Família Rech

A familia Rech é pouco conhecida no Brasil. Por aqui este é considerado como um sobrenome raro, mas não impossível de se encontrar. Se você é descendente dessa família, vai gostar de saber mais sobre a história de origem, curiosidades e brasão dos Rech. Confira logo abaixo.

O sobrenome Rech, assim como tantos outros, não surgiu no Brasil, por uma simples razão de que o Brasil foi colonizado e habitado primeiramente por estrangeiros. Dessa forma, os sobrenomes vêm de outros países e acabam ganhando popularidade uma vez que os imigrantes fizeram do Brasil sua nova morada.

Origem da família Rech

Este é um sobrenome de origem italiana, considerado como patronímico, pois deriva do nome próprio do fundador deste tronco familiar. Sua origem vem do nome germanico Harik – derivado de Haria e que tem, significando de exército, povo em armas ou guerreiro.

Seu Latim é Ariccus. Posteriormente, evoluiu-se para Arecco. Nas áreas alpinas se reduziu a Recco e suprimiu-se a vogal final, fenômeno típico destas regiões, dando como resultado final Rec e Rech.

Ele se definiu como sobrenome através da expressão Filius Quondam Rech, ou seja, Filho do Senhor Rech, passando posteriormente esta denominação aos demais descendentes desta familia. Ele se difundiu pela Europa por conta da fácil locomoção, migração entre os países.

Curiosidades

Existe um sobrenome (Reck) que pode ser confundido como variação deste que estamos tratando devido à sonoridade parecida. Vale ressaltar que este possui origem e história diferente e não pode ser associado aos Rech.

Variantes do sobrenome Rech

Este sobrenome é pequeno e simples. Por esta e outras razões, não foram encontradas outras grafias para o mesmo. Desde que se firmou como Rech ele vem sido passado aos descendentes dessa maneira.

Brasão da Família Rech

Foram encontrados dois brasões para Rech. No entanto, somente um deles está relacionado à família Rech. O outro brasão representa uma cidade Alemã que possui o mesmo nome. Para esta cidade, não foram encontrados indícios de que ela possa ser origem toponímica do sobrenome.

O brasão da família Rech é feito de um escudo vermelho com três cruzes em ouro. O mesmo também possui duas faixas na diagonal que vão até o meio do escudo se encontram nas pontas. Estas são feitas de prata.

Compartilhe com seus amigos...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

74 respostas para “Família Rech”

  1. Sou filho de Gilmar Rech , Neto de Faustino Rech , Neto de Graciosa Zim Rech , bisneto de Guerino Rech e Augusta Lize Rech e sabemos que há muitos Rech pelo mundo Eu, Gilmar, Faustino, Graciosa , moramos em ERECHIM/RS e quem é Rech comvidonos pra um encontro de família

  2. Ola sou neta de abel rech e rosa rech. Filha de adelino rech e joanna boff rech viemos da linha nova gramado. O sobrenome meu e dos meus irmaos foi escrito errado qdo fossos registrados.

  3. Eu sou Igor Rech,filho de Célio Rech , meu avô romano Rech e meu bisavô fioravante Rech,Todos da cidade de São Marcos,mas eu moro em Florianópolis

  4. meu nome é Sandra Rech, filha de Algemiro Rech, neta de Vicctorio Rech, bisneta de Jose Rech eu moro em Toledo PR, minha familia veio de Guaporé RS, estaremos realizando um encontro da familia RECH no dia 04 de agosto de 2018, em TOLEDO- PR, queremos reunir o maior numero de pessoas possiveis da familia, para podermos conhecer os parentes…. caso alguem se interesse so mandar um watss para 45 999282322

    1. Olá, sou Jair Rech – filho de Alvorino Rech. Dois dos meus tios, Noé e Idalino Rech moravam em Toledo. Meu nono se chamava Sabino Rech. Moro em Missal – Paraná – Brasil. Abraço.

    2. Sou Valter rech filho de aquelino rech e neto de João rech,tbm vieram de Guaporé RS para Xavantina SC,eu hj moro em faxinal dos guedes SC,aqui na nossa região tem muitos rech!!!!

  5. Sou tataraneta de Giovanna Rech e Francesco Cit. O meu bisavô que veio para o Brasil fugido da guerra se chama Giovanni Maria Cit. Alguém teria alguma informação?

  6. Correção: Sobrenomes tidos como italianos, que terminam em consoante, são, na verdade geralmente alemães (Rech, Boff, Voges) ou franceses (Lisot, Sachet). O fato é que algumas dessas famílias migraram para regiões limítrofes da Itália. O sobrenome Rech, em verdade nem alemão é, e sim judeu, como Nedel, Reichert, Lowenthal, etc…

    1. Olá Vando . Sou descendente de Vittore Rech, nascido em Seren del grappa, comune do norte da Itália, próximo a fronteira da Áustria. Gostaria de saber saber sobre a informação que tu deste com relação a família Rech e a origem judaica. Onde posso pesquisar sobre o assunto? Como conseguiu esta informação?
      Desde já agradeço, Aline.

      1. Olá aline. Me chamo Severino Rech neto meu bisnono se chama geovanni Baptista rech ele é de serem Dell grappa já tenho minha cidadania há 10 anos ok

        1. Meu avo se chama Giovanni Baptista de Seren del Grappa. Meu pai seu filho se chama Alcides Rech nasceu em Guapore. Giovanni( Joao Rech) faleceu em Colorado RS. Meu nome e Lucia Rech, moro em Porto Alegre, RS. Estamos providenciando documentos para cidadania. Gostaria de receber informaçoes sobre o documento certidao de casamento de Giovanni que deve ter sido em cCaxias do Sul.

  7. Olá. Meu avô foi Jacob Rech, de Harmonia/RS e deve ter tido mais irmãos. Meu bisavós foram João Rech e Carolina Rech. Gostaria deter contato com algum desses parentes.

      1. Olá. O Jacob Rech teve 15 filhos que são, Hélio, Alcido, Nilce, Marta, Vera, Lene, Léo, Oscar, Paulo, Eli, Ernesto, João, Luís e Maria Ana. Tua família reside em que cidade?

  8. Sou da família Rech .meu bisavô era Albino Rech .meu avô Santin Rech. Meu pai Antônio Rech, ele tem um primo segundo que mora na Itália que tem o nome Olir Rech foi onde meu pai colocou meu nome de Olir João Rech. Gostaria de saber de mais parentes. Meu avô tinha uma irmã que se chamava Esperança. E a outra irmã era Josepina e o irmão do meu bisavô era João Rech.

  9. Sou Rech (checonet) de origem italiana, seren del grappa.
    Vieram para Caxias do Sul em 1878 . Meu tataravô era Vittore Rech, bisavô Pietro Rech, avô siro Rech, pai Adelino rech….

    1. Paulo, estou ajudando um amigo, Valmor José Rech, em seu processo de cidadania.
      Trisavô: Vittore(Vitor) Rech
      Bisavô: Pietro Rech
      Avô: Giuseppe Rech ( Provavelmente irmão se Siro)
      Pai: Pedro Raimundo Rech

      Deixo meu e-mail para trocarmos umas ideias, pois me faltam algumas informações.
      Grazie Mille
      clbcaxias@gmail.com

      1. Oi pessoal! Tudo bem? Me chamo Luana Rech e gostaria de mais informações sobre a minha descendência, graus mais distantes da família. Minha família mora próximo a Ana Rech, avô José Rech Neto e avó Fiorentina Bonatto Rech, se vocês tiverem uma luz para me dar de como conseguir fico muito grata. Abraço.

  10. Minha família Rech veio para Jaraguá do Sul ficando num lugarejo conhecido por Itapicuzinho. Meu avo faleceu em Canoinhas depois da separação. Meu pai, Olavio Rech, sempre falava que uma parte de seus familiares, quando vieram da Europa, foram para o Rio Grande do Sul e outra parte veio para Santa Catarina. Atualmente moro em Palhoça SC.

    1. Olá, sou Rubia Rech, filha de Cezio Rech, neta de Fermino Rech, bisneta de José Rech, da cidade de Ouro. Resido na cidade de São José – SC.
      Tataravó nascido em Seren del Grappa, sr. Giovanni Rech

  11. existem rech de origem italiana /alema austriaca/ iunguslava como esses paises todos fazem fronteira devemos ter um parentesco

  12. ola me chamo daniel estou em busca de informaçoes de giovanni rech segundo casado com domenica ganzer falecidos em maquine rs naturais da italia serem del grappa belluno 48 996981797

    1. Olá Daniel,sou de Maquiné -rs o meu vô era Romeu Rech,filho de Elvira Barcarrollo Rech e José Rech será que fazem parte das mesmas famílias? Sei lhe informar que aqui tem muitos Rech principalmente na localidade,chamada Barra do Ouro! abraço

  13. Sou neta de José Rech,meu pai Eugênio Rech, natural de Vera Cruz, descendência alemã! Sabia que Rech vem da Alemanha.Apos guerra espalhados pela Itália e Austria! Minha família reside na região das missões, rs

  14. OLA SOU MÁRCIO PEDRO RECH. DE ERECHIM RS GOSTARIA DE SABER SE ALGUÉM CONHECE OU INFORMAÇÕES SOBRE ……….NATAL OU NATALE RECH.. E SUA ESPOSA FIORINDA RECH. PAIS DE BENEVENUTO RECH NATURAL DE CAXIAS, SEPULTADO EM ERECHIM RS.
    PROCURO DADOS DE QUE REGIÃO DA ITÁLIA VIERAM.
    OBRIGADO. 5499356865.

    1. Márcio,
      veja o Grupo Reche’s em Festa na minha página no facebook (Gelmir Gutier Reche). Lá tem essas informações. Natal era primo do meu avô Miguel Reche. A família veio de Ênego, região do Veneto na Itália. eu estive lá. eles vieram para Fagundes Varela, no interior de Veranópolis.

  15. ola pessoal alguém de vcs tem parentesco com Deolinda rech dos santos era bizavo de minha mulher gostariamos de conhecer um pouco da familia

  16. Pra começar ,Tu e um bosta Lucas.pra mim teu pai tinha que ter batido uma punheta.C nao gostou problema e teu. Meu nome Evandro Rech. E tenho orgulho em ser um Rech. Vera Cruz.Rs.

  17. Nossa família e descendente de italiano meus avós paternos eram
    Matilde Tirol e
    Santim rech
    Meus pais
    Antônio rech e maria h p da s rech
    Acredito assim q somos da terceira geração.
    Meu pai natural de caçador _sc

    1. Oi, Rossana. Sou Jose Luis Rech de são Paulo. Meu pai, Sady Rech nasceu em passo fundo.
      Sei que ele tinha doze irmãos mas não sei o nome. Conheci o tio Tatin, tia Cecília…. Você conhece alguém? Abraços.

  18. Sou de São Marcos RS.Originalmente meus ancestrais vieram da Áustria para a Itália (Serem del Grappa) onde moraram por 400 anos antes de virem para o Brasil. Aqui temos uma numerosa família

    1. Olá Valmir… sou neta de Cecília Rech, que casou com Albino Deitos em São Marcos.
      Será que vc poderia me informar se temos algum parentesco???
      Meu Bisavô era Quinto Rech e estou precisando saber de que região da Itália ele veio. Se puder me ajudar agradeço.

  19. Meu nome é Alekesandro Rech moro em Matelânida -PR, filho de Manoel Batista Rech natural de Bom Jesus – RS filho de José Rech o qual não sei informar a origem, toda via sei que meus bisavós vieram de Genova na Itália.

  20. Minha família é a 4ª Geração de Rech ´s no Brasil, meu Tataravô Jacoob Rech veio da Alemanha para o Brasil, desconheço a cidade de origem, mas sei que aportaram em Santa Catarina.

  21. O tataravô do meu pai era Nicolau Rech,veio da alemanha como soldado do exército do império,veio para servir o Brasil recrutado pela imperatriz Leopodina no ano de 1825,

    1. Oi Leonardo meu tetravô era também Nicolau Rech casado com a Magdalena Ludwig, naturais da Prússia, e tiveram uma filha chamada Helena Rech ou Maria Madalena Rech (esta é minha trisavo] que casou com o José Rauber de Tholey na Prússia, e tiveram o filho
      José Rauber Filho, entre outros filhos, e este meu bisavô José .rauber .filho casou com A Maria Tereza Junges Rauber, e assim sucessivamente….e a família Rauber um ramo se instalou em São Sebastião do cai, São José do Hortêncio, feliz, alto feliz…Sei que tem muitos .rech em .caxias do
      Sul, pois tem um bairro ou distrito chamado Anna Rech. E estou pesquisando sobre a família também. Meu contato marcianutric@gmail.com abraço

    1. Olá… Então seu pai é irmão do meu avô Albino Rech… Morávamos em Marechal Cândido Rondon PR,,, eu não havia encontrando nenhun parente pois meu avo veio de Trombudo( vale do sol), a muitos anos e não teve mais notícias de todos irmãos… Mas sei que Albano é irmão….. Gostaria de conhecer meus parentes…

    2. Danilo, o Aloisio era meu Bisavo também. Pai do Arlindo Rech meu avô e irmão do seu pai Albano. Meu pai é Bruno Rech, reside em Alecrim – RS. Eu atualmente moro em Cuiabá – MT. mail (davirech@msn.com)

  22. Gostei da história, sendo que meu pai é de Antônio Prado e meu avô desembarcou no Brasil ainda bebê e aqui nesta região da Serra encontramos muitos Rech mas não sei a que grau de parentesco.

  23. è bastante complicado, familia Rech, vem da Italia, Austria, Yuguslavia, Alemanha. Meu pai, desembarcou em Santos em 25 de dezembro 1923, nada encontrei até agora um parente mais proximo de minha familia

  24. Hum, será que é isso mesmo? rsrs Mesmo assim sou um fruto da descendência Rech,
    e lhes digo… Busquem ao nosso Salvador, pois o tempo está próximo.

    Abraços !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *