :
        – os Farinha e os Gois ou Goes em PORTUGAL
        e bem assim os :
        – Aznar , Forjaz , Maldonado, Marinho ,Traba , Trastamara , Sandoval , Velasco
        na Galiza , Leão e Castela ( actualmente ESPANHA )
        Existem ainda de ESPANHA os nomes de :
        – Coronado , Monroy ,
        E provavelmente haverá muitos outros nomes em Espanha que também são originários da MONARQUIA VISIGÓTICA e que serão muito mais difíceis de localizar, mas o objectivo é de fundamentalmente dar conhecimento deste VERSEJO aos detentores de sobrenomes que sejam originários de PORTUGAL ou com origem em terras que hoje fazem parte de PORTUGAL, no sentido de permitir a cada um dos detentores do respectivo sobrenome acima indicado de continuarem o seu proprio VERSEJO
        Assim quando o Versejo estiver pronto darei conhecimento e quem estiver interessado em receber copia em TEXTO pode informar para o endereço de E-MAIL ac i ma indicado e lhes enviada uma copia do VERSEJO ate ao ponto em que diz respeito e com os dados historic i s recolhidos até esse momento da História respectiva e ficará ao administradores do SITE divulgar a questao em cada um locais onde estao os dados respectivos á orihem de cada um dos respectivos sobrenomes.
        Fernado A. Machado de Oliveira
        +++++

      2. Boa tarde Fernando!
        Meu esposo é familia Machado e eu Oliveira de Pernambuco e voce é de onde? me interesso em descobrir minha arvore genealógica.

        1. J Machado
          Vou dar-te uma resposta mais assertiva do que o Marco G , sobre a questao das Canarias.
          De facto quem dos Europeus descobriu as Canarias foram os portugueses , mas apenas ocupou algumas ilhas do arquipelago das Canarias , e entretanto os espanhous quando tiveram conhecimento foram tambem ocupar outras ilhas das Canarias, mas como nesse tempo os Portugueses ja tinham chegado ao Golfo da Guiné onde hoje fica o Ghana, a Nigeria e os Camarões, e ja ai faziam muito comércio, fizeram um acordo bilateral com os reis de Espanha ( rei D. FERNANDO e D. ISABEL , os chamados REIS CATÓLICOS, ) e esse acordo bilateral chamado o TRATADO de ALCAÇOVAS e que estabelecua que osfoi portugueses entregavam as Canarias a Espanha , mas que os Espanhois ficavam proibidos de navegar para sul das ilhas CANÁRIAS, mas depois Portugal e Espanha entraram em Guerra e os Espanhóis desrespeitaram o TRATADO de ALCAÇOVAS e enviaram uma frota de cerca de 30 Barcos ao Golfo da Guiné que foi destruida pelos portugueses e presos muitas das tripulações, mas como portugal entretanto ja tinha chegado secretamento ao Brasil e a outras partes das Americas , propôs a ESPANHA a negociacao de um outro TRATADO aquele que foi chamado TRATADO de TORDESILHAS , e que o rei português D. JOAO II , propôs que não fosse um acordo bilateral , mas fisse um acordo internacional mediado pela SANTA SE ou seja pelo PAPA e enquanto duravam as negociações do novo TRATADO entao o D. JOÃO II enviou para Espanha um espião disfarcado de italiano , que mais tarde veio a ser conhecido como CRISTÓVÃO COLOMBO , por acaso até tinha casado com a neta de um navegador italiano que tinha sido contratado por um tio avô do rei, portanto habituado a ouvir falar italiano em casa, e esse espião demorou 6 ou 7 anos a convencer a rainha ISABEL e o marido a financiar uma frota para ir descobrir a AMERICA , mas lá conseguiu convencê-la , e com o financiamento de um banqueiro português arranjado pelo dito Colombo lá consegui arranjar uma minifrota de 3 barcos e partiu sendo 2 com tripulantes portugueses ou da confiança dele e 1 barco com 17 tripulantes e nobres da confiança d a rainha ISABEL, mas antes de fazer ao mar alto foi a uma praça africana onde os portugueses estavam a ser apertados pelos mouros , foi la prestar assistencia , e depois partiu para a America e foi descobrir uma ilha no Caribe, e dos 3 barcos apenas 1 regressou ou seja aquele em que o Colombo ia, pois os outros por circunstrancias estranhas nunca regressaram, mas o Colombo quando regressou veio direitinho á ilha de Santa Maria nos Acores, onde se abasteceu de água e comida, e passou lá uns dias a confraternizar com os amigos que lá tinha.
          Depois de abastecido ele tinha agua e comida suficiente para chegar a Sevilha , mas em vez disso ele inventou que lhe apareceram uns piratas pela frente na zona da costa sudoeste de PORTUGAL e foi refugiar-se em LISBOA e esteve.ancorado neste porto drante 10 dias e nesses. 10 dias o Cristovao, Colon como de facto era chamado e não Colombo , isso de Colombo foi uma invenção feita por uma família italiana que mais de um século depois do CRISTÓVÃO COLON ter morrido colocou um processo em tribunal em ESPANHA para tentar obrigar a COROA ESPANHOLA a pagar o que estava estabelecido no acordo que foi firmado por COLON.
          Essa reclamação basearam-na nas afirmações de COLON de que teria nascido próximo de PAVIA. ora PAVIA é o nome de uma cidade italiana mas também é o de uma localidade portuguesa assim como CUBA é uma localidade portuguesa próxima de PAVIA no Alentejo em PORTUGAL, nome que o COLON e os seus companheiros deram a ILHA de CUBA.
          Portanto nos 10 dias que esteve em LISBOA o CRISTÓVÃO COLON escreveu 10 cartas a capitães de vários países do NORTE DA EUROPA que ele conhecia por serem capitães de navios que habitualmente iam carregar açúcar de cana que os portugueses produziam na ILHA DA MADEIRA , o primeiro açúcar produzido e exportadores para a EUROPA, pois antes eram usados outros adoçantes, e ele CÓLON informou esses capitães das coordenadas de LOCALIZAÇÃO da ILHAS DO CARIBE que acabava de descobrir e algumas dessas cartas ainda existem em alguns museus Europeus e ao dar conhecimento dessa localização antes de a dar a conhecer aos REIS se ESPANHA que lhe tinham financiado a viagem tem um enorme significado sobre quem era de facto o CRISTÓVÃO CÓLON e não COLOMBO como nós pretendem impingir há mais de 2 séculos.
          Está em curso uma investigação que irá provar através do ADN ou DNA que o CRISTÓVÃO CÓLON era um espião português que teve um papel fundamental na elaboração dos termos do TRATADO DE TORDESILHAS.
          M Cumptos / F A M Oliveirs

          1. Fernando, obrigado pela interessante e mais completa explicação sobre as Canárias. Quanto à questão de Colombo, creio existirem muitas teorias sobre o assunto e acredito que leve as suas a sério. No entanto, creio que o exercício que faz sobre o assunto vai para além da assertividade e peca por não esclarecer que realmente são teorias – embora com boas bases factuais – não provadas. E, no intuito de esclarecer, refiro-me por exemplo ao nome de “Colombo”, que diz ser “Colon”. Sabia você que o nome de Cristovão Colombo em espanhol (ou castelhano) não é o mesmo mas sim Cristóbal Colón (e não Colombo) ? Quanto às outras teorias, sinceramente, gostava de as ver provadas. Sempre achei que esta história tem muito mais de que se lhe diga. Cumprimentos

      3. boa noite! gostaria de receber uma cópia do seu trabalho sou Soeli Aparecida Machado filha de Antonio da Cruz machado e Mariana Ribeiro Machado, meu pai é filho de João da Cruz Machado e Maria Antonia Santiago, João da Cruz Machado é filho de Ana Fagundes e José Francisco Machado, neto paterno de José Francisco Machado e Ana Maria Rosa da Conceição. Maria Antonia Santiago filha de Antonio Manoel Santiago e Felicidade Andrade leite Santiago. Meu email soelipotocki@gmail.com

    2. Olá, amigo, boa tarde. Meu nome é: Maria Francisca Ribeiro, meu bisavô era português, chama-se FRANCISCO MACHADO RIBEIRO, nasceu em Sanches, Portugal em 09/01/1893 – Concelho de Amarantes, Distrito de Porto. Filho de Gonçalo Machado e Emília Nunes. Há muito que procuro informações de familiares em Portugal. Será que somo sparentes?

      1. NOVA CORREÇÃO :

        Francisca Ribeiro

        Favor notar no comentário anterior que TANGER e BOMBAIN foram dados pelos portugueses aos Ingleses como DOTE DE CASAMENTO da CATARINA DE BRAGANÇA.
        Saudações / Fernando A. M. Oliveira
        ++++

      2. Francisca Ribeiro
        Somos de certeza parentes e só não posso dizer em que grau pois somos os 2 descendentes do 1o MACHADO, mas relativamente ao teu bisavô nascido na freguesia de SANCHE concelho de AMARANTE distrito do PORTO em PORTUGAL queria dizer-te que podes procurar pelos antepassados dele indo através do GOOGLE a um site chamado TOMBO.PT onde tem dados de há vários séculos digitalizados por DISTRITO , CONCELHO e FREGUESIA, mas convém saber a data em que ele nasceu ou foi batizado ou então quando casou , pois se não a pesquisa é muito mais demorada.
        Nesse site estão sendo colocados dados desde 1580 até 1911 quando foi estabelecido o REGISTO CIVIL criado pelos REPUBLICANOS quando tomaram o poder em 1910.
        Um abraço / Fernando A. Machado de Oliveira.

    3. Olá, amigo, boa tarde. Meu nome é: Maria Francisca Ribeiro, meu bisavô era português, chama-se FRANCISCO MACHADO RIBEIRO, nasceu em Sanches, Portugal em 09/01/1893 – Concelho de Amarantes, Distrito de Porto. Filho de Gonçalo Machado e Emília Nunes. Há muito que procuro informações de familiares em Portugal. Gostaria de saber mais informações.

      1. Francisca Ribeiro / Fernando A. Machado de Oliveira

        Francisca
        Somos de certeza parentes embora eu não possa dizer em que grau , mas numa simples análise da combinação dos sobrenomes MACHADO e RIBEIRO posso dizer que somos parentes mais próximos através do MACHADO do que do RIBEIRO embora o primeiro de sobrenome MACHADO tenham casado com uma trineta do Conde MONIO OSORES ( filho do Conde OSÓRIO de CABREIRA e RIBEIRA ) que foi o progenitor avô do primeiro RIBEIRO , o Nuno Pais Ribeiro , que foi irmão de uma senhora muito conhecida em PORTUGAL chamada MARIA PAIS RIBEIRA , por alcunha a RIBEIRINHA , uma senhora que teve 6 filhos do rei português D. Sancho I , e 3 filhos do marido, mas diga-se em abono da senhora que ela só casou depois de ter os 6 filhos do rei Sancho, um rei que também dizem ser pai do avô do segundo MACHADO que tornará provavelmente todos os MACHADO também descendentes deste 2o Rei de Portugal.
        Portanto somos parentes mas o grau poderá situar-se entre as 20 e as 30 gerações ou seja primos entre 20 e 30 graus de parentesco, mas poderá ou poderia ser mais curto se houvesse capacidade de estabelecer as árvores genealógicas completas dos 16 TRISAVÓS e depois continuar, mas isso é praticamente impossível , pois as árvores desse gênero só num grau muito limitado de pessoas será possível conseguir, mas FRANCISCA se tens interesse em obter informações para continuares a tua árvore dos antepassados do teu bisavô FRANCISCO MACHADO RIBEIRO sugiro que vás a um site chamado TOMBO.PT onde por Distritos, Concelhos e Freguesia se podem obter elementos dos registos nos livros paroquiais nalguns casos desde a 2a metade do século XVI , mas que no que respeita ah freguesia de SANCHE tem lá registos de batizado, casamento e óbito desde 1689 até 1911 data em que os Republicanos em PORTUGAL no seguimento da implantação da REPÚBLICA em 1910 ( implantação feita por um MACHADO chamado ANTONIO DE AZEVEDO MACHADO SANTOS ) criaram um REGISTO PUBLICO , o ARQUIVO NACIONAL de IDENTIDADE que dispõe de todos os registos depois de 1911 e que podem ser obtidos através de um simples requerimento aos serviços do ARQUIVO ,, mas pago.
        Assim quem sabe se através dessa pesquisa anterior a 1893 possa ir desembocar na árvore genealógica dos varões MACHADO que existe na internet entre cerca de 1200 em que houve o primeiro com sobrenome MACHADO até ao século XX ou mesmo início do XXI , embora os previlegios e prerrogativas e vantagens dos varões do passado tenham terminado parcialmente primeiro com a Revolução Liberal nos anos 30 do século XIX e depois em definitivo …. com implantação da República em 1910, mas eu por acaso disponho da árvore completa dos varões MACHADO mas também dos nomes e das árvores genealógicas das mulheres de todos os varões MACHADO desde cerca de 1100 até 1500 que é o período em que a minha árvore genealógica pessoal ( e dos meus cerca de 200 a 400 de meus irmãos e primos de entre 2 a 4 grau que ainda somos vivos neste momento é que está disponível na internet ) encaixa na árvore genealógica dos varões MACHADO que já descrevi no outro texto acima.
        Assim se fizeres a pesquisa dos antepassados do teu avô poderás vir a encontrar a tal árvore varonil dos MACHADO e para tua informação há cerca de 1 mês fui dormir a instalações pertencentes ao CASTELO DO CASTRO em AMARES / PORTUGAL , um CASTELO que foi entregue ao varão PEDRO MACHADO pelo rei AFONSO V em 1453 e ainda está na mão da família MACHADO, embora por ter havido 2 quebras de varonil ( 2 gerações de mulheres ) hoje já não tem sobrenome MACHADO mas são ainda os descendentes do PEDRO MACHADO , um homem que morreu em combate em TANGER em MARROCOS no Norte de África, quando com outros guerreiros escalava a muralha da cidade marroquina que caiu na posse dos portugueses e que esteve na sua mão por cerca de 200 anos até que foi oferecida aos Ingleses como fonte de casamento da princesa portuguesa CATARINA DE BRAGANÇA que se tornou a mulher do rei CARLOS II INGLATERRA , a mulher que introduziu em INGLATERRA o hábito de tomar o chá das cinco, mas os ingleses em menos de 20 anos perderam a posse de TANGER, e nesse site também foi o pequeno Estado Português de BOMBAIN na ÍNDIA que mais tarde serviu para os ingleses ocuparem outras partes da INDIA e terem transformado a INDIA numa colônia BRITÂNICA, exceptuando os pequenos Estados que os portugueses mantiveram na ÍNDIA até depois deles se terem tornado independentes dos Ingleses.
        Bom por hoje é tudo.
        Saudações / Fernando A. Machado de Oliveira

      2. CORREÇÃO :

        Francisca Ribeiro

        Favor notar no comentário anterior que TANGER e BOMBAIN foram dados pelos portugueses aos Ingleses como fonte de casamento da CATARINA DE BRAGANÇA.
        Saudações / Fernando A. M. Oliveira
        ++++

      3. NOVA CORREÇÃO :

        Francisca Ribeiro

        Favor notar no comentário anterior que TANGER e BOMBAIN foram dados pelos portugueses aos Ingleses como DOTE de casamento da CATARINA DE BRAGANÇA.
        Saudações / Fernando A. M. Oliveira
        ++++

  23. SOU NETO DE FRANKLIN MACHADO, NÃO TENHO O SOBRENOME MACHADO, MEU PAI CHAMAVA-SE ROBERTO MACHADO E ERA CARIOCA.MINHA AVÓ CHAMAVA-SE GENOVEVA CRISTINA.SE VOCE TIVER PARENTESCO COM OS MEUS AVÓS, POR FAVOR ME INFORME.

    1. Bartolomeu Nunes Machado, vindo de Vila Viçosa, casou em Almofala (distrito da Guarda) com Isabel Nunes em 1659, dando origem à familia Nunes Machado. Pode ser a sua. Se digitar no Google, REGISTOS PAROQUIAIS, pode encontrar muitos antepassados portugueses.
      Boa Sorte

  24. Me chamo Willian Machado, sou do Pará de uma cidade de 393 anos, Gurupá.. Sou neto de Ademar da Silva Machado, filho do Capitão José Machado.

    Obrigado pelas infos sobre a origem do nosso sobrenome.

  25. Meu nome e neymar machado estou procurando minhas origens sou de palmas parana os meus familiares moravam em canoinhas gostaria de saber se e facil para fazer cidadania portuguesa

  26. Pelo que vejo a maioria dos Machados nasceram aqui na Bahia,fico feliz por isso .esse sobrenome e poderoso da-lhe Machado bjos familia.

    1. Rita Machado Santos
      Fica sabendo que em Portugal foi um Machado Santos. ( ANTÓNIO MARIA DE AZEVEDO MACHADO SANTOS ) que foi o comandante dos revoltosos que derrubaram a Monarquia em Portugal no dia 5 de Outubro de 1910 , e se tornou a figura mais importante da Historia do seculo 20 em Portugal , e nesse tempo tambem houve o presidente da República BERNARDINO MACHADO que foi 2 vezes presidente da Republica, um homem por acaso nascido no Brazil.
      Saudações
      Fernando A.M. Oliveira

    1. Meu bisavô se chamava Firmino Gomes Machado, meu avô Antonio Firmino Machado e eles eram da região entre Avaré e Ibirarema no estado de São Paulo

      1. Olá … achei muito interessante ter o mesmo sobrenome que Você. .. Sou Gomes Machado. Porém Machado é paterno e Gomes Materno. Moro no Paraná.
        Sei que meu Avô Ugulino Francisco Machado , veio da Bahia , se fixando em Minas e depois no Paraná.
        Abraços.

  27. meu nome é adenircio da silva machado , tenho muito orgulho desse sobrenome , meu avô é carioca mas não tenho nenhuma informação de sua família lá do rio de janeiro , gostaria de saber mais sobre ele , pois quando veio para o estado de são paulo ele era ainda solteiro

  28. Ana Machado, 28 anos, advogada. Nascida em Irecê Bahia. Moro em Goiânia há 14 anos. Muito orgulho do meu sobrenome Machado. Sou candidata a vereadora aqui. Candidato a prefeito também é Machado. Meu whatsapp é (62)98275.5604

    1. Ana, tudo bem? alguem da sua linha paterna avô ou bisavô tinha naturalidade portuguesa? meu pai nasceu em irece BA e estou fazendo busca das certidões destes,com fé que o meu bisavô de 1800 e alguma coisa tenha algo de portugal! (preciso da cidadania portuguesa para morar lá)
      agradeço a atenção!

    2. Boa tarde Ana… sou Machado também pelo lado Paterno. Meu Avô Ugulino Francisco Machado. Veio da Bahia… salvo engano , cidade de Rio de Contas.
      Depois foi para Minas e casando por lá , passou a viver e constituir Família no Paraná.
      Abraços

  29. Meu nome e MAIKON DA SILVA MACHADO erdado de meu pai ROBERTO DA SILVA MACHADO sou o único dessa geração qe repassou o sobrenome completo da familia aos meus filhos chamados GABRIEL RICHERD DA SILVA MACHADO e KAMILLY VICTÓRIA DA SILVA MACHADO
    Valeu familia

  30. Eu sou Elias Pacheco machado, minha mãe paulista meu pai baiano , sobrenome machado vem do meu pai..
    Adorei ficar sabendo da nossa origem e gostei muito dos comentários..

  31. adorei saber e conhecer o brasão da familia Machado ,e pricipalmente saber que tenho origem de portugueza um país para mim muito importante ,apesar de não conhecer,tambem por fazer parte na nossa historia !do Brasil!espero um dia realizar o sonho de ir a potugal !!bjs a todos da familia Machsdo

  32. Luis Enrique de Brito Machado

    Nossa família é de Miguel Pereira, pequena cidade do Estado do Rio de Janeiro.

    Família Grande….

    Um abraço aos Machados do Brasil….

  33. Bom pelo q entendi o texto e os comentários , a família Machado desde sua origem é uma só , então se pesquisar- mos acabamos ser todos parentes!

  34. Adorei saber do nosso sobrenome machado q vem de geração em geração um sobrenome tão forte um abraço para todos machados.

    1. , filho de : Abelardo Ribeiro Machado e Maria Carvalho Machado eles nascido em Florianópolis e Imaruí na ordem, abraços a família MACHADO.

      1. Minha bisavó é de Imaruí, meu avô antes de falecer me contou que o pai dela de sobrenome Machado veio de Portugal, era uma espécie de caixeiro viajante e passava longos periodos longe, assim sendo ,acredito que possivelmente ele deva ter tido outros filhos pela região…

    1. Sempre achei meu nome comum. Uma vez perguntaram como me chamava e eu disse: Antonio Carlos Machado. E a pessoa disparou: que nome lindo! Num primeiro momento fiquei meu embasbacado, sem ação. Depois gostei muito. No entanto, meu nome ficaria mais bonito e poderoso se meu pai tivesse colocado o sobrenome da minha mãe. E seria: Antonio Carlos Grazziani Machado.

  35. Até onde eu sei, herdei o sobrenome Machado do meu bisavó paterno, Manoel José Machado esposo de Ana Rosa Trindade, ambos são naturais do estado da Bahia e estimo que o nascimento deles foi entre 1888 e 1910, pois creio que quando o meu avô nasceu em 1928 eles deviam ter cerca entre 18 e 40 anos quando mudaram-se para Medina-MG

  36. Hahaha eu já sabia! Fiz uma pesquisa da árvore genealógica. E meu bisavô veio diretamente de Coimbra para o Brasil. Muito orgulho dessas origens. ❤️

  37. Antonio machado agora eu com 37 anos vim fica sabendo a origem do meu sobrenome interessante suspeitava q meu sobrenome por traz dele tinha algo mais …

    1. As ilhas Canárias foram disputadas entre Portugueses e Espanhóis até finais do séc XV. Portugal deixou de reivindicar o território nas negociações do Tratado de Tordesilhas. Isto para Portugal poder exercer direito a terras mais a oeste. Nomeadamente, o Brasil. Tente conhecer a História antes de a por em causa.

    1. Boa noite! Meu nome é Neusi Machado. Segundo informações meu bisavô se chamava Rafael Machado e veio do Uruguai. Passou a morar em Encruzilhada do Sul-RS. Seu filho, meu avô Valdomiro Machado mudou-se sozinho para São Lourenço do Sul-RS e aqui constituiu a família a que pertenço.
      Estou orgulhosa de poder dividir com vocês essas curiosidades sobre nosso sobrenome.
      Se alguém tiver conhecimento de uma história que se identifica com a minha, por favor faça contato pelo Facebook.
      Abraços,
      Neusi Machado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *