Família Ricoldi/Ricordi

Os Ricoldi/Ricordi não são família muito conhecida. Estes provavelmente são descendentes raros não só no Brasil, como também em outros países. Confira abaixo algumas das poucas informações que conseguimos deste sobrenome.

O sobrenome Ricoldi/Ricordi, assim como tantos outros, não surgiu no Brasil, por uma simples razão de que o Brasil foi colonizado e habitado primeiramente por estrangeiros. Dessa forma, os sobrenomes vêm de outros países e acabam ganhando popularidade uma vez que os imigrantes fizeram do Brasil sua nova morada.

Origem da família Ricoldi/Ricordi

As informações sobre o sobrenome Ricordi são realmente muito restritas. Das poucas coisas que conseguimos encontrar, há informações que sugerem que este seja um sobrenome de origem patronímica, vinda derivada de um nome próprio, geralmente do patriarca, fundador do tronco familiar.

Sobrenomes com informações restritas geralmente são os que origem mais recente. Este aparentemente parece ter uma origem muito nova e por isso não se sabe muito sobre ele. Com a sua recente aparição, vem também a falta de descendentes e de história, uma vez que seus primeiros portadores também são pessoas que podem até mesmo ainda estarem vivas.

Há também a remota possibilidade de que este seja um sobrenome muito antigo, a ponto de estar praticamente extinto. Por este motivo também não são encontradas muitas informações sobre esta família.

Ao que se sabe, Ricordi é de origem germânica. Aparentemente este é um derivado de Ricardo e daí se tirou o sobrenome de um nome próprio. Seu significado é Poderoso Senhor.

Variantes do sobrenome Ricoldi/Ricordi

Das variantes deste sobrenome podemos destacar somente as grafias apresentadas. Ricoldi ou Ricordi podem ser as mais encontradas. Uma versão mais voltada para o português traz a forma Ricorde ou Ricolde.

Brasão da Família Ricoldi/Ricordi

Por não ser uma família tão conhecida, os Ricoldi/Ricordi também não possem um brasão de armas reconhecido. Pelo seu recente surgimento, pode ser que este exista, só não foi ainda reconhecido como o brasão oficial das armas desta família.

Por falta de informações, não se sabe nem ao certo como pode ser constituído um brasão desta família. Em alguns casos mais específicos de origem é possível se ter uma ideia de a que o brasão faz referencia, mas quando esta origem é de um nome próprio, fica bem difícil.

Compartilhe com seus amigos...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

45 respostas para “Família Ricoldi/Ricordi”

  1. Eu também sou Ricordi, meu bisavô era Ângelo Ricordi, casado com Clotilde Monari Ricordi, meu avô João Ricordi, e meu pai Ângelo Ricordi, todos já falecidos e enterrados em Ipaussu SP, também procuro saber mais sobre nosso sobrenome, pois não sei qual escrita que está certa Ricordi ou ricoldi, na internet tem poucas informações sobre o sobrenome. Sei que tem alguns em Carlópolis, mas não tenho muitas informações .

  2. Eu também sou Ricordi, meu bisavô era Ângelo Ricordi, casado com Clotilde Monari Ricordi, meu avô João Ricordi, e meu pai Ângelo Ricordi, todos já falecidos e enterrados em Ipaussu SP, também procuro saber mais sobre nosso sobrenome, pois não sei qual escrita que está certa Ricordi ou ricoldi, na internet tem poucas informações sobre o sobrenome. Sei que tem alguns em Carlópolis, mas não tenho muitas informações .

  3. Nossa, pessoal… que lindo ver que a família Ricordi/Ricoldi apesar de não ser tão grande, ainda tenta buscar seus elos.
    Claudinei… acho que somos da mesma parte da família: Valentim Ricordi! E acredite… eu tenho as certidões de nascimento e casamento dele!
    Minha busca começou em 2004, desenhei nossa árvore genealógica, liguei, conversei com varias pessoas… já bati até na porta da parte restante da família Ricordi na nossa terra natal: Itália!
    É história pra um livro!!!!
    Também procuro a certidão de óbito do Valentim Ricordi; alguém sabe onde ele faleceu ou onde morava naquela época?
    Me mande WhatsApp para conversarmos: 21-96946/7676

    1. Bom dia,tbm sou seu primo poderia enviar uma cópia dessas certidões para mim ou o Claudinei nosso primo,tbm estamos a bastante tempo tentando descobrir sobre nossa família e vc é a parente que mais tem informações concretas,meu e-mail [email protected] ou para o nosso primo que criou esse fórum sobre nossa família.

  4. Rodrigo como vai ? tudo bem? me envie novamente seu telefone pois perdi tudo que estava no meu celular meu email para algum ricoldi ou ricordi interessado na história da familia é [email protected] estou atras de documentos e já consegui chegar no certidão de nascimento do meu avô , luiz constantino ricoldi em 1896 . ele era irmão de Angelina ricoldi e mais 8 que estou conseguindo localizar , a Angelina era a segunda filha do Valentim . nasceu em Altinopolis , estou aguardando documentação dela .

  5. Maria José de Moraes Zanferrari, sou neto de Angelina Ricoldi, filho do Raul, sua mãe criou meu pai depois que a vó Angelina faleceu.

    Rodrigo, acho que somos primos!

  6. Terezinha Casaca , pelo que vi aqui você foi a mais próxima do meu bisavô , Valentim. precisaria de saber onde ele nasceu na ítàlia , cidade de origem , onde casou e o seu óbito . se tiver algum documento ou informação de onde conseguir agradeço meu fone 14 997080101 whatsapp,

  7. Rodrigo tem ai um comentário de Terezinha casaca ,ela é neta dele. talvez seja o elo mais próximo . Ele faleceu segundo meu pai em são paulo

  8. Alguem ai descendente como eu de de Valentim Ricoldi que possa me ajudar a encontrar onde foi registrado seu óbito qdo de sua esposa para uma eventual cidadania italiana,obrigado.

  9. Entao seu pai seria irmao da minha avó Angelina,não sei a data ao certo pois o que sei e que ela nasceu no navio vindo para o Brasil e calculei 1919 pois aos 25 anos de idade dela nasceu meu pai ela deve ter falecido entre 1945 a 1950 aos 30 anos mais ou menos,poderia me enviar essa foto para o meu email.

  10. Rodrigo acredito que a data de 1919 não está correta , pois meu pai nasceu no Brasil em 1920 e ele me disse que meu bisavô valentim faleceu aproximadamente aos 93 anos de idade na cidade de São Paulo . existe uma foto de familia de 1928

  11. Maria josé sou claudinei . Gostaria muito de conhecer você e toda a sua família . Meu pai sempre mencionava o nome da tia zoraide que é a sua mãe , porém eu por ser o menor nunca tive a oportunidade de conhece-los mas acho que chegou a hora , vou te ligar e agendaremos uma visita .tive a oportunidade de conhecer dois irmãos do vovô constantino e inclusive tenho fotos do tio altino e sua família que moram em Artaraquara quando estive lá ele me deu estas fotos . teremos muito pra falar . um abraço a todos . DEUS vos abençoe não moro em Lins , porém tenho meus irmãos aí e quando for te ligo . Espero por este momento e continuo sempre orando por todos nós. Teu primo pode me chamar de Ney

  12. Eu sou Maria José , neta de Luis Constantino e filha da Zoraide Ricoldi Moraes. Moro em Lins. Sou casada . Ente em contato comigo Terezinha 14 35231814.

    1. Maria José de Moraes Zanferrari, sou neto de Angelina Ricoldi, filho do Raul, sua mãe criou meu pai depois que a vó Angelina faleceu.

  13. Francielle na verdade nós somos uma nação, pelas minhas pesquisas o mais antigo encontrado com este sobrenome foi em 1206 na Irlanda , porém tudo indica que a origem mesmo é Alemanha passando muito forte pela Itália de onde vieram alguns para o Brasil . no Brasil a raiz da familia é AUGUSTO E VALENTIN . com certeza somos todos irmãos . ORO POR TODOS NÓS HÁ 27 ANOS .C. D .RICOLDI. Sou de Lins, Abraços a todos com a bençaõ do Senhor

  14. Quantos Ricoldi’s amo esse sobrenome, e esse família sem dúvidas possui personalidades fortes rs. Sou filha de Ailson Carlos Ricoldi, filho de Sebastião Ricoldi e Virgulina Pereira. Deus Abençoe a todos família.

  15. Olá Alexandre . você é de que cidade ? Realmente na familia do tio altino havia quando fui lá em meados 1992 ium genro que era policial , pena que depois do falecimento dele no mesmo ano perdi o contato , pois mudei de cidade

  16. Sou filho de Antonio José Ricordi e meus avós são Umbelina e Vicente. Fui também visitar o Sr. Altino em Araraquara, casa que inclusive tinha um piano. Lembro me também que nesta cidade tinha algum parente que era policial.

  17. oi Maria José demorei para retornar . porém aqui estou , e muito feliz por saber de vocês. por ser o mais novo de casa só sei da familia pelo que meu pai falava , porém tive algumas felicidades : estive em Araraquara e conheci Altino Ricoldi que é irmão do nosso avo Constantino e pude conhecer por meio de fotos antigas que ele possuia todos os irmãos Ricoldi da época ( foto de 1910) Quando for à Lins entro em contato . tenho algumas fotos também que levarei . tenho 4 irmãos que moram em Lins e 2 em valinhos / vinhedo . sempre gostei muito de saber sobre a familia por isso digo mais uma vez fico muito feliz e sempre me lembrarei de todos nas minhas orações à DEUS e agora tenho mais um nome para mencionar pra ELE . um grande abraço que DEUS abençõe . até breve

    1. Ola Claudinei, foi muito legal ler sobre a familia Ricoldi, a minha mãe chamava-se Apparecida Ricoldoi, filha de Arthur Ricoldi, gostaria de obeter msiores infromações

      1. olá carlos vôcê é de que cidade ? nunca vi falar em artur ricoldi , porém todos com este sobrenome sem dúvida são parentes se for possível me fale mais sobre sua mãe seus para ver se achamos algo proximo em comum.

  18. Boa noite Claudinei, foi bom te encontrar. Somos sim primos legítimos . moro em Lins e o tio Albertino faleceu e o filho dele não me avisou.

  19. Leonardo seu bisavô é meu tio , irmão de meu pai na cidade de Lins , lamentei muito a morte dele pois não houve tempo de fazer~lhe a última visita , ele faleceu em 7 de setembro de 2014

  20. Zoraide Ricoldi é irmã de meu pai Geraldo Ricoldi, também há os irmãos Albertino Ricoldi , Osvaldo ,benedito , Diva . Portanto Maria josé de moraes zanfererrari , somos primos diretos fico feliz se quizer entrar em contato estamos a disposição. Estou na cidade de Botucatu São Paulo

  21. Eu sou Terezinha Casaca, filha de Laurinda Ricordi Casaca e filha do vovô Valentim Ricordi. Meus primos estão no interior de São Paulo. Fiquei muito feliz quando meu sobrinho Leonardo me passou este endereço.
    Minha mãe me falava sobre estes familiares mencionados e sobre a tragédia que ocorreu na vida deles.

    1. terezinha por favor voce pode me ajudar, pelo que vi aqui voce é a mais proxima do Valentim , precisava de saber onde ele nasceu , onde casou e o seu obito . estou trabalhando para requerer a cidadania italiana . sou bisneto dele

  22. Valentim e augusto ricoldi partiram da Itália , Calábria , com suas famílias e outros irmãos que não estão identificados por nenhum registro até o momento .
    Valentim e Augusto chegaram ao Brasil e se instalaram na região de Ribeirão Preto,Nuporanga, Brodowsk e adjacências. por motivo de uma tragédia familiar Valentim se mudou para a região de Nuporanga e posteriormente para Pirajuí no noroeste do estado onde se tornou proprietário de uma área rural conhecida como “ÁGUA DO ARROZ “.
    Augusto se fixou na região de Ribeirão Preto e alguns de seus irmãos e descendentes partiram para a região sul do país .
    um dos filhos de Valentim chamava-se Luis Constantino Ricoldi que teve como esposa Maria José Damico( instalados na região de Pirajuí).
    Alguns dos filhos deste casal por sua vez foram Geraldo, Osvaldo , Benedito,Zoraide ,Diva,Albertino.
    Albertino mora atualmente na cidade de Lins,aos seus quase cem anos .
    Constantino faleceu aos 45 anos de idade e sua esposa em meados da década de 80.
    Há mais detalhes e fotos e uma história mais completa que não cabe aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *