Família Rocha (da)

O sobrenome Rocha, assim como tantos outros, não surgiu no Brasil, por uma simples razão de que o Brasil foi colonizado e habitado primeiramente por estrangeiros. Dessa forma, os sobrenomes vêm de outros países e acabam ganhando popularidade uma vez que os imigrantes fizeram do Brasil sua nova morada. Confira abaixo mais informações sobre este sobrenome.

Origem da família Rocha

Este sobrenome português é classificado como um toponímico, ou seja, de origem geográfica, por se tratar de um elemento da natureza, que são as rochas.

Acredita-se também que ele possa ter sua origem na França através de um registro de 1220 a respeito de um francês que residia em Portugal seu sobrenome era de Rochela que é o diminutivo do francês Roche.

Na Espanha encontrou-se o registro de um cidadão de sobrenome Rojas, em documentação mais antiga datada de 1126 se acha o registro de Arnaldo da Rocha, companheiro do mestre do templo D. Galdim Paes.

Significados e atribuições

Seu significado é pedra grande e dura, deve inicialmente ter sido utilizado como uma alcunha que valorizava alguma característica de um indivíduo, transmitindo posteriormente a designação aos seus descendentes.

Variantes do sobrenome Rocha

Como já foi mostrado, alguns dos sobrenomes alternativos são Roche, Rochela, Rojas. Essas não são variantes não muito encontradas no Brasil.

O sobrenome Rojas é mais popular na Espanha e alguns outros países que falam a língua espanhola, por conta de imigração de europeus para países da américa. Desse modo, acaba sendo possível encontrar Rojas também nos Estados Unidos. Tudo por uma questão de imigração e criação de novas gerações em diferentes países.

No Brasil é possível encontrar “da Rocha” uma variante que ocorre para que o nome fique sonoramente e visualmente mais adequado.

Brasão da Família Rocha

Este é um dos pontos mais fortes em relação aos outros sobrenomes. O brasão da família Rocha é bem fácil de ser reconhecido. Ele é constituído por uma armadura no topo e o que parece ser faixas com medalhas em seu corpo principal. Isso de certa forma remete ao fato de ser um sobrenome de guerreiros, pessoas firmes, bem como uma rocha.

Compartilhe com seus amigos...Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

814 Replies to “Família Rocha (da)”

  1. Meu avô materno chamava-se Antonio Damiao da Rocha. Casado com a minha avo Joana Maria de jesus. Nao tenho muita informacao sobre eles, so sei que eles eram do sertao do Ceara, lugares conhecidos como, Quixadá, Serra Azul, Serra de Santo Estevão, São Francisco da Califórnia, Serra Guaramiranga ou mesmo Serra do Baturite. Acredito que eles tiveram 15 filhos, incluindo minha mae que era Maria de Lourdes Rocha nascida em Dezembro de 1926. Ouvi falar que a minha avo era de decendencia indigena. Se alguem souber alguma informacao entre em contacto. Obrigada.

  2. Boa tarde, SOU FILHA DE ARLINDO JOSE DA ROCHA ( já falecido a 33 anos ) ,E MINHA MÃE E MARIA DA SILVA ROCHA HOJE ESTA COM 81 ANOS , MEU PAI VEIO DE BRUMADO COM 27 ANOS JUNTOS COM MEU AVÔ ELVIRO JOSÉ DA ROCHA, MINHA VÓ JÁ FALECIDA O NOME DELA ERA JULIA ROSA DE JESUS . MEU PAI VEIO PARA ANDRADINA SP. JUNTO COM O PAI E OS IRMÃO, MINHA TIAS SE CHAMA DEUSIANA; UMBELINA E EDITE / IRMÃOS QUE EU LEMBRO É ERMESINDO , GOSTARIA DE SABER SE TEM ALGUM PARENTE DOS ROCHA EM BRUMADO TIPO ALGUM PRIMO DA PARTE DO MEU PAI , ELE DEPOIS MOROU NA FAZENDA JANGADA POR MUITO TEMPO , AI PASSAMOS A MORAR EM GUARARAPES SP. QUANDO EU TINHA JÁ 13 ANOS . QUANDO ELE FALECEU EU TINHA 17 ANOS, HOJE SE ELE ESTIVESSE VIVO ESTARIA COM 91 ANOS ,

  3. Sou neto de jose rocha sobrinho casado com eva maria de sao jose e filho de jordelina alves da rocha e sobrinho de de josino alves da rocha meu nome e edvaldo alves da rocha tudo que sei que meus avos veio de ipanema mg creio que meus avos deixaram irmao por la se tiver algue de ipanema parentes gostaria de conhecer obrigado

  4. Sou Larissa Cecilia Brandão da Rocha, Pernambucana.
    Meu pai é Gilson Brandão da Rocha (Quebrangulo- Alagoas)
    Os meus avôs, são:
    Erotildes Gomes da Rocha e
    Agostinho Firmino da Rocha (Acredito de ser de Garanhuns- Pernambuco).

  5. Então, continuando sobre algum dado conflitante é bem possível que isto ocorra. Meu pai quando me mandou a carta em 1967, já advertia que ele não conheceu os avós dele, porque nasceu já no Paraná em 1898 e seus pais ( vovô Antônio Maria da Rocha e Luiza da Silva Rocha), vieram com os outros 7 filhos para Jaguariaíva em 1896. Somente ficou na Chapada o filho mais velho Alexandre da Silva Rocha, com a incumbência de cuidar dos bens e vender a quem tivesse interesse. Estava muito difícil vender porque depois da revolução federalista muitas pessoas, do ramo, ficaram empobrecidas. Ele somente conseguiu vender em 1906 para 2 Uruguaios de Montevideu. Eu já tinha escrito alguma coisa em 2003, mas quando li o livro “A Trilha dos Pioneiros”, feito e editado para contar a saga dos povoadores do Planalto Médio do RS, lateralmente, contou a história dos antepassados do lado de minha avó Luiza, mas também consta passagens sobre o meio-irmão do pai dela, João da Silva Machado . Ora, o Autor utilizou muitos documentos durante 10 anos de pesquisa, muitos deles do Arquivo Histórico de Porto Alegre, com menção de livro, página, etc. Diante desses fatos, reescrevi muita coisa e esse escrito o deixei em aberto. Então tudo que tem ali tem fundamento documental, além, evidentemente, da Tradição Oral

    1. Então, continuando sobre algum dado conflitante é bem possível que isto ocorra. Meu pai quando me mandou a carta em 1967, já advertia que ele não conheceu os avós dele, porque nasceu já no Paraná em 1898 e seus pais ( vovô Antônio Maria da Rocha e Luiza da Silva Rocha), vieram com os outros 7 filhos para Jaguariaíva em 1896. Somente ficou na Chapada o filho mais velho Alexandre da Silva Rocha, com a incumbência de cuidar dos bens e vender a quem tivesse interesse. Estava muito difícil vender porque depois da revolução federalista muitas pessoas, do ramo, ficaram empobrecidas. Ele somente conseguiu vender em 1906 para 2 Uruguaios de Montevideu. Eu já tinha escrito alguma coisa em 2003, mas quando li o livro “A Trilha dos Pioneiros”, feito e editado para contar a saga dos povoadores do Planalto Médio do RS, lateralmente, contou a história dos antepassados do lado de minha avó Luiza, mas também consta passagens sobre o meio-irmão do pai dela, João da Silva Machado . Ora, o Autor utilizou muitos documentos durante 10 anos de pesquisa, muitos deles do Arquivo Histórico de Porto Alegre, com menção de livro, página, etc. Diante desses fatos, reescrevi muita coisa e esse escrito o deixei em aberto. Então tudo que tem ali tem fundamento documental, além, evidentemente, da Tradição Oral. Tenho tido dificuldade de tourear este tablet. Ele escreve o que bem entende e tenho que voltar muitas vezes para corrigir. Por aqui vou parando pé já não tenho mais a mesma destreza e paciência. As a todos. Antônio Nunes Rocha, Curitiba, 26/06/2020

    2. sou bisneta de Honorina Rocha que foi casada com Osório Carneiro Lobo, minha avó era Edith Carneiro Lobo Lima e eu queria uma foto da minha bisavó e dos meus trisavós Antonio Maria Rocha e sua esposa, se possívem que tiver passe para mim sempre quiz muito conhecer a eles todos.

      1. D. DÉBORA – sua bisavó Honorina era irmã de meu pai Alcides da Silva Rocha. Quando eu era criança meu pai falava sobre seus parentes. Ela e seu marido Osório Carneiro Lobo, tinham um filho que se chamava Heitor (casado com Cacilda C. Lobo). A prole era bem grande, observe-se que tia Honorina era a 3a filha do casal Antônio Maria da Rocha ( Tico) e Luiza da Silva Rocha, enquanto, meu pai era o penúltimo , sendo o primeiro que nasceu na Fazenda Taquaral em Jaguariaíva (PR). Os demais irmãos eram, pela ordem: Alexandre da Silva Rocha, Eulina, sua avó, Aurora, Castorina, Isaura, Acácio, Ursulina, Felisbina, meu pai e a última Ernestina. Tenho as certidões de óbitos de vovô e vovó, de 1929 e 1933, respectivamente. De vovô Tico tenho uma foto está e ida do tempo que ele foi Venerável da Loja Maçônica de Jaguariaíva. Atte. Antônio Nunes Rocha-Curitiba, 15/09/2020

    3. Sr.Antonio Nunes Rocha achei interessante seu comentário e gostaria de saber o autor do livro falado pelo senhor..Ele está a venda na internet?Também pertenço a família Rocha .Meu bisavô era o Ten.Cel. José Rocha Vieira, fundador de Dilermando de Aguiar RS, nascido em Viamão RS,em 1827.

      1. D.Lusitânia, o livro não foi escrito objetivando nossa família, mas, circunstancialmente, ele escreve sobre nossos antepassados. Eu soube dele através da Internet e liguei para a Editora em Passo Fundo-RS: Editora Berthier,
        2007, 520 p. Autor: Adari Francisco Ecker
        Fonte da Editora em 2007 (54)33133255. Atte. Ant.Nunes Rocha, Curtiba-PR, em 15/09/2020

  6. Meu no me é Vanessa Rocha, filha de Maria de Jesus Macedo Rocha, neta de Rosalia Macedo Rocha e Vicente Sousa Rocha. Gostaria de receber mais informações dos meus familiares distantes. Sou de São Luís Ma e atualmente moro em Nova Odessa SP.

  7. Olá Iana, tudo bem?
    Meu avô se chamava Carlos Vieira da Rocha… Ele era lá desses lado de Piauí, Sergipe… Saiu de lá com 15 anos e nunca mais voltou. Nenhum de nós de sua descendência conhecemos seus familiares. Sei que ele tinha um irmão que se chamava José, e que era bem mais velho que ele… Dependendo sua idade, possa ser que meu avô e seu bisa, sejam irmãos…
    Anota meu whatsapp (66) 9 8429-2251

  8. Olá! Sou Rosana e estou fazendo a árvore genealógica de meu marido. Procuramos informações sobre Alexandrina Maria de Jesus que era casada com Antonio Manoel da Rocha. Tenho referências das cidades de Laranjeiras e Nossa Senhora da Glória (SE), Limoeiro (AL), Pão de Açúcar (AL), mas não tenho datas. Sei apenas que Alexandrina nasceu aproximadamente em 1879 e que sua primeira filha, Maria José, nasceu em aproximadamente 1906. Agradeço qualquer ajuda que vocês puderem nos dar.

    1. Olá Rosana.
      Acesse o site http://www.familysearch.org. A instituição religiosa microfilmou os registros de cartórios e igrejas existentes no século 19.
      Certamente os seus antepassados Rochas vieram de Portugal, quase certamente do norte de Portugal.
      Já encontrei a raiz da minha família Rocha no século 16.
      Se tiver paciência, procure no site tombo.pt. Lá é possível pesquisar os registros desde o final do século 15.
      Boa sorte nas suas pesquisas.
      Um abraço.
      Adolfo

      1. Obrigada, Adolfo. Como ainda estou na bisavó, não fazia ideia dessa extensão até Portugal. Fiquei empolgada agora, pois esse ramo é do lado materno do meu marido e seu lado paterno também vem de Portugal, mas de Viseu. Já achei bastante coisa sobre eles no tombo.pt. Mas nossos “Rocha” estão empacados… Eles se dispersaram, não se comunicavam porque eram muito pobres, então a história se perdeu. Vivo enfurnada nos microfilmes do Familysearch! hehehe
        A cada dia me empolgo mais! Muito obrigada!!! Rosana

  9. -Sou WALTER CARVALHO DA ROCHA, advogado domiciliado em Frederico Westphalen/RS.
    Casado com Inês Bertoletti da Rocha
    -BISNETO DE JUVENCIO A DA ROCHA (1860) e de Brasilina de Salles (1860)
    -NETO DE ANTHERO ALVES DA ROCHA, (nascido em 08/09/1894, em Cachoeira do Sul, região de Julio de Castilho) e Carmozina Alves dos Santos
    -FILHO DE ADÃO ANTONIO DA ROCHA (1922) e Olendina Carvalho da Rocha
    -PAI DE DIEGO, FRANCIELI E AMANDA BERTOLETTI DA ROCHA
    -AVÔ DE ANITA DA SILVA DA ROCHA

  10. Sou Walter Carvalho da Rocha, advogado domiciliado em Frederico Westphalen/RS., Sou filho de adrão Antônio da Rocha, neto de Antherio Alves da Rocha e bisneto de Juvencio a da Rocha, conforme segue:
    IOLANDO 5.1-DIEGO
    ELIZABETE
    4 -WALTER C da ROCHA 5.2-FRANCIELI
    3-ADÃO A DA ROCHA SIRLEI
    NATALIA VALDIR 5.3-AMANDA
    2-ANTHERO A. DA ROCHA LADISLAU
    Nasc. 08/09/1894 AMALIA
    1-JUVÊNCIO A DA ROCHA Carmozina A dos Dantos JUVENAL
    Brasilina de Salles (1860) EDITH

    1. Olá sou bisneta de Colombo da Rocha Ladislau e meu Tri-avô é Victor Hugo da Rocha Ladislau.

      Parece-me que o nome que você escreveu:

      1. Anthero A. Da Rocha Ladislau

      Parece ser irmão ou primo do meu tri-Avô.

      O Anthero era imigrante?

      Pois parece que meu Tri-Avô era imigrante.
      Você poderia me add no whats apps?
      92 996167003

      Meu nome é Conceição Ladislau.

  11. Eu sou João Marcos Rocha tem origem no Maranhão, mais precisamente em Imperatriz.
    O Rocha vem do meu avô Clodoveu Rocha e sou filho de João Damascena Barbosa Rocha e até onde sei, somos descendente de Francês, meus irmãos herdaram o Da Rocha.
    Somos privilegiados por ter um sobrenome de pessoas guerreiras e fortes de verdade.

  12. Olá. Estou criando a genealogia do nome da Rocha a partir do meu pai.
    Consegui chegar ao meus hexavós (1650).
    Estou ainda a pesquisar outros tombos de Portugal.
    É bastante complicado devido a dificuldade de interpretar a forma rebuscada de escrita e a conservação dos registros nos Tombos.
    A quem interessar, utilizo o site tombo.pt em Portugal, e no Brasil os registros estão no site familysearch.org da instituição Igreja dos Santos dos Últimos Dias. Os registros estão microfilmados.
    É sensacional quando se localiza registros do antepassados.

  13. Eu; Salomão Ferreira da Rocha, filho de Domingos Lino Rocha, filho de Marcos Lino Rocha, meu pai tinha mais dois irmão que se chamavam, José Lino Rocha e Teófilo Lino Rocha, gostaria de ter informação deles se alguém poder me ajudar por aqui, pois não os conheço e meu pai já está na eternidade, meu pai era nascido na região do Vale do Ribeira em SP.

  14. Pertenço também a família Rocha, por parte paterna, me chamo ROSANGELA ALVES ROCHA, sou filha de Hélio da Silva Rocha e Rosa Alves Rocha, neta de AUGUSTO MAGALHÃES ROCHA, natural do Ceara , profissão maquinista, filho de Francisco Alves da Rocha e Maria Rita Rocha, casado com Aurelia da Silva Rocha, filha de Joaquim Henrique da Silva e Appolonia Lima da silva gostaria de encontrar mais informações a respeito dos meus antecedentes pois tenho interesse. Se houver algum parente no Ceara por parte do meu avô ficarei grata.

    1. Bom dia!
      Sou JosmamSantosRocha todos meus familiares sao de origem DA ROCHA.
      Somos do Reconcavo da BAHIA..e do Extremo Sul da BAHIA pra onde papai migrou-se com 12 filhos. Ele era ManoelDeoclecianoDaRocha filho de: PedroAvelinoDaRocha neto do Cel Ferroviario Antonio Avelino Da Rocha bisneto do Capitao Ferroviario Antônio Felix da Rocha. Sou ultimo filho homem do meu pai qdo o mesmo teve 2 matrimonios sendo o primeiro com sua prima primeira Sra. Eurides Anisia Porto da Rocha portanto ela sobrinha do meu avo Pedro Avelino da Rocha irmao da tia Guilhermina Amália da Rocha mae da minha prima esposa do meu pai.
      Acontece que ele ficou viuvo qdo nasceu seu 11.o filho na cidade de Ubaira BA antigo municipio de Areias.
      Foi padrinho de batismo de papai o Cel Pedro de Mattos Monteiro…Então compadre do meu bisavô Cel Antonio Avelino da Rocha o entao Engenheiro Ferroviario do Barão de Maua cujo pai meu trisavo Capitao Antonio Félix era o mais abastado tambem Cel Ferroviario e produtor de cafe ns região. ..eram riquíssimos. Dai houve s revolução e revoltas na Bahia desde 1831 a 1888 a Bahia virou-se de cabeça pra baixo e foi parar no Rio Grande do Sul nas Minas Gerais efsmiliarese em todo nordeste…somos familiares desde o descobrimento do BrasiL.
      Papai cono gostsva do oficio.. pegou la no Vale do Jiquirica do Reconcavo…uma India maravilhos que foi mamae…JuliaDiasDosSantos com quem teve…alem dos 11 de sua prima…kkk…msis 18 filhinhos…ssendo eu de 26/11/1962 aqui a lhe contar estoria…mas!!!
      Nossa família na verdade nasceu nas Minas Gerais e na Bahia…juntamente com os portugueses COLONIZADORES que vieram com DOM JOAO VI e anteriormente com as Caravelas de TOME DE SOUZA…Casemiro DUARTE DA COSTA…MENDES SA…e GONCALVES DIAS DE MAGALHAES. Da nossa ULTIMA GERACAO nativa no BrasiL somos de origem da Fragata de DUARTE DA COSTA eSRA.e Sra. Brits DA SILVA…A BRITANICA ez-mulher de Casemiro que se casou novamente com alguns GONCALVES…Caramurus da Bahia e misturou com a fsmilia Espanhola de ARGUEROS…ARGUELO…ARGOLO E DIAS ALBUQUERQUE de MELO VASCONCELOS MAGALHAES MATTOS MONTEIRO BARROSO BENTO DA VEIGA VIEIRA DO PORTO DA ROCHA…E isso!
      Abs!
      …meu Zap…31 98912 4538
      Adm.EspNegocios-Ufmg Bhte-MG J.Rocha.

    2. Meu pai é da Rocha e é do Ceará também, meu avô é Rocha . Eles são índios caboclos. Mas não sei mais nada sobre nossa origem.

  15. Meu nome é Davides de Souza Brandão, gostaria de saber sobre as origens dos meu pais/avos
    Meu pai – Antonio da Rocha Brandão filho de Antero da Rocha Brandão e Adelina de Souza Brandão. MInha Mãe Generosa de Souza Brandão filha de possidonio da Rocha Brandão e Sabina Severiana de Souza. Crio que meus pais nesceram an região de cacule/Condeuba
    Se alguem poder me ajudar, ficarei grato

    1. Meu bisavô chamava Vicente Orador da Rocha, meu avô se chamava Innocente Orador da Rocha e meu pai se chamava Joaquim Orador da Rocha. Já encontrei a origem do “Orador ” e estou a procura do momento em que o “Orador ” se uniu ao “Rocha. O ano de nascimento do meu bisavô é cerca de 1858, meu avô 1888 e meu pai 1915.

      1. Devem ter mudado o sobre nome de Curado…pra Orador…Curador foi o dos nossos maiores Da Rocha…Fundador ds EBA ESCOLA DE BELAS ARTES DA UFBA UNIVERDIDADE DEFERAL DA BAHA…e ex-CAPMOR DE DOM JOAO VI. O homem em quem ThomasJeferson nso acreditou e mudou o contexto da America Latina…Jose Joaquim Curado da Rocha.

    1. Olá, qual lugar de Minas vc é.
      Sou Edaildes Aparecida Rocha. Minha avó paterna se chamava Augusta André Rocha, de Coromandel, morou no distrito Alegre. Eu não sei nada dos meus antepassados, gostaria de saber

  16. Sou filho de Enoque Alves da Rocha e Noêmia Alves da Rocha avós paternos Sebastião Alves da Rocha e Bárbara Alves da Rocha, materno,.Afonso Alves da Rocha e Ana Alves da Rocha, nascido no município de Caicó, e saíram 1940 ,vindo morar em Bragança do Pará, e falecidos e enterrados no município de Santa Luzia do Pará,.

    1. Vc e meu primo…Somos Caramrus…o primeiro o Grande o Maior dos maiores homens da historia revolucionaria e logistica da Bahia e Sertao Nordestino…Sou Josmam Santos Rocha…de origem DUARTE DA SILVA GONÇALVES DA ROCHA do Reconcavo da Bahia.

  17. Rosa arquelina de Jesus e João gualiberto Rocha esse era o nome dos meus avós vinhero da bahia para Umuarama pr meu nome sandra da silva rocha meu face sandra rocha

    1. Sim…Ods Da rocha estiveram em Minas Gerais…somos oriundos de Jose Joaquim da Rocha o assessor de DOM PEDRO I O maior revolucionario e conquistador do Brasil Joaquim jose da Silva O Tiradentes!

      1. Olá sou Neide também família rocha, procuro alguns parentes , nome do meu vô Dionísio rocha Brandão e Isabel Ribeiro de oliveira , e meus bisavôs e Antônio Brandão da rocha e colotilde Da rocha.todos de Minas região de Jordânia .

      1. Chama-me à atenção o seu sobrenome “Rocha de Sousa”, pois meu bisavô paterno era “José da Rocha e Sousa” e seu pai foi oriundo do Rio de Janeiro, a serviço do Imperador, pois era militar.

  18. Olá! Eu me chamo Lucas Almeida Rocha, e meu pai assim como meu avô tem o sobrenome Rocha, porém todos eles possuem Paulo como nome composto. Meu pai é João Paulo da Rocha e meu avô José Paulo da Rocha. Meu avô é natural de Juazeiro do Norte. Hoje ele tem 88 anos de idade, será que temos algo em comum além do sobrenome? rs

  19. Meu nome é Sérgio Rocha, Filho de Sebastião Pereira da Rocha, por sua vez filho de Adroaldo dos Santos Rocha. A princípio somos Rocha do Maranhão.

    1. Boa noite. Sou neto de Maria Pereira da Rocha. Dentre meus parentes estão Benedita Coelho da Fonseca, Geraldino Francisco da Fonseca, Agostinho Pereira da Rocha, José Pereira da Rocha…. Dentre outros….

  20. Olá!
    Meu nome é Rosane Maria da Rocha.
    Sou filha de Belarmino José da Rocha (município de Escada-Pe nasc 1921-faleceu em 2002)
    Neta de Andre Belarmino da rocha e Leopoldina Isabel da Rocha(nasc em Ipojuca-Pe)
    Não conheci meu avô( quando nasci em 1966 ele ja havia falecido precocemete(AVC)
    Não tenho muita informações sobre ele.
    Não sei onde ele nasceu…não tenho nenhuma referancia visual dele(foto)
    Se alguem o conheceu …e puder me falar algo sobre ele, agradeço.
    e-mail- [email protected]

    1. Sou filho de Enoque Alves da Rocha e Noêmia Alves da Rocha avós paternos Sebastião Alves da Rocha e Bárbara Alves da Rocha, materno,.Afonso Alves da Rocha e Ana Alves da Rocha, nascido no município de Caicó, e saíram 1940 ,vindo morar em Bragança do Pará, e falecidos e enterrados no município de Santa Luzia do Pará,.

    1. Também gostaria muito de saber se tenho dupla nacionalidade, pois meu pai simplesmente nunca nos relatou nada sobre sua familia, porém uma professora me falou ser de uma familia portuguesa sou neta de Leonor Rocha e Silva e Evaristo da Rocha e Silva.

    2. Sou irlene rios da rocha , filha de José Raimundo da rocha filho e ilaurinda rios da rocha , sou de salvador da Bahia e moro atualmente em Portugal

  21. Meu avô era de Caculé na Baía seu nome Esperidião Rocha não sei muito dele quando nasci ele já avia falecido me chamo Clodoaldo rocha alguém que possa ter ouvido falar ou conhecido de notícias obg

    1. Meu nome é Davides de Souza Brandão, meu pai se chama Antonio da Rocha Brandão e era dessa região Cacule/Condeuba, talvez sejamos parentes

    2. Meu avô era de Condeúba, cidade vizinha a Caculé, seu nome era João Rocha, e tinha como irmãos Esperidião Rocha, Armelindo Rocha, Corina Rocha, Idalina Rocha, Etelvina Rocha, Maria Rocha e Jovina Rocha. Vieram para o interior de São paulo nas cidades de Garça e Gália

      1. Minha Bisavó chamava Maria Rocha Da Silva e Guilhermino Rodrigues De Oliveira eram de Salvador-Bahia. Tentando achar registro dos mesmos.

    3. O irmão do meu avô João Rocha, tinha esse nome, era surdo e teve um filho que se chamava Cláudio. Eram dessa região Caculé e Condeúba!

  22. Meu nome é Joana Coelho da rocha
    Filha de Geralda Coelho da rocha
    Neta de Sebastião Coelho da rocha e Maria Alves dos Santos
    Nascida no Goiás.

      1. Também gostaria muito de saber se tenho dupla nacionalidade, pois meu pai simplesmente nunca nos relatou nada sobre sua familia, porém uma professora me falou ser de uma familia portuguesa sou neta de Leonor Rocha e Silva e Evaristo da Rocha e Silva.

  23. D. Clé. Paranaguá, lá pelo séc XVI, era uma Capitania que se estendia de Cananéia pelos 3 Estados do Sul. Uns 60 anos depois foi incorporada à Província de São Paulo. No Séc XIX foi criada a Província do Paraná, desmembrando – se (que pena!), de São Paulo. Como não conheço essa circunstância de que nosso Rocha tenha governado por aqui, gostaria de saber onde encontrar essa referência. Mto. Grato Antônio Nunes Rocha 27/09/2019

        1. Oi eduarda gostei do seu nome pois me chamo sandra da silva rocha meu zap e 4499887318 sera q somos parentes rsrs meus avós e bisavós era da bahia

    1. Ola D.Cle;
      As provincias foram reunificadas ja no segundo periodo regencial ate o periodo da dinastia dos Lima e Silva Farroupilhas era do futuro D.Caxias…mas o Parana começou evoluir com a cidade de Criciuma onde houve primeira Estacao Ferroviaria projetada creio pelo meu finado Bisavô Antonio Avelino da Rocha que foi educado na Europa mas na verdade no laboratorio da Coroa Portuguesa na Bahia…o nome dele era Miguel de Teive e Argolo…de Sao Miguel das Aldeias Cachoeiro-BA

    2. Pelo que entendi, vc quer saber como os “Rocha” vieram parar no Sul? O que sei foi contado por meu pai ,José Osório Brasil da Rocha, militar já falecido, filho do também militar Antenor de Miranda Rocha e neto do Capitão José da Rocha e Sousa Ajudante de Ordens e primo irmão do General Osório. Reza a história familiar que vieram de Portugal com a Família Real, três membros da família Rocha, indo um para o nordeste, ficando um no sudeste e vindo um para o sul , de onde descendemos. Os “Rocha” do sul pertenceriam a um mesmo ramo. Eu consegui alinhá-los na minha árvore genealógica por conta de livros e blogs de genealogia do RS e também pelo já sitado site . Considero interessante um grupo de facebook para ajustarmos conexões. O wathsapp já seria bem mais trabalhoso.

    1. Jeferson,de que estado …
      Meu Rocha é do RGS ..Minha bisavó Carlinda da Rocha ,veio da Itália ,meu avô era Antonio da Rocha do prado Lima

  24. Sou Kenedy Leandro Moreira da Rocha, filho de Nelson Pereira da Rocha, Neto de Nerino Quirino Da Rocha, e gostaria de dizer o quão gratificante é descobrir a jornada de nossos antepassados ao longo da história, é realmente uma grande honra ostentar um nome tão nobre.

      1. Oi, você sabe os nomes dos filhos(as) do Bartolomeu Rocha?
        Estou procurando o nome dos pais de Benta Maria da Rocha, que teve um filho (meu avô) em Meleiro em 1920.

    1. Adorei que, sem sermos irmãos, compartilhamos o “Moreira da Rocha”….De minha mãe o Moreira, antes Morera; do meu pai o “da Rocha”, antes “da Rocha e Sousa”.

    2. Boa noite. Sou neto de Maria Pereira da Rocha. Dentre meus parentes estão Benedita Coelho da Fonseca, Geraldino Francisco da Fonseca, Agostinho Pereira da Rocha, José Pereira da Rocha…. Dentre outros….

  25. Gostaria de conhecer parentes dos meus pais, família ‘Ursolino Rocha” , meu pai morou em Duartina, Vera Cruz, Baurú, Junqueirópolis e Capital de São Paulo.
    Eu moro em Glória de Dourados-MS, desde 19/07/1971.

      1. Boa noite. Sou neto de Maria Pereira da Rocha. Dentre meus parentes estão Benedita Coelho da Fonseca, Geraldino Francisco da Fonseca, Agostinho Pereira da Rocha, José Pereira da Rocha…. Antonia Pereira da Rocha (nascida Alves de Almeida) … Dentre outros….

  26. Itabaianinha – Sergipe – Brasil

    Anterior a 1863, não tenho informação!

    Casamento na Igreja de Nossa Senhora da Conceição em 1863 de Manoel da Rocha Campos com Maria Virginia de Carvalho de Fontes.

    Um dos filhos, Jose da Rocha Campos, nascimento em 1868, Itabaianinha – SE casou com Jardelina Octaviana da Fonseca em Rio Real – Bahia

    Descendentes e uma grande família se formou depois em Rio Real – Bahia

    1. Opa Evandro será que esses Rocha ai tem ligação com a minha Avó Elvira da Rocha Oliveira e meu pai Vilmar Rocha de Meneses Oliveira nascido ele em Tobias Barreto SE em 1938. Vou pesquisar com ele. Abs

      1. Ola;
        Rafael Tobias Barreto o derradeiro marido de Domitila a Titila dita…ex-amante do Rei. Mas no passado ainda no primeiro Reinado Rafael Tobias parece ter sido irmao o proprio Jose Joaquim da Rocha fundador da EBA-ESCOLA DE BELAS ARTES DA BAHIA.

        1. Bom dia a todos!!
          Meu nome é Gilmar Rodrigues!!
          (Por que Rodrigues)
          Meu pai jovenir Rodrigues ficou órfão de pai e mãe quando tinha apenas 6 anos de idade!! Foi criado pelo seu tio Conceição Dario Rodrigues!!
          Tive informações recente que meu avô 👴 paterno e José Tiburcio Da Rocha em memória!!
          Natural de palmeira das missões!!
          Se alguém tiver maiores informações por favor nos mantenham informados!!

  27. Oi gostaria de encontrar algum familiar do avô da minha mãe
    João Francisco da Rocha casado com Idalina Maria de Jesus.
    Minha mãe não sabe nada sobre sua família materna pois sua mãe Maria das Neves Rocha faleceu quando a minha mãe tinha 5 anos.
    Ela tinha uma Tia chamada Graci e uma outra chamada Paulina e não lembra se tem mais tios provavelmente sim.

    [email protected]
    Qualquer informação me mandem um email, ficarei muito feliz
    Os tios dela por lado paterno descreviam o avô dela como um Senhor branco de olhos azuis, calvo e baixinho.

    1. meu rocha vem do meu avô paterno Paulino Lambert da Rocha ,nasceu em Iguape São Paulo casado com minha vó maria conceicao lambert .

      meu vô materno também era rocha , nasceu em engenho novo minas gerais , Joaquim da Rocha, minha vó maria Conceição Ferreira.

  28. Olá meu nome é Dolores Silva rocha filha de Sebastião José da rocha neta de Éupidio José da rocha bisneta de Teófilo José da rocha natural de poções Bahia gostaria de saber se alguém sabe de onde vem o meu rocha e se tenho outros parentes que não conheço grata

      1. Então, vamos montar um grupo dos da Rocha , vamos montar uma árvore genealógica e ver quem foi o primeiro Da Rocha veio para o Brasil , assim como toda sua história ….

        1. Os irmãos da minha avó
          Maria rosa Oliveira da Rocha
          Manoel Oliveira da Rocha foram para o Brasil nos princípios do século 20
          A minha avó nasceu em 1893 era a mais nova dos irmãos dela. Se tiverem alguma informação mandem me por favor
          Talvez tenha alguma família em terras brasileiras

  29. Minha família também é de Minas Gerais estou a procura da família do senhor expedito Amaral Rocha e de Araci de Souza Oliveira meu telefone para contato 65 9 99211488

  30. Boa Noite, sou Lucimar, neta de Daniel Luizari e Rita Rocha, esta, filha de José Rocha da Silva e Estephania Augusta Ferreira.
    Em meados do ano de 1928 residiam em Guaranesia – MG

    1. Bom dia Familia da Rocha!!!
      Meu Bisavô Antonio Joaquin da Rocha.
      Avô Paulo Farias da Rocha.
      Pai Paulo R. Castro da Rocha.
      Sou Vinicius D.da Rocha, sou do Rio Grande do Sul…..

      1. Vinícius ,meu Rocha também é do RGS..
        Meu avô Antônio da Rocha do Prado Lima,sua mãe minha bisavô era Carlinda da Rocha,segundo informações em era bem alta loira e olhos azuis…
        Mas meu avô teve irmão que se mudaram para o norte do país,até contam que o endereço desse tio era um versinho que ele mesmo fez..

      2. Oi Vinicius! meu avô era Antônio
        Joaquim da Rocha,meu pai João Marques da Rocha.da cidade de Camaquã Rio Grande do Sul.
        Qual o município do teu avô.?
        Acho que somos parentes.

  31. Sou descendente de Rocha. meu Trisavo chamava-se JOSE VICTORINO DA ROCHA, foi sargento-mor da guarda imperial, lutou na guerra do Paraguai e após a guerra foi condecorado a Major. Ele também foi governador de Paranaguá conforme a história. depois recebeu terras entre governador Celso Ramos e Sorocaba SC.

  32. Meu Pai Antonio José da Rocha, meu avô José Antonio da Rocha e Avó Minervina Maria da Rocha, de Itabaiana Pb. Meus tios são Marina, Pedro, Carminha, Maura, João e etc. Muitos moram em Campina Grande Pb. Algum parente ou que conheça alguém favor fazer contato. Meu pai veio da Paraiba para Afonso Claudio.

    1. Eu sou neto de Manoel Laurindo da Rocha que faleceu em 1978 com 117 anos e a historia de nossa familia apartir dele é sempre passada de entre os filhos,netos,bisnetos e assim em diante e ja encontrei muitos da linhagem dele

      É uma Honra conhecer tantos Rochas

  33. Meu nome é Maria Francisca da Rocha Leforte e meus avós , de origem portuguesa, sendo que o nome do meu avô é Joaquim da Rocha Veloso, se estabeleceram no Piauí e tenho parentes em várias cidades, como Picos, Santo Antônio, Bocaína, etc…

    1. Meu nome Ivone Dos Santos Rocha
      Meu pai Antônio José da Rocha mãe Delice dos Santos parentes no Piauí ainda vivem ali busco informações dos meus bisavós vivo na Espanha.

    2. Meus avos paternos se chamavam
      Cecilio nogueira da rocha e eugenia nogueira da rocha
      Porem nao tinham registros
      Gostaria de saber a origem deles
      Vivian no interior do amazonas

  34. sou de duque de Caxias RJ
    meu avô paterno se chamava.
    António rocha da Silva .
    meu pai José Rocha da Silva.
    eles são de Recife .

    1. Marcio. Raquel. Alessandra. Juliana você eu analisando tem tudo a ver com minha família queria mais informações de vocês vou deixar meu zap 87996087156

  35. Meu nome é Raquel Soares da Rocha filha de Maurício César da Rocha, minha Vó é Maria Clara da Rocha, nascimento do pai e vó, Caucaia Ceará. É só o que sei de minha família Da Rocha. No meu coração guardo todos meus ancestrais Da Rocha, sei que eles fazem parte e estão no meu DNA. Eu acolho todos com amor e agradeço poder hoje está no Brasil , eu agradeço a escolha de meus ancestrais em morar no Brasil, eles escolheram por seus motivos na época, eu sou grata, no Brasil sou feliz e continuo nossa família através dos meus filhos. Somos Rochas com muito amor e orgulho.

    1. Olá!
      Também sou Rocha, mas deveria ser “da Rocha”.
      Meus bisavós paternos se chamam Abel Soares da Rocha e Otilia Escotiel da Rocha. Provavelmente a Dona Otilia tem origem Italiana.
      Temos uma prima de quarto grau chamada Luciana Guerra da Rocha, que me mandou o texto a seguir a Maria Clara da Rocha pode ser a mesma pessoa que você menciona. Segue o texto abaixo:

      “Ottilia escotiel da Rocha casada com Abel Soares da Rocha, tiveram filhos um deles era meu avô Eugenio Escotiel da Rocha que casou com Maria de Souza Guerra que casada passou a se chamar Maria de Souza guerra da Rocha ,
      Vô Eugênio nasceu em 22/11/1918 e faleceu em 1986 em campos no RJ, vó Maria nasceu 01/08/1921 e faleceu 23/08/2014 no Rj , eles se casaram em 30/04/1938. E tiveram 3 filhos meu pai Clair guerra da Rocha , falecido há 17 anos, Antônio Rocha falecido há 2 anos e Maria Clara Rocha.
      Meu pai Clair guerra da Rocha teve 5 filhos, um desses filhos sou eu Luciana guerra da Rocha. Espero ter contribuído um pouco com suas pesquisas, que me ajudaram bastante, preciso encontrar o registro de óbito da minha bisavó Ottilia, preciso ter dados dela , grata ! Continuo com minhas pesquisas . ”

    2. engraçado tb sou Da Rocha, mas meu pai contava uma historia que somos descendentes de Alemães Russos, então cada vez fica mais complicado saber donde viemos.

      1. Fernando de que estado vc é ??
        Também ouvi falar que minha bisavó Carlinda da Rocha era descendente de alemães…meu Rocha é do RGS

      1. Boa noite, qual parte de Natal você é? Procuro parentes que tb são de lá meu avô se chamava Abdias NOGUEIRA da Rocha.

    3. Sou de Caucaia Ceará. Pertenço a família Rocha pelo lado paterno e materno. Meu nome Francisco Almeida Rocha , filho de Raimundo Ferreira da Rocha e Felisbela de Almeida Rocha, sendo meus avos paternos Bruno Ferreira da Rocha e Maria da Rocha Forte (localidade Campo Grande) e avos maternos José Moreira da Rocha e Anália de Almeida Rocha (localidade Urucutuba)

  36. Rocha por parte de pai .
    Meu avô era : Manoel Gomes da Rocha
    tem até nome de rua , em Aracaju , para onde meu bisavô foi , quando chegaram no Brasil.

    1. meu rocha também é por parte paterna; meu nome é Juliana Escotiel Gomes Rocha,na verdade era pra ser da Rocha,mas meu bisavô registrou meu avô de manira errada e ficou só o rocha mesmo kkkkkk
      Pelo que sei meus tataravós vieram da itália, minha tataravó se chamava Otillia Escotiel da Rocha

      Adorei a página =•)

  37. Olá
    Boa noite a todos, principalmente os Rochas , sou filho de Sebastião Fernandes da Rocha, infelizmente já falecido, edtou acprovura de seus parentes mais próximos, pois a mais ou menos uns 60 anos atrás meu pai saiu do Norte de Minas Gerais, divisa com a Bahia, a procura de trabalho, deixando pra trás seus pais e irmãos , nome de seu pai Levi Mendonça Leme, e mãe Corina Fernandes da Rocha. Gostaria saber se alguém ou conheceu alguns familiares do meu pai por favor entra em contato comigo , pois moro em São Paulo e infelizmente não tive o prazer de conhecer nenhum dos familiar do meu pai . Meu endereço de email: é : [email protected]
    Se alguma notícia for veiculada ficar si muito feliz e grato pela colaboração de todos .

    1. Jose roberto da rocha meu pai falou uma vez q tinha um primo chamado levi meus avos meu pai era da bahia morava na fzd sanguessuga os mone dos meus avós era Rosa arquelina de Jesus e João gualiberto Rocha e meu pai se cham valdete oliveira rocha meu face e sandra rocha meu zap e 4499887318

      1. Olá, meu nome é Miguel Erotildes da Rocha.Meus ancestrais são do Rio Grande do Sul. Meu avô é Demétrio Gonçalves da Rocha, meu bisavô – José Gonçalves da Rocha, meu trisavô se chamava João José Vieira da Rocha. Meu avô nasceu na cidade de Estrela-RS, já meu bisavô e trisavô não tenho outros detalhes. Se puder me ajudar, agradeço

      1. Sou Wolney Celio Barreto da Rocha, filho de Wolney Celio Ferreira da Rocha, neto Waldemar Ferreira da Rocha e Evangelina Batista Ferreira da Rocha, sou do Rio de Janeiro mas meus avós eram de Minas Gerais. Gostaria de conhecer mais parentes pelo Brasil.

        1. Sou José Ferreira Rocha Filho, Meu pai José Ferreira Rocha natural de Viçosa AL, Meu avô Paterno já falecido chamava Izaú Ferreira Rocha Também natural de Alagoas. Gostaria de saber se tennho parentes ROCHA espalhados por este brasil. contato watsap 019 99809 9842

    1. Olá!
      Também sou Rocha, mas deveria ser “da Rocha”.
      Meus bisavós paternos se chamam Abel Soares da Rocha e Otilia Escotiel da Rocha. Provavelmente a Dona Otilia tem origem Italiana.
      Temos uma prima de quarto grau chamada Luciana Guerra da Rocha, que me mandou o texto a seguir a Maria Clara da Rocha pode ser a mesma pessoa que você menciona. Segue o texto abaixo:

      “Ottilia escotiel da Rocha casada com Abel Soares da Rocha, tiveram filhos um deles era meu avô Eugenio Escotiel da Rocha que casou com Maria de Souza Guerra que casada passou a se chamar Maria de Souza guerra da Rocha ,
      Vô Eugênio nasceu em 22/11/1918 e faleceu em 1986 em campos no RJ, vó Maria nasceu 01/08/1921 e faleceu 23/08/2014 no Rj , eles se casaram em 30/04/1938. E tiveram 3 filhos meu pai Clair guerra da Rocha , falecido há 17 anos, Antônio Rocha falecido há 2 anos e Maria Clara Rocha.
      Meu pai Clair guerra da Rocha teve 5 filhos, um desses filhos sou eu Luciana guerra da Rocha. Espero ter contribuído um pouco com suas pesquisas, que me ajudaram bastante, preciso encontrar o registro de óbito da minha bisavó Ottilia, preciso ter dados dela , grata ! Continuo com minhas pesquisas . ”

  38. A origem primaria do sobrenome é hebraica. Muitos judeus se espalharam pelo mundo, incluindo os de sobrenome Tsur, que significa Rocha. Iniciaram na Espanha, passando por Portugal, Italia, França, Alemanha e nas ilhas Britânicas, até se instalarem nos países nórdicos. Em cada país foi usado o idioma local para o sobrenome. De fato, é sobrenome de nobres guerreiros. Por isso o sobrenome, a rocha é um elemento natural muito forte, difícil de ser quebrado. E foi um costume utilizar elementos da natureza, como sobrenome, pelo povo hebreu

    1. Esse foi o comentário mais interessante, nunca tinha ouvido falar sobre a ligação do Rocha com o Tsur do hebraico. Vou pesquisar mais.

    2. Meu nome é Mabel Hannah da Rocha e meu bisavô chamava Vicente Orador da Rocha, 1856, meu avô Innocente Orador da Rocha 1888 e meu pai Joaquim Orador da Rocha 1915. Sei que vieram da Espanha (basco) e o nome Orador já localizei. Surgiu em 1625 já o Rocha ainda não sei quando passou a compor o Orador. Cheguei até meu bisavô Vicente Orador da Rocha mas não consegui encontrar o meu tetravô para encontrar a origem do “da Rocha”.

  39. Olá, meu nome é Gabriele Rocha Santos, sou da Bahia e neta de Antonio Francisco Rocha , meu vô recebeu esse sobrenome por parte da minha bisavó, mas não sei o nome dela, minha família é de descendência africana pois na família tem casos de um doença rara que passada geneticamente e que é de origem africana

    1. Sou da Bahia também! E meu nome é Fernanda Cecília Rocha Brito sou bisneta de Cecílio Gonçalves Rocha e seus tios era escravos africanos. Que Doença é Essa pelo Amor De Deus!

  40. Me chamo Linda Borges. Mas sou neta de Gonçalo Rocha Lima e Francisca Andrade Lima. Meus avós são falecidos, desembarcaram parte da da família no Rio, outra no interior de SP, Igaratá e outra cidade próxima a Campinas. O que sei que meus bisos vieram de Portugal.

    Achei muito legal a página.

      1. Minha família é de Caicó RN, meu nome Álvaro Alves da Rocha, meu pai Enoque Alves da Rocha, minha mãe Noêmia Alves da Rocha, e todos nós que moramos no Pará, desde 1955..nunca mais minha família voltou ai mas tem uns ainda moram ai.

  41. olá. meu nome e myriam marcia funes da rocha.filha de antenor coutinho da rocha.meu avô antonio coutinho da rocha.a familia veio de Cruz alta.rs

  42. meu nome é Geraldo dos Reis Rocha sou neto de Claudiano Rocha , Natural de Formosa Go Bisneto de Bernardino José da Rocha que era filho de Delfino natural do Ceara, naquela epoca o meu tataravo Delfino era jagunço matava e rancava a orelha para receber o serviço, gostaria de saber mais sobre este fato, ele saiu do ceara para a bahia e depois para formosa aonde foi encontrado morto.

    1. Olá Geraldo, também sou parente do sr Bernardino, ele era meu tataravô. Não sabia dessa história. A minha bisavó era Jorgina José da Rocha, era irmã do prof Claudiano.

  43. meu nome é Geraldo dos Reis Rocha sou neto de Claudiano Rocha , Natural de Formosa Go Bisneto de Bernardino José da Rocha que era filho de Delfino natural do Ceara, naquela epoca o meu tataravo Delfino era jagunço matava e rancava a orelha para receber o serviço, gostaria de saber mais sobre este fato, ele saiu do ceara para a bahia e depois para formosa aonde foi encontrado morto.

  44. Pois é, sua bisavó era irmã do meu avô Antônio Maria da Rocha, que tinha o cognome “coronel tico”. Mais tarde incorporou o apelido ao nome e, quando veio para o Paraná após a revolução federalista, onde tinha duas propriedades (Fazenda Taquari, em Jaguariaíva e Fazenda na Ronda, em Castro), em seus documentos já consta como Antonio Maria da Rocha Tico. Apesar de alguns escritos sobre Leonel mencionarem que era analfabeto, creio ser equívoco, porque tanto meu avô Antônio que conheceu a esposa quando foi escolhido para ser professor dela na Fazenda de meu bisavô Alexandre Luís da Silva de nomes Fazenda Dois Irmãos, Tesouras e São Luiz . Ao falecer, coube por herança à minha avó Luiza da Silva Rocha (pois se casara com o Professor aos 13 anos de idade e ele com 20), uma porção de terras, pastos e casa que se constituíram na Fazenda Chapada. Hoje, não só a Chapada como as demais se constituem em 4 ou 5 municípios do RS. Meus avós venderam em 1905 a Fazenda para uns Senhores uruguaios. Mas tudo isso está relatado num livro editado no RS, chamado “A Trilha dos Pioneiros”, Editora Berthier, Passo Fundo RS. Meu pai (Alcides da Silva Rocha, falecido em 1967),que mantinha contato com seu tio Leonel, recebeu dele uma carta na década de 40 e esta carta (manuscrita), está comigo. A letra é firme e sem erros de português. Agora já é mais de meia – noite, outro dia , se houver interesse, volto sobre o assunto. Atte, Antonio Nunes Rocha-Curitiba

    1. Antonio,meu Rocha é também do RGS,meu avô Antônio da Rocha do Prado Lima ,filho de Carlinda Rocha ..
      São do Alegrete ,mas minha família está em Santana do Livramento ..

      1. Da.Aline Tatiana da Rocha Martins. Desculpe a demora, não encontrei ainda nenhum liame, entretanto, no livro que eu sempre menciono em outros contatos (A Trilha dos Pioneiros, Editor.Bethier, Passo Fundo-RS), consta a descrição de uma família Martins que, também veio de Castro-PR (que naquela época era da Província de SP). Esse povo antigo era quase todo interligado até porque naquela época a Lei da consanguinidade não atingia o terceiro grau e isso possibilitava o casamento legal entre tios/as é sobrinhos/as. Até. Antônio Nunes Rocha, Cuba, 02/07/2020

    2. Caro Antônio Nunes da Rocha
      Sou Osvaldo de Menezes Porto, natural e residente em Taquari,RS. Casado com Liana Rocha Porto, neta de Severino Maria da Rocha, irmão do teu avô Antônio Maria da Rocha. Entre os ancestrais de Liana e os meus têm muitos que são comuns a nós dois. Exemplo: José Maria da Silva e esposa Hypolita Maria da Costa, são teus trisavós paternos; trisavós paternos de Liana, por ser neta de Severino, filho de João José Maria e de Cândida da Silva Rocha. Eu, Leocádia, filha de José Maria e de Hypólita, irmã de João José Maria, é minha trisavó paterna, por ser casada com Antônio José Porto, meu trisavô paterno. Estou montando a árvore genealógico da minha esposa , e , estou incluindo informações de fatos históricos que eles tiveram envolvimento. A família Rocha tem um papel importante na região sul do Brasil. Leonel Rocha, sem dúvida, merece um capítulo a parte. Gostaria de manter trocas de informações contigo, e,, se possível, no futuro quando tudo se normalizar, me refiro a pandemia, possamos promover um encontro dos parentes. Um abraço.

      1. Já respondi seu texto, mas estou apanhando deste tablet. Meu CP está em conserto, mas a Pandemia, não deixa ser consertado. Antes que perca tudo, informo que D. Liana e eu somos primos de oitavo grau. Umas 10 manifestações abaixo, está minha resposta que

    1. Meu nome é Miguel Erotildes da Rocha, sou bisneto de José Gonçalves da Rocha, neto de Demétrio Gonçalves da Rocha e filho de Àureo Gonçalves da Rocha. Até onde acompanhei os “Gonçalves da Rocha” se estabeleceram no Rio Grande do Sul, cidade de Estrela e região. Quem tiver mais informações sobre essa família, queira por gentileza, anotar neste painel, ou me informar pelo e.mail: [email protected]
      Obrigado

        1. Olá, meu nome é Miguel Erotildes da Rocha.Meus ancestrais são do Rio Grande do Sul. Meu avô é Demétrio Gonçalves da Rocha, meu bisavô – José Gonçalves da Rocha, meu trisavô se chamava João José Vieira da Rocha. Meu avô nasceu na cidade de Estrela-RS, já meu bisavô e trisavô não tenho outros detalhes. Se puder me ajudar, agradeço

      1. Sou Bisneta de Cecílio Gonçalves Rocha, Nossa! esse foi o primeiro comentário que tem gente com o nome que parece do meu bisavô

    2. Caros parentes, escrevi uma resposta longa, mas acabei perdendo. Vou ser suscinto: Sim somos parentes. Meu e-mail é [email protected] , ainda hj estava explicando a um historiador que Leonel Maria da Rocha não era analfabeto, isso é coisa da política da époça. Na década de 40 (antes de falecer), ele mandou uma carta manuscrita para meu pai, com letra firme e sem erros de português, que agora está comigo. Consegui traçar meus parentes da linha direta até 1599, pois os do lado da minha bisavó Luzia Quadros da Silva, estavam documentados. Já do nosso Rocha, no Brasil cheguei até nosso trisavô Manuel Pereira Jorge. Este era casado com D. Antonia Maria de Bittencourt e em 1796 ficou viúvo dela, mas já no ano seguinte casou-se com minha trisavô Bernarda Joaquina do Nascimento, viúva então de João Barcelos da Rocha ( depois confirmo esse nome, agora me embaralhei). Desse casamento é que nasceu meu bisavô Alexandre Luiz da Silva. No escrito que fiz há alguns anos, estão detalhados todos os irmãos de meu avô Antônio, inclusive com o ano de nascimento de cada um deles. Isso tudo deu 90 e tantas páginas, que não me atrevo a judiá-los com a leitura. Atte.

      1. O nome certo é Jacinto Rocha e Sousa, pai de Francisco da Rocha e Sousa que veio a se casar com Juliana Maria da Rocha, filha de seu padrasto Manuel da Silva Jorge.

          1. D.Adriana.
            Apesar deste site acolher todas estas informações, alguns textos têm sua leitura dificultada, por apresentarem-se heterotópicos. Considero como informação importante aquela em que a Sra explica sobre os 3 “rochas” que vieram para o Brasil e foram para lugares diferentes. Até agora, eu me envolvi mais em conhecer os ascendentes Silva, até porque, com o casamento da viúva Bernardo Joaquina do Nascimento (minha trisavó), com o então viúvo Manuel da Silva Jorge (que é meu trisavô pelo lado Silva e meu tetravô pelo lado Rocha), em função do casamento de sua filha Juliana Maria da Silva, com seu enteado Francisco de Paula Rocha e Sousa, está muito confuso o destrancar disso tudo. Atte. Antônio Nunes Rocha, Curitiba em 18/09/2020

          2. D.Adriana.
            Apesar deste site acolher todas estas informações, alguns textos têm sua leitura dificultada, por apresentarem-se heterotópicos. Considero como informação importante aquela em que a Sra explica sobre os 3 “rochas” que vieram para o Brasil e foram para lugares diferentes. Até agora, eu me envolvi mais em conhecer os ascendentes Silva, até porque, com o casamento da viúva Bernardo Joaquina do Nascimento (minha trisavó), com o então viúvo Manuel da Silva Jorge (que é meu trisavô pelo lado Silva e meu tetravô pelo lado Rocha), em função do casamento de sua filha Juliana Maria da Silva, com seu enteado Francisco de Paula Rocha e Sousa, está muito confuso o destrancar disso tudo. Atte. Antônio Nunes Rocha, Curitiba em 18/09/2020De.Adriana, depois que mandei, vi que o aparelho mudou por conta própria alguma coisa. Onde diz Bernardo é Bernarda; onde diz destrancar é destrinchar. Grato.

  45. BISAVÔ JOSÉ FRANCISCO DA ROCHA, AVÔ ANGELO FRANCISCO DA ROCHA PAI EUCLYDES FRANCISCO DA ROCHA ORIGEM DOIS CÓRREGO SP SEGUNDO MEU PAI O BISA ERA UCRANIANO FUGIU PARA PORTUGAL E GANHOU CIDADANIA PORTUGUESA NÃO SEI QUAL ERA O NOME ANTES DE VIR TUDO INDICA QUE O SOBRENOME ERA FRANZISWSLKIS QUE VIRO FRANCISCO EM PORTUGAL. ROCHA FOI POR ELE SER DE UMA CIDADE UCRANIANA QUE TRADUZIDA EM PORTUGUESA ERA PEDRA.

  46. Olá. Sou filha de Abílio Gomes da Rocha. Neta de Joaquin Gomes da Rocha e Ana Maria da Conceição. Não conheço nenhum parente do meu pai. Ele era do Ceará

    1. Boa noite! Sou Márcia Rocha Guedes Assunção. Meu Avô era Carlos José da Rocha. Ele era filho de Antônio José da Rocha com Maria Cecília Estefânia da Rocha de Aracati no Ceará. Gostaria de informação sobre o meu bisavô que faleceu quando o meu avô tinha 1 ano de idade.Quem tiver alguma informação do Antônio José da Rocha eu agradeço.

      1. Hola
        Me chamo Ivone Dos Santos Rocha ,filha de Antonio José da Rocha e Delice dos Santos Rocha , Neta de José Rocha Sobrinho creo que meu avô era do Ceará, meus pais do Maranhão.

        1. Sou filho de Aglas lima Rocha que é filho de Stenio lima Rocha que é filho de João lima Rocha que é filho de Francisco Raimundo Rocha que é filho de Inácio da Rocha. Depois de Inácio acredito na possibilidade distante do sobrenome está vinculado a Manuel felix Rocha, um português que viveu no Ceará no sertão central e casou com alguém da família Pinto Nogueira em 1774 na cidade de Quixeramobim

    2. Olá, sou Márcia Rocha e sou do Ceará onde tem minha mãe e meu avô cearenses. Eles são Carlos José da Rocha , meu avô e minha mãe é Dulcimar Rocha Guedes. Todos natural de Aracati no Ceará.

    3. A minha família também é Rocha minha vó é Estelita Faustino da Rocha eu sou filho de José Alberto Cordeiro Rocha Alberto Júnior Alves Rocha e tenho tio chamado Oscar Gomes da Rocha minha vó é Acriana do Acre

    4. Meu nome Maria de Fatima Rocha de Lima, filha de Neuza Rocha Magalhaes. Minha Avó era Maria Rocha da Silva ecRanulfo Rocha Magalhães, sempre tive curiosidade se saber se onde vem esse sobrenome Rocha, pois adoro ele. Poderíamos montar um grupo mesmo pra tentar descobrir nossas raizes

  47. Hoje 18/02/2019.
    Faz 154 anos que meu avô paterno nasceu em Portugal.
    Depois veio para o Brasil e aqui não sei porquê veio se chamar Manoel da Rocha como meu falecido pai .
    Eu era para ser o Neto.
    Vibrações positivas parabéns e prosperidade.
    Aos Rochas!

    1. Sou filha, neta e bisneta dos ROCHA LAGE, meu vô chamava-se ARMINDO DA ROCHA LAGE, e busco informações a respeito dos meus bisavós ANTONIO DA ROCHA LAGE E MARIA DA GUIA que eram portugueses. Se alguém souber de algo. Fico Feliz!
      Ótimo dia a todos !

  48. boa noite meu nome e alvaro alvaro coelho da rocha
    bisneto de dalmiro antonio da rocha e victoria luciano da rocha

    bisneto de gelson alves coelho e silvia alves coelho

    1. tenho parentes que eram de santo antonio da patrulha ,sou célio francisco rocha ,filho da omero francisco rocha que é filho de lorival francisco rocha,meus tios ,antonio eloi rocha ,rude rocha ,raul ruas rocha e artolino rocha,juraci rocha,ivo francisco rocha ,hambos do rio grande do sul

    2. ” No Rio de Janeiro, mais precisamente São Gonçalo, nasceu Luiz da Rocha e Souza, fal. a 5.6.1794 em Santo Antônio da Patrulha/RS e casado com Maria da Costa, n. na Colônia/Uruguai.

      Esse casal gerou 9 filhos[5], dos quais destacamos Antônio da Antônio da Rocha e Souza, bat. 6.12.1749 em Rio Grande/RS, casado a 6.11.1797 em Cachoeira do Sul/RS com Constantina Maria do Nascimento, n.c. 1781 em Rio Pardo/RS e fal. 23.12.1865 em São Gabriel/RS, filha de Francisco Machado da Silveira[6], bat. Viamão/RS, onde casou a 3.3.1754 com Floriana (Florentina) Nunes Coelho, bat. Rio Pardo/RS.

      Antônio e Constantina foram pais de 11 filhos[7], dos quais: Cândida da Rocha e Souza, casada com o coronel Joaquim José da Silva, gerando 8 filhos[8], entre os quais citamos Constantina Cândida da Silva c/c Policarpo Machado de Souza”.

  49. Tb sou da Rocha ,meu avó era Joaquim Rocha Brasil e morava em pernambuco ,era casado com Monica cordolina de Andrade procuro informações de parentes

  50. Boa noite, minha bisavó materna se chama MARIA JOSÉ DA ROCHA, foi casada com Abel Rodrigues, até onde sei moraram em MG, não sei a cidade e também não sei se minha bisavó teve outro esposo.
    Se tiver mais alguma informação, se alguém tiver, por favor entre em contato por e-mail: [email protected]
    O nome da minha avó, filha de MARIA JOSÉ DA ROCHA é Nair Rocha Pimenta.
    Gostaria muito de reencontrar os parentes.
    Obrigada!

    1. Minha esposa hoje adota o nome de francisca de oliveira ,foi adotada ainda crianca ,mas era francisca da Rocha Soares o nome da Mae era Acelina da Rocha Soares ,irmaos Fabio da Rocha Soares ,Cleito da Rocha soares telefone contato 27995286547

  51. Boa noite, minha bisavó materna também se chama MARIA JOSÉ DA ROCHA, mas foi casada com Abel Rodrigues, até onde sei moraram em MG, não sei a cidade e também não sei se minha bisavó teve outro esposo.
    Se tiver mais alguma informação, se alguém tiver, por favor entre em contato por e-mail: [email protected]
    O nome da minha avó, filha de MARIA JOSÉ DA ROCHA é Nair Rocha Pimenta.
    Gostaria muito de reencontrar os parentes.
    Obrigada!

      1. Eu sou José simoes (ou Simão) Rocha, sou filho de Arlindo da Rocha e meu avô chamava Sebastião Amancio da Rocha, meu avô com meu vieram de ourocrania , próximo de Rio Casca e de São Pedro Ferros, região de Ponte Nova. Não sei se meu avô veio de a Espanha ou Portugal. Penso que você deve ser da mesma família que a minha . Meu e-mail [email protected]

        1. O meu Bisavô se chamava Arlindo Antônio da Rocha, morava na região de Hidrolândia-Ba…e a mesma pessoa? Porque o Ele deixou minha vô ainda criança para ir trabalhar… nao sabemos mais nada dele.

      2. Me chamo Simone Rocha e a origem de minha família é Rio Casca. Sou bisneta de Leandro Rocha e sei que na prefeitura de Rio Casca tem uma foto de meu bisavô que foi considerado um “médico” ou “farmacêutico” na época

        1. Simone
          Sou também Rocha ( José Simões da Rocha) filho de Arlindo da Rocha – meu avô se chamava : Sebastião Amancio da Rocha , ele saiu de Urucânia. Mg e se mudou para Governador Valadared
          Esta Urucânia fica na zona da mata próxima de Ponte Nova
          Quem sabe somos parentes ?
          Meu e-mail
          [email protected]

  52. Meu bisavô se chamava José Vieira da Rocha ele era do Piauí e minha avó se chama Margarida Maria da Conceição quem tiver bisavô com esse nome favor me contactar tive notícias de que parentes de minha avó estariam em Oeiras Piauí. Muito importante pra mim encontrar parentes do meu bisavô paterno que é da família Rocha pois são mais de 60 anos que minha avò não os vê. Ela tinha uma irmã por nome Dina, outra Maria. Ela foi embora pra casar com meu avô José Viana Lima.

      1. Ola sou cristina mello ds rocha, meu pai e do piaui, nasceu em 1895 vicente moreira da Rocha filho de João pedro da rocha e ana moreira da silva.

    1. Olá Iana, tudo bem?
      Meu avô se chamava Carlos Vieira da Rocha… Ele era lá desses lado de Piauí, Sergipe… Saiu de lá com 15 anos e nunca mais voltou. Nenhum de nós de sua descendência conhecemos seus familiares. Sei que ele tinha um irmão que se chamava José, e que era bem mais velho que ele… Dependendo sua idade, possa ser que meu avô e seu bisa, sejam irmãos…
      Anota meu whatsapp (66) 9 8429-2251

    1. Sou Wolney Celio Barreto da Rocha, filho de Wolney Celio Ferreira da Rocha, neto Waldemar Ferreira da Rocha e Evangelina Batista Ferreira da Rocha, sou do Rio de Janeiro mas meus avós eram de Minas Gerais. Gostaria de conhecer mais parentes pelo Brasil.

  53. FAMÍLIA ROCHA (LA ROCHE)
    Família de origem estrangeira, passada a Portugal na pessoa de Monsieur de la Roche (Cavaleiro Francês), a quem se atribuem diversas nacionalidades, o qual ia para a Terra Santa e ajudou D. Afonso III na tomada de Silves. Este monarca lhe fez mercê de Torres Novas e outros lugares. Alguns autores dizem que veio para Portugal no reinado de D. João I e dão-lhe por geração três filhos: Luís da R., D. Gomes da R. e D. Raimundo da R. , mas de D. Gomes é que informam provir os do seu apelido. Dizem os genealogistas que foi casado, mas não indicam geralmente, o nome da mulher. Felgueiras Gaio diz que ela se chamava D. Inês de Meneses. Informaram, ainda tais autores, que, depois de viúvo, foi comendatário de Pombiero, e de outros mosteiros, do que há memórias pelos anos de 1482 e depois Bispo de Trípoli o qual teve grandes rendas por possuir o senhorio de alguns lugares no entres Douro e Minho. Evidentemente, ou este, D. Gomes da R. não era filho de Monsieur de la R. vindo para Portugal no reinado de D. Afonso III, ou este cavaleiro passou cá no tempo de D. João I como escreveram alguns linhagistas antigos. Referência: https://www.heraldrysinstitute.com/lang/pt/cognomi/Rocha/Portugal/idc/602406/

    Família La Roche:

    A antiguidade desta casa, doada vários ramos são estabelecidos em Bourbonnais, Auvergne, Marche, Pèrigord e Berry, remonta, diz Courcelles, mais de sete séculos. De 1100 a 1776, ela formou uma cadeia de mais de 86 gerações. O grande número de suas terras, uma das seu nome, localizado no país de Combrailles, na diocese de Limoges, e possuiu-se à Revolução, um alleu nobre e independente não era uma vez sob qualquer ; os lugares eminentes que ocupou no Estado e na Igreja, e as ilustres alianças que contratou, não nos permitem duvidar de que é, segundo a expressão do Abade d’Estrees, que elaborou a genealogia em 1776, o primeiro fundo da antiga nobreza da França ou dos francos. Ela deu à Igreja um abade de Clairvaux e arcebispo de Lyon, que morreu em odor de santidade em 1235; bispo de Puy, em 1703; um cardeal arcebispo de Narbonne e Toulouse e Reims, primeiro entre pares e Grande Capelão da França, abade de Saint-Germain-des-Prés, presidente das assembleias do clero, desde 1768 até 1775. Ele é que teve a tripla honra de batizar, casar e coroar o rei Luís XVI. E no exército, dois cavaleiros cruzados, em 1248; um senescal de Auvergne, em 1472; um Grande Reitor do Rei Francisco I, morto ao lado deste monarca na Batalha de Pavia, em 1525; um senescal do março, em 1615; vários cavaleiros e comandantes da ordem de Malta, desde 1420, e um grande número de oficiais superiores, entre os quais distinguimos quatro tenentes-generais do exército do rei, condecorados com várias ordens e vestidos com importantes comandos; um deles ordenou a artilharia francesa na batalha de Fontenoy, 11 de maio de 1745. O nome de Laroche-Aymou incluídos nas listas de famílias mantido em sua nobreza, em Novembro de 1666, e em 1789, ele foi também na dos eleitores para os deputados da nobreza nos Estados Gerais, em Périgueux e em Bordeaux. Esta grande casa tinha as qualificações do Marquês, Conde, Visconde, Barão e, após as provas feitas …
    Referência: https://www.heraldrysinstitute.com/lang/pt/cognomi/Laroche/France/idc/715029/

    La Roche 1397 Mömpelgard Genealogistas Jaußenhans 1675 Salem Trapier da Ordem Teutônica Pistons 1222 Armeiro de Jena Nome de local francês Laroche (rocha igual). Roche Este nome também é atribuído a uma marca de nobreza, que é representada pelo seguinte brasão. Isso também confirma o significado histórico da família por seu significado histórico em termos de riqueza, nobreza e prestígio. …
    Referência: https://www.heraldrysinstitute.com/lang/pt/cognomi/Laroche/Deutschland/idc/722992/

    1. Sou Jeane Cavalcanti da Rocha, meu pai José Joaquim da Rocha Neto, mesmo nome do meu bisavô que era Português. Sou de Pernambuco, aqui no Estado não temos muitos Da Rocha.

      1. Meu avô jose calvocante rocha minha mae maria jose rocha meu avô vei da Bahia. E so isso q sei. Foi pra Goiania ele e mais 4 irmão. So q nao sei nd deles queria tanto conhecer a familia do meu avô

  54. Família de origem estrangeira, passada a Portugal na pessoa de Monsieur de la Roche (Cavaleiro Francês), a quem se atribuem diversas nacionalidades, o qual ia para a Terra Santa e ajudou D. Afonso III na tomada de Silves. Este monarca lhe fez mercê de Torres Novas e outros lugares. Alguns autores dizem que veio para Portugal no reinado de D. João I e dão-lhe por geração três filhos: Luís da R., D. Gomes da R. e D. Raimundo da R. , mas de D. Gomes é que informam provir os do seu apelido. Dizem os genealogistas que foi casado, mas não indicam geralmente, o nome da mulher. Felgueiras Gaio diz que ela se chamava D. Inês de Meneses. Informaram, ainda tais autores, que, depois de viúvo, foi comendatário de Pombiero, e de outros mosteiros, do que há memórias pelos anos de 1482 e depois Bispo de Trípoli o qual teve grandes rendas por possuir o senhorio de alguns lugares no entres Douro e Minho. Evidentemente, ou este, D. Gomes da R. não era filho de Monsieur de la R. vindo para Portugal no reinado de D. Afonso III, ou este cavaleiro passou cá no tempo de D. João I como escreveram alguns linhagistas antigos. Referência: https://www.heraldrysinstitute.com/lang/pt/cognomi/Rocha/Portugal/idc/602406/

    Família La Roche:

    A antiguidade desta casa, doada vários ramos são estabelecidos em Bourbonnais, Auvergne, Marche, Pèrigord e Berry, remonta, diz Courcelles, mais de sete séculos. De 1100 a 1776, ela formou uma cadeia de mais de 86 gerações. O grande número de suas terras, uma das seu nome, localizado no país de Combrailles, na diocese de Limoges, e possuiu-se à Revolução, um alleu nobre e independente não era uma vez sob qualquer ; os lugares eminentes que ocupou no Estado e na Igreja, e as ilustres alianças que contratou, não nos permitem duvidar de que é, segundo a expressão do Abade d’Estrees, que elaborou a genealogia em 1776, o primeiro fundo da antiga nobreza da França ou dos francos. Ela deu à Igreja um abade de Clairvaux e arcebispo de Lyon, que morreu em odor de santidade em 1235; bispo de Puy, em 1703; um cardeal arcebispo de Narbonne e Toulouse e Reims, primeiro entre pares e Grande Capelão da França, abade de Saint-Germain-des-Prés, presidente das assembleias do clero, desde 1768 até 1775. Ele é que teve a tripla honra de batizar, casar e coroar o rei Luís XVI. E no exército, dois cavaleiros cruzados, em 1248; um senescal de Auvergne, em 1472; um Grande Reitor do Rei Francisco I, morto ao lado deste monarca na Batalha de Pavia, em 1525; um senescal do março, em 1615; vários cavaleiros e comandantes da ordem de Malta, desde 1420, e um grande número de oficiais superiores, entre os quais distinguimos quatro tenentes-generais do exército do rei, condecorados com várias ordens e vestidos com importantes comandos; um deles ordenou a artilharia francesa na batalha de Fontenoy, 11 de maio de 1745. O nome de Laroche-Aymou incluídos nas listas de famílias mantido em sua nobreza, em Novembro de 1666, e em 1789, ele foi também na dos eleitores para os deputados da nobreza nos Estados Gerais, em Périgueux e em Bordeaux. Esta grande casa tinha as qualificações do Marquês, Conde, Visconde, Barão e, após as provas feitas …
    Referência: https://www.heraldrysinstitute.com/lang/pt/cognomi/Laroche/France/idc/715029/

    La Roche 1397 Mömpelgard Genealogistas Jaußenhans 1675 Salem Trapier da Ordem Teutônica Pistons 1222 Armeiro de Jena Nome de local francês Laroche (rocha igual). Roche Este nome também é atribuído a uma marca de nobreza, que é representada pelo seguinte brasão. Isso também confirma o significado histórico da família por seu significado histórico em termos de riqueza, nobreza e prestígio. …
    Referência: https://www.heraldrysinstitute.com/lang/pt/cognomi/Laroche/Deutschland/idc/722992/

  55. Sou Artur Carlos Rocha . Descobri que meu bisavô chama-se Mamed Rocha e Minha Bisa avo Hanna Rocha, nossa avo Manoel francisco Rocha sempre disse de nossa Origem judaica por parte de Hanna. Somos de Minas Gerais , nossa familia se espalhou pela região do Norte do Estado , procuro informaçoes de nossos descendentes ! Shana Tov
    Wats 11 987657714

    1. Boa noite novamente, Artur.
      Eu me equivoquei quanto ao brasão da Família Rocha ( e da Rocha). Na verdade a família Tavares que tem como um de seus brasões 05 estrelas de David.
      Ainda assim ratifico quanto a assistir ao filme “Estrela Oculta do Sertão”.
      Um ganhador do Prêmio Nóbel de Química em 2012 foi Serge HaRoche. Há ainda na França diversos HaRoche todos judeus praticantes. Não se esqueça que Marrocos abrigou uma enormidade de judeus perseguidos pela Inquisição sobretudo após o decreto de expulsão de 1.492. Muitos dos cristãos novos mantiveram as práticas religiosas em segredo que, todavia, foram se perdendo com a assimilação com os gentios. Outros como os que conseguiram escapar par países onde era tolerada a religião judaica, a Halacha e o Kashrut. Há muita gente em busca do conhecimento dessa ancestralidade. Mas é extremamente difícil a comprovação. Entretanto é encantadora a pesquisa e andanças pelas histórias e costumes contadas pelos nossos pais e avós.
      Uma ótima noite

        1. Ola,

          Meu pai se chamava Mario Alves da Rocha e sua mae maria alves da Rocha, ele faleceu quando eu era criança e infelizmente n sei nada sobre a minha origem. Ate pq ele nao me registrou, pór problemas judicias na epoca… Sei que apos muitos anos ele teve uma irma, a qual ele nao conheceu…

          1. Eu tinha um tio
            Por nome Mário mas não conheci só sei que o nome do meu pai e Domirio Nicolau Alves se vc já ouviu falar do meu pai entra em contato comigo

  56. Minha Sogra afirma que sua família é Rocha e Tempone o nome dela é Eugênia mora no Espírito Santo e que era pequena quando ouve uma enchente e sua família perdeu tudo e foi para Barra de São Francisco no ES

  57. Boa noite!!!! Sou neta de Maria Manoella da Rocha Brandão!!!Filha de Idalina da Rocha Brandão irmã do General Leonel da Rocha!!!Gostaria de entrar em contatos com os parentes de minha querida vó!!!!

    1. Sra. Jennifer Cordeiro
      Somente hj li seu comentário sobre sua avó e consequentemente, de sua bisavó Idalina Maria da Rocha (nome de solteira). Ela vem a ser minha tia avó, uma vez que tinha mais 10 irmãos, na seguinte ordem: Aleixo da Rocha e Silva (1844), Delfim o da Rocha e Silva (1846), Sônia Maria da Rocha (1848), Idalina Maria da Silva (sua bisavó), Serafim Maria da Rocha (1852), Severino Maria da Rocha (1857), Antonio Maria da Rocha (1859, meu avô, cujo apelido era “Tico”, que, depois, foi incorporado ao nome), Manoel Maria da Rocha (1861), Maria da Rocha e Silva (1863), Leonel Maria da Rocha (1867, General Maragato da Revolução Federalista de 1893) e Afonso Maria da Rocha (1869) . Eles eram filhos do casal João José Maria e Cândida da Silva Rocha (ela nascida em 1824). Atte Antônio Nunes Rocha, Curitiba.A

      1. Jennifer Cordeiro temos em Taquari anualmente a festa da família Rocha, achei muitos parentes de Leonel Maria da Rocha, inclusive uma filha dele ainda é viva e mora em Erechim-RS…tenho muitos contatos de familiares.
        [email protected]

        1. tem alguem ai que conhece ,lorival francisco rocha que foi casado com mauricia de paula borges ,ela de vacaria rs e ele é do rio grande ,filho deles,meu pai omero francisco rocha,irmãos,raul ruas rocha,ivo francisco rocha,juraci rocha, rude elias rocha,artolino rocha

          1. Sou Aquiles Rocha, filho de Milton Rocha e neto de Hermet Normanini e Rocha e Silvia Rocha, bisneto de Jose Rocha e Guiomar Tavares

      2. Sou Luiz Antônio Oliveira Rocha, Filho de Manoel Ramos da Rocha Filho, neto de Manoel Ramos da Rocha e Romana Machado Rocha. Meu pai disse que a família foi de Capelinha MG para Novo Cruzeiro MG. Atualmente estou em São Mateus ES. Tenho interesse em dupla cidadania pois tenho descendência de português/Francês e Oliveira q é de origem Judaica …Podíamos conseguir documentos para comprovação. Meu e-mail [email protected]

      3. Boa noite, vejo que encontrou datas e estou na busca de duas datas: da minha bisavó Filomenia de Dantas C. Rocha e Hermínio Figueredo Rocha. Como conseguiu?

      4. Caro Antônio
        Sua postagem efetuada em 10/01/2019, prestando esclarecimentos a Srª Jennifer Cordeiro , contendo a nominata dos filhos do casal João José Maria e Cândida da Silva Rocha , apresenta algumas diferenças com relação a nominata postada em 29/01/2009, sob o título ORIGEM DA FAMÍLIA NUNES ROCHA. Considerando que estou estudando a genealogia da minha esposa, Liana Rocha Porto, neta paterna de Severino Maria da Rocha, gostaria , se possível , que estas dúvidas fossem dirimidas. Abraços Osvaldo de Menezes Porto

        Sr. Antônio Nunes Rocha
        Li sua postagem efetuada em 10/01/2019 em esclarecimentos à Sra. Jennifer Rocha. A nominata apresentada com relação dos filhos do casal João José Maria e Cândida da Silva Rocha ocorre algumas inconformidades com a nominata postada por Alnary Nunes da Rocha e ORIGEM DA FAMÍLIA NUNES ROCHA ,disponível em: http://escritosanalfabetos.blogspot.com.br/2009/01/origem-da-familia-nunes-rocha.html. Acessado em 29/5/2015.
        Ficarei grato se minhas dúvidas forem dirimidas. Um abraço Osvaldo de Menezes Porto Taquari,03/06/20220

        1. Sr.Osvaldo de Menezes Porto. Não cheguei a ver esse blogue (escritos analfabetos), no que se refere à origem da família. Meu irmão Alnari Nunes Rocha faleceu em 1994; esse blogue era do filho dele que tinha o mesmo nome e, também, já faleceu mais ou menos há uns 5 ou mais anos. Não sei onde ele conseguiu algum dado conflitante. No meu caso, eu já tinha feito alguma coisa, de acordo com uma carta que tinha recebido de nosso pai, um pouco antes de sua morte em 1967. Depois continuo, vou atender à minha mulher. Sry

          1. Entao, na década de 80, quando mudei de Santos para o Paraná, alguns historiadores estavam coletando informações para escrever sobre João da Silva Machado, Barão de Antonina. Como eu tinha essa carta de meu pai que descrevia fortemente sobre seu tio-bisavô, liguei para o telefone que tinham disponibilizado no artigo jornalístico e fui convidado a visitá-los. Um dos membros e sua esposa se deslocaram a Taquari e aí visitaram o ” Faxina dos Silva” e me trouxeram fotos das antigas edificações, bem como, de um exemplar antigo do jornal “O Taquariense”. Nesse exemplar dos anos 30 (posso conferir depois), além de um artigo de Otelo Rosa sobre os dois irmãos Barões, havia também uma excelente planilha genealógica de autoria de Riograndino Costa e Silva, na qual até um estame se referiam aos parentes comuns e a neles constava todos os descendentes de nossos bisavós a partir de Aleixo até Afonso ( o último). Severino era o sétimo e, digo era o seX tô e meu avô o sétimo, nascido em 1859. Até. Antônio Nunes Rocha, Curitiba 26/06/2020

          2. Sr.Osvaldo, estou vino à medida que estou achando as coisas. Há achei as xerox do jornal: “O Taguardente 2663 de 20/05/1939 e 2666 de 10/06/1939. A planilha elaborada pelo ínclito Riograndino Costa e Silva está num desses, pois eu só tenho xerox só do Título atinente aos descendentes de Cândida Silva Rocha e seu esposo João José Maria. Esses jornais eram dos donos da casa, Sr Azevedo,que era assinante e guardava o semanário, casal muito gentil, segundo o Escritor José Marques da Cunha e sua esposa que estiveram lá. Atte. A tonto Nunes Rocha 29/06/20

          3. Taquaryense ( e ainda, o tablet mudou meu nome para “tonto”, se continuar, vou ajudar o zorro, ah ah ah!

      5. Boa tarde.
        Meu nome e Antonio Carlos da Silva Rocha bisneto de Laurentino da Rocha Nunes.
        Laurentino era de Penafiel – Portugal.

      1. D.Trícia Albuquerque da Rocha
        Pois é, não sei se é só pela idade (indo para os 84), só agora que notei seu txt. Então, Leonel Maria da Rocha tinha muitos irmãos, entre eles meu avô Antônio Maria da Rocha. Este tinha 11 filhos, entre eles meu pai Alcides da Silva Rocha. Meu pai tinha conhecimento com o tio dele, Leonel, que era cerca de 30 anos mais velho. Esse conhecimento começou bem depois da revolução federalista de 1893, na qual meu antepassado colateral mostrou sua bravura e abnegação. Papai que nascera em 1898 já no Paraná ( Fazenda Taquarial, em Jaguariaíva), conforme meu irmão mais velho que vai completar (se Deus quiser, 96 anos) e tinha 7 anos em 1930, relata que nessa época meu pai tinha muita afinidade com seu tio Leonel. Na década de 40 meu pai recebeu uma carta dele que, atualmente, está em minhas mãos. Nota-se nela, pelos termos empregados e boa caligrafia que Leonel era muito bem instruído. Então, por ser a Sra. descendente da linha reta desse nobre parente que lutou por um ideal, que no dizer dele era o ideal de Silveira Martins (daí vem o nome que deu ao filho), queira receber os meus parabéns. Atte. Curitiba 29/03/2019

    2. Pois é, sua bisavó era irmã do meu avô Antônio Maria da Rocha, que tinha o cognome “coronel tico”. Mais tarde incorporou o apelido ao nome e, quando veio para o Paraná após a revolução federalista, onde tinha duas propriedades (Fazenda Taquari, em Jaguariaíva e Fazenda na Ronda, em Castro), em seus documentos já consta como Antonio Maria da Rocha Tico. Apesar de alguns escritos sobre Leonel mencionarem que era analfabeto, creio ser equívoco, porque tanto meu avô Antônio que conheceu a esposa quando foi escolhido para ser professor dela na Fazenda de meu bisavô Alexandre Luís da Silva de nomes Fazenda Dois Irmãos, Tesouras e São Luiz . Ao falecer, coube por herança à minha avó Luiza da Silva Rocha (pois se casara com o Professor aos 13 anos de idade e ele com 20), uma porção de terras, pastos e casa que se constituíram na Fazenda Chapada. Hoje, não só a Chapada como as demais se constituem em 4 ou 5 municípios do RS. Meus avós venderam em 1905 a Fazenda para uns Senhores uruguaios. Mas tudo isso está relatado num livro editado no RS, chamado “A Trilha dos Pioneiros”, Editora Berthier, Passo Fundo RS. Meu pai (Alcides da Silva Rocha, falecido em 1967),que mantinha contato com seu tio Leonel, recebeu dele uma carta na década de 40 e esta carta (manuscrita), está comigo. A letra é firme e sem erros de português. Agora já é mais de meia – noite, outro dia , se houver interesse, volto sobre o assunto. Atte, Antonio Nunes Rocha-Curitiba

  58. Gostaria de saber sobre a familia do meu pai,mas só sei que ele nasceu em penedo,Jose Pantaleão da Rocha.Os pais dele eram Manoel Pantaleão da rocha e Eulália bezerra.meu nome é Sonia Aparecida Rocha

  59. Sou neto de Almiria Ferreira da Rocha de Pilar-AL, filha de Francisco Ferreira da Rocha e Seraphina Pinto de Araújo. Algum Rocha de Alagoas?

      1. Minha avó contava que tinha um tio advogado que se chamava Pedro Rocha muito conhecido em Maceió porque fazia discursos em todos os velórios que ia….

      2. Eu me chamo Maria Rúbia Ladislau Pereira, sou filha de João Gonçalves Pereira e Consuelo Ladislau Pereira, meus pais, tenho como avos maternos: Colombo da Rocha Ladislau e Fleurice Lucena Ladislau. O meu bisavô materno chama-se Vitor Hugo da Rocha Ladislau. Gostaria de ter contato com pessoas que conheceram meu avô e bisavô (pai e filho). Também foi dito pela família que eles vieram de Belem para o Amazonas , na cidadezinha chamada Anori.

      3. carlos o meu pai também é de alagoas, o nome dele é Manoel rocha, o pai dele é alfredo da rocha. ele é da região de igreja nova na beira do são Francisco.

        1. Meu nome é Gabriela, queria achar alguém da Família do meu Avô que infelizmente já faleceu, mas gostaria muito de encontrar a família dele, ele era da Alagoas da região de Água Branca, o nome dele José Eduardo Rocha

          63 992659635

        1. Evaldo Rocha Itacoatiara Amazonas Brasil, sobrenome Rocha isolado de parentesco, embora haja outros Rochas, mas não encontramos nenhum laço de parentesco, meus avós maternos eram portugueses, Rodrigues da Rocha.

    1. Meu ramo da família Rocha, acreditamos que é de Salustiano Ferreira da Rocha. Também o que sabemos que veio de Jaguarari Na para Corrente Pi. Meu avô Antônio de Araújo Rocha de Corrente, veio pra Alto Parnaíba Ma, onde residimos.

    1. Meu nome é solene soares da rocha , filha de João Francisco da rocha e neta de vicente francisco da rocha . Gostaria muito de saber a origem da minha familia.

      1. Oi Solene, de que lugar vc é?
        O vô da minha mãe tem esse nome ele era casado com Idalina Maria De Jesus.
        Qualquer coisa me chama no whatsapp 15 996681022

  60. Sou filha de Aparecida de Lurdes Ribeiro da rocha que é filha de Elpidio Ribeiro da rocha e Maria da Conceição minha mãe disse que meu avô erá de Catolé Bahia gostaria de saber mais sobre meus antepassados

  61. Pretendo atenção! Família Rocha do Brasil e do Mundo
    Principalmente no Estado da Bahia, Brasil.
    Região do Silas ou (território de identidade do Sisal), municípios que abrange de Serrinha a Santaluz, Bahia.

    Meu bisavô se chamava Luís Ferreira da Rocha (apelido de Marotinho), dizem que ele era cego, e seu primeiro casamento foi com Matilde Simplicia de Jesus (apelido de Madrinha Fiinha), com quem teve 7 filhos, que cresceram em São Domingos, Bahia. Segundo informações era da cidade de Retirolândia, próxima a Conceição do Coité que é umas das cidades mais antigas dessa região.
    Ele largou minha bisavó e arrumou outra mulher com quem teve mais filhos. Segundo informações foi morar em Jequié, Bahia.

    Acredito que ele tenha nascido entre 1890 e 1900.

    Estou construindo uma árvore genealógica em dois sites diferentes. Um deles é no Geni.com

    Email: [email protected]

    1. Ola tudo bom sou Almir meus avos eram deste estado mas nao tenho mas informacao e so os nomes deles Francisca Rocha Pires e Pio rocha vieram para sp a cerca de 70 a 80 anos atras quem sabe ne ve ai abracos.

  62. Gostei de saber a origem dos Rochas também sou da família Rocha por parte de minha mãe o pai dela era Elpidio Ribeiro da rocha já falecido

    1. Sra Maria, boa tarde.
      Sou Murilo Rios Rocha. Meu pai, Bruno Galvão Rocha Sr já idoso, diz que meu avô, Miguel Pinheiro da Rocha falava muito bem em um Elpídio da Rocha. Meu avô Miguel morou e criou família em Ipiaú – Jequie – Ba e viveu sua velhice em Caldas do Jorro-Ba, perto de Serrinha-Ba. Estou tentando resgatar as origens da minha, talvez, nossa família. A todos os da Rocha, da Bahia, Brasil chamo a nos unir. Meu e mail é [email protected].
      Ficarei feliz em montar a nossa grade genealogica e tem 2 sites para tal, o Geni e o MyHeritage, basta procurar no Google.
      A todos os da Rocha, Rios, Galvão, Pinheiro, Oliveira e a todas as famílias de, possível, origem judaica da Bahia vamos nos unir. Alias, todas as famílias devem se unir. Mas conclamo estas, pois procuro gente do meu sangue para tirar nacionalidade estrangeira, pois, pelo pouco que entendo, alguns judeus tem algumas facilidades.
      Todo homem antes de conhecer o externo deve procurar as respostas da vida em si. Muitas estarão em nós.

      Muito obrigado.

  63. Olá galera com sobrenome Da Rocha. Então este site comenta que o Da significa uma maneira harmônica para pronunciar. No entanto a informação que tenho de um professor de Economia da Universidade de Santa Catarina – UFSC na década de setenta, que me questionou se eu sabia o significado do “Da” antes do meu sobrenome Rocha. Disse que não, então ele me disse que isso significava um título nobre cedido a família como forma de distinção pelos préstimos ou importância dedicada a corte. Ou seja, todos os “Da e De” que antecipam o nome tinha esta função de distinguir dos demais com o mesmo sobrenome. A palavra com os historiadores, pesquisadores e estudiosos. Minha família Da Rocha, tem origem em Arranguá, cujo avó chamava-se Manoel José da Rocha, com seus filhos homens Antonio, José, e Pedro da Rocha e filhas Lourdes, Lica e Etelvina, que nasceram em Maracajá. Quem souber das origens desta familia Da Rocha, agradeço e fico grato pela informação. José Carlos da Rocha

    1. Boa noite José Carlos da Rocha, meu avô também se chamava chamava Manoel José da Rocha, minha mãe dizia que o pai dele era Português. Minha mãe nasceu em 1899, por aí vc percebe que são pessoas nascidas no século 17. Eu gostaria imensamente que alguém me ajudasse destrinchando esta origem e principalmente o nome do meu Bisavô; se é que isso é possível

    1. Minha avó Maria Rocha Novais, filha de Ana Ribeiro de Novais e Teófilo Novais, esposa de Pedro Vieira Rocha, filho de Bernardina Vieira, irmão de Paulo Vieira Rocha da região de Jequitinhonha e do sul da Bahia.

      1. Meu Bisavó foi Olinto Soriano da Rocha…Minha Bisa sua Prima Fidelcina Neves da Rocha…De Itinga e Araçuai -MG …bem perto de Jequitinhonha.

  64. Estou impressionada quanto da Rocha que surgiu kkk deixa eu me apresentar sou Sheila da Rocha França filha de Luciane da Rocha França e Claudecir de França e neta de Venino Fernandes da Rocha e Genilda Marvila da Rocha.Moro no Espirito Santo Estado proximo de Minas Gerais.

  65. Eu sou carlos alberto da rocha do rio de janeiro,meu pai era do espirito santo.e minha mãe.e de sao luiz do Maranhão.pai jose lopes da rocha da regiao italiana do espirito santo.mãe. francisca de assis freire.

    1. Seu pai é de que localidade no ES. Estudo a família Lopes da Rocha. Um de meus bisavôs era Franisco Lopes da Rocha .Ele tinha um irmão que se chamava Jose Lopes da Rocha Sobrinho. Este Jose morou em Afonso Claudio /ES no inicio do seculo xx. Não sabemos para onde foi a descendwencia dele.
      meu email: [email protected]

    2. Seu pai é de que localidade no ES. Estudo a família Lopes da Rocha. Um de meus bisavôs era Franisco Lopes da Rocha .Ele tinha um irmão que se chamava Jose Lopes da Rocha Sobrinho. Este Jose morou em Afonso Claudio /ES no inicio do seculo xx. Não sabemos para onde foi a descendencia dele.

  66. Me chamo Valdir José da Rocha, sou filho de Antonio José da Rocha, meu vô se chamava Joaquim José da Rocha, casado com Marcelina Maria de Jesus.
    Meu pai, nasceu em Salinas Minas Gerais….

    Quem puder con

    1. Boa noite! Sou Márcia Rocha Guedes Assunção. Meu Avô era Carlos José da Rocha. Ele era filho de Antônio José da Rocha com Maria Cecília Estefânia da Rocha de Aracati no Ceará. Gostaria de informação sobre o meu bisavô que faleceu quando o meu avô tinha 1 ano de idade.Quem tiver alguma informação do Antônio José da Rocha eu agradeço.

  67. Olá! Procuro informações de meu bisavô: Luiz Vieira da Rocha, Sei que veio para o Brasil (RJ), de Portugal no final do século 19. Seu pai chamava-se Manuel Vieira da Rocha. Pesquisei e encontrei vários Rochas imigrantes para o Brasil de diversas províncias portuguesas. Não sei o local exato de nascimento de meu bisavô. Caso alguém tenha alguma informação, por favor faça contato comigo. Abraços Fátima Vieira.

    1. Oi. Meu nome é Daniele Vieira da Rocha, meu pai Celso Vieira da Rocha, e avô Ponciano Vieira da Rocha. Meu pai e avó são do rio grande do sul, eu de Santa Catarina. Estou tentando saber mais sobre minha origens também

    2. Oi. Eu sou Daniele Vieira da Rocha. Pai Celso Vieira da Rocha e avô Ponciano Vieira da Rocha. Meu pai e avô vieram do Rio grande do sul e eu sou de Santa Catarina..também procuro por mais informações

      1. Olá, sou Miguel Erotildes da Rocha. Meu trisavô se chamava João José Vieira da Rocha – faleceu em 1812. Minha trisavó se chamava Maria Bernardi de Jesus – faleceu em 1814. Só sei que eram do RS.

    3. Também procuro por parentes com sobrenome Vieira da Rocha. Meu avô se chamava Carlos Vieira da Rocha, e meu bisavô se chamava João Vieira da Rocha. Meu avô saiu do Nordeste com 15 anos de idade e nunca mais teve contato com os familiares. Portanto não sabemos nem por onde começar a procurar.

      1. Meu pai tem o nome de Ângelo Fernandes Rocha ele lavrador de São Sebastião do Alto no Estado do Rio de Janeiro filho de Francisco José Fernandes e Polônia Fernandes Rocha.

      1. Somos sim

        Meu avo paterno . Paulino lambert da rocha de iguape sao paulo.
        Meu avo materno tambem era rocha . Joaquim romao da rocha de engenho novo minas gerais.
        Sou duas veses rocha pp

    1. Oi Tânia, busco informações a respeito de meus bisavós que eram portugueses (Antonio da Rocha Lage e Maria da Guia) e também viveram entre Minas e Rio de Janeiro, meu avô chamava-se (Armindo da Rocha Lage), casado com Lucia Rodrigues Lage. Se esses nomes lhe disserem algo me dá um toque. Obrigada

      Elizabeth Barros

  68. Olá boa noite!
    Me chamo Miriam Serqueira Rocha, meus pais vieram de Minas Gerais para Rio de Janeiro.
    E gostaria de saber um pouco mais sobre a família rocha.
    Meu pai já é falecido

    1. meu bisavó se chamava miquelino silveiro da rocha morreu a muitos anos não o conheci ele faleceu no município de perdida perto de capitão Andrade minas gerais quem sabe seu avo era irmão
      dele

  69. Olá
    Sou de sobrenome Rocha. Poucos meses perdemos o pai que era o Rocha. Moro em Novo Hamburgo, RS. Como faço para ter o brasão, ele é muito bonito.

    1. Clarindo, também sou dos rocha de Minas Gerais, minha avó Zélia Maria da rocha teve mais de 10 irmãos, a mãe dela se chamava Antonieta. Se não me engano ela mencionou a região de alfenas, cheguei a conhecer mais dos rochas de Minas quando era criança, família grande. O avô dela tinha fazenda e plantação onde hoje e conhecido como os rocha, de acordo com ela todos os rochas de Minas que são de Minas são parentes. Adoraria entrar em contato com você e descobrir o elo.

        1. Se você não é um da Rocha caia fora daqui, seu moleque.
          Apague este comentario ou vou a Polícia Federal e processá-lo. Não se brinca com uma família. Seu vagabundo.
          Vi este comentário, agora, às 18:14 minutos. Você tem 15 dias ou vamos nos ver nos tribunais. Por favor, os da Rocha vamos nos levantar contra este, possível, menino.
          Apague seu comentario hater infeliz. E isto é uma ordem. Ou se verá processado.

      1. Ana, meu avô e minha mãe moraram em Curvelo. Meu avo se chamava Joaquim Ferreira da Rocha. Não possuímos mais informações da família, pois moramos hoje em Belo Horizonte.Tenho interesse em saber informações da familia Rocha. Entre em contato.Obrigada

        1. Olá meu pai nasceu em Curvelo e meu avô era de lá
          Meu pai Enison Mendes da Rocha filho de José Mendes da Rocha e Ana Mendes Ferreira eles se mudaram para Paranavai no Paraná e sei que meu pai tinha muitos parentes em Curvelo e acho que sete Lagos !!
          Qualquer informação será bem vinda
          [email protected]

      2. Também sou Rocha, de Alto Parnaíba Ma, meu avô Antonio de Araújo Rocha veio de Corrente Pi. Por informação a família Rocha do Pi é descendente de Salustiano Ferreira da Rocha, de Jaraguari Na, más acredita-se que são de Jaguari _MG.

    2. Ola Clarindo tb sou da Familia Rocha de Guanhaes centro nordeste de Minas. Conheci o José Polidorio da Rocha perto da Escola Altivo Coelho.Deixo o meu whatsap (+39 3482434183) estamos a algumas horas de differenza de fuso horario… contactar por mensagem.

    3. Clarindo, meu avô também chamava José Polidoro da Rocha. Meu nome é Maria dos Reis , filha de Gabriel Rodrigues Rocha. Também tenho grande interesse em saber a verdadeira origem.

      1. Encontrei nos sites
        1- Geneaminas –

        https://www.geneaminas.com.br/genealogia-mineira/restrita/enlace.asp?codenlace=1373470

        Jacinto Rodrigues Rocha, São João Evangelista, MG
        casou-se com Maria Beatris Augusta de Miranda Leite (Biquita)
        Tiveram um filho.
        José Polidoro da Rocha (1865 – 1939).
        Informações fornecidas por Pedro Aurelio Caldeira

        Site 2 –
        https://val51mabar.wordpress.com/tag/genealogia-em-pecanha/

        Jose Polidoro (Lolo) da Rocha – Mariana Senhorinha da Rocha, , filhos/filhas e maridos/esposas:

        Arcebilio Rodrigues da Rocha – Maria Candida Pires
        Demetria Rodrigues da Rocha – Antonio Polidoro Monteiro
        Silvino Rodrigues da Rocha – Amasiles Rocha Cirilo
        Jose Rodrigues da Rocha – Amanda Caldeira
        Joao Rodrigues da Rocha – Liberalina pires
        Salomao Rodrigues da Rocha – Sebastiana Candida de Oliveira
        Jacy Rodrigues da Rocha – Cecilia Araujo Neto
        Sebastiao Rodrigues da Rocha – Lucy Albuquerque
        Heraclito Rodrigues da Rocha – Petrina Rocha
        Teosildes Rodrigues da Rocha – Pedro da Silva Caldeira
        Maria Ana Rodrigues da Rocha – Juliao Pinto Sardinha
        Gabriel Rodrigues da Rocha – Geralda Cardoso
        Rafael Rodrigues da Rocha – Maria das Dores Amaral
        Madalena Rodrigues da Rocha – Alcides Campos
        Maria Helena Rodrigues da Rocha – Geraldo Pimenta

    1. Meu avô se chamava José Olimpio da Rocha Filho e minha avó Rosalina Nogueira de Lima, eles residiram na região de Campos Novos Paulista SP, sei que tiveram parentes em Lupércio SP, região de Marília SP. Será que conhecerei meus antepassados?

  70. Olá! Sou Mônica Lima Ferreira da Rocha, neta de Onésimo Ferreira da Rocha e Olga Rimes e filha de Hugo Ferreira da Rocha, nascido em Presidente Soares-, hoje Alto Jequitibá. Gostaria de reencontrar familiares, que não vejo desde criança, saber a descendência de meus avós e entender mais da ancestralidade!
    Alguém aqui é da mesma árvore genealógica?
    Se for, por favor fala comigo no e-mail [email protected]
    Abraços!

    1. Oie, eu também sou uma Rocha, me chamou atenção seu sobrenome pois meu pai é Theobaldo Ribeiro Ferreira Rocha e meu avô se chamava Abelardo Ferreira Rocha; eram da região de Mascote-BA

  71. FAMILIA ROCHA de RIO PRETO-MG
    .
    Tudo começou em Portugal, em 1847, na Vila Nova de Gaia, perto de Porto, quando o casal Albino da Rocha e Maria Pinto da Rocha teve o filho Luiz José da Rocha, que veio para o Rio de Janeiro, onde tinha parentes, por volta de 1870. Ali trabalhou por pouco tempo, pois teve notícias de que na região do Rio preto havia muita terra pra quem quisesse ali se estabelecer. Foi nesse sertão que ficou, com terras na Fazenda da Barra, sendo ele conhecido então por Luiz da Barra.
    No dia 2 de outubro de 1876, se casou na Igreja de Santa Bárbara, com Bárbara de Assumpção e Paula, nascida naquele lugarejo, em 4 de dezembro de 1848, batizada nessa mesma igreja em 29/01/1850, sendo seus padrinhos: José Dias de Oliveira, por seus procuradores, José dos Santos Maia e Bernardina Luiza da Conceição. Bárbara era filha de Francisco José de Paula e Porfíria Maria de Jesus, vindos em 1843 de Conceição de Ibitipóca (Lima Duarte, MG). Francisco faleceu por volta de 1865. Já Porfíria, nascida em 1812, faleceu em 26/12/1872, sendo sepultada em Santa Bárbara. Luiz faleceu por volta de 1930 e Bárbara em 20/06/1910, sendo ambos sepultados em Rio Preto.
    .
    LUIZ JOSE DA ROCHA e BÁRBARA DE ASSUMPÇÃO E PAULA tiveram 8 filhos e deles estou desenvolvendo as descendencias, e somente um dos filhos eu não consigo achar os rastos pois sairam de Rio Preto por volta de 1920 e foram para o Estado de SP e nunca mais deram notícias.
    .
    ANTONIO JOSÉ DA ROCHA, nascido em 12/02/1879 em Rio Preto, MG, onde se casou em 01/07/1905 com Rita de Paula Reis Callado, filha de José Antônio de Paula Callado e Joaquina Maria de Jesus. Tiveram seis filhos e foram para o E. de S. Paulo.Não sei se tiveram mais filhos pois esses devem ter nascido em terras paulistas então. Os 6 filhos abaixo nasceram todos em Rio Preto, MG.
    1- José, nascido em 14/01/1907.
    2- Ildefonsina, nascida em 18/07/1908.
    3- Isaltino, nascido em 06/01/1910.
    4- Joaquim, nascido em 03/05/1913.
    5- Maria, nascida em 01/07/1915.
    6- Luíza, nascida em 04/02/1918.
    .
    Qualquer noticia deles por favor entrem em contato comigo.
    [email protected]

    1. Sou rocha moro em goias mais herdei meu rocha do meu avô sebastiao batista rocha meu bisavo chamava joao batista rocha diz q ele teve 21 filhos .. Eles sao das ewdondezas de araguari mg queria entender maks sobre minha familia

  72. meu nome é paulo rocha – meus pais: oswaldino da rocha primo e otacilia rocha de jesus. os meus pais vieram de gunambi – ba. alguem aí conhece?

  73. Ola boa noite….minha bisavó se chamava MARIA JOSÈ DA ROCHA casada com Pedro Góis PARAISO….este último figura importante na cidade de Munhoz -MG porém não conseguimos chegar a nenhum parente anterior ou contemporâneo aos mesmos. Ambos viveram mais ou menos nos anos 1890.
    Se alguém tiver informações ficaria agradecida.

    1. olá ali e minha mãe se chama Maria José rocha de jesus e ela ta acha alguém da família dela q seja de minhas gerais de Mendonça chama nois no zap 11985931695 esperamos sua mensagem obg

    2. Boa noite, minha bisavó materna também se chama MARIA JOSÉ DA ROCHA, mas foi casada com Abel Rodrigues, até onde sei moraram em MG, não sei a cidade e também não sei se minha bisavó teve outro esposo.
      Se tiver mais alguma informação, se alguém tiver, por favor entre em contato por e-mail: [email protected]
      O nome da minha avó, filha de MARIA JOSÉ DA ROCHA é Nair Rocha Pimenta.
      Gostaria muito de reencontrar os parentes.
      Obrigada!

  74. Minha família é descendente de português.
    Francisco Ferreira da Rocha – Português gerou meu tataravô
    Leonel Ferreira da Rocha e seu irmão vicente.

    Leonel gerou Justino, meu bisavô.
    Justino Gerou Mariano meu avô no ano de 1865

    Meu avô Justino migrou da Bahia para Brasília de Minas MG. Fazenda Rancharia.
    Nessa região nasceu meu pai ´Luiz Ferreira da Rocha e fui gerado na mesma região.

    Mudando para o Parana em 1959, gostaria muito de entender como ficou o outro galho da árvore genealógica do irmão do meu tataravô, ele se chamava Vicente Ferreira da Rocha.

    1. Ana, meu avô e minha mãe moraram em Curvelo. Meu avo se chamava Joaquim Ferreira da Rocha. Não possuímos mais informações da família, pois moramos hoje em Belo Horizonte.Tenho interesse em saber informações da familia Rocha. Entre em contato.Obrigada [email protected]

    2. Olá Joaquim, tudo bem? Como você conseguiu a informação que “Francisco Ferreira da Rocha ” era português? Sou dos Ferreira de Brito e dos Rocha da região de Capitão Enéas. Se quiser podemos trocar dados. E-mail: [email protected].

  75. Bom dia. Meu nome Vanilda da Rocha. Meu Pai era de Veredinha. Jose Lino da Rocha. Hã muitos anos ligaram sobre uma herança. Deixamos de lado. Mais não temos contato com parentes. Meu Pai faleceu há 10 ANOS. Se tiver algum primo(prima). Meu whatts (44) 98423-50-49

    1. Olá Vanilda, o que você gostaria de saber sobre os Rocha de Veredinha? Se for árvore genealógica lhe informo que o livro mais antigo de batismo se encontra na cidade de Turmalina MG.

  76. Me chamo Sheila Silva da Rocha, minha família é do Pará. Avo Maria de Lourdes Monteiro da Rocha e Ofir Andrade da Rocha, gostaria de mais informacoes!

    1. Olá Sheila, sou da família Rocha, descendente de Castanhal do Pará, filha de Sebastião Belarmino da Rocha que imigrou para o sertão paraibano. Meu nome é Maria do Carmo Rocha Tavares, resido atualmente em Campina Grande na Paraíba. Informo que a nossa origem antepassada é portuguesa que também imigrou para o Pará.

    2. Olá! Ao pesquisar a origem do meio sobrenome vi que tem muitas pessoas procurando seus familiares e fiquei curiosa também. Meu avô se chamava Etelvino Monteiro da Rocha e minha avó Benedita Garcia da Rocha e sei que vieram de Minas. Só tenho essa informação ???

  77. SOU NETO DE HENRIQUE FERREIRA DA ROCHA E DE LIDIA FERREIRA DA ROCHA, RESIDIAM EM SALVADOR NA NA BAHIA, TIVERAM FILHOS DE NOMES ANCHISES, FLORISVALDO, WASHINGTON, THETYS, YOLANDA.
    SE ALGUEM OS CONHECEU, FAVOR ENTRAR EM CONTATO COMIGO NO WATSSAP 33 988975997

  78. SOU HETO DE HENRIQUE FERREIRA DA ROCHA E DE LIDIA FERREIRA DA ROCHA, RESIDIAM NA BAHIA, TIVERAM FILHOS DE NOMES ANCHISES, FLORISVALDO, WASHINGTON, THETYS, YOLANDA.
    SE ALGUEM OS CONHECEU, FAVOR ENTRAR EM CONTATO COMIGO NO WATSSAP 33 988975997

    1. Olá Marcos meu avo morava em Guarapari ES se chama Venino Fernandes da Rocha casado com Genilda Marvila da Rocha.Talvez temos parentesco.

    2. Oi boa noite MARCOS Rocha meu nome é selma…minha mae se chama Elzi filha de Hilda Rocha…minha mae nao conheceu a mae dela mas como ele se lembra que morou e se casou ai no Espirito Santo gostaria de saber sectem mais parentes…minha avo Hilda Rocha era casada com João Garcia Alves onde ficoi com nome de casada Hilda Alves Rocha moram ai no Espirito Santo nas cidades de Prata dos Baianos,Santa Rita meu moreram e foram enterrados ai…qualquer coisa me mande um email: [email protected]…obrigada!

  79. boa noite quero saber se a familia rocha tem uma chacara aqui em aquidauana ms porque um dia estava passando na frente de chacara e vi o nome escrito chacara dos rochas e eu tenho uma amiga que tem o sobrenome rocha tambem caso querem acha amigo deixou o numero do whats: (067)9 9103-6920

  80. Olá, sou de uma família Rocha piauiense, minha bisavó materna se chamava Carlota Rocha. Gostaria de saber mais sobre a minha origem!

  81. D. Lidiani J. Rocha. Boa noite, cá estou de volta . Ontem vendo o mitoblogos, notei que há algumas discrepâncias naquela relação que lhe enviaram de um blog. Seguinte ali estão relacionados como filhos de Cândida e José Maria, além dos já conhecidos Antonio Maria da Rocha e Leonel Maria da Rocha, o bloguista colocou, também, Delfino e Delfina Maria da Rocha. Acontece que esses gêmeos nascidos em 18 de Janeiro de 1815, na realidade são filhos de Francisco da Rocha e Souza com Juliana Maria da Rocha. Estes sim tiveram entre os já citados Antonio, Leonel e outros, também, DELFINO DA ROCHA E SILVA, nascido em 1 de Novembro de 1846. Apesar de que todos são do mesmo ramo familiar, o último Delfino mencionado, é sobrinho dos gêmeos já citados.Atte. Curitiba 13 de março de 2017

  82. Olá meu nome é Elias Rocha da Silva, filho de Maria Rocha da Silva e neto do saudoso Antônio Rocha, pequeno plantador de café no nordeste de Alagoas nas décadas 50.

  83. Olá. Sou Fernando de Freitas Rocha – São Paulo – SP – ZN, filho de Marco Antônio Campreguer Rocha de Tupã interior de São Paulo, neto de Benedito de Oliveira Rocha de Matão interior de São Paulo tbem.

  84. Sr. Carlos Nunes da Rocha. Sry. Somente hoje percebi sua postagem. Ocorre que esse nome é bastante comum, tanto pelo lado espanhol (Nuñes que perde o til), como o português Rocha e também os Nunes de Portugal. Outro dia coloquei meu nome na Internet e vieram uns 10, sendo que tinha desde ladrão de cavalo até outras ocupações mais nobres. No meu caso, ocorre homônimos até na entidade em que sou inscrito e já levei puxão de orelha até de pretenso cliente de Cascais. Quanto ao meu “nunes rocha”, ele provém imediatamente da Região Sul e, mediatamente, da europa. Mas esse negócio de genealogia é uma caixinha de surpresas, pode ser que eu tenha, com muito orgulho, parentes de outras Regiões. Atte

  85. gostaria de informaçóes sobre meu avô CRESCENCIO JOSE DA ROCHA EM SALTO DA DIVISA MG, ja falecido procuro ´parentes qualquer contato 31995175096
    sou neto dele meu nome é marcelo.

    1. boa tarde marcelo minha mae e natural de salto da divisa e meus avos ja falecidos nomes: querubim francisco da rocha e zilca cardosa de araujo

  86. Família Ferreira da Rocha, com certeza do começou pela Bahia por um imigrante português.
    Sou do interiro da Bahia e meu sobrenome vem do meu bisavô que não conheci que se estivesse vivo teria uns 130 anos de idade por aí…
    Espero encontrar parentes por aqui ao dizer seu nome e cidade.
    Luís Ferreira da Rocha (apelido Marutinho) foi casado e divorciado com Matilde Simplicia de Jesus (apelido de Fiínha). Tiveram filhos: Severo Luis da Rocha; Marcelino….; Aristina…. Noé…. José (tií), e Olava (lavinha). Bisavô que morava em Retirolândia – Bahia e seus filhos construíram famílias em Valente; Retirolândia; São Domingos, e Monte Santo – Bahia. Até onde eu sei. O filho mais velho chamado Marcelino foi morar em Feira de Santana, Bahia e por lá morreu. Tem filhos (as) em Salvador, Bahia e em Feira de Santana, Bahia também. Acho que no bairro do Campo Limpo e Sobradinho.
    Ouve uma confusão no cartório… Não sei o porquê que os filhos homens ficaram com Rocha e as mulheres com Jesus. E o Ferreira não foi passado.

    1. Diogo,

      O ramo da minha familia é de MG, Curvelo. Me parece muito parecido com tudo que voce descreveu Meu avo falecido chamava Joaquim Ferreira da Rocha e minha vo Marcionilia de Jesus da Rocha.

      Será que houve alguma ramificação em MG?

    2. Diogo tudo bom, meu avó e meu bisavó eram de Retirolândia e tinham o sobrenome Rocha. Meu avô foi para Senhor do Bonfim, junto com meu bisavó. Se não me engano, meu bisavó tem uma irmã no alto da pinha muito idosa e um irmão no povoado da jibóia chamado Zé Munduri. Somos patentes com certeza. Meu avó chamava Antônio Gomes Rocha. Tem um braço grande da família no povoado de tijuaçu em Senhor do Bonfim-ba.

  87. Olá bom dia …
    Meu tataravô era português, se chamava LUÍS DA ROCHA CARVALHO, mas veio para o Brasil pois era desembargador. Chegando aqui casou-se com uma escrava. Teve meu bisavô q se chamava GASTÃO DA ROCHA CARVALHO, ele morava em Jaboatão dos Guararapes-PE, se casou e teve o meu avô ELIAS DA ROCHA CARVALHO. Eu ainda moro em jaboatão, se algu conhcer um ROCHA CARVALHO, favor me avisar, pois smp encontro os sobrenomes separados. Obg!

    1. Oi, Marie. Também tenho parentes “da Rocha Carvalho” vindos de Recife/PE. Meu trisavô se chamava José Maria da Rocha Carvalho, e era também desembargador. Talvez ele fosse irmão de seu tataravô Luís da Rocha Carvalho. Você sabe os nomes desses irmãos? Abs!

  88. D. Lidiani, cá estou de volta por uns dias. Seguinte: seu ascendente Defino Maria da Rocha era irmão de meu avô Antonio Maria da Rocha, casado com Luiza da Silva Rocha. Eles tiveram 11 filhos (9 no RS e 2 no PR). Dos irmãos do meu tio-avô Delfino na relação do blog que a Sra. repassou, consta uma irmã “Joalina”, acho que houve erro de digitação, porque na árvore genealógica do ínclito Riograndino Costa e Silva, publicada no Jornal “O Taquaryense”, consta como “Idalina”.Atte.

    1. Provavelmente um erro de digitação! O jornal Ö Taquariense¨ainda existe e é um dos jornais mais antigos do RS. Tenho uma edição onde homenagearam Leonel Rocha! Abraço e é muito bom termos este contato!

      1. Boa noite Lidiani J. da Rocha
        Sou Jennifer neta de Maria Manoella da Rocha Brandão filha de Idalina da Rocha Irmã de Leonel da Rocha o General que se casou com a sobrinha minha tia vó!!!E somos descendentes de Juliana irmã do barão de Antonina.

        1. D. Jennifer, tudo o que a Sra. disse está de acordo com os detalhes que eu soube. Juliana (Juliana Maria da Silva), era filha de Manoel da Silva Jorge, casado com D. Maria Antonia Bittencourt. Nesse primeiro casamento havia uma grande prole, entre eles João da Silva Machado (Barão de Antonina). Falecendo em 1797 D. Maria Antonia, no ano seguinte Manoel casou-se em 2a núpcias com D. Bernarda Joaquina do Nascimento, então viúva de Jacinto Rocha e Souza, com o qual tinha diversos filhos, entre eles Francisco da Rocha e Souza, que veio a se casar com uma das filhas do padrasto (Manoel da Silva Jorge).
          Francisco da Rocha e Souza e Juliana Maria da Silva, geraram a Cândida da Silva Rocha que, casando – se com João José Maria,tiveram diversos filhos, entre eles sua bisavó Idalina, também meu avô Antônio Maria da Rocha, e, ainda, Leonel Maria da Rocha e outros. É dos ascendentes desse casal que vem o nome ROCHA e MARIA (porque “Maria” é sobrenome).
          Então, voltemos ao segundo casamento de D. Bernarda Joaquina do Nascimento. Do seu casamento com Manoel da Silva, nasceu Alexandre Luiz da Silva, portanto, irmão consanguíneo (só pelo lado paterno), de João da Silva Machado, de Juliana Maria da Silva e outros. No meu caso, Alexandre Luiz da Silva veio a ser meu bisavô, porque gerou à minha avó Luiza da Silva Quadros que, posteriormente ao se casar com seu professor Antônio Maria da Rocha, passou a assinar-se Luiza da Silva Rocha, casal que entre outros 11 filhos, gerou ao meu pai Alcides da Silva Rocha. Ufa!
          Atenciosamente, Curitiba 23 de Abril de 2019.

          1. Essa conversa aqui me interessou, Ar. Antonio Nunes Rocha, porque sou trineta do Sr. Antonio da Rocha e Sousa e bisneta do seu sétimo filho, José da Rocha e Sousa e de Maria Elvira de Andrade Miranda, pais do meu avô Antenor de Miranda Rocha.
            Também tenho tido muito trabalho nos intrincados caminhos dos cruzamentos genealógicos do Sul. Gostaria muito de conversar com o senhor, já que temos enlaces familiares. O meu email é [email protected]. Resido em Santa Maria, RS.

  89. Olá sou Francisco Nogueira rocha, o sobrenome NOGUEIRA pertence a família de minha mãe, que é filha de Leôncio Nogueira natural da cidade de CRATO no Ceará, portanto pertencente a família nogueira de CRATO ceará , e ROCHA pertencente a família de meu pai, filho de Manoel da Rocha natural e pertencente a família rocha da cidade de CANINDÉ Ceará.
    Portanto gostaria de informações de meus parentes da família rocha de Canindé, e Nogueira de Crato Ceará, onde meus avos vieram para a amazônia durante a segunda guerra mundial para o corte da borracha e não mas tiveram oportunidade de voltar para o convive-o de seus famílias, onde construíram família aqui no acre, dando origem a família NOGUEIRA ROCHA, no Acre, Nogueira natural de Crato e Rocha natural de Canidé – INFORMAÇÕES: [email protected]

  90. Olá sou Francisco das Chagas Rocha, filho de Francisco das Chagas Rocha neto descendentes da familia rocha de canidé Ceará de onde meus avos vieram durante a segunda guera mudial, para corte da borracha no Acre, onde meu avó deixou irmaos e irmaes em canidé, e Nogueira por parte de meu avó materno que pertencia a familia nogueira da cidade de CRATO no Ceará , meu avó se chamava Leôncio Nogueira nascido em Crato, onde deixou seus familiares e veio para o Acre, durante o ciclo da borracha e construindo familia e deu origem a familia nogueira no Acre. sendo assim gostaria de noticias sobre a familia ROCHA de Canidé e familia NOGUEIRA de crato – CEARÁ.

  91. Boa noite….meu nome é Cassiana Cristina Claro da Rocha, sou de São Roque, interior de São Paulo, sou filha de Benedito Nelson da Rocha e Elza Maria da Luz Lopes Claro da Rocha, meus avôs paternos eram Jose Antônio da Rocha e Antônia Pires da Rocha, meu pai nasceu em araçariguama tbm.interior de São Paulo…não tive tanto contato com meus avós paternos mas vou procurar minha tia irmã de meu pai e perguntar mais sobre meus avós e bisavós que hoje já são falecidos, conheço primos e 2 tias e 2 tios irmãos de meu pai ….amanhã pesquisarei e assim que tiver mais informações sobre a família da Rocha que mora em São Roque vou deixar aqui nos comentários. Obrigada e boa noite à todos

  92. Olá, bom dia! meu nome é Débora Soares da Rocha sou de São Paulo, neta de Manoel de Melo Rocha e filha de Manoel Norberto da Rocha natural de Natal Rio Grande do Norte, meu avo era fazendeiro na região de Laranjeiras do Abdias em Natal, meu pai vei para São Paulo com 17 anos e tenho muito interesse em conhecer mais sobre a descendência da família Rocha.

    1. Oi, moro em Natal e também sou da família Rocha vinda de Laranjeiras do Abdias, RN. O nome do meu avô era Lauro Maurício da Rocha. A família Rocha, nesse interior, é muito grande, um pessoal dos olhos claros. Gostaria muito de pesquisar sobre o primeiro Rocha que se instalou nesse local e formou um povoado.

        1. Rebeca,sou Maria de Fátima Rocha, natural de Santana do Matos\RN meu pai era Raimundo Nonato da Rocha, casado com Margarida Alves Rocha, meus avós eram João Francisco da Rocha e Maria Veneranda de Jesus. Tenho muitos parentes na região de Angicos São Rafael,Currais Novos, enfim em todo Rn

          1. Fatima, Meus bisavós tambem se chamam João Francisco da Rocha e Maria Veneranda de Jesus. Sou neto de Jose Francisco da Rocha, Será que temos algum parentesco? Tiago Magalhães Rocha

  93. Sou Lucas Antônio Barbosa da Rocha , neto de Antônio Alves da Rocha, sou de Caxias do sul-rs e meu avô era de lagoa vermelha-Rs,

  94. D. Lidiane, tudo certo. Aproveito o ensejo para lhe pedir desculpas por um erro que cometi: Minha trisavó Bernarda Joaquina do Nascimento era viúva de Jacinto da Rocha e Souza e não de Diogo Inácio Barcellos. Isso é um verdadeiro “deuteronomio”. Note-se que ela é mi ha trisavó pelo lado do meu bisavô Alexandre Luiz da Silva, ao mesmo tempo é minha tetravó porque era mãe de Francisco da Rocha e Souza!!! Apressei-me em fazer essa correção, porque ficarei umas semanas fora de contato. Atte

  95. Meu chamo Carlos Nunes da Rocha natural de Recife – Pernambuco, sou filho de ANTONIO NUNES DA ROCHA e SEVERINA ROCHA DE SOUZA, este meu sobrenome Rocha vem por parte da familia do meu Pai que nasceu no interior de Pernambuco no municipio de Gravatá, tendo como avô Paterno Jo´se Nunes da Rocha, achei bastante interessante que encontrei aqui uma pessoa com o mesmo nome do meu pai, gostaria muito ter mais informações sobre esta imensa arvore da familia rocha,

  96. Boa tarde! Possuo este trabalho da Dr. Loudes. Muito bom! Agora descobri um professor da Universidade Federal de Santa Maria que esta fazendo um estudo bem aprofundado sobre a família Rocha, consegui o contato dele e vou ligar assim que for possível. Vamos nos falando!

  97. D. Lidiane, a respeito de Leonel Maria da Rocha, há um trabalho muito importante (também tese de mestrado), realizado por Dra. Lurdes Ardenghi Grolli, na Univ. Federal de Passo Fundo, intitulado “Caboclos, Ervateiros e Coronéis”, cerca de 200 páginas. Nesse trabalho também há menção das perseguições sofridas por meu avô Antonio Maria da Rocha ( Cel. Tico). Queria dizer, também, que tenho mais me baseado em publicações de Autores gaúchos, do que na tradição oral. Nào que esta não seja importante, até porque, meu interesse em conhecer os fatos referentes á minha origem se deu exatamente porque meu pai e minhs mãe falavam constantemente sobre seus antepassados, porque eu não conheci nem vovô Tico ( como era chamado), nem vovó Luiza, eles faleceram antes de meu nascimento. Atte.

  98. Muito interessante! A família tem muita história para contar. A bisneta de Leonel Rocha escreveu uma tese de mestrado sobre a história dele na revolução, eu possuo este trabalho e mantenho contato com ela.
    Meu avô adorava nos contar os “causos” do Leonel Rocha. Sobre o Faxinal da Silva na verdade entendi o porque do nome que é conhecido como Faxinal do Silva Jorge.
    Grande abraço!

  99. D. Lidiane J. da Rocha (Taquari-RS). No seu último texto, há a informação de que o autor do blog é neto de Antonio Maria da Rocha que, entre outros irmãos, tinha Leonel Maria da Rocha. Pois bem, Antonio Maria da Rocha era meu avô e Leonel Maria da Rocha que tinha relacionamento constante com meu pai (Alcides da Silva Rocha), era meu tio-avô. Na década de 40, antes de sua morte, Leonel mandou para o sobrinho uma carta que, há poucos anos acabou vindo para minhas mãos. A história é muito longa e controvertida porque Manuel da Silva Jorge era casado com D. Antonia Maria de Bittencourt, com a qual teve i úmeros filhos, entre eles Juliana Maria da Silva. Em 1796, faleceu D. Antonia e, em 1797, Manuel casou-se em 2a núpcias com Bernarda Joaquina do Nascimento, então viúva de Diogo Inácio Barcelos.
    D. Bernarda trazia do casamento anterior com Diogo, muitos filhos, entre eles, Francisco da Ro cha e Souza. Por outro lado, do novo casamento de Manuel com Bernarda, nasceu Alexandre Luiz da Silva. Este, como irmão consanguineo (só por parte de pai), de João da Silva Machado, tornou-se sócio dele na compra ou posse de algumas terras do Planalto Médio do RS. Entretanto, na condução de tropas, Alexandre veio a conhecer em Castro (hoje PR), D. Luzia Clarinda de Lima Quadros, da família de Fazendeiros da região e com ela se casou em 1834. Dessa união nasceu minha avó Luiza (L u i s a) Quadros da Silva . Numa das sedes da Fazenda dos Dois Irmãos que posteriormente foi desmembrada, essa minha avó Luiza, casou-se, com 13 anos de idade, com seu professor Antonio Maria da Rocha, que tinha cerca de 20 anos de idade. Tiveram 11 filhos, incluindo meu pai. Antes mesmo da Revolução Federalista, meu bisavô Alexandre Luiz da Silva faleceu com quase cem anos de idade. As Fazendas ficaram para os 3 herdeiros, sendo que vovó Luiza e seu marido Antonio Maria da Rocha, ficaram com a Fazenda Chapada ( atualmente é uma cidade do RS). Com a derrota dos Maragatos ele era muito perseguido pelos vencedores que impunham impostos desproporcionais e ameaças. Então eles vieram para o Paraná onde tinham uma Fazenda em Jaguariaíva. Aí nasceu meu pai, o primeiro filho fora do Rio Grande. Mais tarde (1906,acho), a Fazenda Chapada foi vendida para uns uruguaios. Com esses dados, creio que o bloguista possa identificar mais detalhes. Atte.

  100. Sr. Antônio Nunes da Rocha, Faxinal do Silva foi onde me criei e lá ainda existem alguns vestígios desta morada antiga. Provavelmente somos dos mesmos Rochas, família esta de sangue quente, que adoram uma dança e também de contar causos, foi assim que surgiu nossa festa dos Rochas em Taquari, aqui temos a história do Leonel Rocha conhecido como General caboclo.
    João José Maria e Cândida da Silva Rocha. (Bisavós do autor do Blog)

    Naturais da cidade de Taquari-RS – Eram proprietários de grandes Fazendas no Estado do Rio Grande do Sul.
    Possuíam muitas terras. Eram fazendeiros ricos e abastados.

    Tiveram 11 filhos:-

    1-Sofia Maria da Rocha
    2-Joalina Maria da Rocha
    3-Severino Maria da Rocha
    4-ANTONIO MARIA DA ROCHA – Nosso avô. (Bisavô do autor do Blog)
    5-Serafim Maria da Rocha-
    6-Manoel
    7-Delfina Maria da Rocha
    8-Delfino Maria da Rocha – pai do Vô Rocha
    9-Maria
    10-LEONEL MARIA DA ROCHA – General Leonel Rocha, tio de papai.
    11-Afonso Maria da Rocha

    Minha Família é da linhagem de Delfino Maria da Rocha que teve inúmeros filhos e também temos contato com a família de Serafim Maria da Rocha que vivem em Panambi, Tupanciretã e região (estes fazem o encontro da Família Rocha na cidade de Panambi na qual participamos todos os anos, este ano será no dia 12 de março se não me engano. Temos contatos com descendentes da Sofia Maria da Rocha que moram em Montenegro e outros em Bom Retiro do Sul.
    Hoje o Faxinal da Silva pertence a Bom Retiro do Sul.
    Gostaria de manter contato e quem sabe vamos descobrir mais alguns parentes desta família e por curiosidade descobri que existe uma filha de Leonel Rocha chamada Lúcia que reside em Erechim/RS, ela tem dificuldades de locomoção, mas é bastante lúcida e estamos programando uma visita a ela.
    Um grande abraço!

    1. Olá Lidiani J. da Rocha, gostaria de seu contato pois Leonel Rocha era tio de meu trisavô. Inclusive ficou meses alojado na casa deles na costa do Uruguai em Vicente Dutra. Gostaria de trocar dados genealógicos! Meu email: [email protected]
      Abraço

    2. Boa noite Lidiane!!!!Sou Jennifer neta de Maria Manoella da Rocha Brandão filha de Idalina irmã de Leonel da Rocha o general!!! Que se casou com a sobrinha!!!Minha tia vó!!!!Tenho muita vontade de conhecer os parentes de minha querida vó!!!!Moro em Curitiba!!!

  101. D. Lidiane J. Rocha (Taquari-RS). Pois é, como eu disse anteriormente, meu tetravô ( ou tataravô, como dizem), cujo nome era Manuel da Silva Jorge, morava em Taquari no Faxinal dos Silva. Esse local (casa de barro ou alvenaria com janelas cujos batentes eram de pedra de cantaria), ainda existia em 1984, quando um pesquisador do Pr tirou fotos e me cedeu xerox dessa foto. Como eu disse entre seus inúmeros filhos, tinha a filha Juliana que casou-se com Francisco da Rocha e Souza. É desse “Rocha” que vem o meu nome. Esse meu trisavô Francisco tinha muitos irmãos com o mesmo sobrenome, talvez a Sra. seja descendente de algum deles. Já meus trisavós Francisco e Juliana, tiveram muitos filhos, entre eles, Cândida da Silva Rocha que se casou com João José Maria e tiveram, também, uma grande prole, entre eles meu avô Antonio Maria da Rocha (Tico). Depois, incorporou esse “Tico”, ao nome e, quando veio para o PR, após a Revolução Federalista (1893), desfez-se das propriedades que tinha no Planalto Médio do RS. Morreu aqui em Curitiba em 1929. A história é muito longa, mas esses dados já são suficientes para identificar, acredito, alguns dados sobre o nome. Atte.

  102. Sou Lidiani Rocha, de Taquari RS e temos o encontro anual da família Rocha. Sou apaixonada pela história da minha família e gostaria de matare contato.

    1. sou Sérgio Franklin da Rocha filho de Francisco da chaga Rocha
      neto de Maria do Carmo Rocha e Francisco Inácio da Rocha que nasceu no Belém do Pará.
      meus bisa-vos são: Manoel Estevan e Mária Bezerra Rocha .. só não sei de onde eles são. continuarei as pesquisas.

      1. Olá sou Francisco Nogueira rocha, o sobrenome NOGUEIRA pertence a família de minha mãe, que é filha de Leôncio Nogueira natural da cidade de CRATO no Ceará, portanto pertencente a família nogueira de CRATO ceará , e ROCHA pertencente a família de meu pai, filho de Manoel da Rocha natural e pertencente a família rocha da cidade de CANINDÉ Ceará.
        Portanto gostaria de informações de meus parentes da família rocha de Canindé, e Nogueira de Crato Ceará, onde meus avos vieram para a amazônia durante a segunda guerra mundial para o corte da borracha e não mas tiveram oportunidade de voltar para o convive-o de seus famílias, onde construíram família aqui no acre, dando origem a família NOGUEIRA ROCHA, no Acre, Nogueira natural de Crato e Rocha natural de Canidé – INFORMAÇÕES: [email protected]

        oi sou francisco nogueira rocha filho de francisco das chagas rocha do Acre, mas mais meus avos que eram rocha é de Canidé Ceará podemos ser parentes

    2. Lidiane, meu nome é Miguel Erotildes da Rocha. Meus antepassados ROCHA são do RS, meu avô – Demétrio Gonçalves da Rocha, meu bisavô – José Gonçalves da Rocha, meu trisavô se chamava João José Vieira da Rocha. Fiz a genealogia até chegar nele e não tenho mais informações. Até onde sei eram da região de Estrela/RS. Se tiver alguma informação que me ajude, agradeço

  103. Antonio Nunes Rocha

    Apesar de não identificar nessa alegre manifestação dos “rocha”, alguém que tenha ascendência igual à minha, sei que meu tetravô Manoel da Silva Jorge veio da Ilha do Faial, Portugal, para o Rio Grande do Sul, estabelecendo-se em Taquari (Faxinal dos Silva). Com sua 1a esposa teve uma prole bem grande. A filha Juliana Maria da Silva (portanto, minha trisavó), casou-se com Francisco da Rocha e Souza e é desse meu trisavô que vem o meu ROCHA.
    Com o falecimento da 1a esposa em 1796, meu teravô Manoel da Silva Jorge, casou-se em 1797, com quem? Com a mãe de meu tri Francisco, que estava viúva, Bernarda Joaquina do Nascimento, nascida em Desterro, hoje Florianópolis (preferível que continuasse como Desterro, porque dizem que o pessoal do Floriano cometeu amuitas asneiraa no PR e SC). Desse segundo casamento de ambos, nasceu meu bisavô ALEXANDRE LUIZ DA SILVA. A história é muito grande. Para minha família cheguei a fazer um escrito de umas 70 páginas, mas não vou sacrificá-los. Quero assinalar que a mim essa manifestação dos “ROCHA” e afins foi uma grata festa. Acho que foi por isso que o Sr. Valdomiro Rocha fez reparos a qualquer tipo de agressividade, até porque, nas inúmeras passagens que fiz por Portugal, com estadas em Lisboa e no Porto, só encontramos gente boa, além do mais, parece roja (cor vermelha), nada tem a er com o topônimo rojas. Aba a todos.

    1. É fato que a maioria dos Rochas no Brasil se concentram como costumamos, do meio para baixo do país. Aqui para cima, no norte são poucos. Sou de ITACOATIARA-AM e meu Rocha vem de meu avô Atonio Rodrigues da Rocha,é só o que sabemos, minha mãe perdeu seus pais bem jovem, as lembranças são muito parcas.

    2. Olá Antonio Nunes Rocha.

      Pude constatar que somos parentes. Minha avó materna chama-se Dulce Corrêa Rocha, bisneta de Manoel Maria da Rocha (falecido em 1893 na Revolução), o qual era irmão do General Leonel da Rocha (*1865) e de seu avô Coronel Antônio Maria da Rocha (Tico).
      Resido em Porto Alegre, e gostaria de trocar mais informações genealógicas, documentos relacionados à família, etc. Por favor, entre em contato comigo: [email protected]

  104. Se algum descendente de Petrocina Ferreira da Rocha, da cidade de Garanhus-PE, favor entrar em contato. Sou filho dela (Carlos Alberto Ferreira da Rocha) e gostaria de saber se ainda existem parentes vindos da parte da minha amantíssima mãe. Desde já agradeço!!! Meu e-mail é [email protected]

  105. Chamo-me: Marcos Antônio Rocha ando a procura de alguém que seja da região de Raul Soares, Vermelho Novo e Tarumirim, Minas Gerais. Os meus ancestrais são originários dessas regiões acima referidas. Os meus bisavós eram: Theophilo José da Rocha e casou-se com Anna Vicência de Jesus. E o avô filho deles é: Feliciano Venceslau da Rocha e casou-se Maria Helena de Jesus.

    E parece que a minha bisavó e a minha avó eram parentes era comum casamentos entre primos na minha família.

  106. Chamo-me: Marcos Antônio Rocha ando a procura de alguém que seja da região de Raul Soares, Vermelho Novo e Tarumirim, Minas Gerais. Os meus ancestrais são originários dessas regiões acima referidas. Os meus bisavós eram: Theophilo José da Rocha e casou-se com Anna Vicência de Jesus. E o avô filho deles é: Feliciano Venceslau da Rocha e casou-se Maria Helena de Jesus.

    E parece que a minha bisavó e a minha avó eram parentes era comum casamentos entre primos na minha família.

    1. Olá Marco Antonio Rocha! Sou Cídio Lopes de Almeida, mas tenho meu vô materno como Rocha, na verdade Miguel Lopes da Rocha; Ele viveu parte da sua vida em Goiabeira (Leste de Minas e região das cidades que vc citou acima);

      Vamos trocando informações, estou procurando informações sobre o meu avô também. [email protected]

  107. Olha Senhores aRocha, sou Rosa da Silva.Rocha, filha de Aliro Rocha Amaral, neta.de Jose Rodrigues da Rocha. Procuro por primos de Taibeira MG filhos.do meu tio Joao.Rocha Amaral e tambem procuro pelos meus parentes os descendentws dos.meus tios Joao Rocha, Justino da Rocha, Isabel da Rocha, Virginia da Rocha e etc

    1. Oi quero muito falar com vc sou duda santos estou assim no fece . Seu avô e meu bisavó . Seu pai e irmão do meu avô vc e prima do meu pai eu moro em São Paulo. 011.9 41622138 celular vivo tem zap zap sou neto da Isabel Barbosa da rocha.

  108. sou oseias rocha leandro,procuro meu tio antonio rocha coelho,natural do norte de minas seus pais eram maria rocha rodrigues e seu pai cecilio nunes coelho.minha mae e sebastiama rocha leandro.municipio de minas novas mg
    [email protected]

  109. sou oseias rocha leandro,procuro meu tio antonio rocha coelho,natural do norte de minas seus pais eram maria rocha rodrigues e seu pai cecilio nunes coelho.minha mae e sebastiama rocha leandro.municipio de minas novas mg

  110. Procuro descendentes de Francisco Pereira Rocha( meu avô paterno), filho de Ricardo Pereira Rocha (meu bisavô). O meu avô nasceu em Cachoeira – BA em 1905 (ou 1910). Mudou-se para Salvador e casou pela 2ª vez(com a minha avó). Com a minha avó teve 4 filhos. Deixou em Cachoeira três filhos do 1º casamento( acho q se chamavam Sonia, Marlene e Milton). Um filho era deficiente visual. Depois mudou-se para o Rio de Janeiro e faleceu em 1980.

  111. Olá sou Angelo rocha de Jequié e Região sudoeste ,resido em Salvador bairro stella maris ,sou musico , escritor e publicitário,JÁ FIZEMOS 04 ENCONTROS DA FAMILIA ROCHA MATOS,OK TEMOS O SANGUE JUDAICOE QUERO COMPARTILHAR PRA GRANDE SINAGOGA CRISTÃ-JUDAICA Q FAREMOS EM JEQUIÉ ABRÇS AOS IRMÃOS SHALOM PRA TODOS YESHUA HAMELECH – SUMO REI JESUS A PAZ…..

  112. Olá.
    Meu nome é Rogério Alves Rocha.
    Pertenço a uma Familia patriarcal de Ipanema MG.]
    Os Rocha de Ipanema MG se originam de cataguases MG.
    meu Tataravô se chamava José Joaquim ferreira da Rocha.
    Meu Bisavô João JRocha Damasceno, nascido em Cataquases em 1874. Esta enterrado em Santo Antônio do manhuaçu, distrito de Caratinga MG.
    Jo~~ao Rocha damasceno teve 2 irmão conhecidos. Francisco Rocha(chico Rocha, Marido da Eva. Ambos estão enterrados em Mantena MG, o outro irmão se chamava Joaquim ferreira da Rocha.
    Por favor os rocha de mantena e cataguases entrem em contato comigo.

    1. Sou Gilberto Alves da Rocha, neto de Antonio Alves da Rocha, casado com Maria do Carmo de Moraes Pino. Meu avõ era da região de Passa Quatro, sul de minas, perto de Caxambu. Ele nasceu pero dos anos 1890, e não sabemos nada a respeito de sua família, anterior a ele. Nada sobre irmão, mãe, pai.
      Quem tiver parentesco com algum Alves da Rocha, dessa região, ficarei muito contente em conhecer sua história.

        1. bom dia ..
          eu sou Edileia Lopes Ramalho da Silva , meu pai José da Rocha Ramalho ..
          esse sobrenome vem de Alagoas na regiao de Santana do Ipanema , Ouro Branco e aguas Belas..
          meus avos na epoca se casavam todos parantes..
          meus avo paterno são :
          Pedro Alves Ramalho e Josefa Umbilina Ramalho eles eram primo, meus bisavo eram : Manoel Alves Ramalho e Antonia Umbilina Alves. essa familia vem mistura com a familia Rodrigues Ramos .
          meus avos materno :
          josefa Umbilina Ramalho seus pais eram : Delfino Rodrigues Ramos e Maria Embilina Rocha

    2. Oi Rogerio, acho que somos parentes! sou de Ipanema e meu avo paterno Joaquim Ferreira da Rocha, pai do meu pai Sinval Ferreira da Rocha. Vc e parente do Ze Rocha da Leninha? na minha familia tambem tem um Ze Rocha – dentista. Os filhos do vovo Joaquim ja se foram quase todos, so restando vivos tres dos onze que formavam a familia. um abraco. Maria Alice

    3. Oi Rogerio, o Joaquim Ferreira da Rocha era o pai do meu pai – Sinval Ferreira da Rocha (o Tote Rocha) de Ipanema. O Tio Ze Rocha (dentista) e o cacula do vovo e ja passa dos 80 anos mas ainda mora e trabalha em Ipanema. Um abraco x

    1. Bom Dia! Sou Walter Carvalho da Rocha, filho de Adão Antônio da Rocha, que era filho de Antherio Alves da Rocha, que era filho de Juvêncio A da Rocha. Se alguém puder me auxiliar a descobrir os ancestrais fico agradecido. Recebi informações que eram portugueses, não sei se correta.

      1. Walter não sei se lhe é familiar Professor Pedro Rocha Ribeiro na Bahia, casado som Elisa. Era pai de minha avó Maria Rocha Fernandes.Tinha irmãos: Piroca(apelido), Ana que residia em São Paulo, Lídia que residia em Fernandópolis e uma outra em Araçatuba.

  113. olá me chamo Lidiane Nunes Rocha e sou filha de Aristides Rocha neta de Frankim da Rocha que veio da Italia a familia de meu avo colonizar o Rio grande do sul residindo em Butiá- rs , é muito linda essa linhagem dos Rochas pessoas muito queridas e amigas <3
    sou grata por carregar esse sobrenome.

    1. LIDIANE ME CHAMO SERGIO FRANKLIN DA ROCHA POREM NÃO SEI MUITO SOBRE MINHA FAMÍLIA MA S VOU PESQUISAR POIS TENHO INTERESSE DE SABER DE ONDE SÃO E O GRUA DE PARENTESCO . SOU DE NATAL RIO GRANDE DO NORTE. ACHEI MUITO INTERESSANTE ESSE NOME FRANKLIN DA ROCHA POSADO POR VOCÊ POIS QUEM COLOCOU ESSE NOME EM MIM FOI MEU AVO FRANCISCO INÁCIO DA ROCHA QUE NA VERDADE ELE NASCEU EM BELÉM DO PÁRA.

    2. Oi lidiane, meus familiares tb são da região de tapes e butiá, talvez alguns parentes em comum, meu avô era manuel ventura machado da rocha , sei de vários parentesque residem em Guaíba, tapes e Camaquã

  114. Me Chamo Emanuelle, meu pai é Manoel Rocha Santos. Ele veio da Bahia para Curitiba com irmãos pequenos de nome Hugo, Gedalva e Florisvaldo. Tem uma irmã que ele perdeu o contato que atendia por Mariinha e mora em São Paulo, que ele tem muita vontade de revê-la. A mãe deles se chamava Maria Silvina Rocha. Quem tiver mais informações meu e-mail é [email protected]

  115. Sou Manoel Rocha de Carvalho. Minha avo, Justina Pereira da Rocha era de Bananal/SP mas ela tinha irmaos no Rio de Janeiro. acho que tem um monte de primos distantes aqui/ 🙂

    1. Boa noite. Sou neto de Maria Pereira da Rocha. Dentre meus parentes estão Benedita Coelho da Fonseca, Geraldino Francisco da Fonseca, Agostinho Pereira da Rocha, José Pereira da Rocha…. Antonia Pereira da Rocha (nascida Alves de Almeida) … Dentre outros….

  116. Estou buscando informacao de Sebastiao Ferreira da Rocha, quero saber se ainda vive .Perdi seu contato, pode ser que e familia minha.
    Alguem pode me ajudar? Envie noticias pelo meu E: Mail :[email protected]
    Sei que viveu em Bonito ( Pernambuco)

  117. Olá Sou JANETE BATISTA ROCHA neta de SINOBILINO ROCHA e JARDELINA SOUZA ROCHA e filha de EDVALDO PEREIRA ROCHA e GISÈLIA BATISTA ROCHA a origem da nossa família por parte de pai e de IREÇÊ – BAHIA. Lá pela região de Iguitú; Sítio do Mato.
    Alguma informação eu agradeço.

    1. Senhora Janete Batista da Rocha, eu sou Valdomiro Rocha Benedito Rocha neto de José Rocha, Bisneto de Manuel Rocha, tataraneto de Alberto Rocha. O meu avô nasceu em 1988 e me parece que o meu tataravô Alberto Rocha nessa época era dono de escravos, mas pela pesquisa que fiz era um homem bom, ele não tinha chefe para os escravos era ele mesmo que administrava seus escravos na fazenda. Eu nunca aceitei a escravidão no Brasil por isso eu fiz essa pesquisa já faz algum tempo que ainda havia pessoas que sabiam me passar essas informações.

      Uma pequena história, em 1888 o meu avô bisavô foi com os escravos para a roça para carregar madeira para fazer cercas quando chegou dois cavalheiros entregando as cartas de alforria aos escravos, então o meu bisavô sentou de cocore e quando ele levantou havia um velho escravo ao seu lado aí ele perguntou _ você não vai com eles? e o negro velho respondeu, não, vou morrer com vossuncê e realmente morreu na fazenda. Hoje somos pobres, mas não carregamos a indignação de termos sido descendentes de barões cruéis. Brumado têm duas famílias descendente de Rocha, mas não são parentes é claro que podem ter sido uma derivação de muito tempo atrás. Somos de Cristalândia distrito de Brumado. Hoje estou com 64 anos estou no 3º ano de faculdade de Letras Português e Inglês.

      1. MUITO INTERESSANTE OS SEUS DIZERES, meu pai veio com 27 anos da cidade de Brumado com seus irmãos, meu pai ja faleceu a 34 anos atrás, ele se chamava Arlindo José da Rocha a mãe dele eu não me lembro tenho que ver nos documentos mas o pai Dele eu conheci , ele se chama Elviro José da Rocha ele morreu eu tinha 6 anos mas me lembro dele ,hoje eu tenho 52 anos , morro aqui em campinas S.P, mas meu pai morou com minha mãe em Andradina na fazenda jangada p, E TAMBÉM Morramos em Guararapes, seus irmãos já morreu tudo, agora suas irmãs moram ainda em Guararapes , ElaS se chamam , DEUCIANA; EDITE / UMBELINDA AGORA A TIA MARIA MORAVA EM MATO GROSSO JÁ MORREU,MEU E-MAIL PARA CONTATO É [email protected]
        minha tia disse que ficou primos deles ai em Brumado.

        1. Oi possivelmente meu avô é parente de vcs, meu avô era Joaquim Ângelo Rocha, era de Gameleiro de Machado, que emancipou e virou Aracatu, distrito de Brumado, meu avô veio para região de Rancharia SP em cima de um trem… Meu contato 18 997337592

      2. Sr. Valdomiro. Meu avô, que quando em MG alterou seu nome, removendo o Rocha e lá colocando um Pina era Lino Monteiro da Rocha, Filho de Raimundo Monteiro da Rocha e de Maria José de Jesus. Sabidamente deixou irmãos em Brumado e eram, salvo melhor juízo, donos de fazenda. Teriam origem portuguesa, de cristãos novos, judeus da diáspora ibérica. É o senhor oriundo desta família?

      3. Valdomiro meu bisavô parece que era de Brumadinho:Pedro Rocha Ribeiro, casado com Elisa. Ele era professor. Parece familiar à você? Eles tinham engenho no loca, mas não havia escravos.

    2. Olá Janete,
      Chamo-me Paulo Rocha, da tradicional família Rocha, da região de Irecê/BA e, apesar de residir em São Paulo, fiz diversas pesquisas da família, cujo tronco parece-se o mesmo teu, pelo que, oriento-te a fazer pesquisas junto a Secretaria de Cultura de Uibaí, também região de Irecê, que possui maiores informações sobre os ancestrais. Adianto-te que, tua família cresceu em muito nas cidades de Irecê, Uibaí, Central, Presidente Dutra, Jussara, todas no estado da Bahia e a origem é portuguesa soteriopolitana….

    3. Meu nome é Adna elaine Rocha santos, minha vó se chamava Jaci Maria da Rocha, filha de arlindo Antônio da rocha que era filho de Maria isabel da Rocha ( que teve mais outros filhos: Domingos, Senhorinha, Virgínia, Emília, idalina, Dário, Valdeci). Estou procurando saber as origens de minha tirza que se casou com 11 anos de idade com o sr. Antonio( nao sei o sobrenome). Só sei que a familia rocha da bahia, veio para desbravar a região de gentio do ouro-Ba(na época da divisão das capitanias) e se instalou nas cidades de Uibai-Ba, Hidrolândia, Irecê, e na chapada. posteriormente uma parte seguiu para o Goiás e outra para São paulo. Se alguem souber algo e so me contactar.

  118. Simone Dimitrov Rocha, filha de Luiz Carlos Rocha.

    Há muito tempo procuro pelo ramo da família Rocha que viveu em Santana de Parnaiba que são as informações que me foram prestadas pelo meu pai.

    Alipio José da Rocha e Maria Joaquina Silva Rocha (bisavôs paternos) tiveram 12 filhos entre eles João José da Rocha que foi casado com minha avó Palmyra Assumpção Rodrigues.

    Desta união nasceu o meu pai, filho único do casal, Luiz Carlos Rocha. Mais tarde, o casal se desquitou e o contato com João José da Rocha foi perdido.

    João José da Rocha nasceu em 1912 e é certo que é falecido.

    Gostaria de saber mais notícias dele também, de seus irmãos, sobrinhos e primos.

    Quem souber algo mais escreva para [email protected]. Obrigada.

  119. Olá, sou do Rio Grande do Sul(Nova Araçá). Minha mãe é Silvânia da Rocha e tem dois irmãos. Eles estão a procura de seu tio ORALINO DA ROCHA, que desde os 18 anos saiu de casa e ninguém mais teve informações. Ele tinha um único irmão do primeiro casamento que era João Pedro da Rocha(já falecido). Eram filhos de Luiz Caetano da Rocha e Angelina Xavier da Cruz . Depois disso o pai deles(Oralino e João) se casou novamente e teve mais filhos. Eles eram naturais de São Brás-David Canabarro(RS). Hoje provavelmente o Oralino está com 68 anos. Se alguém tiver informações entre em contato. Obrigada
    [email protected]

  120. Olá, sou do Rio Grande do Sul(Nova Araçá). Minha mãe é Silvânia da Rocha e tem dois irmãos. Eles estão a procura do seu tio ORALINO DA ROCHA, que com 18 anos saiu de casa e nunca mais foi visto. Ele era irmão de João Pedro da Rocha(já falecido) único irmão deste casamento.Depois o pai deles(Oralino e João) se casou novamente e teve mais filhos. Provavelmente hoje, o Oralino estaria com 68 anos. Eles eram natural de São Brás-David Canabarro(RS). Se alguém tiver informações entre em contato. Obrigada

  121. Minha família Rocha é tão grande, sempre surge um primo (a). Sou de Jaboatão dos Guararapes, mas a família era do Recife (Mangueira). Adriana Rocha da Silva, neta de Noemia Lemos da Rocha Machado (filha de Joaquim Xavier da Rocha).

    1. ola, sou michael roberto da rocha e tmbm sou de jaboatao nasci em cavaleiro, meus pais jose roberio da rocha e claudia roberta da rocha, rsrsrs sera que nao somos parentes?? rsrs

    1. Olá meu bizavô Eugenio Vieira rocha, meu avo Braz Vieira rocha, meu pai sebastiao vieira rocha e eu tambem vieira rocha somos de minas gerais. um grande abraço.

        1. Olá Francisco, sou Francisco Rocha tambem…sou de São Paulo mas meu falecido pai era Rocha do sul de MG,todos meus parentes parte de pai já faleceram,ele nasceu em Pedralva minhas tias viveram em Sta Rita do sapucai, vou começar um processo de pesquisa por distantes graus talvez de parentesco.
          meu email é [email protected]

  122. Eu também sou da família Ferreira da Rocha, meus bisavós vieram da cidade de Bom Jardim RJ, próxima a Nova Friburgo. Vieram de lá em 1912, trazendo todos os filhos genros e noras. Hoje existem muitos descendentes deles aqui em nossa região, que está localizada na divisa de MG e ES nas cidades de Manhumirim, Alto Jequitibá, Alto Caparaó e Caparaó em MG e no município de Iuna ES.
    Gostaria de manter contato com alguns parentes, meu bisavô se chamava Antonio Ferreira da Rocha e foi proprietário de fazendas aqui na região.

    1. Olá. Estou tentando montar a árvore genealógica da minha esposa e me deparei com parentes dela com esse sobrenome “Ferreira da Rocha”. Cheguei até um Antonio Ferreira da Rocha casado com Adelaide que tiveram quatro filhos: Barbara, Antonio, Clara e Joaquim. A família de minha esposa é descendente de Barbara.
      Gostaria de saber se você descende deste mesmo Antonio ou é só mais um homônimo. Se for, depois me contacte no Facebook pra trocarmos informações sobre isso. Obrigado.

  123. Fala família Rocha !!!! Venho de uma longa linhagem de Diogos Rocha (sim quase todos os homens da minha família se chamavam Diogo) vinda de Portugal de trás dos montes vindo para o rio de janeiro .se houver alguem tmb q veio por essa linhagem responde aqui.

    1. Olá Iasmin. A minha família Rocha também veio de Portugal, mas do interior da cidade de Aveiro, em Fajões, distrito de Oliveira de Azeméis e hoje vivemos no Rio de Janeiro.

      Andei estudando as origens da família em Portugal e descobri algumas informações muito interessantes como a origem original era da família belga La Roche, que na época comandava um exército poderoso e fiel ao rei dos Francos e que depois se espalhou pela região que se tornaria a França que conhecemos hoje. Os La Roche teriam sido enviados ao reino que mais tarde se tornou Portugal para ajudar na guerra da Reconquista expulsando os mouros que tinham se espalhado pela região do Algarve. Diz a história que os La Roche teriam derrotado 5 reis mouros e retomados 5 castelos nessa região e por esse feito ganhado terras onde alguns La Roche se instalaram, passando a adotar o nome original Rocha, com o passar do tempo.

  124. Gostaria de obter algumas informações sobre família Rocha em Espirito Santo-Vitória, meu pai é oriundo de Colatina, chama-se Antonio Rocha

    1. Ola sou do Espírito Santo sou Rocha e meu avô se chama Antonio Rocha tenho um tio que mora nessa região e minha família é bem espalhada

    1. Há uma probabilidade de parentesco aqui
      Minha família Rocha(parte de pai) não sei de onde vieram originalmente mas boa parte se encontra em Parnamirim cidade vizinha a Salgueiro

  125. Meu nome é Otacílio Luiz da Rocha Neto meu avô era Otacílio Rocha e bisavô Luís Gonzaga da Rocha sou de são Julião Piauí meu número é 89-9-8110-0709

  126. Não sou rocha,porem meu pai(já falecido)era afilhado,de majó João rocha,de bananeiras, PB ele contava várias histórias para nós filhos quando pequeno sobre como ele vivia muito bem lá na fazenda do majó,pra mim é uma viagem no tempo q quando eu escutava ele conta essas histórias,era como eu tivesse vivido nessa época,gostaria de fazer amizades com alguns descendentes do major ,sera uma honra vivenciar um pouco dessas história que tanto escutava.

    1. Olá!
      Meus avós são de Alagoas, Rio Largo. Gostaria de saber mais sobre as minhas origens, mas só sei que meu avô se chamava Otavio Rocha da Silva e minha avó era Maria das Dores Silva

      1. Meu bisavô, Braz Rocha é de ouro branco alagoas tbm, inclusive essa cidade é 35 km de santana do ipanema, em ouro branco a família Rocha é bem conhecida

  127. Familia Rocha.

    Do vilarejo de Fartura, Divinolandia, estado de São Paulo.

    Américo Antonio Rocha- Falecido
    Diomar Rocha – Falecida
    Tereziano Rocha- Falecido

    Primos- Vornei Rocha, Wilian Rocha. Fiquei sabendo que moram em Mogi-Mirim, interior de São Paulo.

    Se alguém tiver notícias,avise-me.

    [email protected]

  128. Estou estupefato com tal audacia deste redator (pouco escrupuloso)… sem saber realmente o que escreveu!

    Caros leitores, espero que ao leram tal colheita de batatas podres!, sim! É esse o significado que posso informar nesta página, que alguém inventou!…

    Não sei qual o gosto deste indulgente escrivão, de enganar as pessôas? Também não entendo, mas vou informar ou melhor ajudar a burrologia decadente de algumas pessôas que não sabem o que publicam!

    Eu, professor universitário, e também professore catedrático da Universidade Católica Portuguesa em Coimbra, aprofundei a pesquisa sobre a Bibliotheca Heraldica Genealogica Antiqua e Rara.

    ROJA = cor avermalhada, sangue, esmeralda, tudo relacionado com vermelho escarlate…

    Um pequeno trecho em ESPANHOL da origem do ROJA!

    rojo, -ja
    adj.-m. Díc. del color parecido al de la sangre arterial.
    rojo de labios Cosmético que se aplican las mujeres en los labios y tiene, por lo general, forma de barrita cilíndrica.
    Al rojo. loc. adv. y adj. Díc. de cualquier materia cuando toma el color rojo por efecto de una alta temperatura.
    quím. Los rojos usados como colorantes se pueden clasificar en rojos minerales, como los de hierro, mercurio, plomo, etc. (se utilizan pralte. en pintura y cerámica), y rojos orgánicos, que comprenden los de origen animal (cochinilla, laca, púrpura), los de origen vegetal (campeche, tornasol rojo) y los rojos sintéticos o derivados de los hidrocarburos (alizarina, fucsinas, etc.).

    Para ajudar sobre o significado do nome Rocha,

    Rocha vem de fraga, ou pedra de grande volume ou grande porte que se encontra normalmente perto de um rio… ROCHA em ESPANHOL é obviamente o mesmo que em Portugal.

    O nome Rocha é obviamente relativo a TOPONÍMICA de origem da SUIÇA de onde o nome é ROCHAT, ALGUÉM QUE TRABALHAVA A PEDRA PERTO DE UM RIO OU LAGO, ETC. DEPOIS RAMIFICADO em ESPANHA, FRANÇA e PORTUGAL.

    Bem!, Espero ter ajudado. Saudações…

  129. Estou estupefato com tal audacia deste redator (pouco escrupuloso)… sem saber realmente o que escreveu!

    Caros leitores, espero que ao leram tal colheita de batatas podres!, sim! É esse o significado que posso informar nesta página, que alguém inventou!…

    Não sei qual o gosto deste indulgente escrivão, de enganar as pessôas? Também não entendo, mas vou informar ou melhor ajudar a burrologia decadente de algumas pessôas que não sabem o que publicam!

    Eu, professor universitário, e também professore catedrático da Universidade Católica Portuguesa em Coimbra, aprofundei a pesquisa sobre a Bibliotheca Heraldica Genealogica Antiqua e Rarade.

    ROJA = cor avermalhada, sangue, esmeralda, tudo relacionado com vermelho escarlate…

    Um pequeno trecho em ESPANHOL da origem do ROJA!

    rojo, -ja
    adj.-m. Díc. del color parecido al de la sangre arterial.
    rojo de labios Cosmético que se aplican las mujeres en los labios y tiene, por lo general, forma de barrita cilíndrica.
    Al rojo. loc. adv. y adj. Díc. de cualquier materia cuando toma el color rojo por efecto de una alta temperatura.
    quím. Los rojos usados como colorantes se pueden clasificar en rojos minerales, como los de hierro, mercurio, plomo, etc. (se utilizan pralte. en pintura y cerámica), y rojos orgánicos, que comprenden los de origen animal (cochinilla, laca, púrpura), los de origen vegetal (campeche, tornasol rojo) y los rojos sintéticos o derivados de los hidrocarburos (alizarina, fucsinas, etc.).

    Para ajudar sobre o significado do nome Rocha,

    Rocha vem de fraga, ou pedra de grande volume ou grande porte que se encontra normalmente perto de um rio… ROCHA em ESPANHOL é obviamene o mesmo nome que em Portugal.

    O nome Rocha é obviamente relativo a TOPONÍMICA de origem da SUIÇA de onde o nome é ROCHAT, ALGUÉM QUE TRABALHAVA A PEDRA PERTO DE UM RIO, ETC. DEPOIS RAMIFICADO em ESPANHA, FRANÇA e PORTUGAL.

    Bem!, Espero ter judado. Saudadções…

    1. Professor Fernando Rebelo, o senhor não deve agredir as pessoas só pelo fato que elas escrevem coisas muitas vezes sem ter muita noção da leitura formal, principalmente quem tem formação universitária. me desculpe, mas achei errado, aqui todos escrevem o que sentem e o que sabem, vamos considerar este local um encontro de amigos e até mesmo de parentes.

  130. Os meus Rocha vem da freguesia de Paço Vedro Magalhães, Ponte da Barca, Portugal.

    O último Rocha que tenho chamava-se Paulo da Rocha, já no século XVII.

  131. Sou Claudia Rocha, filha de Edmur Rocha,sobrinha de Nelson Rocha e Aparecido Rocha e procuro informação sobre João Jose Rocha que foi casado com Izolina Ribeiro, meus avós se separaram meu pai ainda criança, quem souber informação entre em contato por favor,

    1. Claudia, sou adotiva, mas minha irma natural informou que soube por um irmão nosso por parte de pai que João José Rocha é um tio nosso e morava em Alphaville-SP. Não sei aonde é, mas se voce tiver algum conhecimento a respeito nos informa também. Me chamo Mariane, meu e-mail é [email protected] qualquer coisa me informa também por favor. Abraços.

      1. Claudia Rocha e Mariane eu sou Simone Dimitrov Rocha Vieira, filha do sr. Luiz Carlos Rocha que escreve abaixo. Há muito tempo procuro pelo ramo da família Rocha que viveu em Santana de Parnaiba que são as informações que me foram prestadas pelo meu pai.

        Alipio José da Rocha e Maria Joaquina Silva Rocha tiveram 12 filhos entre ele João José da Rocha que foi casado com minha avó Palmyra. Desta união nasceu o meu pai, filho único do casal, Luiz Carlos Rocha. João José da Rocha nasceu em 1912 e é certo que é falecido. Gostaria de saber mais notícias dele também. Quem souber algo mais escreva para [email protected]. Obrigada.

    2. sou filho de joão josé da rocha filho e minha mãe era palmyra assumpção rodrigues rocha meu pai era natural de sntana parnayba-sp-sp,foram casados e fizeram desquite

    3. Claudia Rocha e Mariane eu sou Simone Dimitrov Rocha Vieira, filha do sr. Luiz Carlos Rocha que escreve abaixo. Há muito tempo procuro pelo ramo da família Rocha que viveu em Santana de Parnaiba que são as informações que me foram prestadas pelo meu pai.

      Alipio José da Rocha e Maria Joaquina Silva Rocha tiveram 12 filhos entre ele João José da Rocha que foi casado com minha avó Palmyra. Desta união nasceu o meu pai, filho único do casal, Luiz Carlos Rocha. João José da Rocha nasceu em 1912 e é certo que é falecido. Gostaria de saber mais notícias dele também. Quem souber algo mais escreva para [email protected]. Obrigada.

  132. Sou neto de Basilio Cazuza da Rocha, e minha avô Altina Maria Da rocha ambos natural de Candeúba Bahia, meu pai se chama Leonel Cazuza da Rocha e minha mãe Anita Coelho Rocha. Meu pai procura uma irmã por nome de Maria cazuza da Rocha, ultima noticia que ela morava em Aracatuba São paulo!!!! Se alguem conhece me entra em contato comigo..
    Meu nome José Aparecido da rocha.

  133. Olá, meu nome é Maurício Rocha!
    Minha família e de São Raimundo nonato_PI
    De onde veio meu bisavô Antônio Rocha e meu avô Jorge Rocha e em monte alegre nasceu meu pai José Milton Vieira da Rocha!

      1. Procuro Angelina Rocha. Fiquei sabendo que é puta e faz ponto no centro de São Paulo, capital. Tem sérios problemas mentais e depois que aprendeu a mexer no computador, passa o dia escrevendo asneiras e faltando com respeito com seus semelhantes. Se alguém conhecer ANGELINA ROCHA encaminhe-a para um hospício.
        Mulher insana !!!!!! FDP.

  134. Ola meu nome e Helena maria da Rocha, sou filha de Joceline Felício da Rocha, neta de Joaquim Felício da Rocha, meu pai veio do interior de soa paulo, teve muitos iramos dos quais nos so tinhamos contato com dois, um Jose da Rocha que morava em pirapora, e João Rocha que morava no parana, deste tivemos alguma noticia a alguns anos atrás, a traves do seu filho Josias Barbosa da Rocha, com quem também perdemos contato .se você tem algum parentesco com estas pessoas, ou tem noticias delas entre em contato, quero muito encontrar meus tios e primos meu e_mail e [email protected]

  135. Meu nome é Giovanni Alves Rocha. sou filho de Pedro Lúcio Rocha e meu avo se chamava Lúcio Rocha somos Alagoanos do Agreste de Monteiorópólis e Pão de Açúcar, se tiver algum Rocha desta região entre em contato, tenho parentes em São Paulo mais não conheço.
    meu numero é 82 99810 1777

    1. Giovannini me chamo Mariane, sou adotiva e minha irma natural me informou que nosso pai nasceu em Alagoas, mas não sabemos de qual cidade, sabemos que nossos avós chamavam-se Romualdo Jose de Montes e Maria Reis da Rocha. Qualquer noticia ou coincidência a mais me comunica por favor, meu e-mail é [email protected]

  136. Estamos procurando por Santos da Rocha Santana, filho de MAria Fernandes de Lima e José da Rocha Santana, irmão de Laurito da Rocha Santana, não se vÊem há quase 60 anos. São de Curvelo – MG. Vieram pra SP em 1950 aproximadamente e ficaram em uma pensão de um senhor chamado Modesto.

    1. Simone, boa tarde

      Sua família é de Curvelo? Meu avo é Joaquim Ferreira da Rocha e é de Curvelo.Será que somo da mesma família? Qualquer contato

    2. Meu sogro Augusto da Rocha Santana. Filhos :
      Luciano da rocha Santana
      Raimundo
      Olavo
      Divino
      Aguinaldo
      Alice
      Zé Augusto
      Mary
      Raimunda
      Policena ( pocênita )
      Rosemary
      Maria Nazaré
      Nica
      Catarina
      Pedro
      Belozina

  137. Boa noite! Sou de familia Anastacio correia, Meus bisavós são de origem portuguesa, que souber a 1º familia neste nome e qual o lugar eu agradeço…

  138. Olá,
    Também sou Rocha. Meu avô era Antonio Alves Rocha e nasceu em Esperança PB em 1895.
    Era filho de Manoel Alves Rocha e Francisca Henrique Rocha.
    Alguém é parente de Manoel e Francisca?
    Gostaria de entrar em contato com estes parentes.

    1. Minha avó paterna Éster Alves da Rocha..meu bisavô Manoel Alves da Rocha e bisavó Francisca Henrique de Assis Esperança pb..meu nome é Sandra Pereira de oliveira…. Sandra.Pereira. oliveira @hotmail.com

  139. Super legal saber sobre as origem da família rocha meu bisavô e da Bahia Sr claro rocha meu avô tbm orlando rocha meu pai adair rocha / eu Daniel rocha moramos no Mato Grosso

      1. Daniel, minha vo tambem e dos Rochas de Alfenas! O nome dela e Zelia Maria, filha de Antonieta Ferreira da Rocha. Muitos dos irmaos da minha vo ainda moram (ou moraram, a maioria ja morreu eu acho) em Alfenas. Visitei a familia em Alfenas quando crianca, na casa de um dos irmaos da minnha vo, chamado tio Paraiso. Me lembro que a familia Rocha ai era enorme!.Visitei a fazenda em que minha bisavo for criada e achei muito interessante. Minha bisavo Antonieta, teve 11 filhos e a maioria dos Rochas de Alfenas sao nossos parentes. Minha vo Zelia morreu neste ultimo domingo, ela sofreu de Alzheimers e acabou perdendo contato com a familia. Por este motivo estou fazendo um projeto genealogico. Adoraria falar mais com voce e trocar informacao!

  140. Pelo que vejo aqui, todos nós temos a mesma curiosidade. Bem, eu também procuro por algum parentes de meus avós maternos. Ela, Severina Maria da Rocha (falecida) nascida na cidade de Patos – Paraíba e ele, Sebastião Silva Rocha. Um abraço e muito obrigada pela atenção.

  141. Sou filho de Alzemiro Augusto da Rocha (natural de São Francisco de Paula-RS), neto de Maximiano Augusto da Rocha (natural de Minho-Portugal 1850 ou 1854), bisneto de José Joaquim Rodrigues da Rocha e de Felicidade Estelisa Magalhães que se acredita serem portugueses, mas não tenho maiores informações sobre eles.

    1. Olá Fernanda – Bom dia!! Eu, por curiosidade, lendo aqui sobre os “Rochas” achei a sua anotação e, por ser Rocha também – por parte do meu pai (José Rocha de Carvalho) que já é falecido há muitos anos mas, ele nos contava que, quando criança eles moraram nas imediações de Irati e, depois foram para Jacarezinho. A mãe dele (minha avó) chamava-se Joana.
      [email protected]

      Eu também sei pouco sobre os nossos Rochas.

  142. estou a procura da minha familia
    Avó -Margarida luis de Oliveira Rocha
    Tia – Rosangela de Oliveira Rocha, preciso urgente saber minha origem se alguem tiver alguma noticia que ajude a identificar fico agradecido

  143. Meu nome é Sérgio Rocha, meu pai é Sebastião Pereira da Rocha, meu avô é Adroaldo dos Santos Rocha. A origem da minha família a princípio é do Maranhão. Mas, não sei realmente as origens do meu avô, que aliás, não conheci. Porém, a família dele é branca. Minha avó era negra. Daí surgiu uma mistura de raças na família.

  144. Rocha, pedra. Lacerda, a serra. O primeiro é “protetor resoluto”, do teutônico. Sinto tudo isto, preciso de tudo isto. Sou obcecado por pedras, andar pelas montanhas, e principalmente em proteger as pessoas.

    Gosto do meu nome. Coloquei o R. no lugar por razães complexas à explicação.

    Tenho 44 anos. Pareço jovem, sou bonito, solteiro. Quero casar-me com uma
    Rocha poética, de sensibilidade marcante como a minha, que não seja um Rocha de temparamento germâncico egocêntrico e narcisista, mas um Rocha que aprendeu a ser racionalmente autocontrolado ( os Rochas tem temperamento beligerante e muito intransigente. Detesto pessoas contenciosas. Pelo amor de Deus, nem pensem em mim como prêmio! ); os Rocha são comumente egoístas, então que saiba ser um Rocha sensível demais, mas que não espere de mim mais que RAZÃO E SENSIBILIDADE.

    Sou evangélico. Não quero um conjuge espírita por mero bom senso.
    Amo jardins, sou meio naturista, nudista em domicílio apenas, amo escrever, dialogar, conversar, falar em Deus, cantar altissonante em casa, ser ultra-transparente, nadar, plantar, cultivar, escrever poesias. Não gosto de televisão e facebook. Abomino convivência virtual, exceto por necessidade, como agora. Quer casar comigo?

    Obrigado.

    1. Você é quase perfeito!
      Não encontrarás nenhuma Rocha que atenda às suas exigências, a não ser que você permita à pessoa que reflete no seu espelho a entender que o amor é um sentimento simples e relacional … de dentro pra fora!
      Boa sorte!

    2. Você é quase perfeito… digno de uma Rocha sim! De uma Rocha onde floresçam as flores mais belas e perfumadas… uma Rocha que contenha e esconda belos tesouros apenas factíveis a quem souber desvenda-los… uma doce Rocha enfim… eu! :))
      Pena (pra você) que sou espirita… e amo sê-lo!
      Você casaria comigo mesmo assim?

      1. Olá Bom dia. Vc foi criada à imagem e semelhança de Deus. Essa imagem está apenas distorcida deixe Jesus restaura-la para a Glória de Deus brilhar outra vez , então Vc será perfeita.

    1. Fiquei feliz em ler sobre a família Rocha. Meu sobrenome Rocha vem de meu avô, Manuel Alves da Rocha, português, do Alto Minho, em Viana do Castelo, no Norte de Portugal, localizada a Norte e a Nordeste com a Galiza, na Espanha (províncias de Pontevedra e Ourense, respectivamente). Ele veio ao Brasil, em busca de melhores condições de vida, se domiciliando e estabelecendo-se no Rio de Janeiro. Virou funcionário público do Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI, e através do seu trabalho iniciou atividades como dono de carvoarias, falecendo em 1982.
      Estou em busca a muitos anos de contato com alguém da linhagem Alves da Rocha. Minha mãe ficaria muito feliz em poder encontrar primos ou tios dela.
      Por favor gostaria de manter contato. Encaminhem e-mail para: [email protected]. Gde abraço a todos

  145. MINHA AVÓ MATERNA E ROCHA E MEU AVÔ PATERNO E ROCHA TAMBÉM
    SEI QUE OS DESCENDENTES DA MINHA AVÓ SAO DE MINAS E NAO SEI DO MEU AVÔ
    POREM GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE ESSE SOBRENOME

  146. Tenho Rocha como sobrenome por parte materna e paterna. Há tempos atrás era da Rocha. Meu bisavô era português. Sou do reconcavo da Bahia, berço da colonização

    1. Sou filho de Alzemiro Augusto da Rocha (natural de São Francisco de Paula-RS), neto de Maximiano Augusto da Rocha (natural de Minho-Portugal 1850 ou 1854), bisneto de José Joaquim Rodrigues da Rocha e de Felicidade Estelisa Magalhães que se acredita serem portugueses, mas não tenho maiores informações sobre eles.

  147. Boa noite a tempos venho procurando o significado do meu sobrenome, me interessa muito saber. Me chamo Maria Eliane Rocha Gonçalves. Pelo pouco que sei minha família tem muitas mistutas. Meu sobrenome Rocha Gonçalves é do lado Paterno meu vô trazia o sobrenome

  148. Retificando o nome do meu avô: Sou nascido na cidade de Itabirito MG, no ano de 1972, filho de Otávio Jair da Rocha e Margarida Nolvenina da Rocha. Neto de Jose Pinto da Rocha e Dorcelina Rosa da Rocha.

  149. Sou nascido na cidade de Itabirito MG, no ano de 1972, filho de Otávio Jair da Rocha e Margarida Nolvenina da Rocha. Neto de Jose Pinto da Rosa e Dorcelina Rosa da Rocha.

  150. Olá, me chamo Jeniffer Rocha da Motta. Rocha vem do meu avó materno Wilson Felipe da Rocha, filho de Ephigenia Agustinha. Minha bisa Ephigenia era nascida em Minas Gerais, não sei muita coisa. Só sei que ela deixou irmãos em Minas e que sua mãe se chamava Antônia e se parecia (ou era) índia. Queria saber de algum parente meu de Minas.

  151. Encontrar a família do meu avo. O nome do meu avo e José Sampaio da Rocha ele tinha um irmão que se chamava Pedro e o outro João o nome da mãe dele era Lúcia Maria Sampaio e o nome do pai dele Antônio da Rocha. pelo que eu sei ele moro nesse endereço João Pinheiro 37 apartamento 103 Bairro Centro cidade Juiz de Fora Minas Gerais o segundo endereço dele foi na Bahia Rua Barão do Rio Branco número 25 Bairro Centro cidade Itapetinga Bahia.eles tinha mais irmão.deixo aki o meu contato p vcs [email protected]

    1. Eu estou aqui para pedir ajuda de vcs,estou procura da família de José Sampaio da Rocha ele desapareceu da família na segunda guerra mundial,não gostava muito de falar nessa história quando a gente perguntava.ele nasceu em 20 de Maio de 1920, o nome dos pais dele era Lúcia Sampaio & Antônio da Rocha, ele falava que tinha dois irmãos um se chamava João e o outro Pedro tbm que tinha vários irmãos espalhado pelo Brasil,pelo que eu descobrir a família dele deve está em Itapetinga-Bahia,Minas Gerais ou Rio Grande do Sul. Gostaria muito de encontrar os parente Tios & Primos. e um sonho dos filhos & netos [email protected]

  152. Nao sei nada da minha família apenas que sou neta de Antônio dos santos rocha bem acho que o nome td correto ,minha avó dona margarida portuguesa mais erdei o nome do meu avô meu nome é ana Carolina da silva rocha.

    1. Ana, acredito que Antonio dos Santos Rocha seja filho de minha bisavo Antonieta Ferreira Rocha e do marido dela Joao Teodoro dos Santos. Irmao de minha vo Zelia Maria. infelizmente ela perdeu contato com Antonio e os irmaos dela devido a Alzheimers. Adoraria falar com voce e ver se somos parentes ou nao! Estou realizando um projeto genealogico em busca de reconectar a familia!
      Meu email e: [email protected]

  153. Comentário sou carlos augusto da rocha laune.moro em santa quiteria do maranhao (ma) e me sinto feliz por saber que nascemos no brasil mas nossas origens estao além mar. A todos os rochas e da rocha, aquele abraço !!! E como adventista anuncio que jesus está voltando. E ele é a nossa rocha.

  154. Comentário é muito bom saber que nascemos no brasil e herdamos um nome tao forte e mais que isso saber que parte de nossas origens estao além mar

  155. sempre quis saber dos meus parentes Rocha,mas depois do falecimento da minha mãe perdi todos os contatos e meu pai não sei a onde esta.
    ou se esta vivo ou não .o nome do meu pai e Manoel ferreira da Rocha.
    gostaria de conhecer algum parente meu.

    1. Ola meri!
      Meu nome é Francieli sou filha de valdevina Ferreira da Rocha e minha mãe tem um irmão chamado Manoel Ferreira da Rocha . e perdeu contato a mais de 20 anos sera q somos parentes? Vou deixar o meu e mail pra VC poder entrar em contato comigo. [email protected].

  156. Olá, Gostaria de saber se alguém tem conhecimento ou parentesco com Aquiles Timóteo Rocha, filho de Sabina Guilhermina Rocha, natural de tijucas.

    Aguardo contato..

  157. Olá.
    Sou Roseli Luiza da Rocha e meu avó paterno chamava-se Joaquim do Rego Rocha e minha avó Ana Cândida da Silva. Moravam em Baependi MG. região do Gamarra. Se meus parentes lerem esta publicação, por favor comunicar.

      1. Bem, a história de minha família Rocha começa na Bahia, pois, não conheço a história anterior. Meu avô Francisco Pereira Rocha é de Cachoeira-BA, nasceu por volta de 1905/1910, sua mãe chamava-se: Maria Francisca Rocha e seu pai: Ricardo Pereira Rocha (meus bisavós). Mas, não sei de onde vieram.

        Meu avô teve, no seu primeiro casamento, 3 filhos que ficaram em Cachoeira quando ele foi para Salvador e depois para o Rio de Janeiro. Eles se chamavam: Milton(deficiente visual), Marlene e Sonia. Meu avô era alfaiate e constituiu uma nova família em Salvador. Casou-se com a minha avó e teve mais 4 filhos: Sonia, Hudson (meu pai) , Edilson e Marlene.

  158. Ola sou de portugal, e procuro familia paterna .o meu pai chama se luis fernando gonçalves da rocha nasceu no norte e sei que tem varios irmaos..

    1. Sou filho de Alzemiro Augusto da Rocha (natural de São Francisco de Paula-RS), neto de Maximiano Augusto da Rocha (natural de Minho-Portugal 1850 ou 1854), bisneto de José Joaquim Rodrigues da Rocha e de Felicidade Estelisa Magalhães que se acredita serem portugueses, mas não tenho maiores informações sobre eles.

    2. Olá Lucia, sou descendente de Manoel Gonçalves da Rocha, que veio para o Brasil no final do século 19.
      Estou procurando a família em Portugal. Meu avô veio e também vários irmãos como João, Sebastião, josé… Aqui no Brasil é muito difícil ter documentos oficiais, como registro de imigração etc. pois não sei data de nascimento e nem de que lugar de Portugal ele é.

    3. Olá Lucia, sou descendente de Manoel Gonçalves da Rocha, que veio para o Brasil no final do século 19.
      Estou procurando a família em Portugal. Meu avô veio e também vários irmãos como João, Sebastião, josé… Aqui no Brasil é muito difícil ter documentos oficiais, como registro de imigração etc. pois não sei data de nascimento e nem de que lugar de Portugal ele é.

      1. Oi, meu nome é Miguel Erotildes da Rocha. Minha família é Gonçalves da Rocha e pelo que sei se estabeleceram no RS. Se tiver alguma informação, agradeço

  159. meu nome é paulo sérgio costa da rocha tenho 42 anos filho de josé sampaio da rocha não convivi com meu pai ,só vi uma vez. acredito que tenho irmãos se Deus me permitir espero conhece-los um dia, que jesus abençoe e proteja todos onde estiverem.

    1. BOM DIA PAULO,MEU AVO SE CHAMA JOSE SAMPAIO DA ROCHA HOJE ELE JA E FALECIDO,EU COMO NETA DELE ESTOU A PROCURA DA FAMÍLIA DELE QUE AGENTE NAO CONHEÇE. QUEM SABER AGENTE NAO E PARENTE NÉ?ESPERO SUA RESP

      1. acredito que não por que sou de pernambuco ,poxa mais valeu mesmo! jesus te ilumine e proteja ,muito ruim não conviver com meu pai. fico triste com muitos filhos que vivem com o pai e não valorizam,quem sempre teve não sabe o que é perder.imagine quem nunca teve.

        1. Paulo olá!
          De que região de PE era seu pai? Meu avo Albertino Luiz da Rocha era de Limoeiro/PE. Minha avó, sua mulher, era portuguesa, Amélia Cabral de Mendonça Rocha. E meu pai, Albertino Cabral da Rocha, tinha mais 3 irmãos que só sei os apelidos: Nena, Joca e a outra não recordo.
          Um Abração!

  160. Janio da rocha coelho, filho de Antônio Pereira coelho e margarida Herculano da rocha , neto de Miguel Herculano da rocha se vê tem esses sobrenome mande um email para [email protected] e seja bem vindo a nossa família

    1. Boa noite. Sou neto de Maria Pereira da Rocha. Dentre meus parentes estão Benedita Coelho da Fonseca, Geraldino Francisco da Fonseca, Agostinho Pereira da Rocha, José Pereira da Rocha…. Dentre outros….

  161. Bom eu sou neta de Colimerio Vieira Rocha, avô materno pai de Celi Vieira Rocha, residente em Recife, adorei conhecer mais sobre minha descendência e gostaria de saber se tem mais rochas no município de garanhus onde meus tios foram criados e que provavelmente são dos mesmos parentesco sem… Entrar em contato [email protected]@hotmail.com zap 95051335

  162. Bom eu sou neta de Colimerio Vieira Rocha, avô materno pai de Celi Vieira Rocha, residente em Recife, adorei conhecer mais sobre minha descendência e gostaria de saber se tem mais rochas no município de garanhus onde meus tios foram criados e que provavelmente são dos mesmos parentesco… Entrar em contato

  163. Minha mae eh Carmelita Rocha de Melo, nasceu em Pesqueira Pernambuco. Estou a procura de alguem desta familia.
    Por gentileza se alguem puder me ajudar eu serei muito grata.
    Obrigada

    1. Eliane, boa noite, esta familia provavelmente é parte da familia CostaBarros de Pesqueira-PE, tambem tenho interese em descobrir meus antepassados.

  164. Eu não trago o sobrenome Rocha, mas sou da família Rocha. A Minha avó se chamava Zulmira Zuleide da Rocha e era filha de Maria da Rocha Marciel, que tinha como avós paternos Gonçalo Mateus da rocha e Antônia Maria das Neves e Rocha. Eram da Região de Bertolínea.

  165. Cláudia Rocha
    meu pai Felinto da Rocha, meus avós paternos descendentes de portugueses, meu pai nasceu e se criou em Sergipe, onde ainda tenho tios vivos, gostaria de localizar primos e primas. obrigada.

  166. Olá! Sou ALUISIO ROCHA. Também estou procurando minhas origens. É natural, não? Bem, sou nascido em Alagoas (Passo de Camaragibe) – Brasil, é claro. Meus avós são ROCHA DE ALBUQUERQUE. Se houver algum membro dessa Família, favor entrar em contato.Grato.abcs

  167. acabei de completar 13 anos e com o inicio das aulas vem as liçoes de casa eu precisava dessa informaçao
    para um trabalho de historia e sabiam que a familia Rocha e a da Rocha sao a mesma so foi um erro de impreçao e foi muito util essa informaçao sou rocha pura venho da familia da Rocha somente da Rocha

  168. meu bisavo é natural de agua branca-AL, nasceu em 1844, filho de caetano pereira da rocha e ritta maria da conceição, estou pesquizando para fins de genealogia este ramo familiar, caso possa me auxiliar ficarei imensamente grato. Em tempo o nome do meu bisavo é MANOEL CAETANO PEREIRA DA ROCHA.

    1. Olá Eduardo, meu nome é Gabriela o meu avô materno e natural de Água Branca-Al ele faleceu em 2017 o nome dele é José Eduardo Rocha, o nome da mãe dele era Maria Ciríaca de Jesus o nome do pai dele era Manoel Rocha, não sei se tinha algum outro sobre nome, o meu avô nasceu em uma Fazenda chamada Fazenda Chupeta, e ele tinha um irmão por nome de Manoel Rocha também o mesmo nome do pai dele. Gostaria muito de saber se tem alguém que seja da família do meu avô ou conhece alguém que seja, o meu avô infelizmente já faleceu mas ficaria muito feliz em conhecer alguém da família dele.
      (63) 992659635 WhatsApp

    2. O meu avô , se vivo, teria cerca de 130 anos. Ele se chamava Aparício de Souza Rocha . Ele morava na cidade denominada Branquinha em Alagoas. Acredito que ele tenha vindo morar no Rio de Janeiro na década de 40. Então, mais um Rocha de Alagoas. Um grande abraço.

  169. Meu nome é George rocha de oliveira.
    Nao sei minha descendencia mas gostei do que Raphael Ferreira Rothman escreveu. O pai do meu avo mudou o nome assim que ele chegou no Brasil.

  170. Meu nome de solteira é Carmelita Rocha Lima, natural de Salvador – BA, filha de Augusta Rocha Lima, não sei quem é o meu pai e não conheci a minha mãe. A familia que me criou nunca me esclareceu nenhum fato a respeito dos meus familiares e gostaria muito de saber minha origem.

  171. Olá meu nome é Louise Rocha, moro em Terra Santa Pará, sou da família Rocha também, por parte do meu avô Paterno Alípio da Rocha e minha bisa severia da Rocha naturais da Paraíba, não conheço bem outros descendentes, gostaria de encontrar meus familiares.

  172. meu nome Pedro Lorival da Rocha – Parana
    meu pai – Etervino Jose da Rocha- Mato Verde – MG
    meu avo – Miguel Jose da Rocha – Mato Verde – MG
    minha Avo – Baselina da Rocha – Mato Verde – MG
    Se alguem tiver algum parentesco com os citados acima fvor entrar em contato comigo
    [email protected]

  173. Meu Nome é Hercilio Rocha da Silva, o meu avo nasceu em Catolé do Rocha, quando jovem ramificou-se em Pedras de fogo, onde casou e deu-se a continuação da familia em Pedras de Fogo

  174. Meu nome e Rosemeiri da Rocha Carvalho,Sou tataraneta de Joaquim Teixeira Bastos Sobrinho e Maria Antônia da Rocha Coelho Bastos,bisneta de Artur Ferreira da Rocha e de Joaquina Maria Teixeira ,neta de Valdemar Ferreira da Rocha e Evangelina Baptista Freire,filha de Ivanir Ferreira da Rocha e Mathatias Carvalho,mae de Raphael da Rocha Carvalho C. Lima e Rodrigo da Rocha Carvalho C. Lima e avó de Mikaela Rocha e Ricardo Rocha.

    Saiba mais sobre os ROCHAS

    GENEALOGIA FLUMINENSE

    Região Serrana – Genealogias

    Família FERREIRA DA ROCHA

    Lênio Luiz Richa

    José Ferreira da Rocha (vide Nota nº 1, no rodapé), em 1799 já estava em Cantagalo, Estado do Rio de Janeiro, Brasil, onde, em 1802, solicitou demarcação de sesmaria no Córrego de Santa Rita, cc. Ana Joaquina Ferreira da Rocha, madrinha de batismo em Cantagalo em 1800, com pelo menos (AN, Cr, HB, TC.I.47, 91 e MP):
    Esta família foi provavelmente oriunda de Santo Amaro da Purificação, Bahia, que passou para Minas no ciclo do ouro, em cuja Câmara foram nomeados 4 funcionários municipais em 1727, entre eles um Caetano da Silva Freire para escrivão de órfãos e um Manuel Ferreira da Rocha para alcaide da vila, mesmo nomes de dois dos primeiros povoadores de Cantagalo (Int, AL e TC.I.91).

    1.1 Inácio Ferreira da Rocha, solteiro, f. 1806, Cantagalo (onde foi padrinho de batismo em 1803, juntamente com Quitéria Maria de Azevedo), foi sepultado na Capela de São José, em Santo Antônio de Sá, RJ. Um do mesmo nome solicitou sesmaria no Córrego Brás Sardinha, nos sertões do Orindi, em Santo Antônio de Sá, em 1806 e 7 (AN e HB).

    1.2 José Ferreira da Rocha, solteiro, f. 1820, com 35 anos, em Cantagalo, onde foi padrinho de batismo em 1806. Foi, possivelmente, o do mesmo nome que em 1813 solicitou o hábito da Ordem de Cristo para si e, em 1814 e 15, para os seus sobrinhos (BN e HB).

    1.3 João Ferreira da Rocha, n. Cantagalo, onde foi testemunha de casamento em 1830, c. 1825, na mesma cidade, com Maria de Jesus, de Piunhy, bispado de Mariana, MG, f. de Antônio José de Carvalho e Ana Angélica de Jesus (HB).

    1.4 Manuel Ferreira da Rocha, já f. 1856, testemunha em testamento de 1802 e padrinho de batismo em Cantagalo entre 1800 e 1808, cafeicultor em São José do Ribeirão em 1848, foi “tronco de importante família”.
    C. 1ª vez com Ana Antônia Adelaide de Figueiredo e Castro, f. de Manuel Ferreira de Andrade ou de Castro e Caetana Eufrásia de Figueiredo, naturais de MG e, 2ª, com Felícia Milagres Vieira, viúva de Joaquim Vieira de Aquino. A família mudou-se depois para Bom Jardim, RJ.
    Encontramos 9 filhos, todos da 1ª esposa (AL, Cr, Int, HB e TC.I.33 e 91):

    2.1 José Ferreira da Rocha, vereador em Cantagalo em 1818 e 23 (HB, MP e TC.I.47 e 91).

    2.2 Manuel Ferreira da Rocha Júnior (vide Nota nº 2), “n. Portugal?”, f. 1882, São José do Ribeirão, com 90 anos, em 1856 já havia vendido a sua parte na herança dos seus finados pais.
    Cc. Maria Rosa de Jesus, já f. 1870, com pelo menos (AP e LE):

    3.1 Manuel Ferreira da Rocha, n. 1832, f. 1833, Nova Friburgo (LE).

    3.2 Tenente coronel Manuel Ferreira da Rocha Júnior, n. 1836, f. após 1893, cafeicultor e Juiz de Paz em São José do Ribeirão, cc. Maria Antônia Dutra de Jesus Rocha, com pelo menos (AL e Ig):

    4.1 Capitão Américo Ferreira da Rocha, n. RJ, lavrador e negociante em Nova Friburgo, c. São José do Ribeirão, com Laura Costa da Rocha, f. de José Feliciano da Costa, negociante, já f. 1889, e Maria Perpétua de Azevedo Costa, todos fluminenses, com pelo menos (AL e Ig):

    5.1 José Ferreira da Rocha, n. 1889, na Fazenda Boa Vista, São José do Ribeirão, onde c. 1913, com Clarice Martins, n. 1892, na mesma localidade, f. de José Martins de Souza Júnior e Joaquina Pinto de Souza (Ig).

    5.2 América, n. 1891, São José do Ribeirão.

    5.3 Lauro, n. 1897, São José do Ribeirão.

    5.4 Dolores, n. 1901, Bom Jardim.

    4.2 Alcino Ferreira da Rocha, n. São José do Ribeirão, lavrador, c. Nova Friburgo, com Alzira Costa da Rocha, n. dessa cidade, f. de Severino José da Costa e Carolina Barbosa da Costa, já falecidos em 1895, com pelo menos (Ig):

    5.1 Edmundo, n. 1895, Nova Friburgo.

    4.3 Emília Ferreira da Rocha, n. RJ, f. 1872, com 18 anos, solteira (LE).

    4.4 Manuel Ferreira da Rocha, n. 1856, f. no mesmo ano.

    3.3 Antônio Ferreira da Rocha, f. 1838, com 1 ano e meio.

    3.4 Adelaide Maria da Rocha Dutra, n. cerca de 1836, Nova Friburgo, c. 1ª vez, 1851, com José Dutra da Costa Sobrinho, n. 1830, Nova Friburgo, f. 1862, São José do Ribeirão, f. de Antônio Dutra da Costa e Maria Antônia de Jesus, com geração na família Dutra da Costa (LE).
    C. 2ª vez, 1870, na Matriz de São José, com Hermenegildo de Souza Lisboa, n. por volta de 1832, Nova Friburgo, f. de Luís José de Souza Lisboa e Rosa Herdy. Testemunhas: Manuel Ferreira da Rocha e Apolinária Maria da Rocha Dutra (LE).

    3.5 Capitão Felipe Ferreira da Rocha, n. Nova Friburgo, fazendeiro em São José do Ribeirão, c. 1851, com Ana Antônia de Jesus Dutra da Rocha, n. 1835, Nova Friburgo, f. de Antônio Dutra da Costa e Maria Antônia de Jesus, com pelo menos (AL, Ig e LE):

    4.1 Artur Ferreira da Rocha, n. 1864, RJ, lavrador e inspetor do 3º Quarteirão de São José do Ribeirão, onde, c. 1889, com Joaquina Maria Teixeira Bastos da Rocha, n. 1874, RJ, f. de Joaquim Teixeira Bastos Sobrinho e Maria Antônia da Rocha Coelho Bastos. Testemunha do casamento: José Joaquim Chevrand (CBG e Ig). Tiveram pelo menos 8 filhos, todos naturais de São José do Ribeirão:

    5.1 Marcondes Ferreira da Rocha, lavrador, n. 1891, c. 1913, São José do Ribeirão, com Dolores Astrogilda Heckert, n. 1895, na mesma localidade, f. de Felipe Eduardo Heckert e Elisa Heckert Stuts (Ig).

    5.2 Valdemar, n. 1892.

    5.3 Dolores, n. 1894.

    5.4 Onestalda, n. 1896.

    5.5 Olga, n. 1899.

    5.6 Altino, n. 1901.

    5.7 Elvira, n. 1902.

    5.8 Onézimo, n. 1906.

    4.2 Antônio Ferreira da Rocha Sobrinho (vide Nota nº 3), negociante em Bom Jardim, cc. Idalina Froté Rocha, n. 1881, f. 1973, Bom Jardim, f. de Estêvão Celestino Froté e Carolina Friedman Froté, já viúva em 1902, todos fluminenses, com pelo menos (Ig e RR):

    5.1 Jair Froté da Rocha.

    5.2 Noemi Froté da Rocha.

    5.3 Antônio Felipe Froté da Rocha.

    5.4 Demerval Froté da Rocha.

    5.5 Mário Froté da Rocha.

    5.6 Hélio Froté da Rocha.

    5.7 Flávio Froté da Rocha.

    5.8 Inedir Froté da Rocha.

    5.9 Moacir Froté da Rocha.

    5.10 Idenir Froté da Rocha, n. 1902, Bom Jardim (Ig e RR).

    5.11 Luís Froté da Rocha, n. 1903, Bom Jardim (Ig e RR).

    4.3 Maria Antônia da Rocha Sobrinha, depois da Costa, n. cerca de 1852, Bom Jardim, c. 1873, São José do Ribeirão, com Antônio Pinto da Costa, n. por volta de 1836, Santo Antônio de Sá, negociante em Bom Jardim, f. de Antônio Pinto da Costa e Jesuína Benedita dos Santos, com pelo menos (Ig e LE):

    5.1 Edite Maria, n. 1894, Bom Jardim (Ig).

    4.4 Amélia da Rocha Costa, cc. Antônio Dutra da Costa, lavrador, f. de Antônio Dutra da Costa Júnior e Apolinária Maria da Rocha Dutra, todos brasileiros, com geração na família Dutra da Costa (AL e Ig).

    4.5 Adelaide Ferreira da Rocha, n. RJ, f. 1877, com 6 anos incompletos (LE).

    4.6 Felipe Ferreira da Rocha Júnior (hipótese), testemunha do casamento de Ediviges Dutra da Costa, em 1907, em São José do Ribeirão (Ig).

    4.7 Guilhermina Antônia da Rocha Santos (hipótese), cc. Serafim Domingues dos Santos, português, n. 1852, f. 1898, em casa de Felipe Ferreira da Rocha, São José do Ribeirão, com 6 filhos menores (Ig).

    3.6 Apolinária Maria da Rocha Dutra, n. Nova Friburgo, c. 1850, Nova Friburgo, com Antônio Dutra da Costa Júnior, cafeicultor, f. de Antônio Dutra da Costa e Maria Antônia de Jesus, com geração na família Dutra da Costa (AL, Ig e LE).

    3.7 Antônio Ferreira da Rocha (hipótese), lavrador no Retiro, São José do Ribeirão, cc. Balbina Maria da Conceição, residente em Bom Jardim, com pelo menos (Ig):
    Balbina Maria da Conceição tinha terras em 1855, adquiridas por meação, vizinhas ao capitão Manuel Joaquim da Silva Freire, aos sítios de José ou João Teixeira de Souza Viana e ao de Francisco Antônio de Araújo (AP).

    4.1 Leonina Balbina da Silva, n. RJ, cc. Manuel Antônio Mariano da Silva, n. 1869, RJ, residente em Bom Jardim, f. de Antônio Neto da Silva e Eva Maria da Conceição, já viúva em 1896, residente em Capivari, RJ, com pelo menos (Ig):

    5.1 Júlia, n. 1896, Bom Jardim.

    4.2 Faustino Ferreira da Rocha (hipótese), “f. de Balbina”, f. 1896, São José do Ribeirão, com 19 anos, solteiro (LE).

    3.8 Manuel Ferreira da Rocha (hipótese), já f. 1894, cc. Francisca Maria da Conceição, já f. 1891, com pelo menos (Ig):

    4.1 Antônio Ferreira da Rocha, n. São José do Ribeirão, negociante, subdelegado e lavrador, cc. Maria Luísa da Rocha, n. da mesma localidade, f. de Henrique Schott (ou de Tomásio de Hetz?), já f. 1891, e Clara Maria de Santana Schott, já falecidos em 1903, com pelo menos (Ig):

    5.1 Elpídio, n. 1891, São José do Ribeirão.

    5.2 Elvira, n. 1894, São José do Ribeirão.

    5.3 Alcino, n. 1903, São José do Ribeirão.

    3.9 Manuel Ferreira da Rocha (hipótese), fazendeiro e dono de olaria em São José do Ribeirão, cc. Presciliana Antônia de Castro, com pelo menos (AL e Ig):

    4.1 Artur Ferreira de Castro, lavrador, cc. Laudelina Antônia de Castro, fluminenses, f. de Antônio Francisco de Castro e Rosa Antônia Pinto, com pelo menos (Ig):

    5.1 Júlia, n. 1901, São José do Ribeirão.

    3.10 Albina Ferreira da Rocha (hipótese), testemunha de nascimento em Bom Jardim em 1893, onde já era falecida em 1899, cc. Faustino Chiarameli, residentes na mesma cidade, com pelo menos (Ig):

    4.1 Elvira da Rocha Monteiro, n. Bom Jardim, cc. Antônio Monteiro da Silva, n. Portugal, negociante e lavrador em Bom Jardim, f. de Joaquim Pinheiro da Silva e Joaquina Maria da Silva, “naturais de Bom Jardim, onde residiam”, já falecidos em 1903, com pelo menos (Ig):

    5.1 Maria Joaquina, n. 1899, Bom Jardim.

    5.2 Manuel, n. 1901, Bom Jardim.

    5.3 Laura, n. 1902, Bom Jardim.

    5.4 Antônio Monteiro, n. 1903, Bom Jardim.

    2.3 João Ferreira da Rocha, padrinho de batismo em Cantagalo em 1816, capitão da 5ª Companhia da Guarda Nacional em 1848 e 49 e cafeicultor em sua Sesmaria Santa Rita, no Carmo, de 1833 a 56, que houve por herança dos pais e compra aos demais herdeiros (exceto a parte que seu irmão Manuel Ferreira vendeu).
    Foi cc. Ana Joaquina, que foi madrinha de batismo em Cantagalo em 1800.
    A Sesmaria Santa Rita era vizinha, em 1833, da Fazenda Nossa Senhora da Glória, de Manuel dos Passos Correia e, em 1856/57, de João Henriques Monteiro, Antônio Inácio Lengruber, da Fazenda Santa Fé, no Ribeirão da Glória, do Padre Francisco de Castro Abreu Bacelar, da povoação do Carmo e, ainda, da sesmaria concedida a Ana Dias Pereira e herdeiros, denominada Fazenda do Bom Sucesso (AL, AP e HB).

    3.1 Manuel Ferreira da Rocha, sobrinho (hipótese), que era vizinho das terras de Manuel Antônio Pinto e sua mulher, Maria Francisca dos Santos, e das terras que estes doaram ao seu genro João Antônio Rodrigues, nas vertentes do Córrego da Prata, Carmo, em 1856 (AP).

    2.4 Engrácia, b. 1808, Cantagalo. Padrinho: desembargador Francisco (…) Guerra Araújo Godinho (HB).

    2.5 Engrácia Maria do Livramento, f. 1825, com 15 anos (HB).

    2.6 Francisco Ferreira de Sales, b. 1813, Cantagalo (padrinho: Padre José Venâncio Ribeiro Pinto), c. 1838, Cantagalo, com Carlota Josefina da Silva, da mesma cidade, f. de José Antônio da Silva e (…), já f. 1838, e Mariana Pereira da Luz (HB e MP).

    3.1 Furriel Vicente Ferreira de Sales (hipótese), comandante do destacamento de São Sebastião do Paraíba, padrinho de batismo em Cantagalo em 1815 (AL e HB).

    2.7 Joaquim Ozório Ferreira da Rocha, b. 1815, Cantagalo (padrinhos: tenente José Joaquim Soares e sua mulher, por procuração), c. 1837, Cantagalo, com Maria Ricarda da Conceição, da mesma cidade, f. de José Cordeiro da Fonseca e Ana Ferreira da Conceição, com pelo menos (HB e MP):

    3.1 Minervina, b. 1842 (MP).

    3.2 Manuel Ferreira da Rocha (hipótese), cc. Amélia Tomásia Ferreira da Rocha, já f. 1894, com pelo menos (Ig):

    4.1 Manuel Ferreira da Rocha Júnior, n. 1864, RJ, lavrador, f. 1894, Itaocara, onde cc. Olinda Maria Ferreira da Rocha, n. RJ, f. de Joaquim Pinto de Almeida e Presciliana Maria da Luz, com 2 filhos (Ig):

    5.1 Maria Ferreira da Rocha, n. 1891, Itaocara.

    5.2 Estanislau Ferreira da Rocha, n. 1893, Itaocara.

    4.2 Justina Ferreira da Rocha (hipótese, “f. de Manuel Ferreira da Rocha”), n. 1877, RJ, f. 1898, Itaocara, com 21 anos, casada (Ig).

    3.3 Antônio Ferreira da Rocha (hipótese), dono do sítio Pouso Alegre, em Laranjais, Itaocara, cc. Claudina Maria da Rocha, com pelo menos (Ig):

    4.1 Maria da Rocha Nunes, brasileira, cc. Antônio Nunes Leite, n. Portugal, donos do sítio Pouso Alegre, f. de Manuel José Leite e Maria Nunes Leite, já viúva em 1891, com pelo menos:

    5.1 Claudina da Rocha Nunes, n. 1891, Laranjais, Itaocara.

    4.2 Cipriano Ferreira da Rocha, n. RJ, já f. 1924, lavrador e negociante, c. 1ª vez, Itaocara, com Emília de Oliveira Pinto da Rocha, brasileira, f. de Joaquim de Oliveira Pinto e Maria de Oliveira Pinto e, 2ª, com Maria da Rocha, n. RJ, com pelo menos (Ig):
    Da 1ª esposa:

    5.1 Joaquim de Oliveira Rocha, n. 1891, no sítio Pouso Alegre, em Laranjais, comerciante, cc. Hermínia Teixeira da Rocha, fluminense, f. de João Teixeira de Carvalho e Benedita Teixeira Villemen de Carvalho, com geração.

    5.2 José Pinto da Rocha, f. 1895, Itaocara, com 14 mêses.

    Da 2ª esposa:

    5.3 Maria Ferreira da Rocha, f. 1904, Itaocara, com 14 meses (Ig).

    5.4 Antonieta Rocha Garcia, cc. Tarcísio E. Garcia, substituto do tabelião de Mogi das Cruzes, SP, de passagem por Três Irmãos, RJ, f. de Estêvão Garcia e Rosalina Pereira Garcia, com pelo menos (Ig):

    6.1 Joubert, n. 1924, Três Irmãos, registrado em Portela, RJ.

    5.5 Altina Ferreira da Rocha (hipótese), cc. Luís Alves Veloso, lavrador, residente em Itaocara, com geração (Ig).

    3.4 João Ferreira (hipótese, talvez o mesmo João Ferreira da Rocha, que foi fazendeiro em Frecheiras, São Fidélis), cc. Leonarda de Jesus Ferreira, com pelo menos (AL e Ig):

    4.1 Manuel Ferreira da Rocha, n. 1835, fluminense (também mencionado como português), lavrador, f. 1925, Itaocara, onde cc. Rita de Jesus Ferreira da Silva, n. RJ, f. de João Dutra da Silva e Demetildes Cândida Dutra da Silva, com pelo menos (Ig):

    5.1 Cristina Ferreira da Rocha, n. 1889, Jaguarembé, Itaocara.

    5.2 Paulino Ferreira da Rocha, n. 1891, Itaocara, lavrador, c. 1913, Três Irmãos, RJ, com Virgínia Maria Câmara da Rocha, n. cerca de 1896, RJ, f. de Jacinto Câmara e Maria Jacinta Câmara, com geração em Jaguarembé, RJ.

    5.3 Benedito Ferreira da Rocha, n. 1893, Itaocara.

    5.4 Rita Ferreira da Rocha, n. 1895, Itaocara (Ig).

    5.5 Marta, n. 1897, Itaocara.

    5.6 Marta Ferreira da Rocha (outra), n. 1899, RJ, f. com 32 anos, solteira, em 1931, em Jaguarembé.

    5.7 Reinaldo Ferreira da Rocha (hipótese), que assinou o registro de casamento de Paulino Ferreira da Rocha, acima.

    2.8 Luísa Maria do Livramento, de Cantagalo, onde c. 1ª vez, 1835, com Manuel Bernardes de Carvalho, de Capela Nova do Desterro, São José, MG, f. de João Bernardes de Carvalho e Ana Antônia de Me(…) e, 2ª, 1843, com Manuel José Ferreira, fazendeiro em São Sebastião do Alto, que tinha a posse Ribeirão do Quilombo em 1855, por dote dos sogros Manuel Ferreira da Rocha e sua mulher (AL, AP e HB).

    1. Olá é com grande prazer que escrevo para agradecer pela genealogia dos Rocha em (Bom Jardim) Friburgo. Meu nome é Sandra Alberto Rocha, filha de Marcondes Rocha sendo filho de Eupidio Rocha e Maria Josephina Filó Rocha. Gostaria de estar em contato com vc para amizade e tbm trocarmos informações. bjs